Diante da baixa demanda de casos suspeitos de Covid-19, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) reorganiza mais uma vez a sua rede e passa a concentrar os atendimentos à doença nas urgências dos hospitais municipais, que estão espalhados por diversas zonas da cidade e são porta aberta também para síndromes gripais.

Foto: Divulgação (FMS)

Com isso, a UBS Gurupi, que oferecia atendimento exclusivo para síndromes gripais na Atenção Básica, volta a ofertar os serviços regulares da Estratégia Saúde da Família (ESF) à população da área a partir de segunda-feira (25). Esses atendimentos acontecem de segunda a sexta, das 7h às 19h.

“Estamos reorganizando o serviço devido à grande diminuição nos números da doença, e consequentemente à queda na demanda por atendimento específico”, esclarece Nádia Spíndola, diretora de Atenção Básica da FMS. “A mudança se faz necessária também para dar suporte no atendimento aos usuários com outras patologias, incluindo a dengue. Ressaltamos ainda que todas as UBSs atendem casos leves de dengue com prioridade”, completa.

Segundo o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, está programada ainda a reorganização do atendimento no Hospital do Monte Castelo, que no momento mantém atendimento 24 horas e internação exclusivamente para casos de covid. “Como estamos registrando taxas de ocupação baixas, pretendemos redirecionar os leitos exclusivos covid para outras doenças, e em breve o Hospital voltará a atender outras demandas”, diz o gestor.