Servidoras municipais terão ponto facultativo no Dia da Mulher

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, assinou decreto dando ponto facultativo para as servidoras públicas municipais nesta quinta-feira, 08 de março, data em que se comemora o Dia Internacional de Mulher.

 

Nesse dia, fica facultado o registro de frequência às mulheres, ressalvados os serviços essenciais e de interesse público, que deverão ser realizados normalmente, em especial, aqueles no âmbito da Fundação Municipal de Saúde – FMS (Unidades de Saúde, Hospitais, UBS, UPA e SAMU), bem como os serviços prestados pelas agentes de trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

 

Atualmente, a gestão municipal conta com quatro pastas coordenadas por mulheres: a Secretaria Municipal de Concessões e Parcerias; Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres; a Superintendência de Desenvolvimento Rural e a Fundação Wall Ferraz.

 

No decreto é destacado que as mulheres representam uma luta que se arrasta desde o século XIX, bem como os movimentos “Women’s March”, nos Estados Unidos, e o Ni Uma a Menos”, na América Latina, cujo objetivo é chamar a atenção para a importância do trabalho feminino nos diversos setores da sociedade, mas também levantar bandeiras como o combate ao feminicídio, a luta pela equiparação salarial, pela licença-maternidade e paternidade estendida, e pela equidade de gênero em todas as esferas.

 

“O prefeito entende a importante contribuição da mulher na prestação dos serviços na gestão municipal, e, portanto, nada melhor do que dar visibilidade a essas mulheres e homenageá-las, reforçando a simbologia da data”, afirmou Raimundo Eugênio, secretário municipal de Governo.

 

Confira aqui o decreto

Semjuv divulga lista de 50 selecionados do programa Jovem Habilitado

A Secretaria Municipal da Juventude está divulgando a lista com os 50 nomes dos selecionados do programa Jovem Habilitado, que tem como finalidade ofertar, de forma gratuita, o curso para tirar a primeira Carteira Nacional de Habilitação e todas as taxas do Detran.

 

O secretário municipal da Juventude, Zé Filho, explica que a iniciativa propicia aos jovens de baixa renda uma oportunidade de melhorar suas chances de adentrar ao mercado de trabalho. “A carteira de habilitação é uma importante ferramenta para qualquer pessoa que deseje uma vaga de emprego. Por isso, a Semjuv está possibilitando que esses 50 jovens possam fazer o curso de forma gratuita”, afirma.

 

Os jovens selecionados estão sendo contatados pela secretaria para que possam participar de um encontro, na próxima segunda-feira (11), às 10h, na sede da Semjuv, onde serão explicados todos os passos do programa.

 

Todos os jovens são comprovadamente carentes, possuem entre 18 e 29 anos, estão inscritos no NIS (Número de Identificação Social) e possuem renda familiar máxima de até dois salários mínimos.

 

Confira aqui a lista dos selecionados07

Prefeito recebe membros da CDL para tratar de convecção lojista

O prefeito Firmino Filho recebeu nesta sexta-feira, 1, o presidente da Federação da Câmara de Dirigentes Lojistas do Piauí, Sávio Normando, e o presidente da CDL Evandro Cosme. Eles trataram sobre a 24ª Convenção Lojista do Piauí que acontecerá em Teresina nos dias 26 e 27 de abril.

O evento é um empreendimento que reúne grandes nomes empresarias e tem enfoque no comércio e inovações.

Firmino Filho destacou que a cidade de Teresina já nasceu com vocação para o comércio e eventos como a convenção trazem novas ideias. “ É também um instrumento de qualificação e traz mudanças. São novas ideias que serão debatidas com a presença de profissionais renomados e geram novas perspectivas”, diz.

Sávio  Normando diz que existe expectativa na classe empresarial, estudantes, profissionais liberais, professores e outros profissionais nessa 24ª Convenção Lojista do Piauí.

Professores recebem orientações sobre nutrição e inclusão das crianças

Ascom Semec

Com a expansão das matrículas na Educação Infantil em Teresina, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) está preparando os novos professores dos Centros Municipais de Educação Infantil em diversos aspectos relacionados à rotina escolar. Desta vez, a conversa foi conduzida por profissionais dos setores de Nutrição e Educação Inclusiva.

O grupo conheceu melhor o cardápio preparado para as crianças e a importância de acompanhar a alimentação dos alunos. Cada faixa etária possui um cardápio próprio, com nutrientes específicos e horários diferenciados, que devem ser respeitados para garantir a qualidade da alimentação dos alunos.

A chefe da Divisão de Educação Inclusiva da Semec, Teresa Fortes, também destacou o papel do educador na identificação de crianças com deficiência, com base na observação do desenvolvimento humano dos primeiros anos de vida.

“Muitas vezes os pais não percebem que a criança tem uma dificuldade, então é o professor que nota problemas motores, na fala ou no aprendizado”, conta Teresa. Segundo ela, é importante preparar os docentes para que lidem bem com as mais diversas situações que podem surgir ao lidar com crianças tão pequenas. “Falamos sobre ética e humanização. Quando trabalhamos com alunos com deficiência, é preciso ter em mente que não são laudos, são pessoas, e cada uma tem sua individualidade. Nosso papel é apoiá-los e tornar o ambiente escolar o mais inclusivo possível”, disse.

Novo semáforo é instalado em cruzamento no bairro Morada Nova

Começou a funcionar no último domingo (24) um novo semáforo na Rua 15 de Novembro com a Rua Cícero Soares, no bairro Morada Nova. A medida, tomada pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), foi realizada após estudos feitos no local que comprovaram a necessidade da instalação da sinalização.

O diretor de Trânsito e Sistema Viário, José Falcão, explica sobre a necessidade da mudança e como ela foi feita. “Após estudos feitos no local, constatou-se um aumento significativo na quantidade de veículos após o prolongamento da Avenida Barão de Castelo Branco. Com isso, houve um aumento de tráfego na via, onde no cruzamento com a BR, a avenida Barão se junta com a 15 de Novembro. Em virtude dessa situação passamos a ter um monitoramento desse cruzamento e constatamos essa necessidade da implantação de semáforo. Já havia sido feito o pedido pela comunidade do Morada Nova e após esse estudo definimos a necessidade de implantação juntamente com as devidas adequações feitas no cruzamento”, declarou o diretor.

Com a nova sinalização, as conversões à esquerda não serão permitidas, tornando mais seguro o cruzamento para condutores e pedestres.

Construção de cartazes ajuda na conscientização sobre educação inclusiva

Os educadores que participam do Curso de Libras oferecido pela Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Educação (Semec), firmaram mais um compromisso em prol da inclusão. As turmas dos níveis básico e intermediário se uniram em um aulão que culminou na construção de cartazes sobre a importância do estudo da Língua Brasileira de Sinais para a inclusão das crianças com surdez.

O grupo é formado por membros das equipes escolares da Rede Municipal de Teresina, que estão aprendendo a linguagem para melhorar a comunicação com os alunos surdos. Além das aulas semanais, professores, diretores e pedagogos participam de atividades práticas que promovem reflexões sobre a educação inclusiva e a qualidade de vida das pessoas com necessidades especiais na sociedade.

O professor Rafael Alves explica que o aulão, promovido no Centro de Formação Odilon Nunes, foi importante para contextualizar os participantes do curso acerca da luta das pessoas com surdez pela efetivação dos seus direitos.

“Conversamos mais sobre as conquistas, legislação e dificuldades do surdo, para que o aprendizado da Libras seja significativo, dentro da realidade que vivemos hoje. A construção coletiva dos cartazes amplia esse debate e revela o que os educadores aprenderam ao longo das aulas. O resultado é um grupo mais engajado, pronto para defender essa bandeira”, disse Rafael.

Para a vice-diretora da Escola Municipal Nossa Senhora do Amparo, Cândida Silva, o Curso de Libras prepara para a vida. “Sempre tive curiosidade, agora fui motivada pela presença de um aluno surdo na escola. Quando a gente quer muito aprender, fica mais fácil, então já tenho avançado muito nas aulas, conseguimos fazer da nossa escola um ambiente mais acolhedor para esse aluno e os próximos”, conta. Cândida faz o curso junto com a professora do aluno com surdez, que tem 8 anos de idade e está matriculado no 4º ano.

Os cartazes, frases e colagens produzidos durante a atividade prática ficarão expostos no Centro de Formação como forma de intervenção no espaço. A ideia é expandir as mensagens para mais educadores e incentivar a participação das aulas de Libras, que são totalmente gratuitas.

Workshop BIM apresenta nova tecnologia que será utilizada pela Prefeitura de Teresina

Engenheiros e arquitetos da Prefeitura de Teresina participaram na manhã desta segunda-feira (25) do Workshop NUBIM, evento realizado pela Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN) para disseminar o conhecimento sobre a tecnologia BIM, uma inovação que busca tornar os projetos da construção civil mais completos e eficientes, evitando erros e assim diminuindo atrasos e gastos desnecessários nas obras públicas.

O evento foi aberto pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho, que destacou as mudanças que acontecem na administração pública no decorrer dos anos e a importância de se adaptar às novas tecnologias para superar novos desafios. “É um ponto de ruptura em relação à projeção, execução, prestação de contas, manutenção e desenvolvimento de uma obra. O governo federal já aponta essas inovações. A ideia é justamente proporcionar melhorias nas obras públicas”, afirmou o prefeito.

Integrantes do NUBIM, o engenheiro Paulo Guilherme e arquiteta Virgínia Moura palestraram sobre as determinações do governo federal sobre o assunto e o processo de implementação da tecnologia BIM na Prefeitura de Teresina. Também palestrou o executivo Leonardo Tavares, representante da empresa que fornecerá o software BIM para o poder público municipal e falou dos benefícios do trabalho com esta tecnologia. Narcélio Monte, CEO da consultoria Datacities, falou sobre o uso de soluções inteligentes para otimizar o trabalho da administração pública.

“O ganho é gigantesco. Uma tecnologia inovadora que vai mexer com todo o processo atual de projetos e construções, porque vamos planejar toda a vida útil completa de um elemento construído, desde a sua concepção até o fim dela. É um passo em que a Prefeitura de Teresina está sendo pioneira em iniciar esse processo, e vamos ganhar em tempo de projeto, controle de todo o processo, entregando as obras no cronograma físico e financeiro planejado. A tendência é que com o BIM os aditivos sejam praticamente eliminados”, explicou Virgínia Moura, coordenadora geral do NUBIM.

“A Prefeitura de Teresina tem interesse em todo processo que ajude a buscar a eficiência e, a partir daí, oferecer melhores serviços para a população. A tecnologia BIM é uma tecnologia que nos ajuda nesse sentindo, e por isso a SEMPLAN está empenhada em sua disseminação”, afirmou o secretário municipal de planejamento e coordenação, José João Braga.

O que é o BIM?

A sigla BIM significa Building Information Modelling (Modelagem de Informação da Construção), que representa basicamente do que se trata o projeto. Através dessa tecnologia, diversos projetos envolvidos em uma dada construção (hidráulico, elétrico, topográfico, etc) podem ser visualizados simultaneamente através de um mesmo documento digital, facilitando a visualização completa da obra.

Com esse novo processo, o planejamento torna-se mais eficiente e isto reflete em diversos ganhos, como diminuição de atrasos em prazos estabelecidos, evitar erros de projeto e possíveis retrabalhos decorrentes desses erros e reduz os custos de manutenção das obras.

Decreto federal assinado em 2018 recomenda que todos os órgãos públicos utilizem a tecnologia BIM a partir de 2021, e a Prefeitura de Teresina está se antecipando através do NUBIM (Núcleo BIM), que está trabalhando na divulgação e, posteriormente, treinamento dos servidores que trabalharão diretamente com a tecnologia, que começará a partir do próximo mês. Ainda este ano, será elaborado o projeto piloto do uso do BIM em Teresina, para a construção de uma escola municipal.

I Torneio de Férias de Handebol de Areia é realizado no Parque Lagoas do Norte

Profissionais de arquitetura e engenharia do Programa Lagoas do Norte participaram, nesta segunda-feira (25), do workshop que marca o início da adoção da tecnologia BIM pela Prefeitura de Teresina. O evento foi organizado pelo Núcleo de Tecnologia BIM da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan).

O BIM – Building Information Modelling (Modelagem de Informação da Construção) – é um sistema que trabalha com modelagem de projetos para obras em 3D e a concentração de todas as informações em diversas áreas da obra em um único documento, melhorando o formato de visualização do trabalho e diminuindo o tempo de execução e o gasto financeiro.

Teresina é uma das pioneiras na adoção dessa plataforma, já que a legislação determina que o prazo máximo para que as administrações a utilizem até 2021. Segundo Márcio Sampaio, diretor do PLN, a plataforma tem o objetivo de modernizar e tornar mais eficientes os procedimentos para construções públicas. “O Lagoas do Norte tem um componente de incentivo à melhoria da gestão do município e, dentro dessa premissa, se soma aos órgãos da Prefeitura na implementação do BIM. Essa é uma plataforma que deve passar a fazer parte do nosso cotidiano para a captação de recursos federais. Então a Prefeitura está se adequando a essa realidade. O workshop nos trouxe as informações do que é a plataforma e posteriormente serão feitos treinamentos dos servidores”, explicou.

A palestra de abertura do workshop foi feita pelo prefeito Firmino Filho. O gestor do município explanou quais são os desafios da capital atualmente e a necessidade de modernização da gestão para tornar a Prefeitura mais eficiente na prestação dos serviços e realização de obras.

“Não podemos evoluir sem inovação. Não podemos aumentar nossa produtividade sem agir diferente. Nosso entendimento é que temos que adotar a inovação em relação à projeção, execução, prestação de contas e manutenção das obras. A partir de 2021, tudo tem que estar dentro do BIM, então nós teremos que aprender a trabalhar com essa tecnologia para termos acesso às verbas federais no futuro. Mas também é uma oportunidade para que possamos fazer obras de forma mais rápidas e mais eficientes”, destacou Firmino Filho.