Na próxima quinta-feira (07/04), será a vez da Orquestra Sanfônica de Teresina (OSTHE), com seus 18 integrantes retornarem aos palcos com suas apresentações públicas pela capital. Com um concerto que pretende emocionar os amantes do som que sai de uma sanfona, os membros da OSTHE prepararam um amplo repertório para comemorar esse retorno.

Para o maestro Ivan Silva, este será um retorno marcado por muitas emoções, isso por conta da orquestra ter passado quase dois anos sem realizar apresentações com público, público este que dá mais gás para que os sanfoneiros continuem a manter viva essa tradição nordestina. Ele conta ainda que este retorno também mexe com o emocional dos integrantes da OSTHE, pois mesmo sabendo que a internet aproxima as pessoas, um concerto onde o público não está na plateia, oferecendo calor humano, não tem a mesma emoção.

“Ao longo destes dois anos participamos de ensaios, apresentações virtuais e outras pequenas apresentações por diversos pontos da cidade, foi uma experiência nova que tivemos que viver por conta do momento pandêmico. Agora, vamos aos poucos retornando nossas atividades com o público presente, por isso esperamos que os teresinenses compareçam ao nosso concerto, para que juntos possamos fazer uma bela festa”, conta o maestro Ivan Silva.

O concerto da Orquestra Sanfônica de Teresina ocorre nesta quinta-feira (07/04), às 19h, no Palácio da Música, que fica localizado na Rua Santa Luzia, 1241 – Centro/Sul. A entrada do concerto é gratuita, devendo o público fazer o uso de máscara de proteção e atender todas as outras medidas de proteção exigidas pelos órgãos de saúde.

Foto: Divulgação (FMC)

A Orquestra Sanfônica de Teresina comemora neste ano, 09 anos de existência, a mesma é um projeto cultural desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). Para mais informações sobre este projeto, bem como os demais projetos realizados pela gestão municipal na área da cultura, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br ou seguir a página @cultura_the no Instagram.

Foto: Divulgação (FMC)