CMEI Castro Alves realiza atividade em prol da saúde das mulheres da comunidade

O Centro Municipal de Ensino Infantil (CMEI) Castro Alves recebeu uma ação especial para garantir bem-estar para todas as mamães de alunos e as mulheres da comunidade do Jardim Eliana, onde fica localizado.

A ação denominada como “Mulher e autocuidado” foi organizada pelos alunos de enfermagem da UNIFACID WYDEN, que por meio de uma roda de conversa abordaram temas como saúde feminina, cuidados básicos e métodos contraceptivos, tudo de forma descontraída e bem organizada.

Fotos: Ascom Semec

Além das conversas, os futuros enfermeiros fizeram um atendimento humanizado com as participantes da atividade aferindo a pressão arterial e a glicemia capilar das convidadas.

“A ação teve um impacto muito grande, a nossa comunidade é muito carente desse tipo de assistência, principalmente social e da saúde da mulher. Foi algo que movimentou muito a escola e trouxe informação para as mulheres da nossa comunidade”, pontua a diretora do CMEI, a professora Liza Mariana Cardoso.

Para a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) é de fundamental importância que as escolas tenham preocupações sociais para além dos muros institucionais. Ações que agregam bem-estar às mães e a comunidade como um todo, perpetuam e atingem a rotina das crianças de forma positiva.

A professora Izane Andrade, coordenadora da ação, explica que “além das experiências compartilhadas, a atividade permitiu um olhar humanizado na formação acadêmica de seus alunos, como também contribuiu com toda a comunidade escolar.”

Fundação Wall Ferraz abre inscrições para o curso de “Confecção do Vestuário, Corte, Costura e Modelagem”

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz abriu nesta quarta-feira (8), o processo de inscrição para o curso presencial de “Confecção do Vestuário, Corte, Costura e Modelagem”, que será realizado no Instituto Costurando Sonhos, zona Sul de Teresina. As aulas aconteceram no turno da tarde, 14h às 17h, com início das atividades no dia 13/06, concluindo a carga horária de 200h.

As inscrições estão sendo realizadas de forma presencial, na sede do Instituto Costurando Sonhos (Rua Elpidio Brigido de Sá, S/N), bairro Vila da Glória, zona Sul de Teresina. Para ter a inscrição concluída o candidato deve levar os seguintes documentos: RG, CPF e comprovantes de residência e escolaridade.

No curso, os alunos irão aprender técnicas de Costura e Modelagem de roupas, manuseio da máquina de costura, medidas e conhecimento sobre tecidos, combinação de estampas, ajustes e reformas, acabamentos, confecção de acessórios e bolsas têxteis. Esse curso foi elaborado especialmente para as pessoas que desejam conseguir uma vaga no mercado de trabalho, aprender uma nova profissão e aprimorar os seus conhecimentos.

“A Fundação Wall Ferraz tem a missão de executar estratégias de qualificação profissional para a população de Teresina. É uma determinação do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, para fazermos isso de maneira descentralizada, ampliando cada vez mais todas as nossas atividades” destacou Maykon Silva, presidente da FWF.

Todas as atividades da FWF têm o objetivo levar qualificação profissional gratuita para a população de Teresina. Os alunos recebem material didático básico gratuito e acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocar em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho.

Foto: Divulgação (FWF)

Prefeitura de Teresina convoca mais 322 novos professores

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), convoca 322 novos professores seletivos para suprir as demandas de alunos, considerando o retorno integral às aulas vigentes.

O chamamento faz parte do Processo Seletivo Simplificado para Professor Substituto, referente ao Edital n° 006/2021. Esses docentes atuarão em turmas do Primeiro Ciclo (Polivalência) e anos iniciais do Ensino Fundamental, e quatro professores atuarão em turmas do Segundo Ciclo (Matemática).

O secretário de Governo, André Lopes, destaca que a Prefeitura vem trabalhando para suprir essa demanda, a fim de manter o calendário letivo em dias.

“Durante o ano passado, foi feito um seletivo da Semec, no qual foram colocados diversos professores substitutos em diversas áreas. Ainda estamos precisando desses docentes para suprir o quadro. Portanto, estamos convocando mais 322 novos professores que estarão atuando na rede municipal e mantendo o calendário escolar em dias”, disse o secretário.

Alunos da rede municipal participam do SaLiPi 2022

Após dois anos sem desenvolver atividades presenciais devido à pandemia da COVID-19, a 20ª edição do Salão do Livro do Piauí (SALIPI) iniciou no sábado (03) e se estende até o final desta semana (12). Com a Universidade Federal do Piauí (UFPI) sediando o evento, diariamente leitores e leitoras de todas as idades vão ao SALIPI para participar de palestras, seminários literários, lançamento de livros, bate-papo com autores e da tradicional feira de livros.

Com a participação da Prefeitura Municipal de Teresina, por meio de Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) sempre ativa no evento, a equipe técnica criou um cronograma para os alunos e professores da Rede Municipal de Ensino participarem e fazerem a visitação ao evento.

A Professora Maria Laura da Escola Municipal Manoel Alves de Oliveira, zona rural de Teresina, levou 37 alunos da unidade para o evento na manhã de hoje(8). “É sempre muito gratificante levar os alunos para um evento como o SALIPI. Nossos estudantes são da zona rural e acabam por não terem muito acesso a esse tipo de evento. Este ano a prefeitura garantiu”, ressalta.

Evelin da Silva Alves do 5º ano, turno manhã, disse que considera muito a participação no SALIPI, que vai muito além de uma simples visitação. “O evento é uma ótima experiência fora da sala de aula. Os alunos precisam desse tipo de evento para abrir mais as ideais e assim ter um melhor desempenho na escola e socialmente”, enfatiza. Sobre o livro favorito, o pequeno revela que suas obras favoritas são de ficção e fantasia.

O secretário executivo de Ensino, Professor Kleytton Santos, destacou como a SEMEC contribuiu para esse momento de cidadania, educação e formação para estudantes e professores, “ao longo de toda esta semana os alunos receberão “cheques-livros”, para fazer aquisições de livros de sua escolha. Para os professores a SEMEC ofertou 1.000 vagas para as palestras literárias como ouvintes. Ao todo foram contratados 5.000 cheque-livros para atender os alunos da rede”, afirma.

Fotos: Ascom Semec

Unidades de ensino da Rede Municipal podem encaminhar novos alunos para o CMAM

Para apoiar o desenvolvimento dos alunos matriculados nas unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina que possuem transtornos de aprendizagem, o Centro Municipal de Atendimento Multidisciplinar (CMAM) abriu inscrição para novas crianças. Até o dia 30 de junho, cada unidade de ensino da Prefeitura pode encaminhar um aluno a partir do preenchimento da ficha de inscrição enviada para a escola.

O CMAM funciona desde 2017 por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semec) e a Fundação Municipal de Saúde (FMS), realizando atendimento médico e multidisciplinar. O benefício é voltado para alunos da Rede Municipal com transtornos e/ou dificuldades de aprendizagem, na faixa etária de 5 a 16 anos, disponibilizando serviços médicos, terapêuticos e assistência social.

A diretora do Centro, Daniela Escórcio, ressalta que é necessário orientar os responsáveis pelos alunos sobre as normas institucionais e sensibiliza-los quanto à importância do atendimento. “É importante que a escola e os pais acompanhem a frequência dos alunos atendidos e mantenham todo o tratamento, inclusive com os encaminhamentos que os nossos profissionais realizam. Esse é um trabalho coletivo em prol das nossas crianças e adolescentes”, conclui Daniela.

Eturb realiza modernização da iluminação no Ginásio Sarah Menezes

A Prefeitura de Teresina, por meio da Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB), realizou a modernização da iluminação do Ginásio Sarah Menezes, localizado no bairro Morada do Sol, na zona Leste da capital.

Foram instalados 46 projetores em LED, sendo 22 projetores de 50W iluminando toda a área externa do ginásio e 24 projetores de 200W na área interna, substituindo os projetores existentes com lâmpada vapor metálico de 400W, corrigindo falhas e garantindo maior nível de iluminação no local, além de proporcionar economia de 44% da carga instalada.

O local é utilizado para prática de artes marciais, defesa pessoal e dança. A intervenção, além de beneficiar a pratica de atividades, também é vista como uma ação de segurança, pois a iluminação inibe atos de violência.

“Estamos sempre trabalhando em prol do povo. A população solicitou e nós recuperamos e modernizamos a iluminação do local, que é uma referência para a prática esportiva em Teresina. Vamos continuar firmes no propósito de melhorar a nossa cidade, assim como determina o nosso prefeito Dr. Pessoa”, afirmou João Duarte, presidente da Eturb.

Fundação Wall Ferraz oferta 150 vagas para cursos de qualificação profissional

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF) está com inscrições abertas para cursos de qualificação profissional nos centros de capacitação dos bairros Vermelha, Poty Velho, Dirceu e Porto Alegre. Ao todo, mais de 150 vagas serão ofertadas para os cursos de “Balconista de Farmácia”, “Operador de Caixa”, “Agente de Portaria” e “Confecção do Vestuário, Corte, Costura e Modelagem”.

As inscrições estão sendo realizadas de forma presencial nas sedes dos Centros de Capacitação da Fundação Wall Ferraz. Para realizar a inscrição, o candidato deve ser maior de 16 anos, com ensino médio completo ou cursando o último ano, e são necessários os seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência. As atividades terão início no dia 13 de junho, nos turnos da manhã, tarde e noite.

“A Fundação Wall Ferraz tem a missão de executar estratégias de qualificação profissional para a população de Teresina, fazemos isso utilizando os nossos centros de capacitação. É uma determinação do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, para fazermos isso de maneira descentralizada, ampliando cada vez mais todas as nossas atividades. Estamos buscando cada vez mais intensificar as atividades em nossos centros de capacitação, que estão localizados em todas as zonas e também nas comunidades rurais” destacou Maykon Silva, presidente da FWF.

Todas as atividades da FWF têm o objetivo levar qualificação profissional gratuita para a população de Teresina. Os alunos recebem material didático básico gratuito e acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocar em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho.

Confira a carga horária e os locais dos cursos:

Centro de Capacitação do Bairro Vermelha (Rua Treze de Maio, 1718, zona Sul de Teresina):

•Curso de Operador de Caixa, 70h;
•Agente de Portaria, 80h.

Centro de Capacitação do Bairro Poty Velho (Rua Desembargador Flávio Furtado, n° 1113, zona Norte de Teresina).

•Agente de Portaria, 80h;
•Balconista de Farmácia, 80h.

Centro de Capacitação do Bairro Dirceu (Rua 54 s/n Próximo a Biblioteca):
•Balconista de Farmácia.

– Avenida Ayrton Sena Qd. E, Casa 45, Bairro PORTO ALEGRE, zona Sul de Teresina.

•Confecção do Vestuário, Corte, Costura e Modelagem, 200h.

Prefeitura de Teresina realiza oficina sobre a análise de mudanças climáticas na capital

A Prefeitura de Teresina, através da coordenação Agenda Teresina 2030, vinculada a Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), realizou nesta sexta-feira (03), a oficina de apresentação dos resultados preliminares da Análise de Vulnerabilidade à Mudança do Clima para o Município de Teresina e discussão dos principais indicadores de vulnerabilidade e exposição às mudanças climáticas a serem usados na continuidade do estudo. O evento aconteceu no Centro de Educação Empresarial (CEE/SEBRAE), no período da manhã.

“Estamos construindo o plano de adaptação e mitigação de mudanças climáticas da cidade de Teresina e esse plano é muito importante, pois temos visto as ferramentas da crise climática cada vez mais em eventos de deslizamentos e enchentes. Por isso, precisamos preparar a cidade para que esteja adaptada a essas intercorrências ambientais. Para que menos vidas sejam perdidas e menos malefícios cheguem à população. E para que isso seja feito de forma construtiva, precisamos levar em consideração o conhecimento científico, mas também o conhecimento tradicional. Oficinas como a de hoje são importantíssimas para inserir a visão de quem vivencia a cidade e tenhamos um plano o mais assertivo possível e que consiga levar Teresina para um futuro mais sustentável”, pontua Argemiro Teixeira, engenheiro e especialista em mudanças climáticas.

A Oficina permite a discussão dos principais indicadores de vulnerabilidade e exposição às mudanças climáticas a serem usados no estudo. Esta ação pretende trabalhar desde a contextualização sobre o projeto, dos objetivos aos dados já concretos do estudo, como também esclarecer sobre os principais riscos climáticos passados e futuros. Apresentar tendências de mudança do clima para os anos de 2040, 2070 e 2100, e também discutir medidas para adaptação.

Em 2021, através de processo licitatório, o consórcio Icare Estratégia Ambiental LTDA + CODEX Remote Ciências e Imagens Digitais LTDA ficaram responsáveis pela elaboração do Plano de Ação Climática para a realização de um diagnóstico de vulnerabilidades à mudança do clima na capital. A ação servirá para mapear as áreas, populações e atividades potencialmente afetadas por essas mudanças, o inventário de Emissão de Gases do Efeito Estufa, permitindo o monitoramento de fontes emissoras e sumidouros.

“Hoje a gente teve uma oficina participativa do nosso plano de ação climática, que é uma das etapas coletivas durante esse processo. Fizemos um debate muito interessante sobre a situação atual de Teresina, trazendo uma perspectiva do passado e o que vem acontecendo com relação à mudança climática e uma previsão do futuro. O que pode acontecer se Teresina não agir em cima dessas emissões de gás de efeito estufa? É um trabalho da Prefeitura, mas também é um trabalho em conjunto com a sociedade. Todo mundo tem que estar consciente e todo mundo tem que ser inserido nesse processo de mudança, de perspectiva, de um futuro pra Teresina melhor a todos”, acrescenta Cíntia Bartz, coordenadora do departamento Agenda Teresina 2030.

Escola Municipal Serafim conscientiza alunos sobre a preservação ambiental

No próximo dia 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi instituída em 1972 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e tem como objetivo principal chamar a atenção da população para os problemas ambientais e a importância da preservação dos recursos naturais. Nesta semana, as unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina estão trabalhando o tema em sala de aula.

Alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Serafim, localizada no Povoado Cebola, zona Rural, participaram nesta semana de uma série de atividades educativas nas aulas de Ciências. Hoje (03) foi realizada a culminância, com uma exposição dos trabalhos desenvolvidos pelos estudantes, onde se utilizou materiais naturais e recicláveis.

“Os alunos aprenderam na prática sobre diversos assuntos relacionados à preservação do meio ambiente, como a reutilização de materiais e reciclagem, e fizeram desenhos, maquetes e outros trabalhos manuais. Participaram também de uma gincana sobre a temática e trouxeram mudas de plantas para a escola”, explica a diretora da E.M Serafim, Fátima Fonteles.

O secretário Nouga Cardoso garante: “A Secretaria Municipal de Educação (Semec) vem dando importância a temática, desenvolvendo várias ações junto às escolas, alunos e familiares, desenvolvimento habilidades e modificando as atitudes em relação ao meio e aos princípios sociais e ambientais.

Fotos: Ascom Semec

Unidades de ensino da Rede Municipal dão show de criatividade com o Alfabetiza Teresina

Os alunos da Rede Municipal de Teresina que estão no ciclo de alfabetização recebem uma força a mais para cultivar o hábito pela leitura. Com apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), as unidades de ensino desenvolvem o Projeto Alfabetiza Teresina. As escolas programam as atividades de acordo com suas realidades e com as metas que pretendem atingir.

Fotos: Ascom Semec

No Centro Municipal de Educação Infantil Luterano, situado no bairro Parque Piauí, o tema do projeto de leitura este ano é “Catadores de histórias, contadores de sonhos”. As famílias participaram do lançamento oficial e as crianças desfilaram com figurinos dos contos de fadas que serão trabalhados em sala de aula. Cerca de 120 crianças participam do projeto, onde mensalmente uma turma vai preparar uma apresentação teatral para compartilhar no pátio com os colegas.

Também na zona Sul, o CMEI Hercília Torres reuniu os alunos para o lançamento do projeto, que promete trabalhar os clássicos infantis de forma lúdica. O objetivo é incentivar as crianças a ler e escrever utilizando histórias que despertam interesse. Toda a equipe escolar abraçou a ideia e está empenhada em apoiar os pequenos no desenvolvimento de suas habilidades.

No CMEI Roseana Maria Martins de Lima, localizado no Vale Quem Tem, o Alfabetiza Teresina será em concomitância com o projeto Formando Leitores, já realizado na escola. Livros de todos os tipos e material pedagógico ficarão disponíveis para que os alunos explorem à vontade. “Vamos somar as ideias e já temos um plano de ação para executar durante todo o ano, utilizando muitas brincadeiras e levando a um aprendizado divertido”, afirma a diretora Francisca do Nascimento.