19º Festival Afro Cultural da Beleza Negra movimenta a Santa Maria da Codipi

O festival iniciou nesta manhã com ações voltadas para o grafite Foto(Ascom/FMC)

O bairro Santa Maria da Codipi, que fica localizado na zona Norte de Teresina, sedia neste sábado, (27), a 19ª edição do Festival Afro Cultural da Beleza Negra, evento que terá como atrativos diversas atividades culturais. O festival iniciou nesta manhã com ações voltadas para o grafite, pela tarde ocorrerão rodas de discussões e às 18h, na praça principal da comunidade, terá a parte cultural com a realização de uma exposição, desfiles de moda, grupos teatrais, grupos de dança, capoeira e música ao vivo.

Nesta edição também ocorrerá o concurso para escolher o Rei e Rainha da Beleza Negra, escolhendo nomes que irão representar a beleza negra na região. Para esse concurso, foram feitas inscrições antecipadas pelos organizadores do evento.

De acordo com produtor Dornele França, mais conhecido na comunidade como “Doka”, o evento, realizado pelo Grupo Reação do Gueto, já faz parte do calendário cultural da região da Grande Santa Maria da Codipi e ocorre todo ano, no mês da Consciência Negra. Ele também enfatiza ainda que haverá homenagens à escritora negra Carolina Maria de Jesus e a senhora “Mariola”, que muito tem contribuído com a comunidade.

“Essa atividade é muito importante para a comunidade, ele nasceu há 20 anos pelo Grupo Raça e hoje continua viva graças a atitudes de moradores que não querem deixar essa tradição acabar. A gente trata da cultura negra de uma outra ótica, não como os colonizados, mas como o povo que tem uma cultura incrível, que realmente merece ser cultuada, merece ser apreciada”, destaca Dornele França.

Este ano o festival conta com apoio da Prefeitura de Teresina, por meio das ações da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e do vereador Ismael Silva, que destinou emenda parlamentar para a atividade.

VEJA AS ATRAÇÕES:

Grupos de capoeira

Love Zumba

Fundação Inês Carvalho

Vida e Fé

Dançarte

Dança Apec

Argumento Pesado

Encruza

A trinca

Afoxá

Reação do Gueto

Dj 15

Caju Pinga Fogo

Ruaz Crew

Traficando Literatura

Escola de Ballet Joana Darc

Prefeitura de Teresina lança Edital de Chamamento Público para artistas

Inicia na próxima segunda-feira (29/11), as inscrições do Edital de Chamamento Público para a seleção de artistas em diversas áreas culturais que deverão atuar em atividades públicas realizadas pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), órgão responsável pela fomentação das políticas públicas voltadas para o setor cultural no município de Teresina. O edital vem em meio a uma necessidade de se valorizar o artista local, que foi o primeiro a ser abalado com as medidas restritivas adotadas por conta da pandemia do coronavírus.

De acordo com Ênio Portela, presidente da FMC, serão agraciados neste edital, artistas das áreas de dança, teatro, circo e stand-up, onde cada selecionado terá que participar de uma atividade pública no mês de dezembro, sendo os mesmos contemplados com um cachê no valor de R$ 2 mil reais.

“Nesta etapa os artistas terão até o dia 31 de dezembro deste ano para serem chamados para participarem de atividades realizadas ou patrocinadas pela Prefeitura de Teresina. Essa foi a forma encontrada pela gestão para que de forma democrática, sejam escolhidos os prestadores de serviços que irão participar das atividades culturais”, conta Ênio Portela.

As inscrições para o edital seguem até o próximo dia 02 de dezembro e devem ser feitas na sede da FMC, que funciona das 07h às 13h, na Rua Félix Pacheco nº 1440, Centro/Sul. Todas as dúvidas sobre o processo devem ser consultadas no edital que está disponível no link (DOCUMENTOS), do site cultura.pmt.pi.gov.br.

Foto: Ascom FMC

Teatro João Paulo II terá ação integrada de saúde e cultura

Os instrutores de dança Diego Aguiar e Clara Melo estarão oferecendo uma aula de zumba Foto(Ascom/FMC)

Acontece no final da tarde desta quinta-feira (25), no Teatro João Paulo II, localizado no bairro Parque Ideal, na zona Sudeste de Teresina, o Projeto Dança e Saúde, que nesta segunda edição vem com novidades que pretendem movimentar ainda mais a casa de espetáculos. As atividades iniciam às 17h30 com a realização de uma aula de zumba, com os instrutores de dança Diego Aguiar e Clara Melo, a aula ocorrerá na área externa do teatro.

Os participantes também contarão com o serviço de aferição de pressão arterial e ainda poderão conhecer de perto o artesanato produzido por artesãs locais, que estarão expostos durante o evento. No início da noite, o projeto terá andamento com o espetáculo gratuito “O código das borboletas”, do Balé da Cidade de Teresina.

Para Janara Ribeiro, diretora do Teatro João Paulo II, essa é uma ação que visa aproximar a população do Grande Dirceu das ações desenvolvidas pelo Teatro João Paulo II, que recentemente abriu suas portas ao público para atividades presenciais. A diretora explica que apesar das liberações, o público deverá fazer o uso de máscara protetiva, como também manter o distanciamento e higienizar as mãos.

“Esse retorno gradativo é muito importante para a cultura local, porém é preciso que a população também faça a sua parte obedecendo às regras sanitárias. O Teatro João Paulo II é um símbolo cultural para a cidade, principalmente para quem mora na região, por isso estamos retomando as nossas atividades”, comenta Janara Ribeiro, afirmando ainda que o projeto acontecerá quinzenalmente.

O Teatro João Paulo II é uma casa de espetáculos da Prefeitura de Teresina, que também atua na formação de novos profissionais que desejam ingressar na área da cultura. Para acompanhar as ações desenvolvidas no local, o interessado deve acessar o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, que é o cultura.pmt.pi.gov.br.

Dia Nacional do Samba será comemorado com concerto da Orquestra Sinfônica

A Orquestra Sinfônica de Teresina (OST) realiza um concerto especial no Teresina Shopping Foto(Ascom/FMC)

O samba é um gênero musical oriundo do Rio de Janeiro (RJ) derivando do samba de roda, um tipo de dança de raízes africanas nascido na Bahia, região Nordeste do país. Apesar de ser um gênero musical resultante das estruturas musicais europeias e africanas, foi com os símbolos da cultura negra brasileira que o samba se alastrou pelo território nacional.

No dia 2 de dezembro é comemorado o Dia Nacional do Samba, uma homenagem ao compositor brasileiro Ary Barroso, autor de “Aquarela do Brasil”. Para celebrar a data desse ritmo genuinamente nosso, a Orquestra Sinfônica de Teresina (OST) realiza um concerto especial no Teresina Shopping, localizado no bairro Noivos, na zona Leste da capital.

O concerto “Na Sinfonia do Samba” será dia 2 de dezembro, a partir das 19h30 na Praça de Alimentação do piso superior do Centro de Compras e Entretenimento. O evento terá entrada franca e contará com a participação dos cantores Paula Milena, Beatriz Rainer e Assis Ferreira.

De acordo com o maestro Aurélio Melo, o objetivo do evento é valorizar o ritmo tipicamente brasileiro adequando de forma harmônica com o erudito da OST. “O samba tem algumas peculiaridades que acabam se tornando inerentes ao músico brasileiro. Assim como jazz tem características que só o músico americano tem no sangue, assim é o samba com o brasileiro. Só nós conseguimos passar sua essência natural, pois é algo que já está em nossa alma”, comenta Aurélio Melo, regente da OST, enfatizando ainda que o concerto já havia sido realizado em 2018 e está sendo reeditado devido ao grande sucesso.

A Orquestra Sinfônica é um projeto cultural mantido pela Prefeitura de Teresina, através de um contrato de gestão entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e a Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina.

Teresina Cuida de Você levará atrações culturais para o Portal da Alegria

Os moradores das comunidades que ficam no entorno do bairro Portal da Alegria, localizado na zona Sul de Teresina, receberão neste sábado (27), a partir das 08h, a segunda edição do projeto Teresina Cuida de Você, realizado pela Prefeitura de Teresina. Durante o período da manhã, a população terá a sua disposição cerca de 100 serviços oferecidos de forma gratuita no Centro Esportivo Unificado Ana Maria Rego (CEU/Sul).

A Orquestra Sanfônica de Teresina é uma das atrações que irão animar o Teresina Cuida de Você / foto: Ascom FMC

Durante os serviços, os participantes também terão à disposição inúmeras atividades esportivas e culturais, entre elas a apresentação da Orquestra Sanfônica de Teresina, Corpo de Baile do Teatro do Boi, Banda de Charanga As Mocinhas e a Big Banda Caneleiro. Essas atrações fazem parte do apoio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), que já garantiu a sua participação em todas as edições do projeto.

De acordo com Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), órgão responsável pelas políticas públicas voltadas para a área da cultura, esse projeto tem uma grande importância para os moradores da capital, pois garante a todos, inclusive para os mais carentes, diversos serviços voltados para a cidadania. O presidente também orienta a população a sempre buscar mecanismos para aproveitar os serviços gratuitos oferecidos pela gestão municipal.

“Hoje todas as atividades gratuitas ligadas a área da cidadania, são divulgadas previamente para chegar a um grande número de pessoas, as informações sempre estão disponíveis no site da Prefeitura de Teresina ou nos sites das secretarias, além de também estarem disponíveis nas redes sociais. São atividades importantes, que facilitam a vida das pessoas, por isso estaremos contribuindo de forma cultural com o Teresina Cuida de Você”, comenta Ênio Portela, enfatizando ainda que apesar desta edição ser no Portal da Alegria, o evento é aberto para todos, independente da zona em que mora, poderá utilizar os serviços.

Na primeira edição realizada no Parque da Cidadania, 1.500 teresinenses foram atendidos nos mais diversos serviços, nesta edição a meta é aumentar esse número. O projeto é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), com o apoio de diversos parceiros, inclusive a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves.

Instalação artística “A Teia” ficará disponível para visitação até 10 de dezembro

A instalação artística “A Teia”, em frente ao Theatro 4 de Setembro, ficará disponível para visitação até 10 de dezembro. O evento se estenderá até janeiro de 2022 e, em sua primeira edição, utiliza o Centro da cidade como campo de experimentação artística. Utilizando diversas linguagens artísticas, o CUIA tem a finalidade de transformar e ressignificar o Centro de Teresina, através de inovações estéticas, fazendo com que a população possa ter seu olhar ampliado sobre as possibilidades de uso do espaço urbano.

“A Teia” é uma obra do Arte Coletivo, duo artístico composto por David Andrade e Paulo Bastos. A obra foi elaborada com base em princípios ecos-sustentáveis em conexão com a arte contemporânea e alternativa do String Line, que consiste em uma arte com linhas e prego e é caracterizada por um arranjo de fios coloridos amarrados entre pontos para formar padrões geométricos ou desenhos representacionais.

A ideia do local foi sugerida pela curadoria do CUIA, Ronne da Cruz e Marcus Batista, com a proposta de uma instalação artística site-specific (obras criadas de acordo com o ambiente e com um espaço determinado e tendo os seus elementos esculturais dialogando com o meio circundante para o qual a obra é elaborada).

A instalação “A Teia” busca criar uma interação com o Theatro 4 de Setembro, trazendo um novo foco para este que é um dos nossos mais belos cartões postais, criando novos olhares, perspectivas e questionamentos sobre a edificação e a cidade. Dessa forma, a obra possibilita uma relação diferente com o espaço que é tão convencional no nosso cotidiano e no nosso imaginário.

O superintendente das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, Roncalli Filho, ressaltou que o Cuia tem sido um importante parcería no projeto da Prefeitura de Teresina de revitalizar diversos pontos da cidade.

“O Cuia tem colabora com a Superintendência colocando a arte urbana nos espaços onde temos agido, levando reformas e melhorias. Ficamos muito felizes com isso, pois é uma forma de valorizar o trabalho de artistas locais e dar um embelezamento da nossa capital”, pontuou.

Balé da Cidade de Teresina fará duas apresentações gratuitas no Teatro João Paulo II

Durante dois dias, o Balé da Cidade de Teresina estará realizando de forma gratuita, no Teatro João Paulo II, na zona Sudeste de Teresina, o espetáculo “O Código das Borboletas”, que é um resultado de uma residência com o coreógrafo carioca Rafael Gomes. O espetáculo estará em cartaz às 19h da quinta-feira (25) e da sexta-feira (26), sendo cada apresentação liberada para ser assistida por 110 pessoas, obedecendo às regras sanitárias exigidas no momento por conta da pandemia do Coronavírus.

De acordo com a diretora da companhia, Chica Silva, a temporada é um marco para a volta do Balé da Cidade, que teve que se adaptar ao momento pandêmico com atividades realizadas de forma virtual ou por meio de pequenas apresentações físicas com o número de participantes reduzidos. Chica Silva relata ainda que a companhia fez questão de realizar essas apresentações de forma gratuita como forma de agradecimento à população teresinense que sempre apostou no Balé da Cidade.

“Com a imunização completa de todos os integrantes, o Balé da Cidade de Teresina ficou apto a retornar suas atividades presenciais, claro que tomando todas as médicas necessárias para evitar o contágio da Covid-19. O Teatro João Paulo II é agora a nossa casa, por isso estamos presenteando a população do Grande Dirceu com essas apresentações gratuitas”, conta Chica Silva.

O Código das Borboletas cria uma comunidade que tem sua comunicação própria, que coabita esse tempo/espaço como uma metáfora do viver junto, criando um comum que precisamos ocupar na vida para criar sentidos e dançar outras narrativas. Nasce das cores e do movimento de revoada das borboletas, com suas trajetórias sinuosas e estado de espírito selvagem. A interação entre os corpos, os movimentos singulares, tudo faz parte dessa comunidade que se relaciona e se move a seu tempo.

Sobre a Companhia

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que atua há 28 anos no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e difusão da dança piauiense. Vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação em diferentes ações, como temporadas de apresentações, conversas e formação continuada.

O Balé da Cidade de Teresina conta com 18 integrantes e é mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina, através da Fundação Cultural Monsenhor Chaves, por meio de contrato de gestão com a AABCT, Organização Social de Utilidade Pública Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina. Tem direção geral de Chica Silva, coordenação artística de Janaína Lobo, aulas de Samuel Alvís e ensaios de José Nascimento.

 

TEREMUSIC: Eliminatórias escolhe nomes que disputarão a final do festival

O final de semana foi marcado com a realização das eliminatórias da sexta edição do Festival TEREMUSIC, que ocorreu no Teatro da Assembleia Legislativa do Piauí, na zona Norte de Teresina. Ao todo, 21 atrações juvenis passaram pelo palco nos dois dias de evento, sendo as mesmas avaliadas por um corpo técnico de jurados que atuam no ramo da música.

Joyce Sousa viajou mais de 100 km para participar da seletiva / fotos: Ascom FMC

Entre os participantes nas categorias solo e banda, foram classificadas 14 atrações, elas deverão participar da grande final do festival que deverá ocorrer no próximo dia 11 de dezembro, no Parque da Cidadania. Promovido pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o festival irá ofertar aos campeões incentivos em dinheiro, totalizando R$14 mil reais em prêmios.

De acordo com Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o evento é uma oportunidade criada pela gestão municipal para dar oportunidade para nomes da juventude que desejam se inserir no mercado musical. Ele lembra que a Prefeitura de Teresina vem desenvolvendo por toda a cidade, projetos musicais para capacitar os jovens que sonham em fazer carreira através da música.

“Não basta apenas dar a capacitação, é preciso dar oportunidades reais para que a juventude possa ter mais apoio no início da carreira. A ideia desse festival é da visibilidade aos participantes, oportunidades que outros jovens já tiveram e hoje já se encontram na categoria profissional de apresentando em eventos por todo o Nordeste”, conta Ênio Portela, citando como exemplo a cantora profissional Aline Conrado, que vem se destacando na capital, inclusive cantando em eventos promovidos pela gestão municipal.

A jovem Joyce Sousa, de 14 anos, reside no município de São Pedro do Piauí (109 km de Teresina), ela começou a dar os primeiros passos na música ainda com cinco anos, se apresentando em igrejas e festas particulares. Mesmo não se classificando para a final, ela conta que deixa o festival com o sentimento de que deve continuar batalhando pelo seu sonho de ser cantora profissional.

“Sou uma menina do interior e que pela primeira vez participa de uma seletiva. A experiência vai contar muito e afirmo que agora irei me preparar melhor para participar da edição do TEREMUSIC 2022 e outras seletivas”, conta Joyce Sousa, afirmando que volta para casa com orgulho no peito por ter representado sua cidade.

VEJA OS CLASSIFICADOS NA CATEGORIA SOLO

Francyelly da Silva

Ester da Silva

Yasmin Ohana

Mayke

Carlos Eduardo

Jamilly Reis

Ellen Maria

Ana Teresa

VEJA OS CLASSIFICADOS NA CATEGORIA BANDA

Banda Cidade Estéril

Marcos Andrade e Banda

Grupo Três

Narcoliricistas

Sunlight

Bonnibel

Sexta Nagô debate educação e cultura afrodescendente

O Centro de Formação Professor Odilon Nunes recebeu ontem (19) o “Sexta Nagô”, evento de valorização da cultura afrodescentende, organizado pelo Grupo de Cultura Afro Afoxá. Como parte da programação, teve uma audiência pública com o tema “Por uma Cultura e uma Educação de respeito”, que contou com a participação do secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso.

Fotos: Ascom Semec

A audiência contou com a participação de diversos órgãos da administração pública, onde se debateu a necessidade de um olhar mais cuidadoso para as pautas da comunidade afro.

“O Sexta Nagô é um evento que inclui todas as políticas públicas, em especial a educação, voltada para a formação do indivíduo, do povo afrodescendente. Hoje reunimos diversos setores do poder público para discutir políticas públicas e efetivação das mesmas”, diz a coordenadora geral do grupo Afro Afoxá e idealizadora do Sexta Nagô, Artenilse Silva.

O secretário Nouga Cardoso garantiu dar atenção às demandas apresentadas durante a audiência. “Nós já ofertamos aos professores da rede municipal de ensino formações contínuas para um melhor processo de ensino-aprendizado e assim poderemos fazer com políticas voltadas à valorização da cultura afro”, afirma.

Orquestra Sinfônica de Teresina lança agenda natalina de 2021

O último ano tem sido de intenso aprendizado para os membros da Orquestra Sinfônica de Teresina (OST), pois por conta da pandemia, eles tiveram que se isolar e se reinventar através de atividades virtuais. Aos poucos, as atividades presenciais são retomadas, sempre com atenção para seguir rigorosamente as recomendações sanitárias exigidas no momento, isso para não pôr em risco a saúde dos teresinenses.

Na reta final dos trabalhos da Temporada 2021, a OST anuncia sua programação natalina, que terá diversas apresentações com repertórios diversos, programação que contará com a participação da cantora Gislene Daniele. Além de apresentações na capital, a orquestra também estará se apresentando em cidades do interior do Piauí e do Maranhão.

Segundo o maestro Aurélio Melo, os concertos serão realizados para aproximar a população de atividades natalinas neste momento de pandemia, ele conta que devido aos últimos acontecimentos, onde muitos foram afetados, é preciso levar a música para as pessoas. Empolgado com o retorno das atividades presenciais, o maestro fala que, apesar das dificuldades, o ano foi de muitos projetos e parcerias e que os concertos natalinos encerraram um ciclo de atividades positivas.

“Depois de quase dois anos parados, tentando ensaiar de forma on-line, nós estamos voltando aos poucos e com cuidado as nossas atividades presenciais e com público. Começamos com os ensaios abertos, sem divulgação prévia, percorremos várias regiões da cidade, fizemos um concerto no teatro e agora vamos fazer nossos já tradicionais concertos natalinos”, comenta o maestro Aurélio Melo, enfatizando que esse período do ano é muito especial para todos que fazem a OST.

As apresentações iniciam no próximo dia 23 de novembro, com um concerto no Adro da Igreja São Benedito, no bairro Centro e encerram com um grande concerto que será realizado no dia 25 de dezembro, no Parque da Cidadania, no bairro Cabral.

A Orquestra Sinfônica é mantida pela Prefeitura de Teresina, por meio da Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina e Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves.

PROGRAMAÇÃO
23/11 – Concerto de Natal – Adro da Igreja São Benedito – 19h30.
04/12 – Concerto Natalino – Praça Rio Branco – 10h
05/12 – Concerto Natalino – Cidade de Capitão de Campos
12/12 – Concerto Natalino – Igreja da Santíssima Trindade (Bairro Primavera) – 18h
16/12 – Concerto Natalino – Escola Cacimba Velha – 9h
17/12 – Concerto Natalino – Shopping da Cidade – 15h30
19/12 – Concerto Natalino – Igreja Santuário de Nossa Senhora da Paz (Vila da Paz) – 16h30
21/12 – Concerto Natalino – Sesc Teresina – 8h
23/12 – Concerto Natalino – Cidade de Caxias
25/12 – Concerto Natalino – Parque da Cidadania – 19h30.