Abertura do Projeto Empreende Bairro foca em comportamentos e importância de ser MEI

Ascom/Semdec

Teve início na noite desta segunda-feira (2) a 2ª edição do Projeto Empreende Bairro. Com a palestra “Atendendo e aumentando as vendas”, mediada pela consultora do Sebrae no Piauí, Yolanda Amorim, o projeto ofertará, nas próximas semanas, vários minicursos de capacitação a empreendedores da região do bairro Promorar, zona sul de Teresina.

Com dicas de comportamento empresarial, iniciativas e até sobre a importância de ser MEI (Micro Empreendedor Individual), a consultora do Sebrae destacou, durante sua palestra, pontos importantes na hora de conhecer e traçar estratégias para impulsionar e desenvolver pequenos e médios negócios. “Ser MEI hoje em dia é muito importante para pequenos empreendedores, por causa de uma série de possibilidades, como poder emitir nota, participar de licitação, entre outras coisas”, destaca Yolanda Amorim.

Com sede no Senac Unidade Audir Lage, localizado entre o bairro Promorar e Parque Piauí, o Empreende Bairro quer estimular a capacitação de empreendedores e micro empresários da região e promover grande evento ao final desta edição. O projeto é um realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Semdec, em parceria com a Rede Clube, o Sebrae no Piauí e o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA-PI).

“Nosso objetivo, com esse projeto, é impulsionar o desenvolvimento econômico do bairro por meio da qualificação. Se os empreendedores de um bairro dominam as técnicas, ele vai saber conduzir seu negócio, fazê-lo crescer e gerar emprego e renda. O Empreende Bairro conquistou a confiança da população e cresceu no bairro Promorar. Recebemos mais inscrições do que prevíamos e isso é muito gratificante para o trabalho que a gente vem realizando dentro da Semdec”, comentou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso.

Para o gerente de marketing da TV Clube, Ribeiro Júnior, o Empreende Bairro lida com sonhos e por isso é tão importante chegar à comunidade. “É por meio da educação que a gente vê que as histórias das pessoas são transformadas. Por isso na nossa parceira é muito positiva, a nossa capacidade de mobilização faz que o público conheça melhor o projeto e para que o microempreendedor tenha essa oportunidade”, disse.

Veja na tabela abaixo a programação completa:

 

Show “Reinventando a Vida” abre os Concertos Matinais de dezembro

O ano está chegando ao fim e o projeto Concertos Matinais do Palácio da Música já inicia dezembro em clima de despedida. Alcides Valeriano e Silmara Castro abrem o mês com o show “Reinventando a Vida”, às 11h da manhã, com entrada franca.

O show é uma pré-estreia de canções autorais do novo álbum dos artistas Alcides Valeriano e Silmara, que serão lançadas no primeiro semestre de 2020 nas plataformas digitais, quando estarão comemorando 30 anos de carreira musical. Fora dos modismos convencionais que permeiam a MPB, Alcides e Silmara tencionam brindar o público com um repertório composto de músicas autorais, clássicos consagrados da MPB dos anos 70 e 80, além de canções de compositores contemporâneos da MPB.

A apresentação da dupla contará com as participações especiais de Diego Valeriano e Pedro Felipe no violão, além dos integrantes que formam a banda: Pedro Júlio na percussão e Bruno Suênio no teclado.

O projeto Concertos Matinais ocorre em quase todos os domingos do ano, sempre às 11h da manhã, com entrada franca, e tem o objetivo de levar apresentações musicais de qualidade à população, que passeiam do erudito ao popular. Seu palco é o Palácio da Música de Teresina, instituição mantida pela Prefeitura Municipal, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. A casa fica localizada no cruzamento das ruas Santa Luzia e Treze de Maio, N° 1241, Centro, local onde funcionou o antigo Mercado do Cajueiro.

 

8ª edição da Virada Geek tem nova data e será realizada neste sábado (5)

A Virada Geek, que é uma iniciativa do Instituto Interaje e tem o apoio da Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest), irá realizar sua 8ª edição neste sábado (5), de 8h às 20h, no CEU da Santa Maria da Codipi, localizado na Avenida Ministro Sérgio Mota.

“Nesse evento, nós buscamos levar tudo o que há em tecnologia feito no Piauí para dentro das comunidades, mostrando que existe mercado no desenvolvimento de jogos. Além disso, visamos despertar nos empresários e na comunidade as oportunidades que essa ferramenta proporciona”, destacou o idealizador da Virada Geek, Joselé Martins.

Games, exposição de impressora 3D, atividades esportivas, simuladores de realidade virtual, feira de quadrinhos, torneio de Free Fire, campeonatos de Just Dance, Clash Royale, Guitar Hero e muitas outras ações fazem parte da programação. Também serão realizadas disputas de jogos e shows musicais.

“Essa edição irá levar tecnologia, inovação, oficinas, empreendedorismo digital e outras ações com a “pegada geek” às comunidades de Teresina. Desta vez, o evento será realizado na Santa Maria da Codipi e irá agregar conhecimento e valores aos empreendedores locais na área da tecnologia”, ressaltou Ricardo Bandeira, secretário municipal de Economia Solidária.

Os amantes de tecnologia vão ter uma oportunidade de conhecer projetos e de interagir com as apresentações e palestras que serão realizadas. O evento é o primeiro no formato Lan Party do Piauí, onde o público leva seus computadores para compartilhar conhecimento e trocar experiências sobre o tema.

Evento pretende resgatar a culinária “raiz” do café da manhã piauiense

Para resgatar a identidade culinária típica do café “raiz” do Piauí, neste domingo (29), no espaço de eventos do hotel Velho Monge, acontece a 2ª edição do “Sabores da Roça: Café Piauiense”. O evento se trata de um encontro gastronômico, que ocorrerá das 9h às 11h30, prometendo fazer um mergulho nas memórias alimentares e afetivas de cada convidado.

A organizadora do projeto, Francisca Lopes, afirma que a verdadeira intenção é resgatar a identidade do café da manhã piauiense e fazer as pessoas valorizarem as iguarias do nosso estado, através de uma culinária diversificada e rica de histórias e lembranças.

“Nosso objetivo é reavivar as memórias alimentares de cada um. É escutar das pessoas que aquele gosto lembra do bolo que avó fazia, que o modo de preparo lembra sua infância, é o que nos move. Com a nossa primeira edição, percebemos que isso gera uma interação, que as pessoas conversam, trocam experiências e, indiretamente, preservam o patrimônio da nossa culinária matinal, que hoje em dia se encontra adormecida e precisa ser conhecida pelo país e pelo mundo”, pontua Francisca.

Para o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, um dos pontos fortes que Teresina possui e que necessita desenvolver é o turismo gastronômico. “Teresina possui uma gastronomia singular e o nosso estado possui uma culinária muito rica. Apoiar e participar de eventos assim é um incentivo a mais para o desenvolvimento desse setor. Nossos pratos precisam ser apreciados por outros estados, mas, antes disso, nós precisamos conhecê-los e apreciá-los”, analisou.

O evento “Sabores da Roça: Café Piauiense” também pretende, futuramente, lançar um livro com as fotos e as receitas de cada prato servido, já que a outra proposta da organização do projeto é deixar documentado todo o material exposto para que a população desperte para a preservação do patrimônio culinário do nosso estado.