Teresinense Digital já registra mais de 400 usuários cadastrados

Lançado há aproximadamente 15 dias, o aplicativo “Teresinense Digital” já possui mais de 400 usuários cadastrados. Os dados foram disponibilizados pela Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater). Atualmente, a ferramenta possibilita que os teresinenses possam acompanhar a situação de seus processos de notificações de trânsito junto a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). (mais…)

Mais de 10 mil usuários acessam internet nos terminais de integração

Semcom/Renato Bezerra

Nas últimas 24 horas, 10.920 usuários de ônibus se conectaram à internet gratuitamente, via Wi-fi, em um dos oito terminais de integração de Teresina. Dados de relatório da empresa de Processamento de Dados da Prefeitura de Teresina (Prodater) revelam ainda que o início da manhã registra o maior número de pessoas usando o serviço, com quase mil usuários conectados ao mesmo tempo.

“Disponibilizamos essa tecnologia em todos os terminais de integração da cidade. Usamos o que há de mais moderno em relação à tecnologia sem fio para que os usuários possam ter acesso livre à internet”, destacou o presidente da Prodater, Eduardo Aguiar.

A oferta de Wi-fi livre para o cidadão em locais públicos da cidade faz parte do projeto Teresinense Digital, que prevê o uso da tecnologia para facilitar o acesso do cidadão aos serviços da Prefeitura. “Estamos disponibilizando esse acesso livre à internet até mesmo para o cidadão ter mais facilidade de acesso aos aplicativos da Prefeitura de Teresina”, acrescentou.

O projeto Teresinense Digital envolve, além do aplicativo, a implantação do processo eletrônico e a instalação de serviços de internet gratuita em locais públicos estratégicos como praças e terminais de ônibus. Nos próximos dez dias, a praça Princesa Isabel, no bairro Mafrense, na zona Norte de Teresina, será beneficiada com o serviço de Wi-fi grátis. Além dela, outros pontos estão sendo avaliados para receber as ações do projeto ainda este ano.

Aplicativo Teresinense Digital permite acompanhar infrações de trânsito

A Prefeitura de Teresina já disponibilizou, nas plataformas Android e iOS, o aplicativo Teresinense Digital, ferramenta que oferece a opção de consultar e contestar multas de trânsito expedidas pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). Ainda este ano, outros serviços serão colocados à disposição para os moradores, evitando que se desloquem até a sede dos órgãos.

“Queremos garantir o máximo de transparência na fiscalização de trânsito, por isso escolhemos esse processo para começar”, ressalta o presidente da Prodater (Empresa Teresinense de Processamento de Dados), Eduardo Aguiar. “O motorista pode verificar sua situação legal junto à Strans e entrar com recurso para recorrer às infrações”.

Para utilizar o serviço é necessário baixar o aplicativo e cadastrar seus dados e do seu veículo, tendo acesso às informações detalhadas sobre as multas, inclusive imagens em alta resolução da ocorrência. Além disso, é informado o prazo que o usuário tem para entrar com o recurso.

“A contestação da multa é muito simples: basta que o cidadão envie uma foto da carteira de motorista e do documento do carro, que podem ser tiradas com o próprio celular, e digitar sua justificativa. Aí é só clicar no botão de cadastrar o recurso. Caso queira adicionar mais informações ou algo que comprove sua justificativa, o usuário pode anexar fotos e documentos”, explica Eduardo.

Outra facilidade é que o cidadão pode entrar com o recurso a qualquer momento, independente do horário de funcionamento da Strans, pois no aplicativo a opção está disponível 24 horas por dia, até nos finais de semana, enquanto durar o prazo do recurso.

Eduardo informa que mais serviços municipais estarão disponíveis no Aplicativo Teresinense Digital ainda este ano, como solicitação de limpeza e poda de árvores. “Tivemos uma reunião com os superintendentes das SDUs e iniciamos um levantamento de quais serviços vamos colocar no aplicativo. É uma orientação do prefeito Firmino Filho que a Prodater utilize a tecnologia para facilitar o acesso do cidadão aos serviços da Prefeitura, conseguindo assim a desburocratização dos processos”, comenta.

O presidente da Prodater diz ainda que o Teresinense Digital não é apenas um aplicativo, e sim um projeto de tecnologia da Prefeitura de Teresina. “Esse projeto envolve o aplicativo, a implantação do processo eletrônico, a instalação de serviços de internet gratuita em locais públicos como praças e terminais de ônibus, enfim, uma série de facilidades para o teresinense”, finaliza.

 

Terminal do Parque Piauí ganha wifi gratuito

Ascom/Prodater

A Prefeitura de Teresina está expandindo os pontos para uso de internet wifi gratuita para a população. Dessa vez, a tecnologia está sendo disponibilizada para os usuários do Terminal do Parque Piauí, zona Sul. A Empresa de Processamento de Dados de Teresina (Prodater) instalou os equipamentos que permitem internet com qualidade e que possibilitarão até 500 conexões simultâneas.

Segundo o presidente da Prodater, Eduardo Aguiar, a instalação dos equipamentos no Parque Piauí atende a uma sugestão de uma cidadã por meio das redes sociais. “É importante ouvirmos as sugestões da comunidade. Estamos expandindo o nosso programa de conectividade em áreas públicas e, nesse trabalho, saber das demandas da população é importante”, pontuou.

 

Na semana passada, a tecnologia foi instalada no Terminal do Zoobotânico e a resposta da população tem sido positiva. “A rede instalada é sem burocracia para o acesso. Basta que o usuário acione a conexão wifi, sem necessidade de cadastro anterior de senha. É uma tecnologia com o que há de mais moderno no mercado”, reforçou Eduardo Aguiar.

Assim como na ocasião do terminal do Zoobotânico, a Prodater também encaminhou ofício à Secretaria de Segurança Pública do Estado, órgão responsável pela segurança, para reforçar o policiamento na região. “O que queremos é que as pessoas possam utilizar seus smartphones com tranquilidade, tanto em termos de acesso, quanto em segurança. Por isso, à medida que vamos ampliando os pontos com conexão instalada, vamos informando à Secretaria de Segurança para que adote as providências necessárias para garantir tranquilidade aos usuários”, finalizou o presidente.

Terminal do Zoobotânico é o primeiro a ter internet gratuita

O Sistema Inthegra finalizou as obras de mais um terminal de integração, o do Zoobotânico, inaugurado na manhã do último sábado (02). A Prefeitura de Teresina já tratou de equipá-lo com rede Wi-Fi gratuita para a população. Segundo a Empresa de Processamento de Dados de Teresina (Prodater), responsável pelo setor de tecnologia da capital piauiense, 500 pessoas podem se conectar ao mesmo tempo.

O presidente da Prodater, Eduardo Aguiar, esteve no Terminal para avaliar o desempenho da rede nos primeiros dias de funcionamento. “A internet está disponível para a população pela rede ‘Prefeitura de Teresina’ de forma gratuita e aberta. Usamos o que há de mais moderno no mundo no que diz respeito à tecnologia sem fio. Esse projeto visa disponibilizar essa tecnologia para todos os terminais de integração da cidade. Algumas praças públicas também terão seus dispositivos atualizados e outras áreas estratégicas da cidade também receberão internet grátis”, explicou o secretário.

Regina Maura, moradora da Vila Meio Norte e usuária do Terminal, aprovou a ferramenta. “Até agora está muito boa, inclusive para mandar e receber áudios. Estou muito satisfeita”, disse.

 

 

PRODATER desenvolve aplicativo de celular que acompanha a situação legal do cidadão no trânsito

Ascom Prodater

Em breve, os teresinenses terão uma nova ferramenta que dará maior transparência nas fiscalizações de trânsito. A Empresa de Processamento de Dados de Teresina – PRODATER, responsável pelo setor de tecnologia da capital piauiense, desenvolveu um aplicativo que apresenta toda a situação legal do motorista junto à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

Uma das principais vantagens dessa nova ferramenta digital é a possibilidade de recorrer às infrações que julgar injusta apresentando o recurso sem precisar se deslocar até a sede da STRANS. A plataforma também informa os prazos para a apresentação desses recursos, bem como as notificações do andamento do processo e todas as informações da infração. Sobre o assunto, segue áudio com o presidente da Prodater, Eduardo Aguiar.

“O objetivo desse sistema é facilitar o controle do cidadão, principalmente na hora de recorrer a uma infração com menos burocracia. Nós estamos seguindo uma orientação do Prefeito que é de dar mais transparência à fiscalização de trânsito. A criação do aplicativo é uma parceria entre a PRODATER e a STRANS”, declarou Eduardo Aguiar, presidente da PRODATER. O superintendente da STRANS, Carlos Daniel, também comentou o feito. “Essa nova tecnologia vai trazer mais agilidade para a rotina do cidadão”, completou.

Segundo Eduardo Aguiar, a ferramenta já está em fase final de desenvolvimento e deve estar disponível para download nas plataformas Android e iOS ainda este semestre. Ele ressalta ainda que as notificações continuarão chegando na residência do proprietário do veículo. “O aplicativo é uma ferramenta a mais que iremos disponibilizar aos motoristas”, finaliza.