A Prefeitura Municipal de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), vai reinaugurar nesta sexta-feira, (13), às 8h30, a sede do Centro de Convivência Cidadania, localizado na Vila São Francisco, na zona Sul de Teresina. A unidade é referenciada pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS Sul I) e atualmente atende em média 30 crianças e 30 idosos da região.

O Centro de Convivência Cidadania, que estava desativado, passou por reformas estruturais, como: pinturas, retelhamento, instalação elétrica, iluminação e climatização.

Segundo Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, a reinauguração do Centro de Convivência Cidadania é mais uma de uma série de reformas que as unidades da secretaria estão passando.

“No primeiro ano de gestão do Dr. Pessoa, realizamos visitas técnicas, fizemos relatórios das demandas estruturais e administrativas. Recebemos as unidades com grandes problemas e estamos melhorando cada prédio e cada estrutura, o que vai refletir no melhor atendimento ao público e na qualidade de trabalho dos nossos servidores”, pontuou.

Centro de Convivência Cidadania (Foto: Divulgação Semcaspi)

Socorro Ribeiro, coordenadora do Centro de Convivência Cidadania, ressalta que além da reinauguração do prédio da unidade haverá a comemoração em alusão ao Dia das Mães.

“A reforma realizada no Centro de Convivência Cidadania melhorou bastante o nosso atendimento. Atendemos aqui grupos de crianças e idosos. Iremos homenagear estas idosas assistidas, com o objetivo de trabalhar a relação mãe-filho, bem como a importância da função materna”, destacou.

A solenidade contará com a oferta de serviços dos CRAS e da Fundação Wall Ferraz, com design de sobrancelhas e corte de cabelo. Haverá ainda apresentações artísticas, roda de conversa e sorteio de brindes.

INTEGRAÇÃO NOS GRUPOS

A participação em um dos grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) acontece por demanda espontânea, encaminhamento da Rede Socioassistencial, encaminhamento do sistema de Justiça; do sistema de garantia de Direitos e de outras políticas públicas. Quem tiver interesse em ter acesso ao serviço, basta ir ao CRAS, mais próximo da residência e solicitar a participação.