A Prefeitura de Teresina participou, nesta segunda-feira, 11, da reunião entre Sindicato das Empresas de Transporte Público (Setut) e Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintetro) e intermediou as negociações que culminaram com o fim da greve dos motoristas e cobradores de ônibus.

“A mediação da negociação aconteceu, por meio da Procuradoria Geral do Município (PGM), Secretaria Municipal de Governo (Semgov), com o secretário André Lopes,  e Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), com o superintendente major Cláudio Pessoa, que entenderam a pauta de reivindicação dos trabalhadores e buscaram mediar o entendimento com as possibilidades do sindicato patronal”, disse o procurador-geral de Teresina, Aurélio Lobão.

As negociações tiveram início, ainda pela manhã, na sede da PGM. A Prefeitura de Teresina ouviu as duas partes envolvidas e buscou o entendimento durante toda a tarde e início da noite. Com o avanço das negociações, as partes chegaram a um acordo e a proposta foi levada para votação dos trabalhadores na sede do Sintetro, por volta das 20h.

A proposta foi acolhida e aprovada pela unanimidade dos trabalhadores. “É o momento de exaltar a importância do papel de mediação que a PMT teve, na pessoa dos três agentes, ressaltar a sensibilidade dos sindicatos envolvidos e reforçar que essa é mais uma etapa na busca de uma retomada da credibilidade e da qualidade do transporte público de Teresina, que é uma bandeira do prefeito Dr. Pessoa”, disse o procurador.

Os trabalhadores aguardam a assinatura da Convenção Coletiva na manhã desta terça-feira (12) para voltarem ao trabalho nas ruas e avenidas da capital.