Primeira Sala do Empreendedor foi inaugurada nesta segunda-feira (23), em Teresina

Nesta segunda-feira (23), foi inaugurada a primeira Sala do Empreendedor de Teresina. O espaço que tem o objetivo facilitar o dia a dia do empresário, bem como proporcionar o desenvolvimento dos pequenos negócios do município, fica localizado no prédio onde funciona a SAAD Leste, na Avenida Zequinha Freire, 370, bairro Uruguai. Os atendimentos serão realizados de segunda a sexta-feira, das 07:30h às 13:30h.

Segundo o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, essa é apenas a primeira de muitas Salas do Empreendedor que serão implantadas na capital em parceria com o SEBRAE. “Nossa pretensão é expandir esse atendimento para as demais zonas da nossa cidade. Estamos passando por um momento difícil por conta da pandemia e consequentemente parceiros como o SEBRAE proporcionam mais espaços aos microempreendedores, que são os principais geradores de emprego e renda não só na nossa cidade, mas em todo o país”, esclarece o prefeito.

Dentre os serviços que serão oferecidos na Sala do Empreendedor estão: atendimento do MEI, consultoria gratuita, seja financeira e administrativa, dicas de facilidades e vantagens, emissão de guias, parcerias com bancos e agências de fomento às facilidades em crédito, alteração de dados cadastrais, palestras, divulgação do mapa de oportunidades do município para o empreendedor e muito mais.

De acordo com a secretária executiva da Semdec, Lenôra Capelo, a Sala deve atender aos empreendedores de forma rápida e com menos burocracia. “Esse será mais serviço público que vai diretamente ao encontro da população empreendedora do município, e que vai informar e orientar os serviços de forma objetiva, simples e eficaz. Além disso, ela é um instrumento estratégico de desenvolvimento local, pois sua instalação prevê um conjunto de ações focadas no desenvolvimento de novos negócios e no fomento da economia do município”, pontua.

O diretor presidente do SEBRAE, Mário Lacerda, afirma que esta inauguração é um marco significativo para Teresina. “No estado do Piauí já temos mais de 90 Salas do Empreendedor, e nossa capital ainda não tinha a sua, e agora na gestão do Doutor Pessoa estamos inaugurando a primeira Sala com a perspectiva de que também se multiplique para as demais regiões da cidade. Esse é mais um ponto de articulação e melhoria do ambiente de negócios especialmente para o pequeno empreendedor, empreendedor informal e para o microempreendedor individual”, finaliza o diretor.

A ação é uma parceria da Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), juntamente com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

Foto: Divulgação (Rômulo Piauilino)

1ª edição do Projeto Feira das Praças iniciou nesta sexta (20), e segue até sábado (21), na Praça Saraiva

A Praça Saraiva, local onde está sendo realizada a feira, recebeu melhorias estruturais executadas pela SAAD Centro Fotos(Rômulo Piauilino/ Semcom)

Com o objetivo de apoiar e fortalecer cada vez mais o empreendedorismo na cidade de Teresina, iniciou nesta sexta-feira (20), e segue até este sábado (21), a 1ª edição do Projeto Feira das Praças. A ação, que está sendo realizada na Praça Saraiva, acontece das 8h às 20h, obedecendo todos os protocolos de saúde e higiene exigidos no momento.

“Essa edição é apenas uma amostragem, pois esse evento será realizado também nas diversas zonas de Teresina. Todas as SAAD´S, inclusive a SAAD da zona rural estarão envolvidas para revitalizar as praças por onde essa feira passar. Essa é mais uma forma de possibilitar renda aos microempreendedores da nossa cidade, que passaram por muitas dificuldades devido à pandemia. É um evento bastante importante, pois valoriza o social, o econômico e a natureza”, pontua o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa.

A Praça Saraiva, local onde está sendo realizada a feira, recebeu melhorias estruturais executadas pela SAAD Centro. Além da instalação de um novo banheiro público, também foram feitas as pinturas dos bancos, postes, meio-fio, passarela central da igreja, recuperação do piso, instalação de novas lixeiras e o plantio de diversas plantas ornamentais em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam).

“Essa também é mais uma forma de revitalizar os pontos turísticos da cidade, e a Praça Saraiva é um deles, ela nos remete a memória afetiva das antigas feirinhas das décadas de 70 e 80, está aí a importância simbólica de iniciar esse projeto por essa praça”, esclarece o secretário da SEMDEC, Marcelo Eulálio.

Dentre os artigos que estão sendo comercializados por cerca de 30 expositores, estão inseridos produtos de moda, bijuterias, produtos artesanais, produtos personalizados, e muitos outros.

Segundo a feirante, Maria do Amparo Martins, essa foi uma excelente oportunidade de voltar a expor os produtos que se encontravam guardados em sua residência. “Devido à pandemia fui obrigada a parar com a comercialização das minhas peças artesanais que são panos de pratos, bonecas de pano, dentre outros artigos. Fiquei muito animada com a feira, pois é mais uma forma de gerar renda, não só para mim, como também para muitos feirantes que aqui se encontram. Estou tendo um retorno bastante positivo neste primeiro dia, e já pretendo também participar das próximas edições”, afirma Maria do Amparo.

O local conta ainda com a estrutura de uma praça de alimentação com food trucks, palco para as apresentações artísticas e também banheiros químicos.

Toda segurança do espaço será realizada pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar.

O evento é uma realização da Prefeitura de Teresina, com execução da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), e que conta com a parceria da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal Economia Solidária (SEMEST), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas integradas (SEMCASPI), SENAR, SEBRAE, dentre outras.

SAAD-Leste anuncia construção de maior pista de skate do Piauí

Rayssa Leal, Kevin Hoefler e Pedro Barros, brasileiros medalhistas do skate street, na última edição dos Jogos Olímpicos, em Tóquio, acenderam a chama olímpica no coração de muitos jovens de Teresina. Para incentivar futuros atletas da capital, a Superintendência das Ações Descentralizadas Leste (SAAD-Leste), por meio da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), vai construir a maior pista de skate do Piauí, com 1.250m² e 6 obstáculos, dentro dos padrões olímpicos. A pista será implantada na Praça Arimateia Tito Filho, bairro Jóquei, zona Leste de Teresina.

Segundo o gerente de obras e serviços da SAAD-Leste, Paulo Nunes Cordeiro, o valor do recurso é de R$ 800 mil, oriundo do Ministério da Cidadania, direto para Prefeitura de Teresina, por indicação da Confederação Brasileira de Skate (CBSK) e a Federação do Piauí. A gerência de obras é responsável pelo desenvolvimento do orçamento para a licitação, além de fiscalizar a fase de execução da obra.

“A equipe técnica da SAAD-Leste, composta por arquitetos e engenheiros, foi responsável por elaborar o projeto básico de arquitetura (levando em consideração o recurso liberado), desenvolvido em conjunto com o presidente da associação dos skatistas, Tiago Costa. A escolha do local, também foi definida em conjunto, levando em consideração o fácil acesso para os usuários e praticantes do esporte, que geralmente utilizam transporte público para locomoção”, explicou Paulo Nunes.

Assistência social da SAAD Leste, abordando moradores locais onde será construída a pista de Skate. (Foto: Saad/Leste)

O gerente de obras acrescentou que como a pista será implantada em uma praça existente, 70% de sua vegetação será preservada, o que ajudará no microclima do espaço, e não impactará os moradores do local.

“É importante informar que estamos seguindo um controle rigoroso em todo o processo. Esta será a maior pista a ser implantada por aqui, o que incentivará o uso e prática do esporte”, destacou Nunes.

Tiago Costa, presidente da Federação Piauiense de Skate informou que há um importante projeto social chamado ‘Skate Escola’, onde a Federação trabalha há 20 anos e tem o intuito de treinar atletas, abraçando, também, a questão social.

“Vemos que o projeto Skate-Escola, realmente, muda a vida das pessoas. Não só dando oportunidade de lazer, como acompanhando a formação de caráter, e, às vezes, até sentimental dos atletas. Muitas das crianças que frequentam, não têm um lanche em casa e vão procurar a escola por isso. Toda esta estrutura que a Prefeitura irá fornecer é importante e vem engrandecer muito o esporte piauiense, atendendo também o lado mais fragilizado, que é o social”, relatou Tiago.

De acordo com o gerente de habitação da SAAD-Leste, Helder Cronemberger, o órgão entende a sua participação nos projetos sociais tão fundamentais na construção da cidadania, da criação de oportunidades para crianças e jovens excluídos e marginalizados, criando assim, uma perspectiva de futuro melhor, através do esporte.

“É necessário que busquemos possibilitar que crianças e jovens vivenciem atividades esportivas, e, acima de tudo, o direito de poder brincar e se divertir, se sociabilizar com os demais, criando vínculos de amizade, afastando-os e os conscientizando do perigo das drogas”, ressaltou Helder.

Prefeitura inaugura na segunda-feira (23), a Sala do Empreendedor

Com o objetivo de facilitar o dia a dia do empresário, bem como proporcionar o desenvolvimento dos pequenos negócios em Teresina, será inaugurada na próxima segunda-feira (23), às 8h, a Sala do Empreendedor. O espaço ficará localizado no prédio onde funciona a SAAD Leste, na Avenida Zequinha Freire, 370, bairro Uruguai.

“A Sala deve atender aos empreendedores de forma rápida e com menos burocracia. Além disso, ela é um instrumento estratégico de desenvolvimento local, pois sua instalação prevê um conjunto de ações focadas no desenvolvimento de novos negócios e no fomento da economia do município”, esclarece a secretária executiva da SEMDEC, Lenôra Campelo.

Dentre os serviços que serão oferecidos estão: atendimento do MEI, consultoria gratuita, seja financeira e administrativa, dicas de facilidades e vantagens, emissão de guias, parcerias com bancos e agências de fomento às facilidades em crédito, alteração de dados cadastrais, palestras, divulgação do mapa de oportunidades do município para o empreendedor e muito mais.

“Esse será mais serviço público que vai diretamente ao encontro da população empreendedora do município. O espaço procura informar e orientar os serviços de forma objetiva, simples e eficaz”, finaliza a secretária executiva.

A ação é uma parceria da Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), juntamente com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

Foto: Divulgação (Semdec)

SAAD-Leste cede quadra para Projeto Esporte Educacional com crianças carentes

Tendo em vista que o esporte educacional nas comunidades mais carentes contribui na prevenção de graves problemas sociais, como no combate à violência, evasão escolar, ao uso de drogas e à exclusão social, a Superintendência das Ações Descentralizadas Leste (SAAD-Leste), por meio da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), cedeu a quadra do bairro Parque Mão Santa, zona leste de Teresina, para o Projeto Esporte Educacional Parque Mão Santa.

Quadra foi cedida para o Projeto Esporte Educacional Parque Mão Santa (Foto: Ascom/SAAD Leste)

O gerente de controle e fiscalização da SAAD-Leste, Francisco Brandão, explicou que o órgão busca apoiar programas e projetos esportivos que venham a contribuir na formação de crianças e adolescentes, evitando a marginalização social.

“Buscamos apoiar e incentivar programas como este, pois sabemos que a prática orientada de esportes, em comunidades pobres, é fundamental para o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças e dos adolescentes, associada à melhoria da saúde e à prevenção da marginalização social. Muitos destes projetos encontram situações que não satisfazem ora por necessidade de profissional habilitado, ora por inadequação de espaço físico. Por isso, a importância de cedermos o espaço às crianças”, enfatizou Brandão.

De acordo com Carlos Estevão Osório, policial militar e coordenador do projeto que acolhe 25 crianças, de 7 a 12 anos, a ideia principal foi tentar combater os efeitos da violência e o desvio de conduta das crianças do bairro, criando há 4 meses, o projeto esportivo que tem como atividade inicial o futebol.

“Eu vi de perto a carência de muitas crianças que ficavam sem nenhuma ocupação, sem alimentação adequada e sem orientação familiar, soltas na rua. Nossos treinos são baseados nos vídeos do Mateus Palhinha, do YouTube, mas estamos precisando também de apoio da sociedade. Um dos garotos participantes, de 11 anos, tem a mãe usuária de drogas, e tudo isso tem nos sensibilizado para enfrentarmos a situação, pedindo mais apoio”, frisou Carlos Estevão.
Segundo o coordenador, os jovens atletas precisam de lanches, kits completos para a prática do futebol, como uniformes (camisas, chuteiras, calções e meiões), e também um profissional capacitado, que é essencial no reconhecimento das aptidões, na descoberta do potencial individual dos meninos e em outras atividades esportivas que ainda possam surgir, além do futebol.

Projeto Esporte Educacional Parque Mão Santa acolhe 25 crianças, de 7 a 12 anos (Foto: Ascom/SAAD Leste)

“Estamos precisando de algo básico como uniformes, lanches e um voluntário que treine os garotos, e assim, descubra nossos talentos escondidos. Também estamos recebendo garotas, caso alguma se interesse. É importante lembrar que todos os participantes devem estar matriculados em escolas e possuir 80% de frequência e aproveitamento escolar”, ressaltou Carlos Estevão.

Os treinos acontecem segunda, terça e quinta-feira, de 16h30 às 18h30, e no sábado, a partir das 8h. Quem tiver interesse em ajudar o Projeto Esporte Educacional Parque Mão Santa, deve entrar em contato através do telefone (86) 99502-9293 e falar com Carlos Estevão.

Zona Leste terá R$ 3,5 milhões investidos em obras do Orçamento Popular

Em reunião com os conselheiros eleitos pelas comunidades da zona leste de Teresina, a coordenação do Orçamento Popular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) definiu a lista de obras que serão contempladas em 2022, com recursos que somam R$ 3,52 milhões.

As obras eleitas incluem calçamento de várias ruas, construção de praças, instalação de academias populares e ainda a construção de unidades habitacionais em vários bairros da zona leste, que serão executadas pela Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas da Zona Leste (SAAD Leste).

A coordenadora do Orçamento Popular, Karina Portela, ressalta que os conselheiros levantaram, junto às comunidades, as obras consideradas prioritárias e, dessa lista, foram eleitas as que eram possíveis de serem realizadas dentro do orçamento. “Estamos felizes por ver a comunidade tão empenhada e, como já disse o prefeito Doutor Pessoa, vamos fazer de tudo para entregar essas obras o mais rápido possível para a população”, disse Karina.

(Foto: Ascom/SAAD Leste)

O Orçamento Popular em vigência na Prefeitura de Teresina soma R$ 21 milhões em recursos próprios, distribuídos para todas as zonas urbanas e rurais da cidade.

“A integração entre as comunidades e a Prefeitura é uma das metas dessa nova gestão. O Doutor Pessoa sempre enfatiza isso com seu secretariado. É por isso que ele tem como meta dobrar os recursos do Orçamento Popular para os anos seguintes, porque essa é uma ferramenta fundamental para estreitar os laços da população com o poder público”, acrescentou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Edmilson Ferreira.

(Foto: Ascom/SAAD Leste)

Veja abaixo a lista detalhadas de obras eleitas na zona Leste:

– Ampliação de galeria no bairro Pedra Mole, no valor de R$ 160 mil.

– Construção de calçamento nas ruas Senador Alberto Silva, Santa Filomena, Rua Teresa Brito, Boa Esperança e Santa Luz. O serviço totaliza 3.400 metros quadrados de calçamento e soma R$ 300 mil.

– Construção de passeio para a prática de cooper em frente à escola Mário Faustino, bairro Tabajaras. Serão 500 metros de calçada, orçados em R$ 130 mil.

– Construção de bueiro de 15 metros entre as Ruas Branca e 9 de maio, no bairro Satélite, com valor de R$ 100 mil.

– Construção de 2.050 metros de calçamento na Rua Anastácio, bairro Pedra Mole, com orçamento de R$ 185 mil.

– Construção de três unidades habitacionais no bairro Tabajaras, com valor total de R$ 180 mil.

– Construção de campo de futebol society na Rua Serrinha, bairro Tabajaras. A obra inclui terraplanagem, nivelamento e traves, com valor total de R$ 30 mil.

– Construção de galeria de 40 metros no bairro Satélite, com orçamento de R$ 100 mil.

– Construção de um espaço cultural (praça com palco) na Rua 14 do bairro Pedra Mole, no valor de R$ 150 mil.

– Construção de praça na Avenida Gurupá, bairro Pedra Mole, no valor de R$ 150 mil.

– Construção de 1.700 metros quadrados de calçamento nas ruas 7,8,10 e 11 do bairro Pedra Mole, no valor de R$ 150 mil.

– Construção de 1.550 metros quadrados de calçamento nas ruas Canaã e Projetada, bairro Tabajaras, no valor de R$ 140 mil.

– Construção de quadra com alambrado e iluminação no bairro Piçarreira, no valor de R$ 200 mil.

– Construção de 1.700 metros quadrados de calçamento na Rua São Luís, bairro Socopo, no valor de R$ 150 mil.

– Construção de 1.700 metros quadrados de calçamento na Rua Alcides Lebre, bairro Morros, no valor de R$ 150 mil.

– Construção de 2 mil metros quadrados de calçamento na Rua Contabilista José do Amparo, no Vale Quem Tem, no valor de R$ 180 mil.

– Construção de três unidades habitacionais no bairro Pedra Mole, com valor total de R$ 180 mil.

– Construção de 1.700 metros quadrados de calçamento nas ruas Ciriaco e Cigarra, bairro Pedra Mole, no valor de R$ 150 mil.

– Construção de 1.700 metros quadrados de calçamento nas ruas Fogo Pagô, São Raimundo e Mata Bela, bairro Tabajaras, no valor de R$ 150 mil.

– Implantação de academia popular, no valor de R$ 60 mil, na Praça Senador Bernardino Viana, bairro Noivos.

– Construção de 2.220 metros quadrados de calçamento nas ruas Santo Expedito, Encantada e São Tomaz, no valor de R$ 200 mil.

– Construção de praça com palco, com orçamento de R$ 130 mil na Quadra 25 do Vale do Gavião.

SAAD-Leste autoriza evento infantil “Bora pra Praça?” na Praça do Prefeito

Um dos diversos mecanismos para se (re)pensar o espaço urbano é a revitalização das praças públicas. Por este motivo, a Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Superintendência das Ações Descentralizadas Leste (SAAD-Leste), autorizou o evento infantil gratuito “Bora pra praça?”, que acontece hoje (17), às 16h30, na praça 16 de agosto (Praça do Prefeito), no bairro São Cristóvão, zona Leste de Teresina.

De acordo com o gerente de fiscalização da SAAD- Leste, Francisco Brandão, o órgão, além de reformar com melhorias na estrutura física, busca uma série de ações que coloquem as crianças em contato com o espaço urbano, entendendo a importância no quesito de integração à formação do indivíduo e no aumento da qualidade de vida dos teresinenses.

“Incentivamos ações como esta que contribuem para que os pequenos ampliem seu conhecimento sobre o lugar onde vivem e para que ocupem o espaço público com atividades saudáveis”, destacou Brandão.

Lavínia Noronha, uma das organizadoras do evento, explicou que o intuito é que as pessoas voltem a frequentar lugares como antigamente e que as crianças brinquem livres, se conectando com segurança.

“No evento de hoje, teremos diversas atrações como o Lagarta Pintada, Lilica e o Palhaço Sardinha, que são muito apreciadas pelas crianças. Tudo começou quando sentimos a necessidade de reunir amiguinhos dos filhos para lanche na praça e agora a ideia se ampliou para mais famílias, seguindo os protocolos sanitários, exigidos por conta da Covid-19. Achamos essencial essa escuta da infância e buscamos entender a necessidade das crianças no desenvolvimento como ser humano. Isso tudo pode trazer um olhar novo das pessoas e é fundamental para que todas as parcelas da sociedade sejam contempladas com ações direcionadas ao bem estar”, frisou Lavínia.

SAAD-Leste reforça limpeza dos cemitérios para o Dia dos Pais

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência das Ações Descentralizadas Leste (SAAD-Leste), reforçou ações de limpeza e pintura dos três cemitérios (Morros, Santa Mônica e São Judas) em virtude do Dia dos Pais, comemorado neste domingo, dia 8 de agosto. O serviço dos agentes de limpeza incluiu: capinação, poda, varrição, pintura, limpeza e retirada de entulhos.

Segundo o gerente de serviços urbanos da SAAD-Leste, Renato Lopes, os cemitérios sempre passam por serviços de usuais de limpeza e manutenção, durante o ano todo, mas são intensificados em datas comemorativas como Dia dos Pais, Dias das Mães e Dia de Finados.

“Desde o primeiro dia da gestão da SAAD-Leste, as equipes vêm atuando fortemente na revitalização e manutenção dos cemitérios para receber os visitantes, sendo que, em breve, teremos mais melhorias, como a grande reforma do Cemitério Santa Mônica, que será, futuramente, ampliada aos outros cemitérios da zona Leste”, destacou o gerente.

De acordo com Renato Lopes, a ideia é atender a população de uma região muito carente, localizada no bairro Pedra Mole. Ele explicou que no cemitério Santa Mônica está sendo construída uma área administrativa, com depósito, arquivos, sala administrativa, recepção, banheiros adaptados, tudo para receber a população com dignidade.

“O cemitério é situado numa região muito pobre e, muitas vezes, as famílias não têm espaço físico em casa, para velar seu ente querido. Isto sem contar com as mortuárias que exigem um valor altíssimo, e que muitas famílias não podem pagar. Sensível a tudo isso, o superintendente James Guerra, resolveu criar uma sala de velório para os munícipes. O cemitério será murado para dar mais segurança e também impedir que se transforme em um espaço para descarte irregular de lixo, um problema crônico de nossa cidade”, destacou Lopes.

A SAAD-Leste alerta a população que vai visitar os cemitérios para cumprimento necessário das medidas de segurança sanitária e sobre extremos cuidados de prevenção à Covid-19. É necessário que o visitante leve seu próprio álcool em gel e continue mantendo o afastamento mínimo de 2 metros, para não gerar aglomeração.

Renato Lopes, gerente de serviços urbanos da SAAD-Leste / Foto: Divulgação (SAAD Leste)

SAAD-Leste disponibiliza estrutura para II Festival de Pipas

A Superintendência das Ações Descentralizadas Leste (SAAD-Leste), por meio da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), está disponibilizando banheiros públicos ao II Festival de Pipas de Teresina. O evento acontece no domingo, dia 1º de agosto, a partir das 8h, na avenida Ulisses Marques, por detrás da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Segundo o gerente de Controle e Fiscalização da SAAD-Leste, Francisco Brandão, o órgão visa incentivar a prática esportiva na zona Leste, mas em locais seguros, que possibilitem a prática de soltar pipas com segurança, para realização de festivais.

“A SAAD-Leste incentiva as práticas esportivas saudáveis, mas a segurança dos eventos será tratada como deve ser: com seriedade e responsabilidade. Sabemos que o “Pipódromo”, local adequado para empinar pipas, deve ser estabelecido em um local aberto, que não possua redes de energia elétrica e nem fluxo intenso de carros, ciclistas e pedestres, para não ocasionar acidentes. Além disso, eventos assim têm importante fator socioeconômico, já que existe um comércio de ambulantes, vendas de pipas e acessórios. A ideia é ajudar estas famílias que sofreram e ainda sofrem danos econômicos, em virtude da crise da pandemia.”, explicou Brandão.

SAAD-Leste vai incentivar a prática esportiva na zona Leste em locais seguros. (Foto: Ascom/Saad Leste)

João Ronaldo Araújo, um dos administradores da Associação da Pipa Esportiva de Teresina (APE-THE), informou que esta é a primeira vez que há um apoio real da gestão pública para os eventos desenvolvidos por eles.

“Há 7 anos, iniciamos com um pequeno grupo de pipeiros, para que pudéssemos praticar o esporte e também fortalecer uma amizade. Depois disso, realizamos alguns eventos, mas nunca encontramos alguém do setor público que pudesse nos apoiar. Agora, estamos precisando de uma estrutura, como banheiros públicos, para oferecer uma forma higiênica e confortável de atender visitantes. Também viemos pedir um local apropriado para o evento e tivemos um pronto atendimento da SAAD-Leste. Seguiremos com a determinação da exigência do uso de máscaras e álcool em gel, durante o festival”, afirmou João Ronaldo Araújo.

Antonio Samuel Felipe Soares, também integrante da APE-THE, complementou dizendo que o grupo está buscando ações para a regularização e transformação da imagem da pipa, em algo positivo e de valor aos teresinenses, para sair da clandestinidade e, com isso, evitar acidentes.

“A pipa esportiva é um patrimônio da cidade, onde a sua prática – além de admirada e respeitada – também dá suporte financeiro a muitas famílias. A APE-THE acredita que através desta união, uma conduta apropriada e a regularização da prática, a pipa poderá, finalmente, sair da clandestinidade e da marginalidade, se transformando em um esporte seguro e patrimônio cultural teresinense”, destacou Samuel Felipe.

Praças da avenida Nossa Senhora de Fátima são adotadas pela Kazoly

Empresa Kasoly assinando adoção das praças na SAAD-Leste Foto(Ascom/SAAD Leste)

A Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), por meio da Superintendência das Ações Descentralizadas Leste (SAAD-Leste), está dando início hoje (22), às obras das praças da avenida Nossa Senhora de Fátima, através do projeto “Adote uma praça”.

A empresa piauiense Kazoly Plásticos, indústria de reciclagem de plásticos e fabricante de embalagens, adotou duas praças públicas da zona Leste, com o intuito de humanizar e padronizar os espaços, buscando parcerias com a sociedade civil e seguindo os três pilares do desenvolvimento sustentável: desenvolvimento econômico, desenvolvimento social e proteção ambiental.

De acordo com o gerente de Controle e Fiscalização da SAAD-Leste, Francisco Brandão, a empresa, além de reformar, deve seguir com padronização da mobília urbana, cuidando do jardim, mantendo a iluminação urbanística e desenvolvendo atividades que incentivem uma vida sustentável, ajudando a mitigar os danos econômicos, em virtude da crise ocasionada pela pandemia da Covid-19.

“Esta é uma parceria importantíssima e que todos sairão ganhando. A Kazoly adotou estas duas praças da Nossa Senhora de Fátima e alugou um espaço próximo, onde irá funcionar o Instituto Kazoly, que terá um ecoponto, um espaço que permite à população o descarte de resíduos, possibilitando a destinação correta desses materiais ao fazer a coleta seletiva. Com isso, as pessoas poderão trocar créditos obtidos no ecoponto por produtos de higiene pessoal, limpeza, produtos veterinários, flores, maquiagem, costura e muito mais”, explicou Francisco Brandão.

Segundo o gerente, outro aspecto importante é o avivamento da praça como espaço para as crianças.
“A SAAD-Leste reafirma a importância de ações que colocam as crianças em contato com o espaço urbano, contribuindo para que os pequenos ampliem seu conhecimento sobre o lugar onde vivem e para que ocupem o espaço público através de atividades saudáveis, passando uma mensagem muito importante a todos: a cidade também é das crianças”, frisou Brandão.

Nas praças adotadas haverá uma programação infantil semanal, que atenderá a ludicidade na educação infantil, com brincadeiras, palhaços, contação de histórias e outras atividades. O Instituto Kazoly terá uma jardineira que buscará nas escolas 80 crianças pela manhã e 80 à tarde, para ensinar sobre consciência ambiental, falar sobre o descarte correto e a separação de lixos e incentivá-las a usar o crédito de sua casa para criar um animal.