Prefeitura de Teresina garante pagamento de tíquetes e plano de saúde dos trabalhadores do transporte público da capital

A Prefeitura de Teresina deve repassar, ainda nesta segunda-feira (25), o valor de R$ 600 mil ao Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT) para subsidiar o pagamento de tíquetes-alimentação e do plano de saúde de motoristas e cobradores do sistema público da capital.

O acordo foi firmado nesta manhã, durante reunião entre empresários, representantes dos trabalhadores e a gestão municipal. “Somos uma nova administração e temos que fluir olhando para todos, mas, principalmente para os trabalhadores do transporte e de outros setores”, afirma o prefeito Doutor Pessoa.

Com a deliberação, a expectativa é que motoristas e cobradores suspendam a paralisação das suas atividades e os ônibus voltem a circular na cidade. Além disso, Doutor Pessoa reforçou ao SETUT a necessidade de mudanças e melhorias no serviço de transporte público oferecido atualmente aos teresinenses.

O prefeito apontou para os empresários algumas das principais demandas da população, como o atraso das linhas, longo tempo de espera nos pontos de ônibus, extinção de linhas e circulação dos chamados “corujões”, que circulam em horários alternativos no período noturno.

“Se isso não evoluir, no prazo de 30 dias, começaremos a montar o sistema de transporte coletivo. Não será de forma açodada. Veremos a parte jurídica para caminhar dentro da legalidade. Tomarei uma decisão, não vou deixar a sociedade de Teresina clamada e abandonada”, enfatiza Doutor Pessoa.

Durante reunião com representantes do Setut e motoristas, o prefeito Doutor Pessoa garantiu o pagamento de R$ 600 mil Foto(Rômulo Piauilino)

Equipes do SAMU realizam com sucesso transporte de 14 pacientes vindos de Manaus

Desembarcaram nesta segunda (25), em Teresina, 14 novos pacientes vindos de Manaus com Covid-19 (Foto: Ascom FMS)

Desembarcaram na madrugada desta segunda-feira, 25 de janeiro, 14 novos pacientes vindos de Manaus com Covid-19, no Aeroporto Petrônio Portella.  As equipes do SAMU Teresina, com ajuda do SAMU Estadual, receberam os pacientes e os encaminharam para a Hospital Universitário (HU). São 3 mulheres e 11 homens com idades entre 31 e 70 anos.

Na operação de recebimento dos pacientes, estiveram envolvidas 10 ambulâncias, sendo duas de suporte avançado, três de suporte intermediário e cinco de suporte básico. “Nossa responsabilidade foi organizar toda a logística de recebimento dos pacientes. Ambulâncias, equipe de triagem, oxigênio, máscaras, cadeiras de rodas, apoio de transporte. Fizemos a triagem deles ainda dentro do avião para analisarmos o quadro de saúde antes de realizarmos o transporte”, disse Gilberto Albuquerque, presidente da Fundação Municipal de Saúde de Teresina.

Desembarcaram nesta segunda (25), em Teresina, 14 novos pacientes vindos de Manaus com Covid-19 (Foto: Ascom FMS)

Esta é a segunda vez que Teresina recebe pacientes de Manaus, que vive um colapso na saúde pública por desabastecimento de oxigênio nos hospitais. A cidade de Manaus já registra, em janeiro, um número recorde de internações pela Covid-19 desde o início da pandemia. Além disso, a capital do Amazonas vive uma crise devido ao desabastecimento de oxigênio.

Parte da equipe que recepcionou os 14 novos pacientes vindos de Manaus com Covid-19 (Foto: Ascom FMS)

Teresina registra uma morte e 173 casos de Covid-19 neste domingo (24)

Um total de 173 novos casos e um óbito por Covid-19 foram notificados neste domingo (24) pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), que monitora os registros da doença na cidade. Desde o início da pandemia em março, Teresina já acumula 55.327 pessoas que já foram infectadas pelo novo coronavírus, das quais 1.264 vieram a óbito.

A capital notificou ainda um total de 40.670 recuperados da doença durante este período. Entram nessa estatística tanto as pessoas que tiveram altas hospitalares como aquelas com formas mais leves da doença que fizeram o tratamento em casa.

A única morte registrada aconteceu no sábado (23). A paciente era do sexo feminino, tinha 66 anos de idade e era moradora do bairro Bela Vista, zona sul. Ela era ainda portadora de hipertensão arterial.

“A Covid-19 não é uma gripe comum. É uma doença que se caracteriza pela extrema rapidez com que ela se espalha, e ainda não sabemos porque esse vírus detém esse poder de contaminar muito rapidamente as pessoas. É preciso que a população continue mantendo as medidas de distanciamento, higiene pessoal e do ambiente, uso de máscara e todos os demais cuidados relacionados à prevenção da infecção pelo novo coronavírus”, alerta a infectologista Amparo Salmito, gerente de epidemiologia da FMS e membro do Centro de Operações em Emergência (COE).

 

Prefeitura deve celebrar termo com a Emater para beneficiar a agricultura familiar

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa visitou na manhã deste domingo (24) a horta comunitária do povoado Ave Verde, na zona rural da capital. O prefeito esteve acompanhado do secretário de Desenvolvimento Rural, Ricardo Monteiro, do secretário de comunicação Lucas Pereira e do diretor-geral da Emater, Francisco Guedes.

De acordo com o líder comunitário, Raimundo Nonato Neri, a comunidade conta com 460 famílias, sendo que 33 delas dependem diretamente da horta do povoado. A comunidade apresentou uma série de reivindicações ao prefeito.

“Ficamos muito felizes com a visita do prefeito e do secretário hoje aqui em nossa comunidade, isso mostra o compromisso dele com a agricultura familiar, queremos uma integração maior com todos os órgãos que fazem a agricultura na nossa cidade”, disse o líder comunitário.

O diretor-geral do Emater (Empresa de Assistência Técnica e Produção Rural do Piauí), Francisco Guedes, propôs a elaboração de um termo de cooperação técnica com SDR (Superintendência de Desenvolvimento Rural) de Teresina. Para Guedes, o termo vai possibilitar uma maior integração entre as demais instituições, o que vai beneficiar a produção agrícola de Teresina.

“Esse termo vai facilitar a viabilização das demandas das comunidades rurais, uma união de esforços para solucionar os problemas. São quase 3 mil famílias que atuam na agricultura familiar, ou seja, são mais de 3 mil empregos diretos, então essa junção de esforços vai dar vazão a esse setor”, afirmou Francisco Guedes.

Em conversa com os produtores, o prefeito destacou que seu desejo é eliminar a figura do atravessador, que segundo ele, reduz que pela metade os ganhos do homem do campo ao vender seus produtos agrícolas.

“Grande parte do alimento que vai para a mesa do cidadão são produzidos pelos pequenos produtores, isso vem da agricultura familiar e a nossa gestão quer priorizar e dar todos os incentivos para esses produtores, pois além de desenvolvermos a agricultura vamos dar renda ao trabalhador” declarou o prefeito.

 

Obras de revitalização do Centro de Teresina devem ser entregues em setembro

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, visitou as obras no Centro de Teresina, na manhã deste sábado (23). Na ocasião, estiveram presentes o Superintendente de Desenvolvimento Urbano Centro, Roncalli Filho e o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Edmilson Ferreira. As obras de revitalização das ruas do Centro de Teresina devem ser concluídas até setembro.

As obras fazem parte de um projeto de revitalização e de acessibilidade do Centro da capital. Dentre elas, estão a construção da galeria na Rua Coelho Rodrigues, a construção do Museu da Imagem e do Som, reforma da rua Climatizada e praça Rio Branco, além de outras obras de revitalização. Os investimentos giram em torno de R$ 25 milhões e são provenientes de recursos próprios da prefeitura e recursos federais.

“Tudo o que for importante para a cidade e para o cidadão são nossas prioridades. Estamos empenhados em deixar o centro de Teresina em condições de todas as pessoas transitarem livremente, pois além de deixar a cidade mais bonita, às obras vão oferecer a infraestrutura adequada para que o povo venha ao Centro com mais tranquilidade”, ressaltou Doutor Pessoa.

O superintendente de Desenvolvimento Urbano Centro, Roncalli Filho, espera que a conclusão das obras aconteça em até sete meses. “Queremos entregar as obras de acessibilidade e revitalização do Centro de Teresina até o mês de setembro. São obras que vão fazer a diferença, que vão facilitar a vida dos comerciantes e de todos que passarem pelo Centro”, pontuou.

“Estamos ‘tomando pé’ da situação e providenciando o que é necessário. Criamos um grupo de trabalho com profissionais capacitados e também com a sociedade civil para pensar sobre a cidade, principalmente para o Centro. Já temos obras em andamento e alguns recursos, mas vamos precisar de muito mais, e iremos atrás de recursos para essas obras”, concluiu Edmilson Ferreira, secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

Parceria entre Semec e SDUs vai garantir limpeza nas escolas municipais

Semec reuniu gestores das SDUs para uma força tarefa (Foto: Ascom Semec)

Antes do início do novo ano letivo nas escolas da rede municipal, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) convidou os gestores das superintendências de desenvolvimento urbano (SDUs) de Teresina para uma força-tarefa de manutenção das unidades de ensino. Nesta sexta-feira (22), o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, reuniu os superintendentes para definir as primeiras ações.

Com as aulas suspensas há mais de 10 meses, as escolas precisarão de manutenção na infraestrutura, capina e limpeza em geral. A contribuição das SDUs será no sentido de garantir esses serviços o quanto antes, organizando os espaços para receber a comunidade escolar.

De acordo com a secretária executiva de Gestão da Semec, professora Edileusa Sampaio, a previsão de retorno das atividades escolares presenciais é para o dia 18 de fevereiro, no sistema híbrido, onde os estudantes revezam entre aulas na escola e remotas, em casa. “Esse retorno tem que ser com total segurança para alunos, professores e funcionários. Dentro do protocolo de segurança, estamos buscando garantir a limpeza das escolas, com poda de árvore, capina e retirada de entulhos. A parceria com as SDUs é de extrema importância. A Semec tem com uma de suas metas manter diálogo com todos os órgãos municipais”, ressalta Edileusa.

Semec reuniu gestores das SDUs para uma força tarefa (Foto: Ascom Semec)

O superintendente da SDU Sudeste, Zé Nito, afirmou que sua equipe está totalmente à disposição para colaborar com a limpeza das escolas. “Sabemos que a prefeitura tem contrato com empresa que atua com a limpeza junto às comunidades. Porém, é preciso fazer uma análise e saber como vem sendo desenvolvido este trabalho e onde podemos melhorar. A parceria com a Semec é justamente para garantir um trabalho de qualidade”, pontuou.

James Guerra, superintendente da SDU Leste, também garantiu participação nesse processo. “Estamos prontos para colaborar com a Semec. Faremos o que for possível para garantir um bom retorno as aulas na rede municipal de ensino”, declarou.

Semec reuniu gestores das SDUs para uma força tarefa (Foto: Ascom Semec)

À frente da SDU Centro/Norte, a superintendente Ana Paula Santana destacou a necessidade dessa parceria para a cidade. “Sem dúvida uma parceria muito importante, porque estamos trabalhando em prol de um bem comum, que é atender as comunidades. A SDU Norte vai discutir sobre como colaborar com esta parceria, nos colocando à disposição da Educação com os trabalhos de limpeza juntos às escolas. Na próxima reunião já teremos um mapeamento das unidades que precisam do nosso apoio”, finalizou a gestora.

Semduh estuda estratégias para executar o Plano de Regularização Fundiária em Teresina

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) está buscando estratégias para por em prática o Plano de Regularização Fundiária e resolver a situação das famílias teresinenses que estão em áreas irregulares da cidade de Teresina.

Atualmente, a capital do estado acumula milhares famílias em áreas públicas e privadas ocupadas irregularmente. “Estamos procurando áreas para construir casas e elaborando projetos, ao mesmo tempo em que buscamos recursos alternativos para financiar as ações necessárias”, garante o secretário da Semduh, Edmilson Ferreira.

(Foto: Ascom/Semduh)

Reduzir o déficit habitacional é uma das metas da nova gestão. A Prefeitura de Teresina reforça que está aberta ao diálogo com a população, inclusive com os ocupantes de áreas irregulares, desde que se retirem dos locais em questão.

“Estamos tomando pé da situação. Fizemos um levantamento e temos mais de 300 áreas urbanas e rurais ocupadas de forma irregular em Teresina. Existe um Plano de Regularização Fundiária que foi feito na gestão passada, mas não foi executado e nós estamos buscando a melhor forma de colocá-lo em prática para reduzir o déficit habitacional de Teresina e dar mais qualidade de vida a essas famílias necessitadas”, completa o secretário.

Semplan e SDU Centro/Norte avaliam andamento das obras

Dando continuidade ao cronograma de visitas às SDUs, aconteceu nesta quinta-feira, 12, na Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte a reunião com o secretário municipal de Planejamento e Coordenação, João Henrique Sousa e sua equipe. Durante o encontro, foram apresentadas as obras contratadas e em execução, e ainda alguns projetos em elaboração, como, por exemplo: a reforma do Mercado São José.

“Fizemos a reunião com mais uma superintendência, desta vez estivemos com a SDU Centro/Norte. Nosso principal objetivo nessas visitas é explanar as atribuições de cada parte e relatar o que, enquanto planejamento, temos em cronograma. O alinhamento é importante para que possamos captar recursos necessários para realização de obras determinadas pelo nosso prefeito”, explicou João Henrique Sousa, secretário de Planejamento.

Pavimentação asfáltica, requalificação de praças, construção de pontes, reforma no Mercado São José, Revitalização do Canal do Mocambinho, Implantação do Parque Floresta Fóssil, Museu da Imagem e Som são obras importantes que estão em andamento e que precisam ser acompanhadas e desenvolvidas em parceria pelas pastas para benefício do município.

“Recebemos hoje com muita alegria a visita do nosso secretário de Planejamento, João Henrique. Conversamos de forma detalhada sobre todas as obras que estão em andamento na nossa região. Reafirmamos o nosso compromisso em trabalhar em parceria com os técnicos da Semplan e com isso assegurar a conclusão das obras em execução e ainda o início de novas obras para a nossa cidade”, concluiu a superintendente, Ana Paula Santana.

Reunião na SDU Centro Norte com o secretário João Henrique Sousa e sua equipe Foto: (Ascom/SDU centro/Norte)

 

Strans se reúne com mototaxistas e recebe pauta de reivindicações

O superintendente em exercício de Transportes e Trânsito de Teresina (Strans), Bruno Pessoa, recebeu nesta quinta-feira, 21, uma comissão de representantes dos mototaxistas acompanhados de Ricardo Costa, presidente do Sindicato dos Mototaxistas do Piauí.

O representante da categoria apresentou uma pauta de reivindicações com benefícios para os mototaxistas.

Na pauta, foi discutida a revisão das multas administrativas e a colocação de pontos de mototáxi para os permissionários cadastrados em locais que protejam os profissionais no período mais quente do ano conhecido como B R O BRÓ, que vai dos meses de setembro a dezembro.

Outro ponto de reivindicação diz respeito ao livre trânsito dos mototaxistas na faixa exclusiva para ônibus.

Os representantes da categoria conversaram com o superintendente sobre a possibilidade de ser criado um aplicativo para os mototaxistas com a finalidade de garantir segurança aos passageiros e mototaxistas.

Segundo o presidente do sindicato, atualmente existem 2.315 pessoas cadastradas na categoria de mototaxistas. O representante do sindicato se comprometeu em enviar uma relação com os mototaxistas cadastrados.

O superintendente em exercício da Strans, Bruno Pessoa, recebeu nesta quinta-feira, 21, uma comissão de representantes dos mototaxistas

Prefeitura de Teresina revisará contratos de imóveis alugados para o município

Visando a redução de custos para o funcionamento da administração pública municipal, a Prefeitura de Teresina está reavaliando contratos de aluguéis e a organização da estrutura física dos órgãos responsáveis pela gestão da capital.

“A finalidade é a contenção das despesas, diminuindo a quantidade de prédios alugados, tendo uma condensação maior das secretarias sem prejudicar o bom funcionamento da máquina pública”, explica o prefeito Doutor Pessoa.

Nesta quarta-feira (20), o gestor visitou a sede da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete), na zona Leste. A estrutura de dois pisos com custo mensal acima dos R$ 25 mil deve dividir espaço com outras pastas.

“É um dos prédios que estamos vendo se há capacidade para acomodação de, pelo menos, outras duas secretarias”, pontua o chefe do executivo municipal, que ainda pretende renegociar valores de edifícios alugados para o município.

Além da Arsete, outros órgãos como a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) e a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) não funcionam em sede própria e serão realocadas para um novo espaço de menor custo gerando economia para o município.

Nesta quarta-feira (20), o prefeito Doutor Pessoa visitou a sede da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete)