Em Brasília, Dr. Pessoa se reúne com agência francesa e banco dos Brics em busca de recursos

Cumprindo agenda administrativa em Brasília, o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, realizou nesta quarta-feira (25), uma série de audiências administrativas com o objetivo de atrair recursos para a capital piauiense. Integrou a comitiva o secretário de planejamento de Teresina, João Henrique Sousa e a chefe de gabinete do prefeito, Sol Pessoa.

O prefeito se reuniu com o banco NDB (New Development Bank), o Banco dos Brics. No encontro, foi apresentado uma carteira de investimentos na cidade na área da infraestrutura.

De acordo com secretário de planejamento, João Henrique Sousa, as demandas já foram apresentadas em reuniões anteriores ao banco, e que a visita de cortesia do prefeito Dr. Pessoa serve para reforçar as demandas já apresentadas, além de apresentar novas perspectivas de investimentos em Teresina.

“Estamos otimistas. Em breve deveremos ter mais investimentos externos para nossa cidade. Demos grandes passos e esses recursos, ao chegarem, devem ser investidos na educação com a construção de novas creches e no projeto de interligação das bacias do rio Poti”, destacou o secretário de planejamento.

Dr. Pessoa também esteve na Secretaria Nacional de Aviação Civil, com a deputada federal Marina Santos, para tratar de demandas referentes ao Aeroporto de Teresina. A reunião tratou sobre projetos que aumentem a verticalização da cidade devido à proximidade do aeroporto com o centro.

Além disso, o prefeito se reuniu com executivos da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). A conversa com os representantes do banco europeu reforçou a necessidade de linha de crédito para investimentos na produção agrícola da zona rural de Teresina.

Dr. Pessoa finalizou a agenda de reuniões com uma audiência no CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina). A principal pauta discutida foi a retomada da obra da Marginal Poti Sul, zona Sul de Teresina. A obra será retomada nesta sexta-feira (29), com recursos já assegurados pelo banco. A obra está orçada em R$ 27.521.499,08 e tem prazo de conclusão de nove meses. Além da obra da Marginal Poti Sul, O CAF deve ser financiador de outras obras estruturantes em Teresina.

“Tivemos proveitosas reuniões. Viemos a Brasília em busca de mais investimentos para desenvolver ainda mais a nossa Teresina, não esquecendo da zona rural. Já retornaremos com os serviços na Marginal Poti Sul ainda nesta semana e acreditamos que em breve as nossas tratativas tenham resultado e que logo estaremos com novos investimentos na cidade”, ressaltou Dr. Pessoa.

Prefeitura de Teresina mediou as negociações do fim da greve dos trabalhadores do transporte público

A Prefeitura de Teresina participou, nesta segunda-feira, 11, da reunião entre Sindicato das Empresas de Transporte Público (Setut) e Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintetro) e intermediou as negociações que culminaram com o fim da greve dos motoristas e cobradores de ônibus.

“A mediação da negociação aconteceu, por meio da Procuradoria Geral do Município (PGM), Secretaria Municipal de Governo (Semgov), com o secretário André Lopes,  e Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), com o superintendente major Cláudio Pessoa, que entenderam a pauta de reivindicação dos trabalhadores e buscaram mediar o entendimento com as possibilidades do sindicato patronal”, disse o procurador-geral de Teresina, Aurélio Lobão.

As negociações tiveram início, ainda pela manhã, na sede da PGM. A Prefeitura de Teresina ouviu as duas partes envolvidas e buscou o entendimento durante toda a tarde e início da noite. Com o avanço das negociações, as partes chegaram a um acordo e a proposta foi levada para votação dos trabalhadores na sede do Sintetro, por volta das 20h.

A proposta foi acolhida e aprovada pela unanimidade dos trabalhadores. “É o momento de exaltar a importância do papel de mediação que a PMT teve, na pessoa dos três agentes, ressaltar a sensibilidade dos sindicatos envolvidos e reforçar que essa é mais uma etapa na busca de uma retomada da credibilidade e da qualidade do transporte público de Teresina, que é uma bandeira do prefeito Dr. Pessoa”, disse o procurador.

Os trabalhadores aguardam a assinatura da Convenção Coletiva na manhã desta terça-feira (12) para voltarem ao trabalho nas ruas e avenidas da capital.

Prefeitura de Teresina participa de reuniões sobre a ExpoTeresina 2022

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan) e a Secretaria Municipal de Agropecuária, por determinação do Prefeito Dr. Pessoa, esteve reunida com o presidente da Associação Piauiense de Criadores de Zebu (APCZ), André Nogueira para dar início às articulações sobre a ExpoTeresina deste ano. O evento atrai expositores de todo o estado, demonstrando a potencialidade pecuária dos produtores locais.

“Em comparação com a Expoapi, que acontece no final do ano, a ExpoTeresina também funciona como um encontro para mostrar todo o potencial agropecuário do Estado, mas tem o diferencial de ser realizada durante o período junino onde é possível agregar ainda mais da cultura teresinense em um evento. Funcionando como uma vitrine do que há de melhor no meio rural, tendo suas edições passadas como parâmetro de sucesso, busca valorizar as potencialidades”, André Nogueira, presidente da APCZ.

Durante o evento ocorre a oferta de serviços que já são disponibilizados pela PMT nos demais meses do ano, como oficinas profissionalizantes, maquiagem e pintura de rosto.

“As edições passadas foram um sucesso considerando o número de pessoas que participaram e os serviços prestados à população, a Prefeitura de Teresina, na gestão do Dr Pessoa, está buscando trazer neste ano um evento que tenha ainda mais qualidade para todos”, explica João Henrique Sousa, Secretário de Planejamento.

“Além de celebrar a nossa cultura, é um momento em que passamos pela transição de medidas restritivas dentro da pandemia. Pensando nisso, todos os detalhes são pensados para que seja uma edição histórica”, concluiu André Nogueira.

Foto: Divulgação

Escolas municipais que estão abrigando famílias devem ser liberadas em abril

O Comitê Emergencial que trata da situação das famílias desabrigadas pelos alagamentos na cidade traçou novas estratégias parar liberar as escolas municipais que estão servindo se lares temporários. O prazo para que as unidades de ensino sejam liberadas para a retomada das aulas presenciais é até a primeira quinzena de abril.

Foto: Ascom Semec

Atualmente, 50 famílias ocupam as escolas municipais Domingos Afonso Mafrense, Minha Casa, Mocambinho e Nova Brasília, todas na zona Norte. Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semec), cerca de mil alunos matriculados nessas escolas ainda não puderam retornar às atividades educativas de forma presencial.

“Conversamos no sentido de dar encaminhamentos para que as crianças voltem aos seus processos formativos em sala de aula, como já está acontecendo em toda a cidade, mas de forma a resolver a situação dessas famílias que passam por um momento difícil. Queremos encontrar um lugar seguro para as famílias e devolver o espaço de sala de aula aos estudantes”, disse o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso.

Além da Semec, participaram do encontro representantes das Superintendências das Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Secretaria Municipal de Governo e Defesa Civil. Com um plano de ação traçado, nos próximos dias será possível divulgar o cronograma de retomada das atividades nas quatro escolas municipais.

O secretário municipal de Governo, André Lopes, destaca a urgência da retomada das aulas nessas unidades de ensino e aponta algumas estratégias pensadas pelo comitê.

“Pensamos em algumas alternativas considerando a urgência da situação. Estamos em busca de outros prédios municipais para qualificá-los e garantir o direito à moradia das famílias, assim como garantir o direito à educação das crianças. Algumas famílias já poderão retornar às suas casas, além da Prefeitura de Teresina criar um programa proativo de busca de residências para o Cidade Solidária”, declara o secretário André.

Semdec reúne empresários para apresentação do projeto de roteirização do turismo rural

Nesta quinta-feira (27), representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), reuniram-se com empresários que atuam na zona rural de Teresina para apresentar o projeto de roteirização do turismo rural. A ideia tem por objetivo trabalhar a roteirização profissional, qualificação e infraestrutura dessa área.

“O momento serviu para apresentamos nossa proposta inicial, e com base nisso vamos aguardar as sugestões dos envolvidos para que esse projeto finalize e se concretize, e assim, possibilitar que esses locais se tornem mais um atrativo para os turistas e também para as pessoas de nossa cidade. O projeto faz parte das propostas de governo do prefeito de Teresina para o turismo, Doutor Pessoa, então contamos com total apoio do prefeito para colocá-lo em execução”, esclarece o secretário da SEMDEC, Marcelo Eulálio.

As rotas inclusas compreendem sítios e fazendas da zona rural da cidade e foram divididas em quatro, sendo elas: Rota Vermelha, inclui a Fazenda Bernard’s, Kitanda Petit, Fazenda Santa Rita e Kingo Park; Rota Azul, Fazenda Vale do Leite, Haras Ninizo, Sítio do Didi, Titara Park e Araxá Bike Park; Rota Verde, Restaurante e Sítio Mirante do Lago; e Rota Rosa, com a Casa do Beiju, Sítio Alegria e Paradise Cable Park. O projeto disponibiliza também o tempo de deslocamento para o local e a distância.

Para Solange Lopes, proprietária do Kingo Park, esse momento foi bastante importante, pois possibilitou que os diversos empresários envolvidos, pudessem opinar e sugerir sobre o projeto, além de repassar algumas de suas demandas.

“Esse momento foi bastante importante para que nós empresários pudéssemos repassar nossas demandas, que incluem infraestrutura, internet, coleta de lixo, energia elétrica, e assim poder contar com o apoio do poder público no melhoramento dessas questões. O Kingo Park, que funciona há cerca de dois anos e meio e oferece atividades para adultos e crianças, tais como, arco e flecha, tiro ao alvo, trilhas, golfe, piscinas, castelos, local para alimentação dentre muitas outras, se tornando uma excelente opção pela variedade. Estou muito feliz em fazer parte do projeto”, pontua a empresária.

Segundo o secretário, o próximo passo serão as visitas técnicas. “Visitaremos um a um todos os estabelecimentos inclusos no projeto para conhecermos de perto as demandas de cada estabelecimento e assim articular uma resolutividade com o órgão ou empresa competente. Logo em seguida partiremos para a qualificação dos trabalhadores desses ambientes”, finaliza o secretário.

Estiveram presentes na reunião 23 representantes de empreendimentos, empresas e órgãos públicos, tais como: Kingo Park, Titara Park, Sítio do Didi, Casa do Beiju, Araxá Bike Park, Sítio Mirante do Lago, Fazendinha Bernard’s, Miracéu Turismo, Associação Brasileira de Agências de Viagem (ABAV), Secretaria de Turismo Estadual (SETUR), Secretaria Municipal de Produção Agropecuária, SENAC, SEBRAE, Guia de Turismo, SEPLAN.

Confira o projeto:

Rotas de Turismo Rural Teresina

Famílias desabrigadas serão transferidas para duas CMEIs na zona Norte

O Comitê emergencial do período chuvoso, em reunião realizada na manhã desta terça-feira, (25), decidiu que as famílias em situação de desabrigo que estão em escolas municipais serão transferidas para duas CMEI localizadas na zona Norte de Teresina. As famílias acolhidas na Escola Municipal Dilson Fernandes serão transferidas para a CMEI Tia Jane e as famílias da Escola Municipal Iolanda para a CMEI Helena Medeiros.

O secretário da Semcaspi, Allan Cavalcante, ressaltou que as transferências terão início nesta quinta-feira, (27) e seguirão até sexta-feira, (28).

“Tendo em vista, o retorno das aulas e a aplicação de provas para o concurso público da Polícia Militar, que acontecerá neste final de semana, das três unidades escolares que estão servindo para abrigar famílias duas serão desocupadas e irão para outras unidades bem próximas. Para não ter problemas em relação a distância. A gente construiu este entendimento também com as famílias, na base do diálogo e democracia”, pontuou.

Allan Cavalcante alerta para as famílias que estavam em áreas de risco e estão sendo acolhidas na casa de familiares ou mesmo de aluguel devem buscar as SAADs para efetuar cadastro aos benefícios sociais.

“Todas as famílias que moram em situação de risco e que estão acolhidas ou que passaram a viver de aluguel, é importante realizar o cadastro junto das SAADs da região onde mora. Com este cadastro, as famílias terão acesso aos benefícios do Programa Cidade Solidária, como o valor do aluguel social de R$300, o kit acolhimento, kit limpeza e kit higiene”, ressaltou.

As famílias que moram em áreas de risco devem, em caso de emergência, acionar a Defesa Civil Municipal por meio do 199, para que ocorra o monitoramento da residência e o cadastro inicial. O atendimento da Defesa Civil Municipal é 24h.

 

Prefeitura de Teresina e ADH tratam sobre a regularização dos imóveis do Conjunto Jacinta Andrade

Houve reunião, no Palácio da Cidade, para tratar da emissão de declarações, por parte do município Foto(Ascom/SEMF)

A Prefeitura Municipal de Teresina, através da Secretaria de Finanças (SEMF) e da Secretaria de Planejamento (SEMPLAN), está se mobilizando em articulação junto a Agência de Desenvolvimento Habitacional do Estado do Piauí (ADH-PI), para viabilizar os registros de imóveis dos habitantes do conjunto habitacional Jacinta Andrade, um dos maiores do Nordeste.

Nesta última segunda-feira, dia 10, houve reunião no Palácio da Cidade para tratar da emissão de declarações, por parte do município, que viabilizem a redução do custo do registro de imóvel das unidades habitacionais do conjunto, que são consideradas de baixa renda.

“A prefeitura de Teresina segue na força-tarefa pra regularizar a propriedade dos imóveis de baixa renda na capital, que é uma determinação expressa do nosso prefeito Dr. Pessoa, e hoje, em parceria com o Governo do Estado, aqui representado pela presidente da ADH, Gilvana Gayoso, junto com a SEMF e a SEMPLAN estamos engajados para possibilitar o desmembramento de cada imóvel do residencial Jacinta Andrade”, disse o secretário executivo de Finanças, Eduardo Lima.

Dr. Pessoa reúne secretariado e determina mutirão para limpar bueiros e galerias

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, se reuniu neste sábado (08), na sede da SAAD Norte com parte do secretariado e os integrantes do Comitê de Enfrentamento às Enchentes na capital.

Fotos: Rômulo Piauilino

Durante o encontro, o gestor ressaltou a necessidade de se deslocar todas as equipes de limpeza pública para limpar os bueiros e galerias, principalmente nas regiões onde há uma maior predominância de lagoas, como na zona Norte.

“Precisamos manter limpos os bueiros e galerias para que as águas possam correr naturalmente e assim, impedir que no caso de entupimento novas regiões venham a ficar alagadas e prejudicar as famílias”, destacou o prefeito.

A superintendente executiva da SAAD Norte, Luana Barradas, disse que já existe um cronograma de limpeza pública, mas que nesse período chuvoso essas equipes intensificam as ações nestes espaços.

“Temos um cronograma de limpeza pública, com equipes especificamente para bueiros e galerias. Quando está próximo do período chuvoso o trabalho é intensificado, justamente para evitar entupimento e novas enchentes”, garantiu.

Ainda de acordo com ela, a população deve colaborar com a limpeza, evitando descartar lixo e entulhos nestes locais.

“Vamos destacar mais equipes para intensificarmos esse trabalho de limpeza nestes pontos. Mas pedimos para que a população possa evitar o descarte de lixo e entulho em locais inapropriados. É uma parceria entre a população e o poder público”, finalizou.

A reunião contou ainda com a presença do secretário da SEMDUH, Edmílson Ferreira, João Pessoa (Eturb), Lucas Pereira (Comunicação), Coronel Nixon Frota (Guarda Municipal) e Carlos Ribeiro (Defesa Civil).

Dr. Pessoa reúne secretários e determina ações de enfrentamento às chuvas

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, reuniu na manhã deste domingo (02) parte do secretariado e determinou a execução de ações para ajudar famílias desabrigadas em decorrência das chuvas na capital. Além disso, o prefeito afirmou que irá decretar situação de emergência.

“Já autorizei que o decreto fosse feito, envolvendo os três entes federados, o governo federal, o governo estadual e o governo municipal, para trabalhar em conjunto nesse momento de vulnerabilidade, que está aí previsto que as coisas poderão ser mais agravadas”, disse o prefeito.

A reunião aconteceu na sede da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Norte (SAAD Norte). De acordo com Dr. Pessoa, todas as SAADs, a secretaria de Defesa Civil, SEMDUH e FMS estarão atuando 24 horas por dia e monitorando a situação dos pontos mais críticos.

“Iremos fornecer abrigo de qualidade, alimento e toda a infraestrutura necessária para darmos dignidade para as famílias que forem atingidas. Precisamos filosofar pouco e agir cada vez mais. Se houver necessidade de colocar em escolas, vamos colocar. Temos o CEU Norte, CEU Sul, ginásios cobertos. Se for necessário acolho até na minha casa”, garantiu o gestor.

O vice-prefeito e secretário de Finanças, Robert Rios, pediu empenho das SAADs para que montem equipes de plantão para atuarem na limpeza pública, desentupindo bueiros e galerias.

“Os superintendentes das SAADs devem convocar hoje ainda as equipes da CTA para que realizem a limpeza dos bueiros e galeria. Limpando os bueiros não resolve, mas melhora. Todo inverno é a mesma coisa, mas esse será o mais rigoroso. Floriano está na capacidade máxima, a água está no limite. Precisamos das SAADs de prontidão, todos os chefes, SEMCASPI e Defesa Civil também precisam estar abastecidas para atuarem de forma imediata.

O superintendente da SAAD Leste, James Guerra, disse que irá juntamente com a Strans, implantar placas e interditar algumas vias na região quando iniciarem as chuvas. “Já temos cerca de 180 pontos críticos mapeados na zona Leste. Precisamos divulgar para a população. Vamos interditar os pontos mais críticos e juntos com a Strans implantar placas e proibir a passagem de veículos nos trechos mais críticos quando chove”, afirmou.

Após a reunião, a comitiva visitou o bairro Mafrense, na zona Norte de Teresina, além da Vila Mariana Fortes na zona Sudeste, e o bairro São Cristóvão, na zona Leste. A superintendente executiva da SAAD Norte, Luana Barradas, informou que toda a assistência necessária está sendo disponibilizada para a população.

“Temos trabalhado de forma integrada, junto com a SEMCASPI, Defesa Civil, SEMDUH e toda o staff da Prefeitura de Teresina. Temos toda a zona Norte mapeada, estivemos no Mafrense ontem (sábado), e cadastramos as famílias que estão em áreas mais expostas e solicitamos a retirada. Infelizmente algumas famílias não quiseram sair e foram atingidas durante a madrugada. Neste domingo estamos atuando com nossos homens, disponibilizando caminhão baú e estamos levando para locais seguros”, destacou a superintendente.

Além desse mapeamento, a SAAD Norte monitora a subida das águas do rio Poti e Parnaíba. Neste domingo, Luana Barradas também vistoriu a situação das bombas da Estação de Bombeamento Boa Esperança. “Temos oito bombas ligadas e em pleno funcionamento. No total são 12, se tivermos a necessidade de ligar todas, assim o faremos”, finalizou.

Foto: Divulgação (Semcom)

SAAD-Leste traça mapeamento de áreas de risco de alagamento

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Leste- SAAD/Leste, se reuniu, neste domingo (2), com gestores da Prefeitura Municipal de Teresina, para discutir o mapeamento dos locais de risco de alagamentos e plano de ação da zona Leste de Teresina. As ações estratégicas do órgão – que fazem parte de uma força-tarefa elaborada pela Prefeitura – possui mapeamento e identificação dos principais pontos de alagamento, e tem o intuito de prevenir desastres e minimizar os efeitos em decorrência das fortes chuvas comuns nessa época.

Segundo o superintendente da SAAD-Leste James Guerra, as primeiras ações com mapeamento de locais críticos é de suma importância na estratégia de proteção e segurança dirigidas à população do local.

“Neste primeiro momento, é essencial o mapeamento das áreas mais atingidas para ações de prevenção e emergência. Agora, é necessária a união de todos os esforços dos órgãos, entidades e também da população, evitando o acúmulo de lixos nas vias urbanas, principalmente, nesta época. Vamos buscar amenizar os danos humanos, materiais e/ou ambientais, consequentes desse sinistro, frisou.

De acordo com o superintendente, para as áreas da região com fortes inundações – bruscas ou graduais – foram definidas atividades emergenciais a curto prazo como: limpeza das bocas de galerias existentes, limpeza das grelhas, das galerias, canais, recomposição de pavimentação, limpeza de bocas de lobo, limpezas de passagem molhada; recuperação e limpeza de bueiros, pavimentos e monitoramento de área de deslizamento. Nas ações de médio a longo prazo foram definidas: elaboração de projeto de ampliação e reforma da galerias, execução de obra de galerias, limpeza de canais, projetos de reforma de bueiros e galerias, elaboração e execução de projetos de drenagem.

Foto: Divulgação (SAAD Leste)