Estudantes visitam Parque da Cidade em aula prática de escola em Teresina

Alunos do 8° e 9° ano do Centro de Ensino Mariana, localizado no residencial Esplanada, zona Sul de Teresina, tiveram uma manhã de aula diferente nessa terça-feira, 19 de outubro, Dia do Piauí.

Cerca de 40 alunos, entre 12 a 15 anos, muitos pela primeira vez, visitaram o Parque da Cidade João Mendes Olímpio de Melo, na zona Norte da capital, como parte das atividades da aula prática sobre unidades de conservação proposta pela escola.

Fotos: Ascom Semam

“Aprender não precisa ser exclusividade da sala de aula. E em uma data especial como a de hoje, o Dia do Piauí, organizei uma aula passeio, para falar um pouco sobre as unidades de conservação da nossa cidade e além de deixar de lado a metodologia tradicional e mostrar o lado prático do conteúdo”, explicou a professora Krislany Guedes.

Segundo ela, essas aulas passeios também contribuem no processo de autonomia dos alunos, eles aprendem a ter responsabilidade, compromisso e saber se comportar nos locais, o que acaba contribuindo para a aquisição da autonomia. Eles vão se sentindo mais independentes.

“Não foi só um momento de falar sobre o conteúdo, foi um aprendizado amplo, que os alunos irão levar para a vida. Foi uma manhã de troca de conhecimentos e descobertas”, concluiu a profissional.

A gerente do Núcleo de Educação Ambiental da SEMAM, Naisis Castelo Branco, falou que cada vez mais ações como essa serão implementadas dentro do parque.

“Precisamos trazer a comunidade, educar crianças e jovens e juntos para preservar nosso Meio Ambiente. Esse é um pedido claro da nossa secretária Elisabeth Sá. Fortalecer as ações de educação ambiental junto a nossa sociedade”, disse a gerente.

CMEIs retomam atividades presenciais de forma gradual em Teresina

Dando continuidade ao retorno das aulas no formato híbrido nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) de Teresina, foi a vez do CMEI Érico Veríssimo, localizado no Conjunto PSH Tabocas, zona rural Sudeste da capital, voltar às atividades presenciais. A unidade de ensino tem 111 alunos matriculados, sendo que deste total apenas 12 vão permanecer com as aulas remotas.

Fotos: Ascom Semec

“Dos 99 alunos que os pais optaram pelo ensino híbrido, fizemos a divisão em dois grupos, Azul e Amarelo, onde será feito um rodízio. As crianças são identificadas pela cor da carteirinha que receberam para melhor organização deste revezamento”, explica a diretora do CMEI Érico Veríssimo, Layana Costa.

No primeiro dia, as crianças foram recepcionadas pela equipe gestora com música na porta da escola, e então direcionadas para as salas.

“Tudo ocorreu perfeitamente. Nas salas foram reforçadas as regras de convivência e combate à Covid. Nossa superintendente Janaína Florinda esteve conosco durante toda a manhã auxiliando e esclarecendo alguns pontos a respeito do retorno. Para finalizar, as crianças receberam uma faixa de lembrança do primeiro dia, onde foi explicado que aquela estrela representava o brilho que faltava à nossa escola”, acrescenta a diretora.

A previsão da Secretaria Municipal de Educação (Semec) é que até o final de novembro todos os 168 Cmeis retornem às aulas presenciais de forma híbrida. Deste total, 127 Centros já retomaram suas atividades. “Todos os protocolos de segurança estão sendo adotados de acordo com as orientações da Vigilância Sanitária”, afirma o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso.

E. M. Poeta Da Costa e Silva vai promover torneio comunitário de futsal na quadra de escola

A Escola Municipal Poeta Da Costa e Silva, no Residencial Jacinta Andrade, sediará o I Torneio Comunitário de Futsal Zona Norte, uma competição entre equipes masculinas e femininas da região. Os jogos acontecerão aos domingos, na quadra poliesportiva da escola, incentivando a prática esportiva e valorizando o trabalho realizado pelas escolinhas de futsal.

A organização é do diretor da unidade de ensino, José Manoel, e do professor de educação física, Fábio Andrade. Participarão do torneio: onze times de escolinhas, três equipes autônomas e mais o time da escola. São 14 equipes masculinas e seis femininas disputando troféus e medalhas.

“O primeiro jogo acontece no próximo domingo, dia 24”, anuncia o diretor José Manoel. Segundo ele, o torneio é uma forma de levar a comunidade para dentro da escola, aproveitando o espaço poliesportivo. “Queremos incentivar a prática do esporte, por meio do futsal, estimulando o trabalho em equipe, a integração, além de promover entretenimento para nossos jovens e valorizar o trabalho social realizado pelos dirigentes das escolinhas de futebol”, completou.

Foto: Ascom Semec

CMEI Eduardo Campos dá início às aulas híbridas com presença do prefeito e do secretário Nouga

Todo dia é festa na Educação Infantil, mas esta terça-feira (19) foi especialmente animada no Centro Municipal de Educação Infantil Eduardo Henrique Accioly Campos, localizando no Residencial Santa Isabel. A escola deu início às aulas no formato híbrido, recebendo alunos presencialmente pela primeira vez.

Fotos: Ascom Semec

O prefeito Dr. Pessoa e o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, participaram do primeiro dia de aula das crianças. Inicialmente, apenas as turmas de Maternal I e Maternal II farão o revezamento entre atividades remotas e na escola. A expectativa é de poder atender turminhas de berçário no próximo ano.

“Essa escola é o céu na terra”, destacou Dr. Pessoa, elogiando a estrutura moderna do CMEI. O prefeito pontuou que o retorno gradual das unidades de ensino segue um plano de ação. “Foi um retorno planejado, seguindo todos os protocolos e de forma democrática, os pais escolhem se vão enviar os filhos para escola neste momento ou não. Temos mais um CMEI totalmente preparado para receber bem as crianças nessa fase tão importante do seu desenvolvimento”, disse.

O secretário Nouga falou da importância de um CMEI bem estruturado para receber as crianças. “O CMEI Eduardo Campos de portas abertas beneficia muitas famílias do Santa Isabel, trazendo um padrão de qualidade, para que as crianças sejam muito bem tratadas nessa primeira etapa de descobertas. Estar presencialmente na escola é um passo importante para formação de uma boa base educacional”, disse Nouga.

Assim também pensa Pâmela Mineiro, mãe do Benício de 3 anos. “Em casa meu filho não tinha muito foco no aprendizado, apesar de receberemos muito apoio da escola durante o período de aulas remotas. Acredito que agora ele vai começar a se desenvolver melhor, até pela interação com os colegas”, relata a mãe.

Para a diretora Joyce de Araújo, esse é um momento marcante na história do CMEI. “Fizemos todos os esforços para conduzir o planejamento online, mas estávamos precisando das crianças na escola. Essas crianças são bem pequenas, então pouco tiveram contato com o mundo externo. É em sala de aula, nas brincadeiras, na interação com os colegas, que elas realmente começam a aprender, mesmo que nesse momento seja com mais cautela”, concluiu a diretora.

Semec busca parceria para valorizar obras produzidas por professores da Rede Municipal

Com o objetivo de valorizar as produções de autores locais da REDE SEMEC, o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, está buscando formas de viabilizar a publicação de livros produzidos por professores da Rede Municipal de Ensino. Nesta terça-feira (12), conversou com o diretor da editora da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Professor Dr. Marcelo Neto para uma parceria.

Fotos: Ascom Semec

Também esteve no encontro o professor da UESPI, Dr. Feliciano Bezerra do curso de Letras Português e a professora Débora Rêgo, diretora do Centro Municipal de Educação Infantil João Batista Brito de Melo. Ela já produziu dois livros infantis e pediu ajuda da Secretaria Municipal de Educação (Semec) para levá-los até as unidades de ensino. “Nas escolas sempre trabalhamos projetos de autores renomados, mas também no Piauí temos boas obras. Precisamos espalhar essas produções para as crianças”, disse Débora.

O secretário Nouga também apresentou aos professores da UESPI um livro escrito pela professora Ana Vitória de Carvalho, falecida recentemente após complicações da Covid-19. Ana Vitória contribuiu com a Rede Municipal por anos, foi homenageada dando nome à uma escola, e agora pode ter seus escritos publicados.

“Estamos em busca dessa parceria com a editora da UESPI para valorizar as produções piauienses. A proposta é que logo possamos consumir nas escolas essas obras, trabalhar com a produção local, dando espaço para os nossos autores”, destacou Nouga Cardoso.

Gestores da educação municipal discutem níveis de leitura e escrita dos ciclos de alfabetização

Discutir e analisar os resultados de leitura e escrita do Ciclo de Alfabetização da Rede Municipal de Teresina. Estes foram os objetivos dos encontros gerenciais realizados pela Secretaria Municipal de Educação (Semec) nos dias 12 e 13 de outubro, que contou com a participação de 230 gestores da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Fotos: Ascom Semec

“Os gestores foram acolhidos, de forma calorosa, por meio de movimento corporal, como forma de reflexão sobre a importância do acolhimento no processo de Alfabetização das crianças. Na oportunidade, destacamos ainda sobre aspectos emocionais relacionados à afetividade como elementos necessários ao estreitamento de laços entre professor e estudantes, em especial no retorno às aulas”, diz coordenadora de Alfabetização da Rede Municipal de Ensino, Aurismar Sousa.

Durante a apresentação e análise dos resultados foi feita a socialização de experiências significativas desenvolvidas pelos(as) professores(as), pedagogos(as) e diretores(as) das unidades de ensino, como forma de compartilhar boas práticas e possibilitar melhores intervenções no processo ensino aprendizagem. “É importante destacar que, através da avaliação, os processos formativos assumem ampla dimensão e possibilitam intervenções pedagógicas assertivas favorecedoras do desenvolvimento e aprendizagem dos estudantes”, acrescenta Aurismar.

“Cada gestor, no exercício crítico reflexivo acerca de dados produzidos em avaliações, e, ao abordá-los qualitativamente, torna-se agente motivador de equipes através da liderança dialogada e incentivador de boas práticas”, afirma a professora Eudeilane Pereira, coordenadora da Avaliação. “Para nós, é um momento rico em aprendizados, em que constatamos a importância de realizarmos a análise dos resultados no cotidiano da escola, dialogar com a equipe escolar e traçar novas estratégias para o desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita no processo de Alfabetização”, complementa.

“Com base nos resultados das avaliações dos níveis de leitura e escrita dos alunos discutimos com os diretores, propondo situações a serem colocada a partir deste momento. Fizemos também uma análise do que tivemos como evolução em relação ao retorno das aulas presenciais”, conclui o secretário executivo de ensino da Semec, Kleytton dos Santos.

Semec vai ampliar número de escolas de tempo integral em 2022

Alunos por mais tempo na escola significa mais aprendizado. É nesse sentido que a Secretaria Municipal de Educação (Semec) está ampliando o número de escolas municipais que funcionam em tempo integral. Atualmente, 22 unidades de Ensino Fundamental trabalham com jornada estendida, o objetivo é aumentar para 27 até o próximo ano.

A iniciativa é também um esforço para atender a meta 6 do Plano Municipal de Educação, que prevê a oferta de tempo integral para pelo menos 50% das escolas públicas municipais, chegando a 25% dos alunos da educação básica até o ano de 2025. O alcance dos números depende de uma série de modificações físicas e pedagógicas nas unidades de ensino, garantindo que o tempo prolongado na escola seja bem aproveitado.

Uma equipe da secretaria executiva da Ensino da Semec está percorrendo as unidades de ensino que podem ser adequadas para funcionar em tempo integral. As visitas técnicas são para analisar a capacidade estrutural, demanda da comunidade e principais necessidades para a novo formato.

“A rotina de uma escola de tempo integral envolve atividades diversificadas, maior número de refeições e toda uma restruturação para que os alunos tenham um dia confortável no ambiente escolar, aproveitando ao máximo esse tempo. Estamos avaliando todos esses aspectos diretamente nas unidades de ensino que acreditamos ser viáveis. A expectativa é de termos pelo menos mais cinco escolas de tempo integral nos próximos meses”, anuncia a coordenadora das Escolas de Tempo Integral da Semec, Regina Soares.

Fotos: Ascom Semec

CMAM tem programação especial para o Dia das Crianças

As crianças atendidas no Centro Municipal de Atendimento Multidisciplinar Professora Ceiça Carvalho (CMAM) puderam ter momentos de muita diversão, brincadeiras e atividades recreativas durante esta semana em comemoração ao Dia das Crianças. Elas ganharam também presentes do projeto “Brincando de Doar”.

“Considerando que o CMAM tem como público-alvo crianças e adolescentes na faixa etária de 5 a 16 anos e que, em sua grande maioria, são provenientes de família de baixa renda, a equipe de assistentes sociais teve a ideia de criar, em 2017, o projeto que tem como objetivo arrecadar brinquedos novos e usados (em bom estado de conservação) a serem doados para as crianças atendidas neste Centro, no sentido de proporcioná-las momentos de alegria, distração, interação, bem como assegurar a elas o direito de lazer através do brinquedo”, conta a diretora do CMAM, Daniela Escórcio.

A diretora do centro acrescenta. “Importante destacar que a necessidade do brincar faz parte do cotidiano da criança e favorece sua autoestima propiciando situações de aprendizagem. Além disso, ainda estimulamos o desapego e espírito de solidariedade entre os nossos colaboradores, bem como de seus familiares e amigos que acabam se envolvendo com a proposta do projeto”.

Durante esta semana foram realizadas as atividades do brincar livre, oficinas de massinhas, pintura de rosto e apresentações artísticas como teatro e música, com talentos da própria instituição, dentre colaboradores e usuários.

O CMAM funciona por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semec) e a Fundação Municipal de Saúde (FMS), recebendo alunos da Rede Municipal com transtornos e dificuldade de aprendizagem, que recebem atendimentos médicos e terapêuticos.

Fotos: Ascom Semec

Atletas de escolas municipais de Teresina vão participar dos Jogos Escolares Brasileiros 2021

Representantes de entidades esportivas piauienses estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira (13) com o secretário Municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, para tratar sobre a participação de atletas de Teresina nos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s/2021 t), que serão realizados no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, entre 29 de outubro e 5 de novembro.

Secretário de Educação Nouga Cardoso e atletas que vão participar dos Jogos / fotos: Ascom Semec

“Viemos apresentar o quantitativo de alunos de escolas municipais que vão participar do JEB’s, repassar informações sobre a competição, assim como pedir o apoio da Secretaria Municipal de Educação com uma ajuda de custo para os 51 atletas que vão ao evento competir em modalidades como judô, vôlei, badminton, atletismo, tênis de mesa, entre outras”, diz o 2º Vice Presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar, Francisco Brás.

O secretário de Educação, professor Nouga Cardoso, garantiu o apoio da Secretaria aos atletas de escolas municipais que vão participar dos JEB’s. “ A Prefeitura Municipal de Teresina, através da Semec não vai medir esforços para oportunizar as condições para que nossos alunos viajem para o Rio de janeiro e possam disputar esses jogos. O esporte é muito importante na formação desses jovens”, afirma.

Participaram da reunião, a Federação de Esportes Estudantis do Piauí (Feepi), a Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), o Conselho Regional de Educação Física da 15º Região PI-MA, além de alguns atletas que vão participar dos JEB’s.

Os Jogos Escolares Brasileiros – JEB’s/2021 são uma realização da Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE em parceria com o Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Especial do Esporte, e contarão com a participação de estudantes atletas de 14 a 14 anos de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal em dezessete modalidades esportivas. A delegação do Piauí terá cerca de 230 pessoas, entre atletas, profissionais de saúde, técnicos esportivos, psicólogos e atletas de escolas públicas e particulares.

Festa das crianças do CMEI Chico Xavier tem a presença do prefeito e do secretário municipal de Educação

Esta quarta-feira (13) foi de festa no Centro Municipal de Educação Infantil Chico Xavier, no bairro São Sebastião. A escola promoveu uma animada comemoração em alusão ao Dia das Crianças, contando com a presença do prefeito Dr. Pessoa e do secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso.

Secretário de Educação Nouga Cardoso e equipe escolar / fotos: Ascom Semec

A programação incluiu jogos, brincadeiras, pintura de rosto, distribuição de lanche e entrega de brindes. As professoras entraram no ritmo e participaram fantasiadas de princesas. Do lado de fora do CMEI, a equipe montou uma tenda para também atender as crianças em sistema de drive thru.

A diretora Cristiane Vieira conta que o dia foi pensado para levar diversão para turminha, aproximando ainda mais a escola das famílias. “Foi melhor do que planejamos, as famílias se engajaram e as crianças se divertiram bastante”, declara a gestora, que também entrou na brincadeira e esteve vestida de Mulher Maravilha.

Até o secretário Nouga ganhou presente. “Festa linda”, elogiou. O prefeito também parabenizou a equipe escolar. “Foi a comemoração mais animada que já vi, todos estão de parabéns pelo zelo em acolher essas crianças”, disse o Dr. Pessoa.

Participaram, ainda, o superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, e o coordenador do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação da Semec, Reinaldo Ximenes.