Inscrições de caminhões para Corso de Teresina são prorrogadas

Para dar mais oportunidade para aqueles que desejam brincar no Corso, o prazo de inscrição de caminhões para o maior desfile de carros fantasiados do mundo foi prorrogado até sexta-feira (03). Nesta edição, o corso do Zé Pereira de Teresina, acontece no dia 11 de fevereiro (sábado), a partir das 16h, na avenida Raul Lopes, na zona Leste de Teresina, sendo que a expectativa dos organizadores é que 200 mil foliões passem pelo corredor da folia.

Foto: Ascom FMC

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Ênio Portela, as inscrições foram prorrogadas a pedido da própria população que não conseguiu realizar o cadastro dos veículos no prazo estipulado pelo edital. O gestor da pasta da cultura enfatizou ainda que a intenção dos organizadores é fazer com que todos possam ter a oportunidade de cair na folia no primeiro Corso, pós momento pandêmico.

“O objetivo da Prefeitura de Teresina e da Fundação Monsenhor Chaves é fazer com que todos os teresinenses façam parte do maior carnaval da história de Teresina. Essa prorrogação é um pedido da população. Muitas pessoas alegaram que não conseguiram fazer a inscrição, por isso, estendemos o prazo” disse Ênio Portela, afirmando que a decisão foi tomada em comum acordo com a COC e o prefeito Dr. Pessoa, que está fazendo questão de participar de todo o processo.

Inscrições 

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas das 8h às 13h, na sede da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves – FMC, situada na Rua Félix Pacheco, 1440 – Centro. No ato da inscrição é obrigatória a apresentação da cópia da CNH do motorista condutor e o RG do responsável pelo caminhão, além da documentação do caminhão devidamente regularizado, sob pena de indeferimento do processo.

De acordo com o edital, que está disponível na aba “documentos” do site cultura.pmt.pi.gov.br, só será permitida a inscrição de caminhão com ano de fabricação a partir de 1986, sendo veículo de um e dois eixos com comprimento máximo de até 14m e bitrem até 20m.

Premiação

Para esta edição, serão distribuídos R$ 75 mil reais em premiação, sendo R$ 20.000,00 (vinte mil reais) para o Caminhão mais animado; R$ 20.000,00 (vinte mil reais ) para o Caminhão mais criativo (inusitado); R$ 20.000,00 (vinte mil reais ) para o Caminhão com a melhor produção (decoração e fantasia). Além da premiação para os caminhões, este ano o Corso contará com três palcos com atrações musicais surpresas e ainda diversos concursos, onde serão distribuídos R$ 15 mil reais em prêmios.

O Corso é uma realização da Prefeitura Municipal de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, com o apoio da Secretaria Municipal de Comunicação Social e várias outras pastas da gestão municipal. Todas as informações a respeito do evento, estão disponíveis no site cultura.pmt.pi.gov.br ou na página cultura_the no Instagram.

Confira o edital (inserir link) https://cultura.pmt.pi.gov.br/documents/

Pranchinha reúne milhares de teresinenses na avenida Raul Lopes

Milhares de teresinenses se reúnem para a Pranchinha Fotos9Ascom/FMC)

Na capital piauiense, o Carnaval 2023 já começou. A Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), não estão medindo esforços para presentear a população com diversas atividades pré-carnavalescas por toda a cidade. O Pranchinha, que na verdade é uma espécie de mini-trio elétrico, é um dos projetos da gestão municipal que vem há duas semanas reunindo milhares de foliões ao longo da avenida Raul Lopes, que fica localizada no bairro Jóquei Clube, na zona Leste da cidade.

De acordo com Ênio Portela, presidente da FMC, a Pranchinha é um projeto novo que veio para ficar, pois, segundo ele, nasceu da vontade do povo, que há tempos vinha cobrando mudanças na programação carnavalesca da capital. Ênio Portela destacou ainda que a Pranchinha se tornou um espaço bem democrático, já que reúne no mesmo local, pessoas de todos os níveis sociais, tornando o evento ainda mais grandioso.

“Sempre ouvimos falar em divisões sociais, só que aqui o que a gente vê são ricos e pobres na mesma sintonia, mostrando que o Carnaval é sim uma festa da união. Vamos continuar com o nosso propósito de oferecer alternativas culturais para a população, ainda mais quando a gente nota que a população, que é quem paga os impostos, aprova o que a gente vem fazendo de reformulação no setor cultural”, comenta Ênio Portela.

A doméstica Rita Pinheiro, de 38 anos, que mora próximo a avenida, disse que vem aproveitando a folga dominical para cair na folia ao som da Banda Amuleto, que comanda a Pranchinha. Para ela, que mora em Teresina, há cinco anos, o evento está aprovado, pois mostra que a cidade agora tem um Carnaval diferenciado e com muitas opções.

“Só conhecia aqui perto o Corso, mas era algo que não me agradava muito. Vim a primeira vez e gostei, pois notei que era algo bem familiar, bem-organizado, por isso voltei e irei vir na última edição. Gostei tanto desse projeto, que espero que a prefeitura daqui possa avaliar e colocar uma Pranchinha pelo menos uma vez por mês”, disse Rita Pinheiro, afirmando que também gostou da integração com a Banda Piauí Samba e a Banda Mocinha.

O empresário Raimundo Gomes, de 46 anos, morador do bairro Ininga, também se mostrou surpreso com as mudanças no Carnaval de Teresina. Ele disse que o evento de momo da capital havia estagnado, e sempre oferecia a mesma coisa, afastando os foliões. Raimundo disse que descobriu a Pranchinha ao fazer caminhada com a família e que gostou tanto que deixou o passo a passo de lado e percorreu a avenida dançando com a esposa e as filhas.

“Parabéns para quem teve essa ideia, agora sim temos um Carnaval que chama a atenção do público, espero que mais mudanças venham pela frente, pois só assim não precisaremos abandonar Teresina em busca de festas carnavalescas em outras cidades. Voltarei no próximo domingo, só que, desta vez, com mais amigos, pois muita gente me chamou no Whats App, quando mostrei o triozinho no meu status, eles ficaram me perguntando se era verdade mesmo, pois não imaginavam que nossa cidade teria uma linda festa como essa que a gente está vendo aqui”, comentou Raimundo Gomes.

No próximo domingo (5), a partir das 16h30, é a última edição da Pranchinha. A mesma terá como concentração as proximidades dos quiosques da avenida Raul Lopes, seguindo até o Complexo Cultural e Turístico Mirante da Ponte Estaiada.

FMC divulga resultado final do edital de apoio aos blocos carnavalescos

Com prêmios que variam entre R$ 3 e R$ 15 mil reais, este ano, durante o Carnaval, a cidade de Teresina oferece aos blocos carnavalescos, a sua maior premiação da história, comprovando o compromisso da gestão municipal e do prefeito Dr. Pessoa com a cultura local. Através de um edital aberto aos pequenos e grandes blocos, a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), geraram uma oportunidade igualitária aqueles que durante a Folia de Momo, contribuem de forma direta com o enriquecimento cultural local.

O Bloco Pinto da Morada foi um dos escolhidos para receber apoio da Prefeitura Municipal de Teresina / foto: Ascom FMC

O prefeito Dr. Pessoa, conta que ao iniciar todo o processo para a realização do Carnaval 2023, ouviu diversos representantes de blocos, que apontaram uma desigualdade no repasse dos recursos, e ainda o preconceito com os pequenos blocos de sujos. De acordo com informações repassadas ao prefeito, pequenos blocos recebiam apenas uma pequena ajuda de custo no valor de R$ 1 mil reais, e que este valor dava apenas para os blocos custear as despesas com o aluguel do ônibus, já que os blocos eram obrigados a desfilar em um evento oficial da prefeitura, fato que segundo o prefeito, fez com que muitos desses blocos, desistem de buscar o apoio do poder público.

“Estamos fazendo o maior Carnaval da história de Teresina, com isso estamos aumentando os apoios aos blocos, pois é preciso que se leve a cultura a sério, é preciso tratar todos com respeito, e isso a gente vem fazendo. O Ênio Portela é quem comanda a pasta da cultura, e por sua vez, toda a programação carnavalesca, porém estamos alinhados e conversamos todos os dias, pois faço questão de acompanhar de perto todas as ações desenvolvidas pelos órgãos da administração direta e indireta”, comenta o prefeito Dr. Pessoa, dizendo ainda que está muito feliz com os resultados obtidos pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves.

O presidente da FMC, Ênio Portela destacou que este ano, com a notícia de mais investimentos, vários blocos voltaram a participar da seleção, porém foram selecionados aqueles que mais obtiveram pontos de acordo com as regras expostas no edital. Ênio Portela comentou ainda que para o próximo ano, a intenção é melhorar ainda mais os investimentos para que a pasta da cultura possa apoiar mais blocos por toda a cidade.

“É um recomeço, porém já recomeçamos bem melhor que as edições anteriores. Vamos seguir avançando para que aqueles que fazem a cultura continuem sendo respeitados, e para que nossa cidade possa ser exemplo nacional no que se diz respeito a cultura”, diz Ênio Portela.

O resultado final do edital de apoio aos blocos carnavalescos está disponível no site cultura.pmt.pi.gov.br. O link do site também está à disposição dos internautas na bio da página cultura_the no Instagram.

Veja os selecionados

BASE – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

OS LOUCOS DA CODIPI – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

KI LOUCURA – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

MIGUELÂNCIA – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

RAPAZES ALEGRES – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

MANOEL DA ROÇA – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

OS BOLAS – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

BATUKADA – BLOCO DOS SUJOS – $ 3.000,00

COBRA FEST – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

BLOQUINHO DA TAPIOKA – BLOCO DOS SUJOS – R$ 3.000,00

CHEPEIROS – BLOCO PEQUENO PORTE – R$5.000,00

BLOCO ALCOOL – BLOCO PEQUENO PORTE – R$5.000,00

AI PAI, PARA – BLOCO PEQUENO PORTE – R$5.000,00

TAN DAN DAN – BLOCO PEQUENO PORTE – R$5.000,00

SÓ ENCHENDO E DERRAMANDO – BLOCO PEQUENO PORTE – R$5.000,00

PIAUÍ SAMBA – BLOCO PEQUENO PORTE – R$5.000,00

JACINTA FOLIA – BLOCO PEQUENO PORTE – R$5.000,00

SALVE RAINHA – BLOCO PEQUENO PORTE – R$5.000,00

LÁ ELE – BLOCO MÉDIO PORTE – R$10.000,00

BARÃO DE ITARARÉ – BLOCO MÉDIO PORTE – R$10.000,00

SÓ FUXICO – BLOCO MÉDIO PORTE – R$10.000,00

PERNAMBUCO – BLOCO MÉDIO PORTE – R$10.000,00

TORANDO BRITA – BLOCO MÉDIO PORTE – R$10.000,00

STOURADAS – BLOCO MÉDIO PORTE – R$10.000,00

CAPOTE DA MADRUGADA – BLOCO GRANDE PORTE – R$15.000,00

PINTO DA MORADA – BLOCO GRANDE PORTE – R$15.000,00

BLOCO DO PAÇOCA – BLOCO GRANDE PORTE – R$15.000,00

OS FULEIRAS – BLOCO GRANDE PORTE – R$15.000,00

LISOSSOMOS – BLOCO GRANDE PORTE – R$15.000,00

VACA ATOLADA – BLOCO GRANDE PORTE – R$15.000,00

Primeiro  Levadão levou animação para o Centro de Teresina

Na manhã desta sexta-feira (27), quem passou pela Praça Rio Branco, no Centro de Teresina, pôde acompanhar de perto o projeto Levadão, que até o Carnaval, estará levando para a região central da cidade, muita animação ao som do Grupo Piauí Samba. O evento faz parte da programação dos eventos que antecedem o Carnaval, o mesmo está sendo realizado pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC).

Fotos: Ascom FMC

O presidente da FMC, Ênio Portela, conta que por determinação do prefeito Dr. Pessoa, a pasta da cultura está levando as atividades culturais para todos os cantos da cidade, e que o Centro, local onde une pessoas de todas as partes, não poderia ficar de fora da programação que antecede a Folia de Momo. O representante da FMC destacou ainda os recentes investimentos do poder público municipal na região, e que a pasta da cultura pretende reforçar a realização de atividades no Centro, a fim de possibilitar aos moradores, trabalhadores, e clientes, opções culturais, que irão se integrar com o comércio local, possibilitando a movimentação da economia.

“O Carnaval é uma festa de todos, por isso não poderíamos deixar o Centro de fora. Iniciamos hoje e seguiremos com o Levadão até o início da Folia de Momo, tudo para garantir que a cidade viva esse momento que encanta todo o mundo”, destaca Ênio Portela.

A Raimunda Araújo, do bairro Satélite, conta que ir ao Centro é uma missão muito estressante, tudo segundo ela, por conta do vai e vem das pessoas e veículos. Para ela, esse tipo de iniciativa movimenta o cenário cultural, mas também ajuda a aliviar a mente de quem tira um pouco do tempo para acompanhar a apresentação.

“Tanto eu, como minha irmã que é de Belém do Pará, saímos daqui encantadas, é a primeira vez que a gente vê algo de qualidade aqui na praça. A Prefeitura de Teresina está de parabéns por oferecer essas atrações gratuitas para nós que costumamos vir aqui no Centro”, disse ela, afirmando que agora a ida ao Centro, será bem menos estressante.

O músico Robert Gleydson, do Grupo Piauí Samba, disse ter ficado muito feliz com o convite, pois para ele, após dois anos sem atividades carnavalescas, a cidade precisa urgentemente respirar um pouco de cultura. Ele também destacou os investimentos da gestão municipal na área da cultura, que vem possibilitando um apoio direto aos artistas locais, que segundo ele, foram a classe mais prejudicada com as medidas restritivas provocadas por conta do momento pandêmico.

“A arte do Piauí tem que ser compartilhada, estamos vindo de uma pandemia. Esse vai ser o Carnaval do reencontro, o Carnaval do abraço, onde os artistas locais, com o apoio da Prefeitura de Teresina e da Fundação Monsenhor Chaves, estarão indo onde o povo está”, comenta Robert Glaydson.

O Levadão é um projeto de samba que será realizado todas as sextas-feiras no Centro de Teresina. Toda a programação pode ser consultada no site cultura.pmt.pi.gov.br, ou na página cultura_the no Instagram.

Prévias carnavalescas movimentarão Teresina neste final de semana

A Banda Rosa Xote é uma das atrações do Circuito de Prévias Carnavalescas nos bairros Foto(Ascom/FMC)

Com o intuito de fomentar a cultura na capital, iniciou, no dia 20 de janeiro, e encerram, neste final de semana, as prévias carnavalescas promovidas pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio das ações de descentralização da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). As prévias, que já ocorreram nas zonas Sul e Sudeste, contam com atrações musicais locais e agora serão realizadas nas zonas Norte e Leste, além da comunidade rural Santa Luz.

O presidente da FMC, Ênio Portela, conta que, após dois anos sem realizar o Carnaval, a cidade se prepara agora para esse retorno, por isso, segundo ele, foram tomadas medidas para garantir mais investimentos. O gestor enfatizou ainda a importância da participação do prefeito Dr. Pessoa em todo o processo de organização das festividades carnavalescas, para ele, a determinação do prefeito em querer reforçar os investimentos, foi fundamental para que houvesse os reajustes, a exemplo das premiações.

“Estamos levando o Carnaval para perto do povo, estamos trabalhando, diuturnamente, para que todos possam ter um brilhante retorno. Com o aumento dos investimentos, estamos tendo como chegar em locais onde antes a gestão não chegava, inclusive incentivando os blocos de sujos que são ativos nas comunidades periféricas”, afirma Ênio Portela, reforçando que todas as mudanças ocorreram ouvindo o povo e as pessoas que atuam diretamente na manutenção do Carnaval.

Nesta etapa final, os foliões contarão com shows de Dyago do Acordeon, Nairon Lima, Rosa Xote, Gleyane Lima, Axé da Giu, Banda Siribolo, Bloco da Mari e Banda, e o Bloco dos Moreiras. Todos os shows são gratuitos e abertos para que empreendedores locais possam comercializar seus produtos.

Locais e datas das prévias:

27/01 – Povoado Santa Luz – zona rural Norte -17h30

27/01 – Teatro do Boi – zona Norte – 17h30

28/01 – Praça Ocílio Lago – zona Leste – 17h00

FMC divulga finalistas do Concurso de Músicas Carnavalescas

 

Em 2019, uma marchinha em homenagem ao Garrincha, levou o primeiro lugar do concurso. Foto (Ascom/FMC)

Com o objetivo de reforçar a tradição dos antigos bailes carnavalescos e valorizar a produção dos artistas piauienses, a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), está realizando o 10º Concurso de Músicas Carnavalescas.

Nesta primeira etapa, foram selecionadas ontem (26), 10 das 20 canções inscritas no edital deste ano, sendo que as mesmas serão julgadas no próximo dia 04 de fevereiro em um evento que será realizado no Palácio da Música, no Centro da capital.

De acordo com o presidente da FMC, Ênio Portela, para dar mais lisura ao processo, foi publicado um edital, onde qualquer teresinense acima de 18 anos, tivesse a oportunidade de participar inscrevendo até duas canções individuais e inéditas. Ainda de acordo com o presidente da pasta da cultura, nesta edição, serão distribuídos R$ 10 mil reais em prêmios divididos para os três primeiros colocados no concurso.

“Vamos oferecer um prêmio de R$ 5 mil para o primeiro colocado, R$ 3 mil para o segundo colocado e ainda R$ 2 mil reais para o terceiro colocado. É uma oportunidade para continuarmos incentivando os compositores locais, a exemplo das demais atividades culturais que realizamos ao longo do ano passado, onde estivemos totalmente focados no apoio a aqueles que querem seguir carreira com músicas autorais”, destaca Ênio Portela, enfatizando ainda que todo esse apoio a cultura se dar graças aos esforços do prefeito Dr. Pessoa, que desde o início da gestão, vem trabalhando em parceria com a classe artística local.

Após este resultado, compositores selecionados deverão participar de um ensaio prévio que deverá ocorrer entre os dias 01 e 03 de fevereiro, em local definido pela comissão. As demais informações sobre o processo, bem como mais notícias a respeito das atividades carnavalescas estão à disposição do público no site cultura.pmt.pi.gov.br, ou na página cultura_the no Instagram.

Veja as canções selecionadas

CUIA – PAULO GAUDINO

TERESINA PARA SEMPRE – CARLOS ANTONIO

SÓ NO PORENQUANTO – ZÉ RORAIMA

PELAS RUAS DO RENASCENÇA – MARCEONE RODRIGUES O CARNAVAL VOLTOU – LEO ABREU

DEIXA ENTRAR – LUCAS COIMBRA

FREVO DOS BLOCOS – DANIEL LOPES

CARNAVAL PELA CIDADE – CARLOS TAYLAN

O AMOR (É) LIVRE – KILITO

TREM SEM FREIO – PAULO MORAES

Projeto Levadão irá levar o Carnaval para o Centro de Teresina

Começa amanhã (27), e segue pelas próximas sextas-feiras, até o dia 10 de fevereiro, o Projeto Levadão, idealizado pela Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio das ações da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). O levadão irá iniciar às 09h, na Praça Rio Branco, no Centro da Cidade, tendo como atração o Grupo Piauí Samba, que é um dos grupos mais tradicionais da capital e que tem o costume de concentrar uma grande multidão por onde passar.

Grupo Piauí Samba irá animar o Projeto Levadão no Centro de Teresina / foto: Ascom FMC

De acordo com Ênio Portela, presidente da FMC, o Centro da cidade, durante o horário comercial é muito movimentado, tendo pessoas de todos os bairros e inclusive de outras cidades, além de moradores do próprio bairro que segundo ele, também precisavam ser beneficiados com as ações carnavalescas desenvolvidas pelo poder público municipal. Ênio Portela disse ainda que este ano a Prefeitura de Teresina está levando o Carnaval para todos os cantos, inclusive com mais investimentos que possibilitaram mais respeito aos que fazem a cultura no município.

“É lógico que não iríamos deixar o Centro de Teresina de fora das festividades de Carnaval. Vamos iniciar esse projeto nesta Sexta, porém o mesmo segue até o dia 10 de fevereiro, sendo mais uma opção de divertimento neste período que antecede a Folia de Momo”, comenta Ênio Portela, reafirmando ainda o compromisso da Prefeitura de Teresina e do prefeito Dr. Pessoa de sempre está valorizando os artistas locais, e ainda incentivando o empreendedorismo local, uma vez que esses eventos se tornam uma rede que movimenta a economia de Teresina.

Para acompanhar toda a programação do Levadão, bem como todas as outras ações culturais desenvolvidas pela Prefeitura Municipal de Teresina, basta acessar o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, que é o cultura.pmt.pi.gov.br. As informações também estão disponíveis na página cultura_the no Instagram e em todas as outras plataformas sociais através da hashtag #culturateresina.

FMC divulga resultado preliminar do edital para apoio aos blocos carnavalescos

Com o intuito de manter viva a tradição do Carnaval na capital, a gestão municipal lançou no início deste mês, vários editais, entre eles o da escolha dos blocos carnavalescos que este ano terão apoio financeiro da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) e da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). Diferente das edições anteriores onde a maioria dos blocos recebiam apenas um pequeno apoio de mil reais, este ano os blocos foram separados por categorias, no qual o apoio varia entre R$ 3 mil e R$ 15 mil, isso de acordo com o tamanho dos mesmos.

Foto: Ascom FMC

Sobre o resultado

O resultado preliminar para a escolha dos blocos está disponível na seção documentos, do site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o cultura.pmt.pi.gov.br. O resultado final será divulgado no próximo dia 26 de janeiro.

Veja o resultado preliminar

BASE – BLOCO DOS SUJOS

OS LOUCOS DA CODIPI – BLOCO DOS SUJOS

KI LOUCURA – BLOCO DOS SUJOS

MIGUELÂNCIA – BLOCO DOS SUJOS

BOLIM E BOLÃO – BLOCO DOS SUJOS

MANOEL DA ROÇA – BLOCO DOS SUJOS

OS BOLAS – BLOCO DOS SUJOS

BATUKADA – BLOCO DOS SUJOS

COBRA FEST – BLOCO DOS SUJOS

BLOQUINHO DA TAPIOCA – BLOCO DOS SUJOS

CHEPEIROS – PEQUENO PORTE

BLOCO ÁLCOOL – PEQUENO PORTE

AI PAI, PARA – PEQUENO PORTE

TAN DAN DAN – PEQUENO PORTE

SÓ ENCHENDO E DERRAMANDO – PEQUENO PORTE

PIAUÍ SAMBA – PEQUENO PORTE

JACINTA FOLIA – PEQUENO PORTE

SALVE RAINHA – PEQUENO PORTE

LÁ ELE – MÉDIO PORTE

BARÃO DO ITARARÉ – MÉDIO PORTE

SÓ FUXICO – MÉDIO PORTE

PERNAMBUCO – MÉDIO PORTE

TORANO BRITA – MÉDIO PORTE

STOURADAS – MÉDIO PORTE

CAPOTE DA MADRUGADA – GRANDE PORTE

PINTO NA MORADA – GRANDE PORTE

BLOCO DO PAÇOCA – GRANDE PORTE

OS FULEIRAS – GRANDE PORTE

LISOSSOMOS – GRANDE PORTE

VACA ATOLADA – GRANDE PORTE

Pranchinha arrasta multidão na avenida Raul Lopes

Centenas de pessoas acompanharam a Pranchinha na avenida Raul Lopes Fotos(Ascom/FMC)

Quem acompanha as redes sociais da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) e da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) já sabia da novidade, porém, muitos que estavam praticando exercícios na avenida Raul Lopes, na zona Leste da capital, foram pegos de surpresa com um veículo semelhante aos famosos trios elétricos, conduzindo banda Amuleto com o seu amplo repertório de axé. O Projeto Pranchinha, que na semana passada ocorreu como forma de experimento, mostrou que veio para ficar, pois o público presente foi ao delírio, e o que não faltaram foram os elogios daqueles que ontem (22), começaram a entrar no ritmo do Carnaval 2023, que este ano vem repleto de novidades.

Presente no evento que antecede a Folia de Momo, Ênio Portela, presidente da FMC, disse que esse projeto seguirá por todos os domingos que antecedem o maior Corso do mundo, que este ano será realizado no dia 11 de fevereiro, também na avenida Raul Lopes, porém, com algumas adequações que prometem animar e chamar a atenção dos foliões teresinenses, que há anos cobravam novidades no evento. O presidente da fundação confessa que, apesar de saber da paixão do público local pelos trios elétricos, ele não esperava pela multidão que compareceu para acompanhar a primeira edição da Pranchinha.

“Quando assumiu a gestão, o prefeito Dr. Pessoa ouviu os teresinenses e logo decidiu que no primeiro Carnaval, após o momento pandêmico, Teresina ganharia um Carnaval que agradasse aos foliões, por isso, ainda no ano passado, reunimos os técnicos da FMC, e juntos com o Palácio da Cidade, começamos a montar as estratégias. Entre as mudanças está a Pranchinha que, a partir de agora, é impossível ser retirada da programação carnavalesca, porém, outras novidades serão anunciadas em breve”, confirma Ênio Portela, lembrando ainda que este ano o Carnaval de Teresina tem o maior investimento da história da cidade.

Público aprovou

Entre os foliões da Pranchinha estava a contadora Deurilane Damasceno. Ela disse está feliz com o trabalho que a prefeitura vem fazendo no setor cultural, pois notou que nos eventos é comum um grande número de trabalhadores autônomos, e isso, segundo ela, ajuda a movimentar a economia local. Ela também citou que a gestão segue dando exemplo na contratação de artistas locais, pois Teresina e o Piauí têm inúmeros talentos que ainda estão longe do olhar do grande público e careciam de espaços como os que têm atualmente.

“Muita gente pensa que investir dinheiro no Carnaval é dinheiro jogado fora, mas quem trabalha com números, sabe muito bem o que um evento grandioso trás de receita para a cidade, além de gerar emprego para inúmeras pessoas, principalmente para aquelas que estão fora do mercado de trabalho e optam por atuarem na informalidade. Outra observação são os shows com os talentos locais, lembro que antes era impossível se lotar um grande espaço só com essa classe, sendo que hoje a gente vê eventos como o Cajuína, reunindo milhares de teresinenses assistindo shows de teresinenses”, comenta Deurilane Damasceno.

Geração de renda

Enquanto muitos se divertiam, Augusto Filho estava ao lado do filho empurrando um carrinho de mão contendo um isopor cheio de cervejas, água e refrigerante. Ele conta que até do final da Pranchinha já tinha apurado cerca de 500 reais, dinheiro que, segundo ele, chega em uma boa hora. Augusto falou ainda do retorno do Carnaval e sobre a sua expectativa a respeito das festividades, que prometem ser grandiosas em público e em renda para os vendedores ambulantes.

“Estamos há dois anos sem Carnaval, foram dois anos de sofrimento, sem poder levar o sustento para minha casa e agora com os eventos promovidos pela prefeitura, a gente pode organizar as contas e dar um conforto melhor para a família. Só temos a agradecer ao prefeito Dr. Pessoa por honrar o compromisso que ele fez com os empreendedores desta cidade”, disse Augusto Filho, afirmando que já está preparado para os outros domingos de Pranchinha e Corso.

O Pranchinha é um evento gratuito e ocorrerá até o domingo que antecede o Corso, sempre iniciando às 16h30, nas proximidades da avenida Jockey Clube, seguindo pela avenida Raul Lopes, até o Complexo Turístico Mirante da Ponte Estaiada. Toda a programação da Pranchinha, bem como os demais eventos culturais promovidos pela Prefeitura Municipal de Teresina está disponível no site cultura.pmt.pi.gov.br ou na página Cultura_The no Instagram.

Prévias carnavalescas movimentam bairros de Teresina

Com o intuito de fortalecer a cultura na cidade, a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), iniciou, neste final de semana, o Circuito de Prévias nos Bairros, onde bandas locais se apresentam em espaços públicos, preparando a população para o Carnaval,que este ano, com mais investimentos, vem recheado de novidades.

Na sexta-feira, o circuito passou pelo bairro Saci, na zona Sul, já no sábado, foi a vez dos moradores do Grande Dirceu, na zona Sudeste, onde o público presente pôde acompanhar os shows dos grupos Kanga Elétrico e a Banda Siribolo.

Banda Siribolo tocou muito axé para o público / foto: (Ascom /FMC )

O presidente da FMC, Ênio Portela, falou que a região do Grande Dirceu é muito rica em cultura, e citou os blocos carnavalescos da região que, segundo ele, ao longo dos últimos anos, ajudou de forma direta no fortalecimento da cultura teresinense. O gestor citou ainda que, neste final de semana, foram as duas primeiras prévias, mas que no próximo outras regiões da capital receberão as festividades, que antecedem a Folia de Momo.

“Estamos percorrendo Teresina para mostrar para o povo o comprometimento desta gestão, em especial do prefeito Dr. Pessoa, com a nossa cultura. Além de contribuir com os artistas locais e com o lazer dos munícipes, essas prévias também são espaços para que muitos teresinenses possam gerar renda para suas famílias”, comenta Ênio Portela.

A vendedora de bebidas Ana Silva, de 35 anos, que mora no bairro Promorar, conta que, nos últimos anos, teve sua renda ampliada por conta desses eventos promovidos pela Prefeitura de Teresina, para ela, é um incentivo que contribui de forma direta com aqueles que resolveram optar pela profissão de vendedor ambulante. Ana conta ainda que antes o dinheiro que ganhava mal dava para pagar as contas e que agora com o aumento das atividades culturais, ela e vários colegas estão conseguindo obter lucros que culminam com uma melhor qualidade de vida.

“Desde que o prefeito Dr. Pessoa entrou na prefeitura, eu consegui vender mais, hoje pago plano de saúde para mim e meu filho e até consegui trocar o meu veículo, que uso para transportar os produtos que comercializo nos eventos. São oportunidades assim que estávamos precisando, por isso, faço questão de estar em todos esses eventos”, disse Ana Silvia, afirmando ainda que está otimista a respeito das festividades de Carnaval.

O cantor Flaviano Kangas disse que a decisão da prefeitura em realizar eventos com artistas locais contribui e muito com a classe artística, que passou dois anos sem poder trabalhar por conta das restrições sanitárias. A banda que Fabiano integra é uma das dezenas de atrações contratadas pela gestão municipal para animar os teresinenses no período de Carnaval.

“Como artista me sinto realizado, pois sei que tanto eu, como outros artistas teresinenses agora têm espaço para tocar em eventos públicos. Com esses contratos, também fazemos movimentar a economia da cidade, pois as bandas empregam centenas de pais e mães de família”, afirma Flaviano Kangas.

Com um forró elétrico, o Kangas foi a primeira atração da prévia realizada no Dirceu.

Outras prévias

No próximo final de semana será a vez dos bairros Matadouro, na zona Norte e o Jockey Clube, na zona Leste, além do povoado Santa Luz, na zona rural Norte. Todas as prévias são gratuitas e os barranqueiros não precisam de cadastro antecipado para expor e comercializar seus produtos.

Onde ver a agenda

Para acompanhar toda a programação de Carnaval, bem como as demais ações realizadas pela Prefeitura Municipal de Teresina e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br, ou seguir a página cultura_the no Instagram.