60 alunos das Escolas da Prefeitura participam de Jornada Olímpica da OPiM na UFPI

Ascom/ Semec

Aproximadamente 60 estudantes da Rede Municipal de Ensino de Teresina participam de 16 a 18 de setembro da I Jornada Olímpica da OPiM realizada pela Universidade Federal do Piauí, (UFPI), por meio do Departamento de Matemática. O Evento objetiva proporcionar aos participantes, aulas de preparação para a Olimpíada Piauiense de Matemática (OPiM), Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) e Olimpíada Brasileira de Matemática da Escolas Públicas (OBMEP).

O evento é destinado a estudantes desde o 6º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, e dividido em duas partes: uma revisão/preparação para OPiM e OBMEP; e cursos avançados preparatório para OBM.

O evento trata-se de um curso avançado em matemática ministrado por professores de diversos Estados, especialistas em olimpíadas e ex-olímpicos, sendo uma oportunidade para alunos e professores compartilhares atividades.

Reginaldo Rodrigues, coordenador de matemática do programa Cidade Olímpica Educacional diz que essa é uma oportunidade dos alunos da prefeitura ampliarem seus conhecimentos. “Nossos alunos vêm se destacando em diferentes olimpíadas, então ver 60 alunos da Rede Municipal participarem dos cursos avançados da jornada olímpica, onde apenas alunos medalhistas na OPiM, OBMEP ou OBM podem participar, mostra o reconhecimento do talento dos nossos alunos e da qualidade do ensino Público Municipal de Teresina”, destaca.

 

Fluxo escolar avança e educação municipal de Teresina consegue reduzir distorção idade-série

Ascom/Semec

Mais um resultado positivo animou a equipe da Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec). As escolas de ensino fundamental conseguiram reduzir de 44,19% para 6,4% a distorção idade-série dos alunos. Os dados foram apresentados na reunião do Comitê Gestor da Semec, nesta quarta-feira (18), no Centro de Formação Odilon Nunes. (mais…)

Alunos da E. M. São Sebastião aprendem mais sobre história em visita ao Museu do Piauí

Os alunos do 2º ano da Escola Municipal São Sebastião, no bairro Todos os Santos, visitaram o Museu do Piauí para aprender mais sobre história e cultura. A turma observou atentamente cada elemento em exposição para produzir textos sobre o que aprenderam.

O museu fica localizado em um casarão na Praça Marechal Deodoro da Fonseca e preserva a memória cultural do estado. São aproximadamente 7 mil peças, entre artefatos pré-históricos, elementos fossilizados, louças, telas e outros objetos de relevância cultural.

Em sala de aula, a professora Vânia Régia trabalhou com os alunos a noção de tempo, destacando importantes fatos históricos. A turma também conversou com idosos para conhecer suas experiências e observar as principais mudanças ao longo dos anos.

“Os alunos adoraram a aula diferente, onde viram teoria e prática. Utilizamos essa vivência como base para a produção de textos, um aprendizado bastante significativo”, concluiu a professora.

Diretores de escolas mostram evolução nos resultados com Alfabetiza Teresina

Com a meta de alfabetizar 100% dos alunos ainda no 1º ano do ensino fundamental, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) vem monitorando de perto o desempenho dos jovens em leitura e escrita. Nesta sexta (13), mais um grupo de diretores compartilhou os resultados alcançados pelas turmas do 1º e 2º ano até agora.

Os números são reflexo das ações realizadas nas unidades de ensino para reforçar essas habilidades com as crianças. Uma das iniciativas apontadas pela Semec como fundamental para os bons resultados é o Projeto Alfabetiza Teresina, que apoia as atividades das escolas no sentido de tornar a leitura um hábito prazeroso.

Na Escola Municipal Murilo Braga, zona norte de Teresina, o cenário é de práticas exitosas. Segundo a diretora Noranei Pacheco, 59% dos alunos do 1º ano estavam em um nível adequado de leitura no mês de junho. Agora, 65% da mesma turma já saltou para um aprendizado considerado avançado.

“O Alfabetiza Teresina só soma, a cada momento, no processo para o sucesso dos nossos alunos. A dedicação da equipe escolar também conta muito, pois temos o compromisso de fazer sempre o melhor. A nossa educação, que é primeiro lugar do Brasil, precisa continuar assim e na nossa escola trabalhamos todos os dias para manter essa qualidade”, conclui a diretora.

Cresce número de participantes de alto nível no Circuito SEMEC de Xadrez

Ascom/Semec

Esta sexta-feira (13) foi o último dia de competição da III Etapa do Circuito SEMEC de Xadrez, torneio organizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semec) para estimular os alunos a praticarem a modalidade. As partidas desta rodada estão sendo disputadas por 78 alunos de escolas municipais de Teresina, no Centro de Formação Odilon Nunes.

Meninos e meninas das categorias Mirim e Infantil participam de cada etapa do Circuito somando pontos para a grande final em novembro. Os campeões podem representar o Piauí nos jogos escolares nacionais. Entre os participantes estão alunos das escolas de tempo integral e um grupo que está sendo preparado em aulas aos sábados.

Para fortalecer a prática do xadrez no município, a Semec passou a contar com o apoio da Federação Piauiense de Xadrez. Segundo a coordenadora de Esportes da Secretaria, Rosana Rodrigues, a parceria eleva o nível dos jogos. “Aumentamos muito o número de alunos participando das competições, assim como a qualidade das partidas. O trabalho feito nas escolas está refletindo no nível desses jogadores, o que é muito bom também para o desempenho dos jovens em sala de aula”, afirma.

Para a final da 6º edição do Circuito, a organização deve entregar troféus aos dois primeiros colocados de cada categoria, além de medalhas para os dez melhores resultados.

CMEI reforça a importância do diagnóstico precoce no tratamento contra o câncer infantojuvenil

Ascom/Semec

Nesse mês ocorre a campanha “Setembro Dourado”, que alerta para a luta contra o câncer infantojuvenil e para intensificar o movimento de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce o Centro Municipal de Educação Infantil Engenheiro Matias Augusto de Oliveira Matos, localizado no Residencial Torquato Neto, bairro Portal da Alegria, zona Sul de Teresina, realizou um apalestra para os pais dos alunos sobre a temática.

Durante o encontro a médica pediatra Caroline Paranhos, explicou para os pais através de palestra com a temática “Vamos falar sobre câncer Infantojuvenil?”, sobre os sintomas, o que é o câncer Infantojuvenil e como tratar. A ação faz parte do projeto desenvolvido pela Rede Feminina de combate ao câncer do Piauí, que está levando palestras informativas sobre o tema para escolas públicas. Na ocasião um grupo de teatro também realizou uma encenação de forma divertida e informática para esclarecer sobre os principais sintomas e tratamento.

A médica pediatra Caroline Paranhos explica que cada família que recebe esse diagnóstico vê o seu futuro ameaçado, por isso é de grande importância conversar para esclarecer. “O pediatra tem papel essencial na suspeita diagnóstica do câncer. Entretanto, para alcançar o sucesso no tratamento, é fundamental que os pais e cuidadores realizem consultas pediátricas regulares com seus filhos, visando o diagnóstico precoce da doença e sejam encaminhados para os centros oncológicos pediátricos de referência, permitindo assim, melhor chance de cura, de sobrevida e de qualidade de vida do paciente/família”, reforça.

“O momento teve um grande significado para todos os presentes. É necessário que a escola tenha esse papel educativo para os pais dos alunos. É nossa missão como educadores levar informação”, destaca Clene Lima da Silva, gestora do CMEI.

Por que essa campanha é importante?

Sabe-se que o câncer é a principal causa de morte por doença entre 1 e 19 anos no mundo e também no Brasil. Entretanto, embora muitos estudos estejam acontecendo em todo o mundo, as causas do câncer nesta faixa etária são ainda obscuras, o que dificulta medidas preventivas. Dessa forma, o diagnóstico precoce é um dos principais aliados na redução da mortalidade e do comprometimento da qualidade de vida durante o tratamento. Quanto mais precoce o câncer é diagnosticado, maiores são as chances de cura.

A campanha Setembro Dourado em todo o mundo tem como objetivo principal alertar a população sobre os principais sinais e sintomas a serem reconhecidos para diagnosticar o câncer precocemente e também para a conscientização do que representa esse diagnóstico para uma família.

Fique atento aos principais sinais e sintomas:

Febre persistente sem causa esclarecida

Perda de peso sem explicação

Sangramentos anormais

Mancha branca no olho

Caroços (ínguas) duros

Dor nos ossos sem explicação

Palidez incomum da pele

É importante que toda a criança seja acompanhada periodicamente por um pediatra. Caso observe alguns desses sinais/sintomas, procure um pediatra. A possibilidade de cura é muito maior quando a doença é descoberta logo no começo.

Tempo Integral: professores de disciplinas diversificadas planejam evento do fim de ano

Ascom/Semec

Os professores que atuam nas escolas municipais de tempo integral estão participando das reuniões de planejamento do bimestre, no Centro de Formação Odilon Nunes. De 11 a 13 de setembro, o grupo que ministra as disciplinas diversificadas está organizando as próximas atividades, inclusive a 2° Mostra de Resultados.

As formações realizadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semec) a cada dois meses são direcionadas para os professores de desenho, música, protagonismo juvenil, teatro, dança e xadrez. Esse conteúdo faz parte da grade curricular das unidades de ensino com jornada ampliada, alternadas entre as aulas comuns como matemática e geografia.

Além de trocar informações sobre o desenvolvimento das disciplinas, durante as formações o grupo planeja o conteúdo que aplicará nas aulas seguintes, guiados por um professor referência de cada área. No desenho, quem conduz os encontros é Marlene Alves.

“O desenho é um fator essencial no processo do desenvolvimento da criança, pois ao desenhar ou pintar ela se expressa e atua de forma afetiva com o mundo, opinando e criticando, através da utilização das cores, formas, tamanhos, símbolos, entre outros, desenvolvendo o gosto pelo fazer artístico”, afirma Marlene.

Na 4ª formação de 2019, os professores também começam a planejar mais uma mostra de resultados, com apresentações dos trabalhos realizados durante todo o ano. O evento está marcado para os dias 10 e 11 de dezembro, no Teatro João Paulo II.

Secretário de Educação Básica do MEC diz que país precisa reproduzir modelo de educação de Teresina

O secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Jânio Carlos Endo Macedo, esteve em Teresina para conhecer de perto o trabalho da educação municipal. Em conversa com o secretário de Educação, Kleber Montezuma, e com técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Jânio falou sobre o desejo de replicar o modelo bem sucedido de Teresina para todo o país.

A secretária executiva de Ensino da Semec, Irene Lustosa, apresentou ao visitante as principais estratégias utilizadas por Teresina para alcançar, no ano passado, as melhores proficiências entre todas as capitais do Brasil. Jânio Carlos ficou particularmente impressionado com as boas práticas em gestão e as escolas de tempo integral.

“Teresina chegou a um modelo de educação que dá certo, com estratégias que funcionam bem e utilizando poucos recursos para isso. É esse formato que queremos replicar nas demais redes de ensino, o que Teresina vem conseguindo na prática, como a redução das repetências, do abandono escolar e oferecendo oportunidades reais para que os estudantes possam realizar seus sonhos”, disse o secretário de Educação Básica.

O diálogo foi no sentido de apontar os principais aspectos que podem ser reproduzidos em outros estados e municípios para elevar a qualidade no ensino. Os técnicos apontaram o planejamento estratégico, avaliação, gestão e formação de professores como pontos essenciais para os bons resultados.

“Não temos uma fórmula, mas um trabalho bem estruturado ao longo dos anos”, declarou Montezuma. Segundo ele, o diferencial é a importância que o prefeito Firmino Filho dá à educação do município. “A educação sempre foi prioridade em Teresina, por isso temos orgulho do que conquistamos até aqui. Sempre recebemos visitas de especialistas e da equipe do próprio MEC para saber o que estamos fazendo para conseguir resultados tão positivos”, completou.

Segundo Jânio Carlos, as informações técnicas colhidas na capital serão base para o planejamento do Ministério. “Se fala muito da educação de Teresina por todo o país, e o que vi pessoalmente vem corroborar com aquilo que acreditamos, que o investimento no ensino fundamental é essencial para a melhoria da qualidade de ensino no Brasil”, concluiu o secretário.

 

Técnicos da Educação de Teresina participam de reunião em São Paulo sobre formação e avaliação  

Uma equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) de Teresina esteve em São Paulo (SP) na última quarta-feira (11) participando de encontro que discutiu sobre formação e avaliação com outras Redes de Ensino participantes do Programa Formar. Foi um dia de imersão em discussões com foco na formação e avaliação da aprendizagem.

A reunião é parte do Programa Formar, uma parceria entre a Fundação Lemann e redes públicas de educação de todo o Brasil no sentido de alinhar as Secretarias de Educação com as escolas, aperfeiçoando práticas e processos pedagógicos. Em Teresina, o programa existe desde 2018 a partir de parceria com a Prefeitura, trazendo uma série de ganhos para as equipes escolares.

Na oportunidade a gerente de formação, Estegite Moura, e a assessora de avaliação da Semec, Giovanna Saraiva, puderam socializar as práticas desenvolvidas pela Rede de Teresina e discutir aspectos de melhoria nessas duas áreas, buscando compartilhar as experiências exitosas de Teresina e absorver estratégias das outras redes, além de atualizar os conhecimentos sobre diversos aspectos relacionados à educação.