SAAD Leste realiza limpeza de praças no bairro Pedra Mole

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Leste, realizou a limpeza da praça dos conjuntos localizados na entrada do bairro Pedra Mole, na avenida Josué de Moura Santos e na praça da quadra poliesportiva do bairro, juntamente a poda de árvores.

A limpeza aconteceu, após reunião da superintendente da SAAD Leste, Tatiana Guerra, com moradores da região que vão realizar um evento, no próximo final de semana, ainda em alusão ao Dia das Mães. Outros pontos como calçamento e recuperação de vias também foram abordados para melhorar a qualidade de vida da população.

“Estamos sempre buscando atender as demandas da população. Temos trabalhado bastante e vamos continuar nesse ritmo acelerado para entregar o melhor para a população da zona Leste, assim como determina o nosso prefeito Dr. Pessoa”, afirmou Tatiana Guerra.

Ruas do bairro Uruguai recebem calçamento

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Leste, está realizando a pavimentação de ruas de diversos bairros da zona Leste da capital.

O bairro Uruguai está recebendo mais de 300 metros de pavimentação em paralelepípedo nas rua 7, rua B e rua Veneranda. Ao todo, serão investidos R$ 394 mil com recursos próprios do município e Finisa. A previsão é que a iniciativa seja expandida para outras áreas.

Entre os bairros beneficiados estão: Uruguai, Pedra Mole e Santa Isabel. As ruas onde os serviços já foram concluídos são: Alberoni Filho, Desembargador João Pereira e rua Compositor Mário Lago. O prazo de conclusão é de julho deste ano.

Prefeitura e Banco da América Latina encerram agenda com visitas técnicas por obras de Teresina

A Prefeitura de Teresina encerra nesta quinta-feira (12) a agenda de reuniões e visitas técnicas com representantes da Cooperativa Andina de Fomento (CAF), Banco de Desenvolvimento da América Latina, que financia obras do Programa Teresina Sustentável, vinculado à Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan).

Na última quarta-feira (11) foram feitas visitas técnicas, durante a manhã, voltadas para obras em execução, e no período da tarde, aos locais das novas propostas de execução situadas nas zonas Norte e Leste da cidade. “Essas obras recebem o apoio do banco, é uma operação que eles mantém com a Prefeitura no total de US$45 milhões, com a nossa contrapartida idêntica, e ainda temos muito a aplicar esses recursos. Vamos trabalhar juntos para que possamos, a desejo do Dr. Pessoa, aplicar esses recursos para o desenvolvimento de Teresina”, pontua o secretário municipal de planejamento, João Henrique Sousa.

 

Fotos: Certare Engenharia

O objetivo do programa é contribuir para o desenvolvimento econômico, social e ambiental de Teresina, mediante a realização de intervenções em mobilidade urbana, assentamentos precários, requalificação urbano-ambiental e na melhoria da gestão municipal.

“As visitas iniciaram pelo Parque Floresta Fóssil, às margens do rio Poti onde compreende a construção de prédios administrativos, como também um museu que irá contemplar os passeios turísticos da nossa cidade. Partimos para a Vila da Paz, onde compreende a introdução de um parque no bairro, trazendo urbanização e qualidade de vida para o local. Seguimos para o parque Rodoviário, que possui características similares à Vila da Paz. Estivemos na Avenida Marginal Poti, na zona Sul, uma via de extrema importância para Teresina. Por fim, voltamos ao Centro da cidade, onde visitamos as obras de revitalização e o mercado central, que vai passar por uma reforma, também de revitalização”, explica Hebert Leal Araújo, assessor técnico da unidade de gerenciamento do programa Teresina Sustentável (UGP).

A equipe da CAF presente nas visitas é formada pelo executivo Diego Vettori e os especialistas técnicos, Paulo Rodrigues e Yerko Eterovic, representando a Prefeitura de Teresina estavam presentes o secretário executivo de captação de recursos e monitoramento (SECREM), Ítalo Portela, e o corpo técnico responsável pelo programa. ”Nesses três dias de reuniões e visitas técnicas recebemos os representantes da CAF, fizemos a apresentação da situação atual do programa e a revisão dos principais aspectos físicos, financeiros, ambientais e sociais do programa e também uma revisão de proposta para aditivos neste contrato”, conclui Raquel Lima, coordenadora do programa Teresina Sustentável.

Avenida Jockey Club é parcialmente interditada

A avenida Jockey Club, na lateral do shopping Riverside, zona Leste de Teresina, está parcialmente interditada para reparo de um buraco que surgiu no local.

Equipes da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Leste estão no local trabalhando para descobrir a causa do problema que pode ter surgido após um rompimento de uma galeria.

“Estamos averiguando, já cavamos mais de cinco metros e ainda não encontramos a causa. Acreditamos que pode ter sido causado por um rompimento da lage de uma galeria. Para resguardar a população, interditamos a via para evitar qualquer tipo de acidente”, esclareceu José Alberto Lustosa, engenheiro da Saad Leste.

Ainda de acordo com o engenheiro, a obra não tem prazo de conclusão.

Começam as obras da nova galeria do bairro Satélite

Uma nova galeria está sendo construída na rua Apolo IX, no bairro Satélite, zona Leste de Teresina. A obra será realizada para substituir a antiga galeria que rompeu por conta das fortes chuvas dos últimos meses. A obra terá um investimento de R$ 140 mil e deverá ser concluída em 40 dias.

A galeria será construída em 4,00m x 2,50m, quadruplicando o volume de água que passa no local. A antiga galeria, que foi destruída por uma forte chuva, tinha 1,50m x 1,50m. O trecho da via que foi rompido também será recuperado.

“Estamos iniciando os serviços, já temos uma máquina escavadeira trabalhando no local. Esperamos que as chuvas deem uma trégua para que possamos dar pleno andamento à obra que vai beneficiar a população do satélite”, destacou João Alberto, gerente de Obras da SAAD Leste.

Prefeitura de Teresina retoma os serviços de construção da galeria da zona Leste

A Prefeitura de Teresina retomou, nesta semana, as obras do sistema de drenagem na zona Leste da cidade, que estão sendo realizadas pela Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Leste. O fim do período chuvoso proporciona o retorno da obra que deve solucionar os problemas de alagamentos na região.

Os trabalhos recomeçaram com a limpeza da galeria, já que a chuva trouxe uma grande quantidade de sujeira para a obra. Juntamente à limpeza, será feita a pavimentação dos trechos que já receberam parte dos serviços como: rua Eustáquio Portela, no trecho entre a rua Thomaz Tajra e avenida Homero Castelo Branco e rua Thomaz Tajra, no trecho entre a rua Eustáquio Portela e Francisco Azevedo.

“A partir da segunda semana de maio reiniciaremos a macro drenagem começando na avenida Homero Castelo Branco. Um total de cinco equipes estarão à frente dos trabalhos para dar maior celeridade à obra”, disse o engenheiro João Alberto.

Os trabalhos ficarão divididos da seguinte forma: duas equipes ficarão a cargo da macro drenagem; uma equipe irá para o dissipador (encontro da galeria com o rio Poti); uma equipe para a micro drenagem e outra para os poços de visitas.

O prazo de conclusão dos serviços é de 22 meses, de acordo com o contrato firmado entre PMT e a Construtora Gimma. A obra deve entrar em uma parte delicada, já que vai passar por trechos de ruas residenciais onde será usado um tipo de escoamento metálico que são as estacas pranchas.

“Está sendo deslocada uma equipe formada por assistente social e dois auxiliares de engenharia para fazer o cadastro de todas essas residências da área que serão afetadas para evitar quaisquer transtornos com a prefeitura”, disse João Alberto.

Combate à Dengue: Reeducandos do Sistema Prisional começam a atuar na 2ª feira

A Prefeitura de Teresina inicia, nesta segunda-feira (2), o trabalho dos reeducandos do Sistema Prisional na Operação de Combate à Dengue.

Os reeducandos atuarão na limpeza das escolas e creches municipais, com Equipamento de Proteção Individual (EPI), ferramentas, alimentação, água e transporte fornecidos pela Prefeitura de Teresina.

O coordenador da Operação, secretário Edmilson Ferreira, frisa que os reeducandos não entrarão nas residências, pois essa parte do trabalho será realizada pelos agentes do Centro de Zoonoses e pelo Exército.

A Operação de Combate à Dengue teve início no dia 18 de abril e reúne vários órgãos da Prefeitura, como a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), que coordena a ação, as Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs), a Fundação Municipal de Saúde (FMS), a Secretaria de Educação (SEMEC), a ETURB (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano), SEMCASPI (Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas), Defesa Civil e a Secretaria de Comunicação.

A Prefeitura conta ainda com a parceria da Secretaria de Justiça, que enviará os reeducandos necessários para o trabalho, e do Exército, que será treinado pelas equipes do Centro de Zoonoses para identificar focos de dengue dentro das residências.

“Ressaltamos que essa é uma ação integrada, inédita, pensada para combater o mosquito de forma efetiva. Estamos usando todas as armas possíveis, como determinou o prefeito Doutor Pessoa”, declara o secretário Edmilson Ferreira, coordenador da Operação.

Uma coletiva de imprensa será marcada na segunda-feira, ao meio-dia, para que o gestor explique o cronograma de cada grupo envolvido na Operação. “No primeiro momento, vamos organizar as equipes, entregar os EPIs e as ferramentas, passar as informações necessárias. Depois eles vão começar o trabalho e aí, sim, vamos mostrar como será tudo. Estamos fazendo os ajustes necessários para que essa Operação aconteça da forma mais eficaz e pedimos um pouco de paciência da população e da imprensa nesse sentido”, finaliza o secretário.

Operação conjunta de Combate a Dengue em Teresina começa na próxima segunda

A Prefeitura de Teresina inicia na próxima segunda-feira (2), a partir das 8h30, no bairro Monte Verde, zona Norte, a operação conjunta de combate à dengue, zika e chikungunya em Teresina.

A ação acontece em regime de mutirão onde estarão envolvidas cerca de 300 pessoas entre agentes de saúde, reeducando com acompanhamento da Secretaria de Justiça do Piauí, agentes de limpeza e exército brasileiro. A operação vai acontecer de acordo com o mapa sanitário do Centro de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Fotos: Rômulo Piauilino / Semcom

Segundo Paulo Marques, da gerência de zoonoses o órgão conta com um contingente de 235 agentes de combate a endemias que já fazem visitas as residências e prédios públicos. “Nessa operação vamos continuar fazendo esse serviço e ainda ganhamos ajuda importante de militares do exército para que o trabalho seja executado mais rapidamente. O importante é diminuirmos o número de mosquitos que estão sugando o sangue e contaminando as pessoas com o vírus da dengue, chikungunya e zika”, afirmou.

O Secretário Edmilson Ferreira, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), reforça a importância da força-tarefa que tem como finalidade barrar a proliferação da dengue.

“A operação inicia com as SAADs, atuando com o CTA que é a limpeza, o pessoal da saúde fazendo o fumacê onde tem que ser feito. A limpeza é fundamental para o combate ao mosquito e está sendo realizada em toda a cidade. Estamos contando com apoio dos reeducandos, exército, os agentes de saúde já estão realizando as visitas e todos os ambientes onde estão os focos que precisam ser eliminados”, ressaltou o secretário.

Durante a operação serão realizados divulgação, inclusive com carros de som nos locais onde as equipes atuarão naquele momento.

A operação contará com representantes da Semduh (Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação), Saads (Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal de Educação (Semec), Guarda Municipal, Defesa Civil, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Eturb (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano), Sema (Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos), Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), Secretária de Justiça do Estado e Exército, além do CTA (Consórcio Teresina Ambiental) com 1800 pessoas envolvidas.

Dr. Pessoa reúne secretariado para ação integrada em combate à Dengue

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, reuniu, na manhã desta segunda-feira (25), os secretários das pastas municipais para constituir uma força-tarefa para atuar em regime de mutirão no combate à dengue, zika e chikungunya e na expansão da limpeza da zona urbana e rural da capital. O encontro aconteceu no Salão Nobre, no Palácio da Cidade.

Fotos: Rômulo Piauilino / Semcom

Dr. Pessoa acredita que a união de poderes, por meio da prevenção e tratamento, é uma forma de barrar a proliferação do mosquito em Teresina.

“Com essa força-tarefa esperamos aumentar a prevenção e o tratamento. Vamos discutir sobre esses dois assuntos, que é limpeza geral com todas as SAADs, o exército representado pelo 25° BC, para que, em conjunto, uma verdadeira força-tarefa para melhorar essa situação do mosquito da dengue em Teresina. Peço o empenho de todos, sair do campo filosófico para o campo das ações, de todos. Agradecer o governo do Estado o exército brasileiro de estarem juntos conosco nessa tarefa de amenizar esse momento de vulnerabilidade causado pelo mosquito da dengue”, disse o prefeito.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Edimilson Ferreira, detalhou a dinâmica da ação. “Vamos identificar, juntamente a Fundação Municipal de Saúde, os pontos críticos e trabalhar junto as Saads nessa limpeza. Em seguida, entra o exército e os apenados que irão trabalhar nas escolas. Já estamos desenvolvendo um plano para começar a executar junto a essa ação integrada que tem como finalidade barrar a proliferação da dengue”, informou o secretário.

O subsecretário estadual de Justiça, Fanuel Andrade, fala sobre a parceria junto a Prefeitura e destaca o trabalho dos apenados que participarão do mutirão.

“Todos esses internos que vão participar desses mutirões auxiliando a prefeitura de Teresina passam por uma avaliação criteriosa acerca do grau de periculosidade deles. A maioria deles são já, do que chamamos, da comunidade evangélica, aqueles que não participam de organizações criminosas e quem tem um posicionamento destacado, pacífico e ordeiro. Todos eles estão doutrinados em um sistema de procedimentos. A Secretaria de Justiça tem um micro-ônibus para deslocamento de internos que podemos disponibilizar. Em relação a funcionalidade dos internos, eles precisam de uma capacitação para trabalharem nesse mutirão. Mas já sabemos que eles vão para ambientes fechados, serão acompanhados por policiais e pela guarda municipal, estarão todos padronizados e os EPIs já foram entregues”, detalha Fanuel Andrade.

Francisco Carneiro, representando o 25° BC, afirmou que cerca de 30 militares serão efetivados nesse primeiro momento, mas que poderá aumentar o número de agentes mediante necessidade.

“Logo nessa semana o efetivo é de 30 militares, pois estamos em outra operação fora. Mas, logo na outra semana, esse número poderá até quadruplicar, de acordo com o período e o tempo que a missão perdurar. A equipe já participou, anteriormente, de outras operações de dengue, chikungunya e pode apoiar as equipes da vigilância sanitária, o exército como tem aí uma imagem muito boa perante a sociedade brasileira, utilizou-se dessa imagem para abertura das portas das residências para fazer a vigilância sanitária dentro das casas”, disse Carneiro.

O Comitê Operacional que trabalhará em regime de força-tarefa que contará com representantes da Semduh, Saads, Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal de Educação (Semec), Guarda Municipal, Defesa Civil, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Eturb (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano), Sema (Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos), Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), Secretária de Justiça do Estado e Exército, além do CTA (Consórcio Teresina Ambiental) com 1800 pessoas envolvidas.

Prefeitura trabalha no reparo de cratera aberta na avenida Raul Lopes

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Leste (SAAD) Leste, está realizando a obra de reparo da cratera que se abriu na lateral do calçadão da avenida Raul Lopes, nas proximidades de prédios e quiosques. A previsão de entrega é nas próximas semanas.

A cratera se abriu após as fortes chuvas da madrugada de segunda-feira (18). Agentes da equipe de reposição de vias urbanas da Saad Leste já deram início a reconstrução do muro de contenção no local. O engenheiro e fiscal de obras, José Alberto Lustosa, informou que a obra realizada, neste momento, é uma solução definitiva para o problema e deve ser entregue nos próximos 20 dias.

“Estamos fazendo essa vistoria e dando início a essa reconstrução. O muro de contenção que havia aqui foi demolido pela ação das águas da chuva. Daremos uma solução definitiva que deve ser entregue nos próximos 20 dias. E esperamos não ter mais nenhum problema por aqui”, finalizou o engenheiro.

A obra ocorre como planejado, dentro do cronograma. Em poucos dias, quem passa pelo local e usa para a prática de exercício físico receberá o calçadão inteiramente reparado e sem transtornos provocados pelo buraco.