O projeto voluntário é ministrado com a terapeuta holística da Casa Prana Terapias, a assistente social Natalia Frota Fotos(Ascom/SMPM)

O trabalho de assistência à mulher em situação de vulnerabilidade ganha um cuidado a mais. A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), lançou, nessa quinta-feira (10), o projeto “Quinta da Mulher Confiante”, que desenvolve atividades terapêuticas, na sede do serviço Florescer Sudeste, no bairro Alto da Ressurreição, zona Sudeste da cidade.

O projeto voluntário é ministrado com a terapeuta holística da Casa Prana Terapias, a assistente social Natalia Frota e trabalha com práticas integrativas de saúde como Reike, Meditação guiada, Hoponopono, EFT.

“O ‘Quinta da Mulher Confiante’ visa o auto amor e o auto perdão, sobretudo das mulheres, muitas vezes, que são esquecidas pela sociedade ou maltratadas por seus familiares, decepcionadas por seus companheiros”, justificou .”As práticas visam o autoconhecimento onde elas ganham novas percepções sobre si mesmas”, acrescenta Natalia.

A primeira turma do curso recebeu 30 mulheres onde elas praticaram técnicas de relaxamento e meditação. Os encontros acontecem quinzenalmente, sempre às quintas-feiras, das 14h30 às 17h. Todas as unidades do Serviço Florescer nas zonas Norte, Sul e Rural também receberão as atividades terapêuticas ao longo dos semestres.

“Gostei porque trabalhei a concentração, o espírito, o toque, a respiração trazendo o bem-estar”, conta Luana Santana, umas das mães atendidas pelo Florescer. Para Aliviará dos Santos, outra assistida, o momento é muito produtivo. “Foi uma atividade leve e muito importante para o autoconhecimento”, ressaltou.

A coordenadora do Florescer Sudeste, Maria de Lourdes, falou sobre a alegria de dar início às aulas no mês da mulher.

“É uma atividade a mais e fundamental para a saúde do corpo e mente das mulheres. São horas de melhor conforto ofertada em um serviço de qualidade, todas as assistidas ficaram fortalecidas”, avaliou a coordenadora.