Lugar de mulher é onde ela quiser e na Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) não poderia ser diferente. Tem mulher trabalhando no administrativo, no atendimento ao público, no vídeomonitoramento de trânsito e tem mulher competente na Gerência de Operações e Fiscalização de Trânsito de Teresina, que faz parte da Diretoria de Operações e Fiscalização de Trânsito (DOFT).

Fotos: Ascom Strans

Carla Sales, gerente da DOFT, fala sobre a reação do cidadão teresinense nas ruas quando se deparam com uma mulher na função de agente de trânsito.

“Nas ruas eles admiram quando nos veem. Tem admiração e muito respeito pelo cidadão teresinense nas ruas e também dentro do ambiente de trabalho por parte dos colegas agentes de trânsito”, enfatiza a gerente.

Silmara Santana é agente de trânsito desde 2007. Já Raimunda Percy começou a trabalhar na fiscalização em 2006 e Carla Sales está há 17 anos na profissão. Ao todo são 134 agentes de trânsito em todo a Teresina, porém, apenas 15% desses servidores são do sexo feminino. Em Teresina são 20 agentes de trânsito e dentre elas uma mulher comanda o operacional nas ruas, a frente da Gerência de Operações e Fiscalização de Trânsito da Strans. A realidade mostra que a profissão ainda é dominada pelo sexo masculino, mas, as nossas agentes afirmaram ter tudo para mudar.

Segundo a gerente de Operações e Fiscalização de Trânsito da Strans, Carla Sales, as mulheres que trabalham como agentes de trânsito, em alguns momentos, tem uma aceitação melhor da população devido à paciência e o “jeito de mulher” ao conversar, explicar e mostrar o porquê da autuação.

“A nossa profissão não é amada, ela é respeitada, mas estamos ali pra autuar e ai quando uma mulher vem e mostra que não somos donos da razão, mas temos que fazer o nosso trabalho, eles aceitam mais a punição”, ressalta Carla Sales.

A gerente fala sobre o orgulho da profissão. “Eu olho pras meninas e falo, incentivo, eu tenho muito orgulho e admiração, eu tenho orgulho por eu ser uma agente de trânsito”, destaca.

As mulheres ganham cada vez mais espaço na sociedade, não importa se a profissão é predominantemente masculina, as mulheres trabalham igualmente e exercem bem o seu papel. A Strans tem orgulho destas servidoras que desempenham tão bem o seu papel, com farda ou não, na rua ou no administrativo, a mulher tem espaço e reconhecimento pela Prefeitura de Teresina.