O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, sancionou, nesta quarta-feira (4), durante solenidade no Palácio da Cidade, a lei que cria a Rota Turística dos Sítios de Teresina. O projeto objetiva apoiar e fortalecer a atividade de turismo rural, o ecoturismo doméstico e a geração de emprego e renda na cidade. O evento contou com a participação de autoridades e empresários envolvidos no projeto.

A rota turística de que trata a lei abrange empreendimentos localizados na zona Rural da capital ou que estejam na periferia da cidade. Somente os empreendimentos regularmente cadastrados na Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), que assinarem o Termo de Adesão serão incluídos no Guia de Informações Turísticas Rota dos Sítios de Teresina.


Dr. Pessoa ressaltou a importância de se apoiar as rotas de turismos e, principalmente, os pequenos e micros empreendedores. “Hoje foram apresentadas aqui as rotas de turismo. A responsabilidade da prefeitura é dar infraestrutura aos médios e grandes investidores. Dos pequenos e microempreendedores, a prefeitura tem que estar mais próxima investindo na parte econômica para eles sobreviverem, e é isso que vamos fazer”.


Segundo o secretário Marcelo Eulálio, da (Semdec), que está à frente deste projeto, esta é uma ação prevista no plano de governo do prefeito Dr. Pessoa que se concretiza com o sancionamento desta lei que beneficia Teresina.

“O prefeito sempre teve uma preocupação com o fortalecimento e desenvolvimento socioeconômico da zona Rural e essa lei propiciará mais ainda isso, o fortalecendo do turismo rural, os empreendimentos. Então, Teresina ganha com esta lei e a zona Rural mais ainda”, garante o secretário.


Atualmente, o projeto é composto de 16 empreendimentos, distribuídos em quatro rotas, sendo elas: Rota dos Ipês: Fazendinha Bernard’s, Kitanda Petit, Jóquei Clube, Trapos & Fiapos, Kingo Park e Fazenda Novo Rancho; Rota do Gavião: Fazenda Vale do Leite, Sítio Alegria, Haras Ninizo, Sítio do Didi, Cantinho do Sonhador, Titara Park e Araxá Bike Park; Rota do Lago: Restaurante Sítio e Mirante do Lago; e Rota da União: Casa do Beiju e Paradise Cable Park.

Os roteiros elaborados deverão ser repassados aos agentes de viagem para comercialização, e a Secretaria de Comunicação da prefeitura (SEMCOM) promoverá uma campanha de valorização da rota.


O empresário Paulo Petit relata que os empreendedores sonhavam com um projeto como esse e que o apoio da prefeitura é importante e pode ser considerado um marco.

“A prefeitura está fazendo algo muito importante para todo empreendedor do turismo rural, é um marco. Acreditamos que esse projeto será bom para todos, vai fortalecer e fomentar toda uma cadeia produtiva. Vai ser bom para a empresa, para o produtor na zona Rural e também para o artesão. Será bom ainda para o turista que vai se deslocar para a área rural e viver experiências gastronômicas e descobrir o potencial que Teresina tem na zona Rural”, conclui o empresário.