Prefeitura moderniza nove mil pontos de iluminação de Teresina em 45 dias

A Prefeitura de Teresina, por meio da Coordenação de Iluminação Pública da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), modernizou mais de nove mil pontos de iluminação em ruas e avenidas da capital em 45 dias. A previsão é de que, até o final deste ano, Teresina tenha mais de 99 mil luminárias de LED, beneficiando todas as regiões da cidade.

A substituição do equipamento, além de proporcionar mais conforto visual à população também vai gerar uma economia de até 70% na conta de energia. “Precisamos iluminar melhor Teresina e a determinação do prefeito Dr. Pessoa é que nós busquemos alternativas que reduzam o gasto público e, ao mesmo tempo, sejam mais eficientes para a população. Ou seja, soluções que tragam conforto, segurança e economia. É justamente isso que estamos fazendo”, explica o secretário da Semduh, Edmilson Ferreira.

Atualmente, oito equipes estão em campo realizando a substituição das luminárias de vapor de sódio por LED. O coordenador de Iluminação Pública da Semduh, Augusto César, ressalta que o trabalho de substituição está sendo realizado em todas as zonas da cidade. “Já atuamos em vários bairros, como, por exemplo, Ilhotas, Cabral, Marquês, Mocambinho, Vila Operária, Mafuá, Morro da Esperança, Santa Maria da Codipi, Parque Brasil, Monte Verde, Portal da Alegria, Aroeiras, Vale do Gavião e Centro. A iluminação do Centro, inclusive, está na meta dos 100 dias da nova gestão”, afirma o coordenador.

Serviço feito em etapas

Augusto frisa, entretanto, que a modernização do Parque de Iluminação Pública de Teresina é um serviço feito em várias etapas e pede que a população compreenda que, mesmo após a troca, alguns ajustes precisarão ser feitos.

“Primeiro, temos a elaboração do projeto depois esse projeto tem que ser aprovado pela Prefeitura, através da Coordenação de Iluminação Pública da Semduh, e depois começa o trabalho de campo. Nessa fase, estamos priorizando a substituição das luminárias existentes. Depois, passamos novamente para corrigir as situações adversas, como, por exemplo, um espaço maior entre um poste e outro, um poste torto ou a arborização, etc. Ou seja, depois de trocarmos as luminárias, vai passar uma equipe para verificar se está tudo de acordo com o projeto. O que não estiver será corrigido por uma terceira equipe. Por isso, é importante que a população tenha um pouco de calma, porque o serviço não acaba num dia só”, esclarece Augusto.

O coordenador garante que ao final das etapas a iluminação de Teresina ficará excelente. “Vamos ter iluminação de qualidade em todos os pontos da cidade. Vamos iluminar os pontos escuros, o que trará conforto para a população e sensação de segurança”, acrescenta.

Luzes acesas durante o dia

Augusto explica ainda que o sistema que está sendo implantado precisa de tempo para a consolidação das informações e programação. “Então, quando a gente termina de implantar numa avenida, ela fica 24 horas acesa para consolidar os dados, depois desliga automaticamente e começa a funcionar normalmente. Algumas pessoas têm reclamado das luzes acesas durante o dia e as reclamações são sempre verificadas. No entanto, temos essa situação que não é exatamente um problema, e sim uma necessidade do próprio sistema por algumas horas”.

Principais avenidas iluminadas

O coordenador enfatiza que em 2021 todas as luminárias já terão sido trocadas. Até o momento, algumas das principais avenidas de Teresina já foram contempladas, a exemplo da Higino Cunha, Joaquim Ribeiro, Marechal Castelo Branco e Barão de Castelo Branco. “Agora as equipes estão na avenida Senador Arêa Leão, Miguel Sadi e Amadeus Paulo e também na Ponte do Mocambinho, Alameda Parnaíba e avenida Santos Drumond”, afirma.

Contato com a população

O secretário Edmilson Ferreira destaca que a Semduh possui dois números para os quais a população pode registrar reclamações, como pontos apagados e demais problemas envolvendo a iluminação pública: 0800 280 4712 e 3234-8845. “Temos equipes trabalhando 24 horas por dia para solucionar os problemas que surgirem. Atender à população com celeridade é a meta da nova gestão da Prefeitura de Teresina”, finaliza.

As ruas de Teresina estão ganhando mais vida e claridade com a nova iluminação

Sistema online facilita pedido de alvará de construção em Teresina

Diante do cenário de pandemia pela Covid-19, o atendimento de funções burocráticas online aumentou. Devido às medidas sanitárias de distanciamento social para barrar o avanço do coronavírus, os serviços públicos têm reforçado o uso de plataformas digitais.

Os portais de serviços públicos têm sido a solução para a continuidade dos trabalhos, antes feitos exclusivamente de forma presencial. A Prefeitura de Teresina adota o uso do sistema online Construa Fácil, que otimiza a solicitação de licenças para obras de construção civil dentro da capital, sem a necessidade que engenheiros e arquitetos compareçam às Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs).

Dar entrada no pedido de alvará de construção se tornou mais cômodo para os profissionais da construção civil. Além disso, através do Construa Fácil, é possível realizar consulta prévia de construção junto com o alvará para toda obra, em qualquer região da cidade. O acesso é possível através do link: http://construafacil.semf.teresina.pi.gov.br/.

“Durante o cadastro da solicitação, o profissional precisa fazer o upload de todos os arquivos necessários e os documentos vão direto para o responsável na SAAD. Na Superintendência, são feitas as primeiras análises e encaminhadas, caso necessário, para o parecer de outros órgãos. No decorrer do processo, o usuário recebe notificações sobre a situação por e-mail. Com a aprovação da solicitação e o alvará disponível, é possível realizar download”, afirma André Galvão, assessor de coordenação da Secretaria de Planejamento do município.

O Construa Fácil é disponível em todas as Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs) para abertura de licenciamento de construção civil dentro do município. Para ter acesso ao sistema, basta entrar no site do Construa Fácil, fazer o login e realizar os procedimentos.

Prefeitura pede que população sinalize o lixo de casas onde há pessoas com Covid

Com o agravamento da pandemia do novo Coronavírus, a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), faz um apelo para que a população tenha mais cuidado com o descarte do lixo, especialmente nas residências onde há moradores com Covid-19.

“Precisamos nos atentar para alguns cuidados extras para evitar transmitir o vírus para as pessoas que fazem a coleta. O simples ato de sinalizar o saco de lixo com uma fita vermelha já alerta a pessoa que vai coletar e reduz o risco de contaminação”, explica o secretário da Semduh, Edmilson Ferreira.

O gestor acrescenta que os moradores de casas onde há pessoas com Covid devem separar o lixo da pessoa que está com a doença, borrifar o interior das sacolas com água sanitária, depois devem juntar todos os sacos dentro de um saco maior, que será amarrado com uma fita vermelha para sinalizar que há risco de contaminação.

“Depois, ao fechar a sacola, o morador deve borrifar novamente a água sanitária (na parte externa da sacola) e só deve colocar o lixo na calçada próximo ao horário de passagem do caminhão de coleta. Se o morador coloca o lixo muito antes, pode acontecer de algum animal rasgar o saco e, dessa forma, o risco de contaminação aumenta. Além disso, o lixo espalhado nas vias provoca a proliferação de insetos, causa doenças e entope as galerias, causando alagamentos. Por isso, chamamos a atenção da população para só colocar o lixo para fora de casa próximo ao horário da coleta”, enfatiza o secretário.

A Prefeitura e a empresa contratada para a limpeza pública de Teresina têm seguido todos os protocolos para evitar a transmissão do coronavírus. Ainda assim, até o momento, 9,4% dos funcionários que trabalham no setor testaram positivo para Covid-19. “Esse fato nos deixa muito preocupados. Por isso, estamos fazendo mais esse apelo para que a população se sensibilize. Precisamos proteger esses funcionários porque a limpeza pública é um setor essencial”, completa o secretário.

Teresina terá mais de meio bilhão de reais para investimento em obras de desenvolvimento

A Prefeitura de Teresina, através das secretarias de Planejamento, Finanças, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Habitação, além das Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas, as SAADs, participaram de reunião com equipe gerencial da Caixa Econômica Federal sobre as obras de desenvolvimento planejadas para a capital.

Com recursos já garantidos pela Caixa, as obras beneficiam todos os setores da administração pública municipal, desde o desenvolvimento sustentável do meio ambiente com criação de novas áreas verdes e revitalização de todas as estruturas ao longo dos rios, até construção de novos mercados, novas áreas de lazer e diversas outras ações e projetos que beneficiarão diretamente a cidade, como habitação, saneamento básico, transporte e mobilidade urbana, por exemplo.

“Muito importante esse momento junto ao banco para alinharmos as ações e otimizarmos as estratégias para dar certo. A ordem é desburocratizar, isso é uma decisão do nosso prefeito para que as obras saiam do papel e com esses recursos já garantidos vamos conseguir dar uma nova cara a Teresina”, explicou a secretária Elisabeth Sá.

Para o secretário João Henrique Sousa, enquanto planejamento do município, a preocupação é de acompanhar os recursos disponíveis para obras. “Inicialmente, já nos reunimos com todas as SAADs e demais secretarias para organizarmos esses recursos e avaliar os prazos. A Caixa e a Prefeitura têm uma parceria fantástica que proporciona desenvolvimento para Teresina e vamos continuar na gestão do prefeito Dr. Pessoa”, garantiu o secretário.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Edmilson Ferreira, também participou do encontro e falou dos esforços que estão sendo feitos pela atual gestão para agilizar as obras que já têm recurso em conta e que faltam apenas completar os trâmites do desembolso para prosseguir com a execução. “Hoje estreitamos os laços com a Caixa Econômica para, juntos, conseguirmos a liberação desses recursos mais rapidamente. O Banco está se colocando à disposição para ajudar as secretarias e superintendências no que for possível”, declarou.

Reunião tratou sobre novos investimentos para Teresina Fotos (Ascom/Semduh)

CAIXA vai disponibilizar treinamento para equipe técnica da Prefeitura de Teresina

Para dar celeridade a tramitação dos processos, a Caixa vai disponibilizar, já em um segundo momento, técnicos para fazer treinamento junto às secretarias para agilizar e otimizar as ações.

“Esse encontro foi fundamental para fazermos um nivelamento com a nova equipe da Prefeitura de Teresina. É preciso que todos tenham conhecimento dos contratos que já temos firmados e do que podemos fazer para avançarmos quanto as obras. Pensamos em mostrar a disponibilidade da Caixa em apoiar o município de Teresina para que sejam concretizados todos esses investimentos, sejam com recursos da União ou através de financiamentos. Isso vai garantir que nenhum dinheiro volte e nem obras sejam paralisadas”, afirmou Raul Gomes, superintendente de Governo da Caixa no Piauí.

 

 

 

Prefeito se reúne com movimento de empresários para discutir como reduzir os impactos da Covid-19 no setor

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, com o secretário de Governo Municipal, Adolfo Nunes, e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Eulálio, se reuniram na manhã desta segunda-feira (15), com empresários integrantes do Movimento Empreender Piauí – MOVE. O encontro teve como objetivo discutir soluções para amenizar os impactados na economia ocasionados pela pandemia da Covid-19 e expor problemas que atrapalham empreendedores da capital.

Doutor Pessoa abriu a reunião afirmando que a Prefeitura está de portas abertas para ouvir a todos e que a busca por soluções perpassa pelo diálogo. “Precisamos dialogar e usar da criatividade para encontrarmos soluções para esse grave problema, ouviremos os empresários, mas também ouviremos o povo para que ambos sejam beneficiados”, declarou Doutor Pessoa.

Os membros do movimento relataram preocupação pela atual situação provocada pelo pandemia. O presidente do MOVE, Arthur Feitosa, aproveitou a oportunidade e realizou a entrega de um relatório expondo diversos problemas que atrapalham o desenvolvimento da capital e para a criação de um ambiente propício para a consolidação de novos empreendimentos.

“Teresina era conhecida como uma cidade que abrigava diversos eventos, já teve um Centro de Convenções, era conhecida por isso, Teresina precisa resgatar essa identidade. Temos dois rios que podem ser utilizados para o turismo. Entregamos esse documento como forma de contribuição”, comentou Feitosa.

Movimento Empreender Piauí – MOVE

O Movimento Empreender Piauí é formado por um grupo de empresários e tem como missão contribuir com o desenvolvimento sustentável do Piauí.

Com o objetivo de fomentar o empreendedorismo e a criação de um ecossistema cada vez mais favorável para o surgimento e a execução de ideias de negócios que contribuam para a comunidade.

Reunião discutiu o impacto da pandemia no setor empresarial do Piauí Foto: Rômulo Piauilino

 

Teresina e Timon assinam contrato de criação do Consórcio Intermunicipal de Mobilidade Urbana

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, e a prefeita de Timon (MA), Dinair Veloso, assinaram nesta segunda-feira (15) o contrato do Consórcio Intermunicipal de Mobilidade Urbana (CIMU), que deve melhorar o transporte coletivo entre as duas cidades. O documento segue agora para a homologação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A iniciativa, pioneira no país, deve aproximar ainda mais os dois municípios vizinhos. “Poderemos dar outros passos em conjunto. Todo e qualquer ato administrativo que for preciso conversar conosco, para melhorar a economia, a geração de emprego e renda e a acessibilidade, estaremos de peito e mente aberta para recebê-los”, disse Doutor Pessoa.

Após a homologação do CIMU na esfera federal, a competência pela gestão, planejamento, fiscalização e regulamentação do transporte público urbano entre Teresina e Timon passará a ser de responsabilidade das suas respectivas gestões municipais. A expectativa é que a assinatura do contrato acelere a implantação de melhorias no sistema.

“Enquanto prefeita, sempre procuraremos ter a melhor relação possível com os gestores, sobretudo com o prefeito de Teresina, pois fazemos parte da região metropolitana da capital do Piauí. Precisamos trabalhar de forma integrada. Esse é um momento muito importante e aguardado pela população timonense”, afirma Dinair Veloso.

Entre os presentes na solenidade de assinatura do contrato estavam, além dos dois prefeitos, secretários municipais das duas cidades, o diretor do Sistema de Informações em Mobilidade Urbana (SIMU) de Timon, Saney Sampaio; e do Superintendente Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) de Teresina, Claudio Pessoa.

Prefeitura de Teresina estuda compra de 100 mil doses da vacina CoronaVac

Preocupado com o avanço do novo coronavírus (Covid-19), o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, anunciou em coletiva de imprensa realizada nesta manhã (12), no Palácio da Cidade, que a gestão municipal está estudando a compra de 100 mil doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo.

“Vamos comprar a vacina contra essa pandemia, que está deixando a humanidade e o povo teresinense inquietos. Vamos comprar no mínimo 100 mil doses de início da empresa Sinovac. Já estamos em contato com pessoas que tenham essa capacidade de transação para a compra e venda. Queremos o mais rápido possível termos mais vacinas na nossa cidade”, declarou o prefeito.

Segundo o vice-prefeito e secretário municipal de Finanças, Robert Rios, os recursos para negociação podem ser obtidos via empréstimo junto ao Fundo Instituto de Previdência do Município de Teresina (IPMT), caso exista possibilidade legal para isso. Do contrário, o executivo municipal não poupará esforços financeiros para a compra de novas doses de vacinas contra a Covid-19.

“Com o IPMT é só uma hipótese, estamos vendo a viabilidade legal. A segunda possibilidade orientada pelo prefeito é paralisar todas as ações não essenciais do poder público municipal e concentrarmos recursos para a aquisição das vacinas. Só faremos o pagamento dos servidores e serviços obrigatórios, mas qualquer obra que não for urgente irá esperar para usarmos os recursos na compra de vacinas”, ressaltou o secretário.

Além destas, a prefeitura ainda aguarda uma resposta do Governo do Estado a uma solicitação para aquisição de um outro lote de 100 mil vacinas, que ampliaria ainda mais a cobertura vacinal na capital, com 200 mil doses da vacina em até dez dias, após a assinatura do contrato de compra. “Com todas as vacinas aplicadas, com essa possível compra e as demais doses que virão via Ministério da Saúde, iremos ter um controle da pandemia na cidade”, avalia Robert Rios.

Em coletiva de imprensa, prefeito e secretariado anunciam a compra de 100 mil vacinas Foto(Rômulo Piauilino)

SEMAM e SINDUSCON reforçam parceria para desburocratização de processos municipais na construção civil

A secretária municipal do Meio Ambiente (SEMAM), Elisabeth Sá, participou essa semana do workshop “Reengenharia de processos municipais na construção civil”.

Na oportunidade, ela acompanhou as experiências positivas nas melhorias dos processos de desenvolvimento urbano e a implantação de processos inovadores já consolidados em cidades como Salvador (BA) e Fortaleza (CE).

“Trazer essas experiências para Teresina vai nos permitir avançar cada vez mais no desenvolvimento sustentável da nossa cidade. Além disso, mostramos também todas as ações que já estamos desenvolvendo na SEMAM para a desburocratização da gestão e preservação do nosso meio ambiente”, afirmou a secretária.

O evento, que aconteceu de forma virtual e presencial, foi organizado pelo Sindicato da Construção Civil do Piauí e contou com a presença do presidente da entidade, Francisco Reinaldo, de engenheiros especialistas, da secretária municipal de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza, Águeda Muniz e do vice-presidente Câmera Brasileira da Indústria (CBIC), Carlos Henrique de Oliveira Passos.

A secretária Elisabeth Sá acompanhou as experiências positivas nas melhorias dos processos

Prefeitura de Teresina propõe pacto com o governo do Estado para compra de vacinas

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, iniciou diálogo com o governador do Piauí, Wellington Dias, para a formação de uma parceria administrativa no sentido de viabilizar a compra de vacinas contra o coronavírus.

Pela proposta apresentada pelo chefe do poder executivo municipal, a prefeitura bancaria financeiramente 50% do valor dos imunizantes adquiridos pelo governo do Estado.

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, envia até esta sexta-feira (12) à Câmara Municipal, projeto de lei autorizativo para possibilitar a adesão da cidade ao consórcio de municípios para a compra de vacinas contra o coronavírus de forma direta.

Mais de 1.700 municípios brasileiros já manifestaram interesse em aderir ao consórcio público para compra de vacinas contra a Covid-19.

Até esta quinta-feira (11), o vacinômetro da Fundação Municipal de Saúde (FMS) contabiliza 49.727 mil doses aplicadas na capital piauiense. Sendo 75,2% da vacina do Instituto Butantan e 24.8% da Fiocruz.

De acordo com o prefeito, o consórcio não tem o objetivo de tirar o protagonismo do governo federal no processo, apenas autoriza que as cidades também auxiliem na compra dos materiais.

“Desde o início da pandemia, eu, como prefeito de Teresina, venho trabalhando fortemente para combater o coronavírus. Hoje, estou propondo ao governador do Piauí que a prefeitura e o Estado se unam para adquirir os imunizantes. O consórcio que estamos integrando será fundamental para agilizarmos o processo de vacinação dos teresinenses. Não queremos tirar a responsabilidade principal do governo federal de compra e a do governo estadual que faz a distribuição. Mas essa é a hora de todos darmos as mãos e quanto mais entes envolvidos e realizando esforços para o combate ao coronavírus melhor será”, declarou doutor Pessoa.

Doutor Pessoa vai enviar projeto para a Câmara que trata da adesão ao consórcio para a compra de vacinas

SEMAM e Equatorial Piauí já atenderam mais de três mil solicitações de podas e cortes de árvores em Teresina

Somente nos dois primeiros meses do ano, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) já recebeu quase 150 solicitações para realizar o corte e poda de árvores em Teresina.

Já a Equatorial Piauí, em 2021, até agora, realizou em torno de três mil podas de árvores que estavam em contato direto com a rede elétrica. Com a chegada do período chuvoso, esses números só tendem a aumentar.

Por isso, para evitar problemas como os que aconteceram no final do ano passado, quando quase 300 árvores caíram em Teresina, por conta das fortes chuvas, as instituições resolveram se unir e elaborar uma campanha educativa de conscientização ambiental.

“A campanha ‘Plante cuidado e colha segurança. Cuidar das árvores é compromisso de todos’, é uma ação da Prefeitura de Teresina, através da SEMAM, em parceria com a Equatorial Piauí. Vamos repor todas as 300 árvores criando um bosque em uma área verde da cidade. O que queremos é engajar toda a população para o olhar mais cuidadoso com o verde em Teresina, o que envolve ações desde o plantio adequado à manutenção para que as árvores não cresçam desproporcionalmente e possam chegar a cair, ocasionando acidentes”, explicou a secretária Elisabeth Sá.

A campanha, que será lançada na segunda quinzena desse mês, pretende trabalhar de forma conjunta com a população. Os canais de comunicação entre as empresas serão ampliados para que a comunidade tenha acesso rápido e ação efetiva em sua solicitação.

“A Equatorial realiza a poda quando as árvores estão próximas a rede, por questão de segurança. A Prefeitura cuida daquelas que estão nas vias públicas, e a população é responsável pelas árvores dentro do seu terreno e casa. Juntos, podemos permanecer com nossa cidade verde e evitar acidentes”, finalizou Luiz Carlos Cardoso, gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Piauí.