Semjuv firma parceria e oferece cursos de capacitação nas áreas de marketing e administração

A Prefeitura de Teresina, através da Secretária Municipal da Juventude (Semjuv) assinou na manhã desta segunda-feira (18) um termo de cooperação com o Instituto Aprendiz sem Fronteiras para o oferecimento de cursos de capacitação gratuito para os jovens de Teresina.

Na oportunidade será oferecido cursos de gestão em marketing, publicidade e propaganda e gestão em administração comercial com carga horária de 80 a 120 horas, com aulas aos sábados de 9h às 11h ou de 15 às 17h.

“Com essa parceria queremos ampliar a possibilidade de inserção desses jovens no mercado de trabalho, com cursos de qualidade e gratuito, onde o aluno ainda terá a oportunidade de realizar um estágio voluntário complementar ao curso, para a aquisição de experiência”, enfatizou a Secretária Municipal da Juventude, Eliana Lago.

Os interessados em participar poderão fazer as inscrições no link que será disponibilizado no endereço eletrônico da Semjuv https://semjuv.teresina.pi.gov.br/ ou no site do Aprendiz sem fronteiras https://www.transformabrasil.com.br/projeto/instituto-aprendiz-sem-fronteiras.

As aulas dos cursos vão acontecer de forma presencial no dia 06 de novembro nas zonas sul, leste, norte e sudeste de Teresina e os alunos inscritos terão além das inscrições gratuitas, material e mensalidade. “No final do curso os alunos participantes farão uma doação de R$ 30 a R$50 reais para recebimentos dos certificados”, finalizou Marcelo Nobre do Instituto sem Fronteiras .

Semec vai implementar formação de professores com perspectiva inclusiva

A educação inclusiva em Teresina terá um avanço significativo com a decisão tomada pelo secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso. Os professores das unidades de ensino da Rede Municipal agora passarão a ter formações específicas para atender alunos com necessidades especiais, adquirindo habilidades para a construção de escolas cada vez mais inclusivas.

O primeiro passo para a implementação das capacitações, que deverão começar no próximo ano, será a formação de uma equipe de educação especial. O grupo vai conter professores da Rede e mestres da Universidade Federal do Piauí e Universidade Estadual do Piauí, para que estabeleçam diretrizes para a formação continuada em uma perspectiva inclusiva.
A coordenadora da Divisão de Educação Inclusiva da Semec, Amanda Kárdia, afirma que as capacitações serão direcionadas para todos os professores, tanto das salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) quanto das salas de aula regulares.

“O objetivo é finalmente promover a articulação entre os professores para que ofereçam um ensino inclusivo, completo, apoiando os alunos em todas as suas necessidades”, declara a coordenadora.

A Rede Municipal de Teresina conta com 70 salas de AEE, oferecendo atendimento especializado no contraturno escolar. Apesar das escolas manterem um planejamento de atividades para esses alunos, a Semec pretende consolidar essa ação enquanto Rede, com base na formação dos professores.

“Vamos envolver os professores de todas as disciplinas e todas as escolas. É um grande avanço em busca da educação que queremos para as crianças de Teresina”, conclui Amanda.

Semec busca parceria para valorizar obras produzidas por professores da Rede Municipal

Com o objetivo de valorizar as produções de autores locais da REDE SEMEC, o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, está buscando formas de viabilizar a publicação de livros produzidos por professores da Rede Municipal de Ensino. Nesta terça-feira (12), conversou com o diretor da editora da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Professor Dr. Marcelo Neto para uma parceria.

Fotos: Ascom Semec

Também esteve no encontro o professor da UESPI, Dr. Feliciano Bezerra do curso de Letras Português e a professora Débora Rêgo, diretora do Centro Municipal de Educação Infantil João Batista Brito de Melo. Ela já produziu dois livros infantis e pediu ajuda da Secretaria Municipal de Educação (Semec) para levá-los até as unidades de ensino. “Nas escolas sempre trabalhamos projetos de autores renomados, mas também no Piauí temos boas obras. Precisamos espalhar essas produções para as crianças”, disse Débora.

O secretário Nouga também apresentou aos professores da UESPI um livro escrito pela professora Ana Vitória de Carvalho, falecida recentemente após complicações da Covid-19. Ana Vitória contribuiu com a Rede Municipal por anos, foi homenageada dando nome à uma escola, e agora pode ter seus escritos publicados.

“Estamos em busca dessa parceria com a editora da UESPI para valorizar as produções piauienses. A proposta é que logo possamos consumir nas escolas essas obras, trabalhar com a produção local, dando espaço para os nossos autores”, destacou Nouga Cardoso.

Gestores da educação municipal discutem níveis de leitura e escrita dos ciclos de alfabetização

Discutir e analisar os resultados de leitura e escrita do Ciclo de Alfabetização da Rede Municipal de Teresina. Estes foram os objetivos dos encontros gerenciais realizados pela Secretaria Municipal de Educação (Semec) nos dias 12 e 13 de outubro, que contou com a participação de 230 gestores da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Fotos: Ascom Semec

“Os gestores foram acolhidos, de forma calorosa, por meio de movimento corporal, como forma de reflexão sobre a importância do acolhimento no processo de Alfabetização das crianças. Na oportunidade, destacamos ainda sobre aspectos emocionais relacionados à afetividade como elementos necessários ao estreitamento de laços entre professor e estudantes, em especial no retorno às aulas”, diz coordenadora de Alfabetização da Rede Municipal de Ensino, Aurismar Sousa.

Durante a apresentação e análise dos resultados foi feita a socialização de experiências significativas desenvolvidas pelos(as) professores(as), pedagogos(as) e diretores(as) das unidades de ensino, como forma de compartilhar boas práticas e possibilitar melhores intervenções no processo ensino aprendizagem. “É importante destacar que, através da avaliação, os processos formativos assumem ampla dimensão e possibilitam intervenções pedagógicas assertivas favorecedoras do desenvolvimento e aprendizagem dos estudantes”, acrescenta Aurismar.

“Cada gestor, no exercício crítico reflexivo acerca de dados produzidos em avaliações, e, ao abordá-los qualitativamente, torna-se agente motivador de equipes através da liderança dialogada e incentivador de boas práticas”, afirma a professora Eudeilane Pereira, coordenadora da Avaliação. “Para nós, é um momento rico em aprendizados, em que constatamos a importância de realizarmos a análise dos resultados no cotidiano da escola, dialogar com a equipe escolar e traçar novas estratégias para o desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita no processo de Alfabetização”, complementa.

“Com base nos resultados das avaliações dos níveis de leitura e escrita dos alunos discutimos com os diretores, propondo situações a serem colocada a partir deste momento. Fizemos também uma análise do que tivemos como evolução em relação ao retorno das aulas presenciais”, conclui o secretário executivo de ensino da Semec, Kleytton dos Santos.

Mulheres atendidas pelo Serviço Florescer participam de Workshop sobre mercado de trabalho

A pandemia da covid-19 e as mudanças no mercado de trabalho trouxeram novos desafios para quem deseja conseguir um emprego. Pensando nisso, na manhã desta quarta-feira (13), as mulheres atendidas pelo Serviço Florescer, na zona Norte de Teresina, participaram do Workshop do Balcão do Trabalhador. O evento foi realizado em parceria com a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) e a Fundação Wall Ferraz (FWF).

Fotos: Ascom SMPM

Durante a capacitação, foram abordados temas como marketing pessoal, autocuidado e identificação profissional. A secretária da SMPM, Karla Berger, reforça que essa atividade tem como principal objetivo fazer com que as mulheres passem por um treinamento sobre como se comportar durante uma entrevista de emprego e como se inserir no mercado de trabalho.

“É ciente pela nossa pasta que a dependência financeira ainda é o que mais dificuldade que uma mulher se empondere. Portanto, atividades como essa garantem que elas possam sair de um ciclo de violência e se reestruturar financeiramente, com filhos ou outros membros familiares que dependam dela”,  analisa Karla Berger.

É o caso de Fernanda Alves, que participa há dois anos do Serviço Florescer na zona Norte. Com dois filhos, ela está à procura de um emprego e após a capacitação, já se sente mais preparada para entrevistas e seleções. “Achei a palestra muito produtiva. Consegui identificar meus pontos negativos e positivos, agora é só aplicar quando a oportunidade certa aparecer”, destaca a mulher.

O palestrante da capacitação, Átila Araújo, destaca que hoje em dia o mercado exige qualificações cada vez maiores. Por isso, a capacitação pontua não apenas o conhecimento técnico, mas outras habilidades importantes para quem deseja conseguir um emprego formal. “Precisamos ser diferentes, mas para isso temos que nos perceber, saber do que gostamos, com que queremos trabalhar, para ter um olhar direcionado”, complementa.

Hospital de Urgência de Teresina realiza 3ª Semana da Fisioterapia

Em comemoração ao Dia do Fisioterapeuta, celebrado hoje (13 de Outubro) será realizado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), nessa quarta, quinta e sexta (13 à 15-Out) a 3ª Semana da Fisioterapia com o tema: mobilizar é preciso.

Na programação será ofertado no auditório para o público interessado o mini curso de terapia a laser voltada para a cicatrização de tecidos e alivio da dor de pacientes críticos; além da apresentação de um protocolo da área e uma ação denominada “Cuidador Capacitado, Paciente Seguro” visando orientar os familiares um auxílio mais seguro, enquanto paciente no Hospital como na recuperação pós-alta hospitalar.

A abertura da Semana da Fisioterapia do HUT contou com a participação dos representantes máximo do Conselho Regional de Fisioterapia do Piauí (Crefito), Dr. Rodrigo Amorim e Dr. Saulo Carvalho da Associação Brasileira de Fisioterapia em Terapia Intensiva (Assobrafir), da gerente de atenção hospitalar, enfermeira Roberta Berté e dos diretores do HUT, médicos Fábio Marcos e Hormone Rodrigues.

Classificado como um dos profissionais de saúde que fazem a diferença na assistência ao paciente, a fisioterapia hospitalar trabalha no tratamento dos pacientes internados para prevenir complicações respiratórias, neurológicas e motoras e na recuperação de lesões.

Dados da Revista Brasileira de Terapia Intensiva revelam que até 60% dos pacientes internados em unidades de terapias intensiva (UTIs) desenvolvem fraqueza generalizada relacionada ao imobilismo, logo a mobilização precoce dos nossos pacientes críticos se faz necessário para a redução do tempo de ventilação mecânica e a base para a recuperação funcional e a retorno para casa com qualidade de vida, declara Danila Vieira, coordenadora do serviço no HUT.

Para o paciente Benjamin Aragão que ficou 45 dias internado, “os médicos me curaram, mas a fisioterapia me deu a vontade de viver”. Declarou.

O Serviço de Fisioterapia do HUT conta hoje com 69 profissionais realizando nesse ultimo bimestre cerca de 16.109 atendimentos, apresentando um crescimento de 134% de faturamento no período.

Foto: Divulgação (Ascom/HUT)

Foto: Divulgação (Ascom/HUT)

Biketrans: Prefeito entrega certificados de agentes que fizeram curso de ciclopatrulhamento da STRANS

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS) encerrou, neste sábado (09), com a presença do Prefeito Doutor Pessoa, o curso de Ciclofiscalização de Trânsito dos agentes de trânsito da STRANS. A Capacitação aconteceu durante toda a semana com instrutores do SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte).

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, falou sobre a importância da fiscalização utilizando a bicicleta que também serve para estimular o uso desse meio de transporte como alternativa de mobilidade.

“As técnicas de fiscalização com bicicleta são um conhecimento específico que deve ser valorizado principalmente porque vai melhorar a prestação do serviço público municipal referente ao trânsito”, destacou o prefeito Doutor Pessoa.

O superintendente da STRANS, Cláudio Pessoa, destacou uma preocupação com o público interno do órgão. “É necessário humanizar e capacitar constantemente os agentes para melhorar a atuação desses profissionais na fiscalização, frisou o superintendente da STRANS.

A agente de trânsito da STRANS, Jáiza Lopes, foi uma das três mulheres que participou da capacitação. Com 20 anos de trabalho na STRANS, a agente disse estar apaixonada pela modalidade de fiscalização por meio de bicicletas, que possibilita um contato mais próximo com o usuário, foi um desafio benéfico que trará benefícios inclusive para a saúde física e mental do agente.

“A participação das mulheres foi importante e agradável para mostrar que o sexo feminino é valorizado e se fez respeitar pela sua capacidade laborativa”, comentou a agente com 20 anos de serviço, Jáiza Lopes.

Foram capacitados 25 agentes entre eles 3 mulheres para atuar na fiscalização nas ciclovias e ciclofaixas de Teresina e humanizar o contato com os usuários das ciclofaixas e pedestres.

O curso contou com 32 horas de capacitação e treinamento teórico e prática de abordagem. O Curso possui o diferencial da utilização da bicicleta para esse modo de fiscalização que requer o uso de técnicas adequadas.

Estiveram presentes na solenidade de encerramento do curso de ciclofiscalização, o Diretor Administrativo e Financeiro, Bruno Pessoa, Diretor de Operações e Fiscalização de Trânsito, Coronel Ricardo Almeida, Diretor de Transporte Público, Valdir Lima, Diretor de Trânsito e Sistema Viário, Pádua Vasconcelos, Gerente de Educação de Trânsito, Reginaldo Canuto, Gerente de Operações de Trânsito, Carla Sales, Gerente de Transporte Rural, Josemar Júnior, entre outras autoridades municipais e agentes da STRANS.

Foto: Divulgação (Semcom/Strans)

Programa Lixo Zero reúne fiscais para ampliar ações de monitoramento

A Coordenação de Limpeza Pública da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) reuniu hoje (07) toda a equipe do Programa Lixo Zero para discutir formas de aprimorar o monitoramento dos pontos de descarte irregular de lixo.

A reunião acontece mensalmente e abrange tanto a fiscalização como a aplicação de notificações e multas e as atividades de prevenção.

“Nós estamos intensificando todas as atividades de monitoramento e fiscalização para tentar evitar a continuidade desse ato, que é tão nocivo à saúde pública”, declara o coordenador de Limpeza da SEMDUH, Fabrício Amaral.

Ele frisa que colocar lixo em local proibido provoca mau cheiro, aumenta a proliferação de mosquitos e doenças, contribui para o aparecimento de roedores e outros animais, além de causar poluição ambiental e visual, o entupimento das galerias e inundações em toda a cidade, especialmente em períodos chuvosos.

“Quando você joga lixo na rua, você está fazendo mal a si mesmo. Você pode adoecer por causa disso e ainda prejudicar toda a população que mora próximo ou que transita por ali”, alerta Fabrício Amaral.

O supervisor de Fiscalização do Programa Lixo Zero, Adriano Barreto, ressalta que a primeira ação da Prefeitura é notificar os infratores e solicitar a retirada do lixo. Caso não seja atendida a solicitação, é aplicada uma multa.

“A população precisa ficar do nosso lado. Nós não vamos multar sem dar a oportunidade da pessoa consertar o erro. Mas, nos casos em que não somos atendidos, aí sim aplicamos uma multa, e se o erro persistir, podemos aumentar o valor, até chegar a R$ 3.690”, finaliza Adriano.

Foto: Ascom Semduh

Professores do EJA alinham ações do segundo semestre

Professores da modalidade de ensino Educação de Jovens e Adultos – EJA da rede municipal participaram de uma reunião no Centro de Formação Professor Odilon Nunes, com o objetivo de mostrar aos demais professores as ações do programa para o segundo semestre de 2021. O Evento teve início com o professor Francisco Rodrigues, coordenador da modalidade, apresentando as 16 ações programadas para a modalidade.

Fotos: Ascom Semec

As ações contemplam alguns projetos já desenvolvidos pela educação municipal, dentre elas: as olímpiada de matemática, concurso de redação, eleição de escolas com destaque em atendimento com o prêmio Escola Inclusiva do EJA, entre outras atividades que valorizaram professores e alunos através de eventos e atividades com premiações. “Outra ação que estamos promovendo junto aos professores é a validação do currículo do EJA. Como é de desejo avaliar o desempenho também desses estudantes”, declarou Francisco.

Divididos em salas por disciplinas, após a apresentação das ações para o segundo semestre, os professores, guiados por um colaborador EJA da SEMEC iniciaram suas avaliações e percepções sobre currículo do primeiro e segundo segmento do EJA.

O Secretário Executivo de Ensino, Professor Kleytton dos Santos esteve presente vistoriando a atividade dos professores. “Ações como essas são importantes para que as pessoas tenham um outro olhar sobre o EJA, para que ele possa cumprir o seu papel social e educacional”, declarou o Secretário.

“Esse momento é muito importante para o desenvolvimento da aprendizagem no EJA. Com as pontuações e sugestões dos professores. Nós, colaboradores do EJA, vamos fazer um relatório e levar para os técnicos da SEMEC”, pontuou Acácia Ribeiro, colaboradora responsável pela atividade com os professores de história.

Assinatura de Convênio entre a STRANS e o SEST SENAT para qualificação dos Agentes de Trânsito

O Superintendente, Cláudio Pessoa, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS), acompanhado do Gerente de Educação de Trânsito, Reginaldo Canuto, assinou nesta terça-feira (05), o convênio com o SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), com o Diretor do SEST SENAT, Cristian Campelo.

Um dos objetivos do Convênio é firmar acordo para promover a educação profissional buscando a capacitação e qualificação dos Agentes de Trânsito, que compõe a Diretoria de Operações e Fiscalização de Trânsito da STRANS (DOFT), nos cursos especializados oferecidos pelo SEST SENAT na área de transporte e trânsito, entre outras demandas.

O Superintendente da STRANS, Cláudio Pessoa, explica que a intenção é implantar a ciclofiscalização para orientar os usuários das ciclofaixas existentes e que serão ampliadas. A parceria pretende buscar a qualificação dos agentes de trânsito da STRANS para que esses agentes possam orientar os usuários das ciclofaixas e também os pedestres.

“O SEST SENAT não poderia ficar de fora com a experiência que ele tem na parte de instrução, na prestação de cursos na área de transportes de trânsito, então a ideia é que a gente possa está através dessa parceria instruindo e formando melhor nossos agentes de trânsito no curso de nivelamento de ciclofiscalização, que no futuro próximo nós estaremos disponibilizando para os munícipes da nossa cidade, onde nós vamos abordar toda temática relacionada ao uso devido das ciclovias e ciclofaixas, tanto pelos ciclistas, como pedestres e os condutores de veículos motores”, destaca o superintendente da Strans, Cláudio Pessoa.

O Diretor do SEST SENAT, Cristian Campelo, destaca a importância do convênio firmado com a STRANS, principalmente para formação dos Agentes de Trânsito que irão compor o Grupamento Especializado de Fiscalização de Trânsito através de bicicletas, denominado de BikeTrans.

“A STRANS é o órgão que legisla e cuida do nosso trânsito, do transporte, e o SEST SENAT é o S do transporte, é o nosso papel contribuir com a educação do trânsito, com a melhoria dos nossos motoristas. Ficamos felizes e honrado em está contribuindo com tudo isso. O SEST SENAT recebe com muita satisfação a possibilidade de contribuir com mais essa inovação na cidade de Teresina, a gente acredita e entende que isso é muito importante para melhoria do nosso trânsito, para melhoria e orientação dos nossos pedestres, ciclistas, e dos nossos motoristas. A gente se sente muito honrado de poder contribuir e participar com essa inovação que está chegando em nossa cidade”, pontua o Diretor do SEST SENAT, Cristian Campelo.

Agentes de Trânsito da Strans participam de formação no SEST SENAT para o BikeTrans

O Curso de Nivelamento de Ciclofiscalização de Trânsito para os Agentes de Trânsito da STRANS tem a carga horária de 32h e faz parte de uma das fases para composição do Grupamento do BikeTrans, sendo coordenado pela Gerência de Educação de Trânsito da STRANS.

A capacitação para os Agentes de Trânsito da STRANS está sendo ministrado pelos instrutores do SEST SENAT, na sede do órgão, localizada na Praça Landri Sales, Centro de Teresina. As aulas tiveram início no dia 1º de outubro e segue até o dia 09 de outubro, no turno da manhã e tarde de acordo com o cronograma do SEST SENAT.

O Projeto BikeTrans

Com vistas de otimização do trabalho de fiscalização de trânsito especialmente nas ciclofaixas e ciclovias em Teresina, como forma de incentivar o ciclismo, o uso da bicicleta pela população no dia a dia da cidade, dando maior segurança no trânsito aos ciclistas, aos pedestres, aos envolvidos e para melhorar a mobilidade urbana, está em andamento na STRANS, por meio da Gerência de Educação de Trânsito, o Projeto BikeTrans, que será composto por equipes de Agentes de Trânsito do quadro efetivo da STRANS.

Com o objetivo de comporem o grupamento Especializado de Fiscalização de Trânsito por meio de bicicletas, os Agentes de Trânsito estão participando de capacitação no curso de nivelamento de ciclo fiscalização de trânsito como parte de uma das etapas em andamento do processo de seleção interna.

Foto: Divulgação (Strans)