As equipes técnicas da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Sul (SAAD Sul) e da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), estiveram visitando na manhã desta quinta-feira (03) a execução das obras na Marginal Poti Sul. O novo corredor que ligará a zona sul à zona leste de Teresina está dividido em três etapas, e está orçado em R$65 milhões com recursos do município, bem como de um convênio com a Caixa, do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

Atualmente, com diversas frentes de serviços, a etapa que compreende a Estrada da Alegria iniciou a pavimentação asfáltica em alguns trechos. “Estamos trabalhando diariamente para que esse importante componente de mobilidade urbana seja entregue o quanto antes. Hoje iniciamos a execução de mais uma frente de serviço importante, que é a pavimentação asfáltica de alguns trechos da Estrada da Alegria. Estamos acompanhando de perto e traçando soluções mais eficientes para a conclusão dessa grande obra”, destacou o superintendente da SAAD Sul, Juca Alves.

O secretário da Semplan, João Henrique Sousa, também esteve visitando a via e pontuou sobre a obra “Nós realizamos algumas reuniões para tratar do andamento dessa obra importantíssima para a cidade, mas entendemos que uma visita in loco é mais produtiva e conseguimos compreender melhor o andamento e os pontos de atenção. A Marginal Poti Sul, que compreende a Estrada da Alegria, possui recursos do município, bem como de um convênio com a Caixa, do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). A pedido do nosso prefeito Dr. Pessoa, estamos acompanhando a aplicação desse recurso junto à SAAD Sul. O nosso desejo e do nosso prefeito é que possamos ver essa obra concluída o mais breve possível e entregá-la a população”, concluiu.