Professores da Rede Municipal participarão de curso online de robótica

O sistema de tecnologia MobiEducaMe ofereceu à Rede Municipal de Educação de Teresina 20 vagas em um curso exclusivo de robótica. A capacitação online vai preparar os professores para desenvolver novas atividades de eletrônica e robótica com os alunos, estimulando ainda mais o interesse por tecnologia dentro do ambiente escolar.

Os participantes receberão kits completos de robótica para praticarem. A partir do engajamento dos professores no curso, alguns alunos também poderão ser contemplados com o material no retorno das aulas.

De acordo com os organizadores, os principais requisitos para a formação são o desejo de aprender novos desafios e a vontade de vislumbrar como a eletrônica tem potencial para colaborar com o ensino de disciplinas diversas.

Escola de Gestão de Teresina divulga cursos de capacitação online para servidores municipais

Diante do cenário de isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, a Escola de Gestão de Teresina (EGT), em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), disponibiliza para os servidores do município mais de 150 cursos de capacitação online. As oportunidades abrangem diversas áreas de atuação no serviço público e podem ser acessadas gratuitamente.

O secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, incentiva que os servidores que estão em home office aproveitem o período para se qualificar. “A disseminação da Covid-19 em nossa cidade nos levou a mudar nossa rotina para podermos preservar vidas. Por isso, muitos servidores municipais estão afastados do trabalho ou atuando de casa. Dentro deste novo contexto, é interessante investir o tempo disponível em qualificação, atualização profissional e a Escola de Gestão de Teresina oferece esta oportunidade gratuitamente”, afirma.

Os cursos disponíveis são resultado de parceria anteriormente firmada pela Prefeitura de Teresina com a ENAP. Para ter acesso à plataforma, basta o servidor acessar o site da ENAP (https://enap.gov.br/), selecionar a opção ‘CURSOS E EVENTOS’ e posteriormente ‘ENSINO A DISTÂNCIA’.

Os cursos contemplam inúmeras áreas de interesse, dentre elas: Gestão de Pessoas; Gestão Pública; Gestão Estratégica; Transformação Digital; Políticas Públicas; Inovação; Liderança; Orçamento e Finanças; Desenvolvimento Gerencial; Logística e Compras; Governança; Gestão do Conhecimento; Governo Digital; Ciência de Dados; Comunicação; Educação; Gov.br – Transformação Ágil, Planejamento, Tecnologia da Informação, Design; Gov.br – Serviços para o Cidadão, Políticas Econômicas; Gov.br – Ciência de Dados, Diversidade, Políticas de Infraestrutura, Políticas Sociais, Auditoria e Controle; Gov.br – Liderança e Inovação, Regulação, Ética, Jurídico; Gov.br – Governança e Gestão de TIC e Gov.br – Segurança e Privacidade.

 

Permissionários do Mercado do Satélite recebem curso sobre manipulação de alimentos

Teve início na tarde da última quarta-feira (11) o curso de manipulação de alimentos para os permissionários que irão gerir os boxes de alimentação do Mercado do Satélite. A ação, uma iniciativa da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste, por meio da Gerência de Serviços Urbanos e em parceria com a Fundação Wall Ferraz (FWF), iniciou ontem e se estende até sábado (14).

Os comerciantes que irão trabalhar nos boxes do mercado público estão aprendendo sobre como resfriar os alimentos, que precisam de baixas temperaturas para a efetiva conservação, e como acondicioná-los de maneira correta.

O manual de boas práticas do curso aplicado também está abordando sobre a importância das infraestruturas e instalações no interior dos boxes, a higiene e a saúde dos permissionários.

Para o gerente de Serviços Urbanos da SDU, Renato Lopes, essa é a oportunidade para que os permissionários conheçam mais sobre as boas práticas relacionadas à manutenção de alimentos. “Poder receber essas informações possibilitará a garantia da higiene dos alimentos e que todos eles sejam próprios para o consumo. Além disso, manipular os alimentos da maneira correta contribuirá para o sucesso das vendas e impulsionará o mercado”, ressaltou.

Recentemente, todos os permissionários do mercado receberam o curso “Gestão de Negócios”, que frisou a importância de gerir bem o negócio, aplicando as diretrizes corretas para atrair os clientes, bem como gerenciar o Mercado como um todo.

O Mercado foi construído para receber 27 bancas para venda de carnes, peixes e frangos; hortifruti; lanchonetes; artesanatos; confecções; consertos; temperos e frios.

 

Permissionários recebem curso de Gestão de Negócios no Mercado do Satélite

Na tarde da última segunda-feira (10) a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), em parceria com a Fundação Wall Ferraz, promoveu um curso de Gestão de Negócios para os 18 permissionários do Mercado Público do Satélite. A qualificação terá continuidade na tarde desta terça-feira (11), também na sede do Mercado.

O curso foi conduzido pelo palestrante José de Ribamar Sousa, que frisou a importância de gerir bem o negócio, aplicando as diretrizes corretas para atrair os clientes, bem como gerenciar o Mercado como um todo. Dinâmicas de grupos e atividades práticas também integrarão a programação do evento nesta terça.

De acordo com o gerente de Serviços Urbanos da SDU Leste, Renato Lopes, a iniciativa do órgão municipal tem o objetivo de dar as diretrizes necessárias para que os trabalhadores tenham a oportunidade de gerenciar seus boxes de forma eficiente. “Estamos muitos felizes em, juntamente com a Fundação Wall Ferraz, proporcionar esse momento de educação e aprimoramento de negócios para os permissionários. Tenho certeza que o curso levará mais segurança para empreender de forma efetiva”, destacou.

Durante o curso, os permissionários aprenderam a entender o próprio negócio, gerir o Box e aprender a ter lucros. Segundo a permissionária Maria Ivonete de Sousa “o curso foi muito produtivo. Trabalho no ramo de roupas e mercadorias em geral há 25 anos. Esse é o sustento da minha família e, com a chegada do Mercado, tudo ficará mais fácil. Estamos esperando por esse espaço público e foi muito bom aprender mais sobre como vender da forma correta”, declarou.

O Mercado foi construído para receber 27 bancas para venda de carnes, peixes e frangos; hortifruti; lanchonetes; artesanatos; confecções; consertos; temperos e frios, dentre outros itens.

Após o curso de gestão, os permissionários serão contemplados ainda com o curso de manipulação de alimentos. Neste curso, apenas os permissionários que comercializarem alimentos, receberão os conhecimentos necessários sobre manipulação (acondicionamento e resfriamento) de alimentos.

 

Coordenadores das UBS de Teresina concluem capacitação em gestão

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) encerrou na última sexta-feira (06) o curso para coordenadores de Unidades Básicas de Saúde. O curso, com carga horária de 40h, tinha como objetivo contribuir para o aprimoramento e qualificação do processo de trabalho nas UBS e contou com a participação de todos os coordenadores das 91 UBSs do município.

Para o diretor de Atenção Básica da FMS, Kledson Batista, a qualificação tem como pilar fundamental a melhoria no acesso do paciente aos serviços da Atenção Básica. “Esse curso veio para que os coordenadores possam identificar quais suas reais funções, quais os gargalos da atenção primária, facilitar a comunicação entre as diversas diretorias da FMS e outros setores do município, como educação e assistência social, além de uma melhor relação entre a gestão e os profissionais”, comenta ele, ressaltando ainda a importância da qualificação da Atenção Básica por ser o setor responsável por 80% das demandas de saúde de qualquer município.

O município de Teresina tem histórico de investimento na Atenção Básica, primeiro consolidando o modelo de Equipe de Saúde da Família, com 100% de cobertura. Depois o processo de melhoria da estrutura física das unidades.

“No último ano buscamos institucionalizar os procedimentos dentro da FMS. As 91 UBSs passaram por requalificação, com ambientes adequados, resultando no aumento do acesso aos serviços. Também organizamos o serviço, com a informatização das unidades, elaboração de protocolos, manuais e procedimentos padrões. É um trabalho de toda uma equipe, onde todos juntos estão construindo o que é importante para nossa cidade”, disse o presidente Charles Silveira.

Thalita Ribeiro, coordenadora da UBS Cristo Rei, foi uma das participantes do curso e conta que ele foi de suma importância para sua qualificação ao cargo que assumiu há pouco tempo. “Ele me permitiu aprimorar e melhorar a qualidade dos serviços prestados pelos coordenadores, que têm papel muito significante  dentro de uma Unidade Básica de Saúde, que nos permite ser líderes em melhorar a qualidade do atendimento para os usuários”, afirma a coordenadora.

Estatísticas

Durante o encerramento do curso foram apresentados dados estatísticos sobre os coordenadores das UBSs de Teresina. O grupo é formado em sua maioria por mulheres, com 84%, e a faixa etária predominante é dos 25 aos 59 anos. 75% possui nível superior completo, sendo que metade possui pós graduação em áreas relacionadas como Gestão em RH e Hospitalar, Saúde Pública, Atenção Primária em Saúde, Urgência e Emergência e Saúde Mental. Cerca de 30% deles estão no cargo há um período de 2 a 5 anos, sendo que 12% estão há mais de 10 anos.

 

Mulheres em espaços de gestão será tema de programa na FM Cultura

Segunda-feira é dia do Quadro Qualifica Teresina, no Programa Cultura Mix, da Rádio Cultura FM, na sintonia 107,9 MH´z. Na edição deste dia 03 de março, iniciando às 09h30, o quadro terá como entrevistada a Superintendente Executiva da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira, que falará sobre o tema: Mulheres em espaços de Gestão.

Samara Pereira é Assistente Social formada pela UFPI, Especialista em Educação Profissional e Mestre em Políticas Públicas. Desde 2007 é técnica concursada do Instituto Federal do Piauí (IFPI) e Docente do Ensino Superior. Tem experiência em gestão de programas de educação profissional na Rede Federal.

O Qualifica Teresina é veiculado, uma vez por semana, desde 2018 sendo uma produção realizada pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz, Secretaria Municipal de Comunicação e a Rádio Cultura FM. Para acompanhar o quadro e entrevistas, basta acessar o site fwf.pmt.pi.gov.br. O acesso também pode ser feito pela transmissão ao vivo na página da Fundação Wall Ferraz no Facebook.

Estão abertas inscrições para nova edição do Empreende Bairro

Começam nesta sexta-feira (31) as inscrições para o Empreende Bairro. O bairro Promorar, na zona sul, será o local escolhido para a nova edição do projeto da Prefeitura de Teresina, que acontece por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), em parceria com a TV Clube, o Sebrae no Piauí e o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA/PI).

O programa chegará com todas as suas atividades no próximo mês de março. Assim como aconteceu no bairro Mocambinho, na zona norte, em novembro do ano passado, os micro e pequenos empresários do Promorar poderão contar com oficinas de formação direcionada de Gestão de Finanças, Gestão de Pessoas, Marketing e Oficina de Tecnologia e Sustentabilidade. Para participar basta se inscrever clicando no link https://bit.ly/2OdJj42

O objetivo do Empreende Bairro é viabilizar ao empreendedor locais com acesso a diversas capacitações com o intuito de fomentar a sustentabilidade de negócios. O projeto quer ser um impulsionador de ideias para aquecer empreendimentos que já existem e a criação de novos, gerando emprego e renda. Além disso, o projeto quer também dar a oportunidade de expor produtos e serviços destes micro e pequenos empreendedores e comercializar e trocar experiências com os demais envolvidos.

“O Empreende Bairro é uma ação da Semdec que teve bastante participação dos empreendedores do Mocambinho. Acredito que no Promorar também teremos sucesso. Nosso projeto quer estimular a atividade empreendedora por meio de oficinas de capacitação. Esta é uma forma de fortalecer o empreendedorismo da região. Além disso, o projeto acaba proporcionando lazer e cultura à comunidade, pois mais uma vez queremos terminar essa edição com a realização de um grande evento”, explica o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Levantamento

De acordo com a gerente de Micro e Pequenas Empresas da Semdec, Fabiana Nascimento, na próxima segunda-feira (3) a Semdec e o CRA-PI estão no bairro Promorar realizando um levantamento das empresas que o bairro abriga. “Com essa visita ao bairro, nosso objetivo é saber exatamente quantas empresas existem no local, quais os principais serviços e produtos comercializados e qual é o público principal atendido pelo bairro”, finaliza.

 

Mulheres atendidas em convento realizam curso profissionalizante pela FWF

As mulheres atendidas por meio de um projeto social do Convento das Irmãs de São José, localizado no bairro Vila Operária, na zona norte da capital, agora podem ingressar no mercado informal. Através de um curso profissionalizante oferecido pela Prefeitura de Teresina, através da Fundação Wall Ferraz (FWF), 20 mulheres foram atendidas na área do artesanato, recebendo capacitação para trabalhar com bordados.

De acordo com Samara Pereira, superintendente executiva da Fundação, o curso de bordado garante renda extra para as alunas e, a partir de agora, elas poderão usar o aprendizado para atuarem em feiras populares, gerando uma economia no orçamento familiar. “Estes cursos são muito importantes para os teresinenses, pois trazem oportunidades de aprendizado e desenvolvimento de habilidades”, disse a gestora, garantindo que em 2020 a Fundação Wall Ferraz continuará com parcerias com entidades comunitárias e religiosas a fim de garantir que mais pessoas possam conquistar a profissionalização.

A instrutora Maria de Fátima conta que o curso teve duração de dez dias e neste período as alunas puderam aprender diversas técnicas sobre os pontos variáveis, que são aqueles que dão o formato final do bordado. “Fiquei impressionada com a desenvoltura das alunas, pois apesar de parecer fácil, o trabalho com bordados é muito mais complexo do que muitos imaginam”, conta a instrutora.

A aposentada Alda Rodrigues comenta que já sabia bordar, mas não tinha conhecimento das técnicas utilizadas para que o bordado tivesse uma qualidade profissional. “Eu procurei este curso para me aperfeiçoar, pois quem trabalha com bordado sabe que é um trabalho onde os pequenos detalhes são bastante importantes”, conta Alda, afirmando ainda que durante este ano pretende abraçar novas oportunidades de qualificação profissional.

Em breve a Fundação Wall Ferraz vai lançar um edital para o cadastro de instrutores que atuam na realização de cursos profissionalizantes, oficinas e ações de cidadania. Os interessados podem acompanhar no site do órgão: fwf.pmt.pi.gov.br .

 

Moradores do Teresina Sul concluem curso profissionalizante

Cerca de 30 moradores do Residencial Teresina Sul foram profissionalizados através de um curso oferecido pela Prefeitura de Teresina por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF). Com o encerramento do curso de decoração com balões os moradores da comunidade agora estão aptos a ingressarem no mercado de trabalho, podendo atuar em eventos particulares e profissionais.

Amparo Ribeiro, técnica da Fundação Wall Ferraz, destaca que o objetivo dos cursos oferecidos pelo órgão é atender as demandas da população em diferentes bairros da capital. “Trabalhamos em parcerias com entidades comunitárias, que são associações da sociedade civil. Essa parceria garante a oferta de cursos que contemplam diversas áreas de atuação e oportuniza mais qualificação para os teresinenses”, explicou Amparo.

A realização do curso de decoração com balões foi uma reivindicação do Conselho Comunitário do Teresina Sul I e II. De acordo com Ana Barbosa, presidente da entidade, essa parceria fortalece o movimento comunitário e valoriza a população das regiões periféricas da cidade que não dispõe de recursos para realizar cursos particulares na região central. “Ficamos felizes por ter recebido este curso e temos a certeza que através dele as alunas vão mudar de vida, pois agora elas poderão ter renda própria para colaborar nas despesas do orçamento familiar”, disse Ana.

Uma das alunas do curso foi Lara Rocha, que afirmou ter procurado a qualificação por ter visto uma oportunidade para ganhar uma renda extra para sua família. “Um curso como este, realizado de forma gratuita e perto de nossas casas, garante a pessoas como eu uma oportunidade justa para que possamos adquirir conhecimento profissional”, afirmou.

Os cursos oferecidos pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e os interessados em participar devem atentos ao calendário divulgado pelo site fwf.pmt.pi.gov.br.

As entidades sem fins lucrativos que desejam ser parceiras na realização de cursos devem procurar a sede da entidade para oficializar a intenção.