O prefeito, Doutor Pessoa, sanciona nesta quarta-feira (04) a Lei que Cria a Rota Turística dos Sítios de Teresina. O Evento será realizado no Salão Nobre da Prefeitura, a partir das 10h.

“O projeto é destinado a apoiar a atividade de turismo rural, o ecoturismo doméstico e a geração de emprego e renda na cidade e tem como objetivos a divulgação dos espaços rurais e seus atrativos, o fortalecimento da atividade turística como geradora de emprego e renda, além da articulação conjunta entre os governos municipal, estadual e federal, garantindo a inclusão da rota nos mapas das regiões turísticas”, esclarece o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Eulálio.

A rota turística de que trata a lei abrange empreendimentos localizados na zona rural da capital ou que estejam na periferia da cidade. Somente os empreendimentos regularmente cadastrados na Prefeitura de Teresina, através SEMDEC, que assinarem o Termo de Adesão, serão incluídos no Guia de Informações Turísticas Rota dos Sítios de Teresina.

Atualmente o projeto é composto de 16 empreendimentos, distribuídos em quatro rotas, sendo elas: Rota dos Ipês: Fazendinha Bernard’s, Kitanda Petit, Jóquei Clube, Trapos & Fiapos, Kingo Parker e Fazenda Novo Rancho; Rota do Gavião: Fazenda Vale do Leite, Sítio Alegria, Haras Ninizo, Sítio do Didi, Cantinho do Sonhador, Titara Park e Araxá Bike Park; Rota do Lago: Restaurante Sítio e Mirante do Lago; e Rota da União: Casa do Beiju e Paradise Cable Park.

“A criação da Rota Turística dos Sítios de Teresina é uma ação prevista no Plano de Governo da gestão do Doutor Pessoa. Com a adesão de empreendedores rurais e a magnitude das quatro rotas criadas, que envolvem 16 empreendimentos, a prefeitura encaminhou à Câmara Municipal de Teresina um Projeto de Lei, que foi aprovado e será sancionado pelo prefeito nesta quarta-feira e contará, ainda, com a presença dos empresários rurais. Com a lei aprovada, a prefeitura se compromete a fortalecer a atividade turística rural como geradora de emprego e renda e a conservar e preservar as características típicas de cada empreendimento e espaços rurais”, informa o coordenador de Turismo, Eneas Barros.

Os roteiros elaborados deverão ser repassados aos agentes de viagem, para comercialização, e a Secretaria de Comunicação da prefeitura (SEMCOM) promoverá uma campanha de valorização da rota.