HUT reduz o lixo hospitalar em 22%

A produção de lixo hospitalar e o descarte desses resíduos tem sido alvo de alertas da Organização Mundial da Saúde (OMS). No Hospital de Urgência de Teresina (HUT), uma reorganização do plano de gerenciamento de resíduos de saúde permitiu uma redução de 22% na produção e nos custos do lixo hospitalar gerados pela unidade.

Dados da Unidade de Estatística indicam que em Março de 2022 foi proporcionalmente o mês com a menor produção de lixo desde 2017 no hospital. Dentre os tipos de resíduos reduzidos, estão os infectantes (secreções, gazes, algodão), químicos (medicamentos), radioativos (material radiográfico), perfurocortantes (agulhas), têxteis (uniformes, roupas de cama) e lixo comum (plástico, papel).

Como forma de comparação o gasto de 03 meses com o descarte desses resíduos em 2021 foi de mais de R$ 540 mil, já após a reorganização, foram gastos R$ 421 mil, minimizando os custos operacionais com uma economia de R$ 119 mil. Em relação ao peso total, a redução caiu de 87.000kg (em 2021) para 68.000kg (Jan a Mar de 2022).

Somente nesse primeiro trimestre do ano, a central de resíduos sólidos encaminhou para reciclagem cerca de 40% desse material como: embalagens, papelão, plásticos e eletrônicos, para cooperativas e projetos de reciclagem em Teresina. A enfermeira Luciane Dinair, coordenadora do Serviço de Gerenciamento de Resíduos do HUT (GRSS), explica que “para chegarmos a estes números trabalhamos medidas educativas de conscientização dos servidores e dos usuários SUS (pacientes e acompanhantes), os resíduos são segregados nos locais de geração e recolhidos. Cada um recebe a sua respectiva destinação final”, pontua.

Preservar o meio ambiente também é cuidar da saúde, essa redução na produção de lixo melhoram nossos índices de sustentabilidade e poupam recursos financeiros e naturais importantes para a atual e as futuras gerações. Destacou Fábio Marcos, diretor geral do HUT.

O melhoramento do plano de gerenciamento de resíduos sólidos de saúde contribuiu ainda para a renovação por dois anos da licença ambiental do Hospital de Urgência de Teresina.

Foto: Divulgação (HUT)

Madeira de árvore que interditou Av. Maranhão é reutilizada

A madeira de uma árvore de grande porte, que caiu durante a forte chuva que atingiu Teresina, na madrugada da terça-feira (05) e interditou um trecho da Avenida Maranhão, foi reutilizada para a fabricação de cadeiras e uma mesa. A iniciativa é da Prefeitura de Teresina, através da Superintendência das Ações Administrativas (SAAD) Centro.

Segundo o superintende Roncalli Filho, os móveis serão levados para um espaço na Avenida Boa Esperança, no bairro São Joaquim, zona Norte de Teresina, que será revitalizado pela administração municipal.

Roncalli Filho explicou que o ponto é alvo recorrente de descarte irregular de lixo. O objetivo é limpar, organizar e urbanizar o local para evitar que a situação continue a se repetir.

“A mesa e as cadeiras vão servir para a urbanização na Avenida Boa Esperança, que era um ponto corriqueiro de descarte irregular de lixo. Também vamos colocar seixo, brita, mudas de árvores, pneus pintados e fazer uma verdadeira urbanização, a fim evitar a continuidade desse ciclo de descarte de lixo”, explicou.

Roncalli Filho explicou que a SAAD Centro realiza uma programação diária de limpeza nos bairros em que possui jurisdição. No entanto, a manutenção desta limpeza também depende da colaboração da população.

“A limpeza diária é como um enxugar de gelo se o lixo continuar a ser jogado em espaços e vias públicas irregularmente. Então, estamos urbanizando o local como uma ação de retorno para que deixem de jogar resíduos de maneira irregular”, destacou o superintendente.

Fotos: Ascom Saad Centro

No mês de março, SAAD Sudeste recolhe mais de três toneladas de lixo na região

Só no último mês de março, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Sudeste, através do Consórcio Teresina Ambiental (CTA), recolheu mais de 3.532 toneladas de resíduos sólidos na região. Essa quantidade é referente a todo tipo de entulho, lixo e material de poda e capina em espaços públicos.

A programação de limpeza é preparada anualmente pela CTA, divulgada diariamente pela SAAD Sudeste e está sujeita a alterações a depender do surgimento de demandas urgentes ou de solicitações recebidas.

Fotos: Ascom Saad Sudeste

É importante que a população também se mobilize e contribua com a manutenção da limpeza da cidade, evitando o acúmulo e descarte irregular de lixo e colaborando com requisições e denúncias referentes a essa questão.

Esse tipo de solicitação pode ser feita presencialmente, através de abertura de protocolo na sede da SAAD Sudeste, ou virtualmente, através do usuário externo no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), que pode ser acessado no link https://processoeletronico.pmt.pi.gov.br/sip/login.php?sigla_orgao_sistema=PMT&sigla_sistema=SEI, ou pelo aplicativo da ouvidoria do município amiTeresina.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), através do Programa Lixo Zero, também disponibiliza um canal no whatsapp para onde as denúncias podem ser direcionadas. O número é 86 99402-3074 e a denúncia é anônima.

Parque Lagoas do Norte recebe 250 novas mudas de plantas nativas e frutíferas

Aproveitando o período chuvoso, os técnicos do Programa Lagoas do Norte realizaram nesta semana o plantio de 250 mudas frutíferas e nativas ao longo de todo o Parque Lagoas do Norte. Segundo a bióloga Zelinda Oliveira, esse é o período ideal para plantar.

“Todo ano nesse período nós fazemos o plantio de mudas no parque em substituição àquelas que morreram e também para aumentar a área arborizada. Aproveitamos as chuvas porque assim as mudas têm mais nutrientes e água em abundância”, explica.

As mudas foram fornecidas pelo Viveiro de Mudas da Prefeitura localizado na zona norte da cidade. Entre as 250 mudas estão frutíferas, como manga, caju, tamarindo, jambo e jenipapo; e as nativas, como ingá, ingarana, ipês roxo, rosa e amarelo, flamboyanzinho, oiti e caneleiro.

Monitoramento da água

Dentro do Programa Lagoas do Norte, o setor ambiental atua tanto nos cuidados com a fauna e flora presentes nos espaços que o programa constrói quanto na verificação da qualidade da água.

De forma constante, a equipe faz a coleta de amostras de água nas lagoas e nos rios Parnaíba e Poti para que se possa ter o monitoramento da qualidade.

“O objetivo é monitorar a qualidade da água desses mananciais durante o período chuvoso e de estiagem no que se refere à eficiência da implantação e funcionamento da rede de esgotamento sanitário na região das lagoas. O monitoramento serve e continuará servindo de parâmetro durante a implantação da rede de saneamento na região”, afirma Zelinda Oliveira.

Foto: Divulgação (Lagoas do Norte)

Alunos das escolas municipais participam de ações pelo consumo consciente no Dia da Água

No Dia Mundial da Água, 22 de março, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) participou de uma atividade divertida com a Águas de Teresina e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídrico (Semam). A programação intitulada “O Dia das Águas” é uma homenagem a esse importante recursos para a sobrevivência de todos os seres, que necessita urgentemente de conservação e uso sustentável.

Fotos: Ascom Semec

O evento aconteceu na Estação de Tratamento de Água da zona Sul, momento em que os alunos convidados da Rede Municipal observaram como acontece o processo hídrico para que a água chegue até as torneiras de casa. O professor da Rede Municipal de Ensino, Manoel Cícero, destacou em palestra a importância da preservação da água, citando vários exemplos práticos.

Músicas, brincadeiras, pintura de rosto e confecção de cartazes fizeram parte das atividades do dia. As crianças soltaram a imaginação para desenhar e mandar mensagens que chamam a atenção dos adultos sobre a temática do desperdício de água. O professor mediador do Parque da Criança, José Neto, também esteve na ação e ajudou os estudantes a compreender o espaço, levando a uma aula para lá de interessante.

Exposição no Mocambinho

No turno da tarde, a ação organizada pela Águas de Teresina é a exposição “Por uma gota de consciência”, com os alunos da Escola Municipal Marcílio Flávio Rangel. De 17h às 19h, o Parque Lagoas do Mocambinho será palco de uma exposição com informações educativas e interativas sobre o uso consciente da água e o processo de tratamento. Também haverá entrega de mudas a atividades surpresas.

“Um dia bastante significativo para nossos alunos, que estão aprendendo na prática, fora da sala de aula, com apoio de parceiros. Esse é um momento de sensibilização. O desejo é de que as informações sejam multiplicadas e façam diferença na mudança de hábitos”, afirma a coordenadora de projetos da Semec, Janaína Moura.

Servidores municipais participam de oficina para discutir desafios inteligentes e sustentáveis para Teresina

Nesta sexta-feira (18), foi realizada a oficina “Desafios das Cidades”. A atividade voltada para servidores do município aconteceu no auditório do SEBRAE, e teve como objetivo discutir os principais desafios para Teresina se tornar uma cidade inteligente e sustentável.

Fotos: Ascom Semdec

Segundo Andréa Fialho, membro do Centro de Eficiência em Sustentabilidade Urbana de Teresina (CESU), a oficina teve como principal finalidade fomentar a cultura de inovação através desses servidores. “Foi um momento para que esses servidores nos apresentassem os seus desafios do dia a dia, além de mostrar diversas formas que a inovação pode contribuir na questão de um serviço mais eficiente e que chegue também para o cidadão”, pontua.

Janaina Tavares, que também é membro do CESU, destaca que essa é mais uma forma de agregar soluções para ajudar nos problemas da capital. “A gente espera alcançar com isso, uma série de soluções para que a gente possa levar essas ideias para o mercado, para as startups, o universo de pessoas que pensam soluções para devolver isso como benefício para a cidade”, esclarece.

O Centro de Eficiência em Sustentabilidade Urbana de Teresina (CESU), tem como foco testar metodologias que busquem soluções inovadoras para a cidade. O projeto que é único no Brasil funciona através de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), através do Espaço THEch.

Para o coordenador do Espaço THEch, José Bringel Filho, essa ação é uma forma de dar continuidade ao processo de capacitação de colaboradores e funcionários públicos municipais em temas relacionados à inovação iniciado ainda em 2021, através de um projeto de inovação pública executado pelo programa THEch.

“Esse foi um momento de extrema relevância para a discussão em torno dos desafios que a cidade enfrenta atualmente, bem como colocou ainda mais em evidência a inovação como tema central para a construção colaborativa de soluções para estes desafios de nossa cidade”, finaliza Bringel.

Teresina ganha primeiro eletroposto e entra na rota da mobilidade elétrica no país

O Piauí entrou na “Rota do Sol” com a inauguração do primeiro eletroposto do Estado. Destinado ao carregamento de carros, motos e bicicletas elétricas, Teresina entra na rota da mobilidade elétrica e se torna mais uma capital do país a implementar o projeto de mobilidade urbana no Brasil.

O programa, uma parceria entre a Prefeitura de Teresina, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) e Equatorial Piauí, vai disponibilizar 10 bicicletas elétricas e um carro elétrico, além de toda a estrutura, que foi instalada no Parque da Cidadania, do sistema de carregamento dos veículos.

Fotos: Lucas Dias / Semcom

Aliar inovação tecnológica e preservação do meio ambiente é uma determinação do prefeito Dr. Pessoa.

“Estamos muito felizes em entregar mais esse presente para Teresina. Além de criar uma proposta sustentável para o transporte, precisamos pensar cada mais soluções que minimizem os impactos ao nosso meio ambiente. Pensar estratégias e projetos que nos ajudem a fazer uma Teresina cada vez mais sustentável. A inauguração desse eletroposto é um marco muito importante no fortalecimento da política ambiental em nossa cidade”, destacou a secretária da Semam, Elisabeth Sá.

A chegada do projeto de mobilidade elétrica no Piauí vai permitir fomentar e avaliar o uso de veículos elétricos pela comunidade frente ao cenário atual de mobilidade urbana. Para Lener Jayme, presidente da Equatorial Piauí, por meio desse projeto de mobilidade elétrica, se busca contribuir com a descarbonização do meio ambiente utilizando como fontes de alimentação a energia solar, que é limpa e renovável. “A ideia é promover o uso sustentável da energia e fomentar a redução de impactos ambientais provenientes do uso de combustíveis fósseis”, declarou.

Projeto pioneiro no Estado segue padrões internacionais

O projeto de mobilidade elétrica no Piauí, pioneiro no Estado, está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, e tem como foco: educação de qualidade, energia acessível e limpa e ação global contra a mudança global do clima. Com a inauguração do eletroposto no Piauí, passa a existir a Rota do Sol, que consiste numa Rota de Carregadores de Veículos Elétricos entre São Luís e Teresina, permitindo essa mobilidade de um Estado ao outro com uso de carro elétrico.

Instruções para uso das bicicletas elétricas

As bikes poderão ser utilizadas somente na ciclovia do Parque da Cidadania. Para viver essa experiência, o usuário deve baixar o aplicativo “E+ Mobilidade Elétrica”, disponível para download em aparelhos Android e iOS, e realizar cadastro incluindo um cartão de crédito que será utilizado apenas para fins de garantia de devolução da bicicleta. O aplicativo é seguro e, após o uso do equipamento, que pode ser por até uma hora, a entrega deve ser feita no eletroposto. Em horário comercial haverá um instrutor da Equatorial Piauí para esclarecer dúvidas e orientar a população.

Semana da Água vai reunir especialistas para debater a gestão do recurso hídrico no Piauí

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM), através do seu Núcleo de Educação Ambiental, em parceria com vários outros órgãos e instituições do Piauí, realizam entre os dias 15 a 19 de março, a “Semana da Água – pela gestão das águas do Piauí.”

A ação alusiva ao Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, vai ofertar diversas palestras e workshop sobre a importância desse bem tão precioso para a humanidade.

“Precisamos cada vez mais nos envolver em questões tão relevantes a vida. Debater o uso racional e pensar medidas que evitem o desperdício é objetivo desse encontro tão importante”, destacou Naisis Castelo Branco, gerente do NEA.

O seminário, que terá abertura oficial com a palestra “A Política Estadual de Saneamento Básico do Piauí”, será transmitido ao vivo através do canal do YouTube do Instituto Federal do Piauí (IFPI), também parceiro da ação. Os participantes terão direito ainda a certificação do evento.

SEMAM envia equipe técnica para vistoria de obras de conclusão do Centro de Convenções de Teresina

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) enviou uma equipe técnica, nesta sexta-feira (04) para vistoriar as obras de conclusão do Centro de Convenções de Teresina.

O espaço que tem capacidade para receber até 10 mil pessoas ao mesmo tempo, deve ser inaugurado oficialmente agora no mês de março.

A secretária Elisabeth Sá também acompanhou a visita. “Essa é uma obra muito importante pra Teresina e que vai trazer muitos benefícios para nossa cidade. Estamos aqui hoje pra acompanhar o andamento das obras e se está tudo de acordo com nossa legislação ambiental. Mais do que um novo espaço precisamos garantir que ele atenda todas as exigências de proteção e preservação do Meio Ambiente”, garantiu.

O novo Centro de Convenções conta com um auditório para 1.200 pessoas, bloco para áreas administrativas com salas para eventos pequenos e médios, banheiros adaptados, espaço para lanchonetes e restaurantes, além de um estacionamento com mais de 300 vagas.

“Teresina se destaca pelo turismo de serviço. A gente tem hoje, dentro do mapa e do cronograma principal que a gente chama de Trade Turístico, Teresina como um grande polo de execução de feiras, seminários, congressos científicos. O Centro de Convenções tem esse papel relevante e vai voltar a funcionar, vai voltar a ter vida na cidade”, destacou Viviane Moura, superintendente da Suparc.

Foto: Divulgação (SEMAM)

Parques ambientais de Teresina estarão abertos durante o Carnaval

Os parques ambientais de Teresina funcionarão normalmente nesse feriado de Carnaval. Essa será mais uma boa opção para o folião que vai ficar na cidade e deseja curtir a folga na tranquilidade do contato com a natureza.

A ação da Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) é para atrair cada vez mais pessoas para dentro dos espaços verdes e públicos existentes por aqui.

“Todos os nossos parques ambientais estarão de portas abertas para receber à população. São espaços agradáveis onde o contato com a Natureza proporciona mais qualidade de vida. Assim como em outros feriados, vamos manter os horários de funcionamento desses locais no carnaval, a fim de oferecer opções para quem deseja realizar programas mais leves com a família e amigos”, destacou a secretária Elisabeth Sá.

O Parque das Crianças, inaugurado recentemente, o Estação Cidadania, Matias Matos, Encontro dos Rios, Macaúba e Parque da Cidade, administrados pela SEMAM, estarão preparados para receber o público.

“Venha se divertir no parque é a ação que estamos promovendo durante esses dias. O convite está feito: se não for viajar, vem pro parque que aqui teremos muitas opções de lazer para toda a família”, finalizou a secretária do Meio Ambiente.