PRODATER e SMPM discutem balcão da mulher trabalhadora

PRODATER e SMPM discutem balcão da mulher trabalhadora. Foto (Ascom/Prodater)

Hoje (30) o gerente de desenvolvimento, Hudson Moura, e o desenvolvedor de sistemas, Rondinele de Castro, estiveram em reunião com a secretária da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), Karla Berger, e o assessor técnico da SMPM, Marcos Paulo, para discutir sobre as primeiras ações a serem realizadas para o Balcão da Mulher Trabalhadora.

O Balcão da Mulher Trabalhadora é um projeto que está sendo desenvolvido para auxiliar as políticas de inclusão das mulheres teresinenses no mercado de trabalho e a PRODATER está junto com a SMPM e a prefeitura de Teresina nesse projeto.

O gerente de desenvolvimento, Hudson Moura, falou sobre a parceria. “A PRODATER junto com a SMPM realizou hoje uma reunião de alinhamento sobre o escopo e a execução do projeto do balcão da mulher trabalhadora, que é um projeto que visa auxiliar as políticas de inclusão da mulher dentro de Teresina”, comentou.

PRODATER vai fornecer internet gratuita no corso

PRODATER vai fornecer internet gratuita no corso. Foto (Ascom/Prodater)

O presidente da Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER), Jobson Filho, o presidente da Fundação Cultural Monsenhor Chaves (FMC), Ênio Portela, e representantes da ITTnet estiveram reunidos nesta quinta-feira (26) para discutir sobre a conectividade durante o corso de Teresina. Estiveram também na reunião o assessor técnico em TI da presidência, Henrique Mendes, o gerente de suporte, Reginaldo Rodrigues, e o analista de projetos, Rafael Carvalho.

O Corso de Teresina acontecerá no dia 11 de fevereiro no Complexo Cultural e Turístico Mirante da Ponte Estaiada, o percurso esse ano será diferente, a partida será na avenida Jóquei Clube, e será dispersado na avenida Dom Severino. A mudança do percurso leva em consideração a determinação que proíbe eventos que fechem um determinado trecho da avenida Raul Lopes.

O presidente, Jobson Filho, falou sobre essa parceria. “A PRODATER com a empresa ITTnet a pedido do prefeito, Dr. Pessoa, atenderá o corso de Teresina com toda a parte de conectividade e Internet. Essa internet poderá ser utilizada pelas forças de segurança, pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) e as demais instituições que faze parte do evento, inclusive os foliões. Toda a parte de projeto hoje foi verificada juntamente com a fundação que comanda o evento, a Semcom também está em parceria conosco para que possamos atender perfeitamente tanto a população que participará, quanto as instituições”, explicou.

Devido à quantidade de pessoas em um mesmo local, as redes ficam congestionadas, e isso prejudica o uso dos dados móveis. A intenção é fazer com que os foliões não percam nenhum clique e que continuem conectados durante o evento.

“Como parte da integração da gestão municipal, que o nosso prefeito sempre solicita, a Prodater firmou parceria com a Fundação Cultural Monsenhor Chaves para levar internet aos foliões do corso, já que hoje em dissesse meio de comunicação, celular e internet é tão importante na nossa sociedade e o corso que é uma festa bastante popular tinha que ter conexão suficiente para atender a demanda, então a PRODATER se prontificou a fornecer esse serviço no corso de Teresina, é mais uma vez a gestão municipal se preocupando com o povo”, pontuou Ênio Portela, presidente da FMC.

PRODATER se filia a Associação Nacional “Anciti” e passa a interagir com as principais cidades tecnológicas do país

A Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER) se filiou a Anciti (Associação Nacional das Cidades Inteligente, Tecnológicas e Inovadoras), a Associação auxilia no relacionamento e cooperação das entidades de tecnologia da informação dos municípios e promove o desenvolvimento de projetos para melhorar a vida do cidadão por meio da tecnologia.

O presidente da PRODATER, Jobson Filho, falou sobre a associação. “A associação é um grande marco para a PRODATER, está inteirado as maiores cidades do país no quesito tecnologia é de suma importância para nossa Empresa. A troca de experiências gera benefícios aos cidadãos que receberão retorno no seu dia a dia na forma de avanços tecnológicos dentro da cidade”, pontuou.

A PRODATER com o intuito de procurar sempre o melhor para a população e trabalhando de forma integrada com a prefeitura de Teresina a filiação vem para somar a gestão, o principal objetivo da Anciti é promover uma troca de conhecimento e práticas que deram certas entre as entidades de TI das cidades brasileiras aprimorando a qualidade de vida o cidadão, por meio do avanço das tecnologias.

“A cidade de Teresina tem sido uma grande parceira da ANCITI, compartilhando experiências significativas no campo da tecnologia e da inovação e sempre é presente nos nossos coletivos através da Prodater, representada por seu presidente, Jobson Filho. Por essa mesma razão, celebramos com alegria a vinda da Prodater como nova filiada.

Uma grande conquista para a nossa associação, presente em todo o Brasil”. Leandro Garcia, presidente da ANCITI.
A Anciti foi apresentada ao público oficialmente em abril de 2021 e desde então vem operando de forma ativa e direcionada na cooperação e no relacionamento entre as entidades Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) de todo país.

Prefeitura de Teresina discute projetos de inovação com Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial

Durante o encontro, foi destacado o projeto #CidadesInteligentes e a importância da implementação da tecnologia 5G para Teresina Fotos: Rômulo Piauilino / SEMCOM

Na manhã desta sexta-feira (12), o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, e gestores da administração municipal receberam, no Salão Nobre do Palácio da Cidade, uma comitiva da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) para discutirem sobre os avanços tecnológicos para o município.

Durante o encontro, foi destacado o projeto #CidadesInteligentes e a importância da implementação da tecnologia 5G para o desenvolvimento da capital. O prefeito Dr. Pessoa comentou sobre as estratégias de avanço para que Teresina se torne uma cidade totalmente conectada e desfrute de novas tecnologias de monitoramento em tempo real.

“Em nosso plano de governo, a palavra tecnologia era sempre destacada, hoje não se vive mais sem conexão e praticamente quase tudo perpassa pelas novas tecnologias. A internet veio pra ficar e precisamos nos adaptar com o que há de mais moderno. E hoje, tivemos o prazer de receber essa comitiva, que veio diretamente de Brasília-DF, para discutir sobre como melhorar aqueles instrumentos que utilizamos para prestar serviços de excelência a nossa população”, destaca.

Segundo a representante da ABDI, Luiza Deusdará, o encontro serviu como um pontapé para uma parceria entre a instituição e a Prefeitura de Teresina que visa colocar em prática propostas do plano de governo da atual gestão pensado para a cidade.

“O nosso encontro é a pedra fundamental para trabalhar o projeto Cidades Inteligentes que, porventura, é muito inovador e já está sendo testado em outras capitais”, afirma Luiza.

Ela descreve ainda alguns dos benefícios que a implantação do 5G poderá trazer à capital piauiense e a importante participação da administração municipal nesse processo.

“Aqui pudemos pensar em várias soluções que vão atender a sociedade teresinense, nos problemas encontrados na cidade. Ao adotarmos o projeto, trabalhamos com a ideia de solucionar problemas na educação, na saúde, no transporte, transformando Teresina em uma cidade mais sustentável. O 5G é uma onda em todo o mundo, e pela primeira vez, o Brasil não está ficando para trás, mas, para tanto, precisamos da parceria com as operadores e adequações na legislação municipal para a utilização de postes de iluminação para instalação de mais antenas pela cidade para que essa distribuição seja eficiente”, finalizou a representante da ABDI.

Sobre a ABDI

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial é uma instituição que visa estimular a transformação digital e a adoção e difusão de tecnologias e de novos modelos de negócios no setor produtivo, seja nas empresas, indústria ou serviços.

Promovendo o debate entre governo e empresas para qualificar políticas públicas e ações estratégicas voltadas ao aumento da competitividade da economia brasileira frente aos desafios da era digital.

AMI Teresina já alcança 2.164 demandas concluídas

O Ami Teresina foi lançado em 2021 e vem ajudando a população de Teresina, o aplicativo que tem como objetivo aproximar a população da administração pública municipal pode ser usado para sistema Android e IOS, por meio das lojas de aplicativo, além de poder ser acessado pelo site https://ami.teresina.pi.gov.br/.

“Estamos conseguindo com o Ami Teresina proporcionar a aproximação da população com a administração municipal e ajudar na otimização dos serviços públicos que são prestados pela cidade e percebemos que nosso objetivo está sendo cumprido e que a população recebeu bem e vem participando ativamente”, destaca Jobson Filho, presidente da Empresa de Processamento de Dados da Prefeitura de Teresina (PRODATER).

Uma das principais funcionalidades do sistema é o fato da gestão de processos ficar a cargo da prefeitura, que possui controle total sobre as funcionalidades da aplicação, além disso, todos os dados gerados são armazenados na PRODATER com servidores protegidos por firewall. Isso acelera a oficialização das demandas via processo eletrônico (SEI) e que sob demanda pode ser integrado a qualquer sistema.

O tempo de atendimento foi reduzido pela prefeitura de Teresina e a maioria das solicitações feitas em horário de expediente da ouvidoria é respondido em menos de 2h depois de cadastrada e o atendimento do órgão responsável competente é em menos de 16h que chega a demanda.

Com o Ami Teresina, já são 1808 usuários cadastrados, onde 1385 usuários estão ativos e com mais de 2.410 manifestações cadastradas e 2.164 manifestações concluídas ou canceladas. Pelo Sistema as pessoas podem fazer denúncias, elogios e sugestões sobre a gestão.

 

Prodater participa de Smart Gov Nordeste, apresentando soluções de tecnologia

Prodater participa do evento Smart Gov Nordeste sobre tecnologia. Foto ( Ascom /Prodater)

O presidente da Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER), Jobson Filho, participou do evento Smart Gov Nordeste, promovido pela Associação Nacional de Cidades Inteligentes, Tecnológicas e Inovadoras (Anciti), discutindo experiências de gestão, apresentando as iniciativas de sucesso aplicadas pela administração municipal e aprendendo com o que já foi feito em outros locais do país.

Durante três dias, os participantes debateram temáticas como a Lei geral de Proteção de Dados (LGPD), projetos, políticas públicas e soluções de cada um dos munícipios representados. O objetivo da Anciti é promover essa troca de conhecimento e melhores práticas entre as entidades de Tecnologia da Informação das cidades brasileiras.

“Essa troca de ideias e experiências com os gestores de várias cidades do país foi enriquecedora. Tive a oportunidade de ouvir com secretários municipais de todo país que são responsáveis por tecnologia e inovação, além de apresentar as soluções realizadas pela PRODATER”, contou Jobson Filho.

Após esses dias de imersão foi confeccionado um documento relativo a temática das cidades inteligentes onde será enviado para o Governo Federal, Estados e Municípios, onde vai ser apontado o que é preciso para atingir esse status e sugestões de como enfrentar esses problemas.

Desde que foi lançada em 2021 a Associação Nacional das Cidades Inteligentes, Tecnológicas e Inovadoras (Anciti), trabalha de forma ativa e direcionada na cooperação e no relacionamento entre as entidades municipais de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) de todo o país.

Nota ao Público

A Prefeitura de Teresina, por meio da, Prodater, informa que, devido há um incidente na infraestrutura de tecnologia que hospeda os sistemas da Prefeitura, alguns sistemas estão fora do ar, desde o final de semana, dentre eles, o Diário Oficial do Município.

A equipe técnica está trabalhando, desde o final de semana, para mudar os sistemas para uma nova infraestrutura e assim restabelecer os serviços o mais breve possível.

A previsão de retorno é até amanhã (11/05), às 20h, mas a equipe trabalha para restabelecer o mais breve possível.

Cabe ressaltar que, em se tratando do Diário Oficial, o mesmo não deixa de ser publicado em meios físicos de forma a atender a legislação.

Prodater e FMS assinam contrato De Cooperação para modernização de serviços da Fundação

Na manhã desde quarta-feira (13) a Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater) e a Fundação Municipal de Saúde (FMS) assinaram o Convênio de Cooperação Técnica.

Durante a assinatura do documento estiveram presentes o presidente da PRODATER, Jobson Filho, o presidente da FMS Gilberto Albuquerque e o Assessor Técnico da presidência da PRODATER, Henrique Mendes.

Foto: Ascom Prodater

“Esse contrato é de suma importância para PRODATER e FMS, assim vamos conseguir trabalhar para modernização da tecnologia de informação da Fundação Municipal de Saúde, o primeiro passo vai ser o levantamento dos documentos que serão digitalizados”, pontuou Jobson Filho, presidente da PRODATER.

O Convênio na área de modernização e implantação de serviços de tecnologia da informação e comunicação – TIC, onde a PRODATER fornecerá a prestação de serviço consultivo, desenvolvimento, implantação, correção, prevenção, evolução e treinamento de soluções de gestão administrativa e operacional da FMS.

O Convênio tem como objetivo de implementar processos e procedimentos que resultem na modernização de tecnologia de informação e comunicação nas atividades institucionais da FMS.

Henrique Mendes, que assessor Técnico da presidência da PRODATER” explicou que “Esse convênio trará enormes melhorias na administração da FMS e o objetivo inicial é o diagnóstico sobre a quantidade de documentos a serem digitalizados, além do mapeamento de processos trazendo maior eficiência no tratamento das informações”.

De início acontecerá um diagnóstico situacional da FMS em relação à sua realidade operacional, considerando seus processos de negócio em execução e os documentos processados por meios eletrônicos e físicos com vistas a se desenhar um novo projeto de readequação operacional e tecnológica da entidade, que trará maiores níveis de eficiência e eficácia para os serviços públicos de saúde oferecidos pela FMS.

AMI teve 1.382 solicitações concluídas em Teresina

Uma das principais funcionalidades do sistema é o fato da gestão de processos ficar a cargo da prefeitura Foto(Ascom/Prodater)

Desde que foi lançado no ano passado, o Ami Teresina vem ajudando a população da capital. O aplicativo, que tem como objetivo aproximar a população da administração pública municipal é usado para sistema Android e IOS, através das lojas de aplicativo, além de poder ser acessado pelo site https://ami.teresina.pi.gov.br/.

Uma das principais funcionalidades do sistema é o fato da gestão de processos ficar a cargo da prefeitura, que possui controle total sobre as funcionalidades da aplicação, além disso, todos os dados gerados são armazenados na PRODATER com servidores protegidos por firewall. Isso acelera a oficialização das demandas via processo eletrônico (SEI) e que, sob demanda, pode ser integrado a qualquer sistema.

O tempo de atendimento foi reduzido pela Prefeitura de Teresina e a maioria das solicitações feitas em horário de expediente da ouvidoria é respondida em menos de duas horas depois de cadastrada e órgão responsável recebe a demanda em até 16 horas.

“O nosso intuito com o Ami Teresina é de proporcionar a participação do cidadão nas políticas públicas e ajudar na otimização dos serviços públicos prestados pela cidade e, após esses oito meses de sistema, percebemos que nosso objetivo está sendo cumprido e que a população recebeu bem e vem participando ativamente”, destaca Jobson Filho, presidente da PRODATER.

Com o Ami Teresina, já são 1.234 usuários cadastrados e 942 usuários estão ativos. Já foram 1.545 manifestações cadastradas e 1.382 manifestações concluídas ou canceladas. Pelo Sistema, as pessoas podem fazer denúncias, elogios e sugestões sobre a gestão.

A enfermeira Ane Daniele precisou usar o Ami para resolver uma demanda na sua rua. “A experiência foi com a resposta imediata, tentam fazer o mais rápido possível a ligação entre os setores. Só agradecer pelo resultado, ” afirmou.

Além de o serviço proporcionar agilidade, segurança e economia, também conta com arquivo digital e plataforma web. O munícipe que tiver um elogio ou reclamação poderá realizar sua demanda utilizando um dos canais disponíveis (site ou APP) e informar o local onde deseja que seja atendida e anexar imagens do ocorrido, logo após, a ouvidoria analisa as demandas e as encaminham para a pasta pertinente pelo sistema oficial da prefeitura (SEI ou Fala Teresina). Após o encerramento da demanda, o cidadão é imediatamente avisado sobre a solução tomada.

Equipe da Google participa de reunião na Prodater para discutir novas tecnologias para a administração pública

Nesta quinta-feira (27) o presidente, Jobson Filho, o analista de negócios, Henrique de Oliveira, e o analista de projetos, Rafael Chaves, que fazem parte da Empresa Teresinense de Processamento de Dados – PRODATER receberam a equipe do Google Brasil para um encontro de apresentação de novas tecnologias disponíveis no mercado nacional para instituições governamentais.

A equipe, que durante a manhã participou de uma reunião híbrida e transmitida de forma remota com o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, e demais secretários discutiram sobre como melhorar a administração pública utilizando o Google, além de indicar soluções na área do judiciário, segurança, educação.

“O encontro foi enriquecedor e escutar as soluções tecnológicas que podem ser aplicadas em nossa cidade é importante, as tecnologias apresentadas pelo Google podem ser aplicadas em diversos setores da administração pública”, declarou o presidente da PRODATER, Jobson Filho.

Participaram da reunião na PRODATER o Estrategista de Projetos de Governo, Alfredo Deak, o Head Gov BR, Daniel Mamoré, ambos da Google, além do Diretor da Pitang Consultoria, Claudio de Castro, e o Diretor Presidente do IBSETE – Instituto de Políticas Públicas em Saúde, Educação e Tecnologia, Bruno Agrélio Ribeiro.

“A presença do Google em Teresina para apresentar seu catálogo de produtos voltados para administração pública trouxe uma nova perspectiva aos gestores municipais sobre como a tecnologia pode apoiar o desenvolvimento de nossa capital de forma eficiente e moderna”, disse o analista de negócios da PRODATER, Henrique de Oliveira.

Com o encontro, ficou demonstrado que tecnologias como machine learn, fire base, data lake desenvolvidas pela Google podem ser aplicadas em diversos cenários do governo com excelentes resultados, com vistas a otimização dos serviços públicos ofertados ao cidadão teresinense.