SAAD Norte já notificou 50 proprietários de terrenos abandonados em Teresina

A Prefeitura de Teresina, através da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Norte) segue intensificando as ações contra a dengue e já notificou 50 proprietários de terrenos baldios no período de janeiro até o dia 11 de maio deste ano.

Somente entre os dias 26 de abril a 11 de maio, um total de 10 terrenos abandonados foram identificados e os donos receberam notificação para regularizar os seus respectivos locais.

A SAAD Norte destacou ainda que a população já denunciou outros terrenos baldios próximos as suas residências e os proprietários vão ser notificados para realizar a devida limpeza no local.

É importante relembrar que, segundo a Lei Complementar N° 3.610 de 11 de janeiro de 2007, compete ao proprietário do imóvel ou ao seu ocupante, a execução e conservação de muros e cercas, bem como a obrigação de mantê-lo capinado, drenado, murado em perfeito estado de limpeza, evitando que seja usado como depósito de lixo, detritos ou resíduos de qualquer natureza.

Notificação

O processo de notificação começa após a vistoria da equipe, que recebe a denúncia e vai até o local indicado pela população para constatar o fato e fazer o registro fotográfico. Em seguida, é aberto um processo para notificação do proprietário do terreno com um prazo de dois a 30 dias para ele realizar as alterações necessárias no local, o prazo é estabelecido com base nos serviços que devem ser feitos no terreno.

Caso o dono do local não cumpra com o que foi determinado pela Prefeitura de Teresina, ele vai ter que pagar uma multa, que o valor varia de R$ 666,02 a R$ 3.832,64, dependendo do grau da infração.

De acordo com o superintendente Daniel Carvalho, da SAAD Norte, é importante que cada morador realize a limpeza na sua residência e colabore com a gestão do prefeito Dr. Pessoa, que intensificou a limpeza das ruas em todos os bairros da zona Norte de Teresina.

“Nosso objetivo não é punir, queremos apenas a ajuda da população para evitar a proliferação do mosquito da dengue”, destacou o superintendente da SAAD Norte.

Prefeitura de Teresina não cobra para construir gavetas em cemitérios

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Norte (SAAD Norte), reforça que a gestão do prefeito Dr. Pessoa não cobra para fazer gavetas nos cemitérios da região. O único valor que é cobrado pela Prefeitura de Teresina é o do terreno onde são sepultados os corpos.

A SAAD Norte é responsável por quatro cemitérios e o valor do terreno varia em cada local. No Cemitério Santo Antônio, no bairro Buenos Aires, a quantia cobrada é de R$ 404,00, já nos cemitérios da Santa Maria, na Santa Maria da Codipi e São João Batista, no bairro Santa Maria das Vassouras, é R$ 214,00. Já o cemitério do Poti Velho não possui mais espaço para sepultar pessoas.

Mesmo que a prefeitura seja responsável apenas pela venda do terreno, só é permitido o sepultamento após a construção da gaveta, conforme foi determinado pelo Decreto N° 1.365, de 1º de dezembro de 1989, e editado pela então superintendente da SAAD Norte, Ana Paula Santana, em 2 de março de 2021.

Vale ressaltar que as gavetas são construídas por construtores que ficam no interior dos cemitérios e não possuem vínculos com a gestão municipal. Geralmente, os trabalhadores cobram cerca de R$ 900,00 pelo serviço e usam os seguintes materiais na construção: um saco de cimento, 30 latas de areia, três lajes e quatro filas de tijolos, além do valor de R$ 300 para os responsáveis por cavar a sepultura e R$ 200 para o pedreiro.

Quando o corpo é considerado indigente, a prefeitura ressalta que tem a responsabilidade de adquirir o terreno e arcar com a taxa da gaveta para sepultar o cidadão.

O superintendente Daniel Carvalho, da SAAD Norte, destacou a importância de relembrar aos teresinenses que não é de responsabilidade da gestão municipal cobrar pela construção de gavetas nos cemitérios.

“Muitas pessoas ainda culpam a prefeitura pelo preço que os pedreiros cobram no cemitério para fazerem as gavetas, mas isso é um serviço particular, cada pedreiro coloca o seu valor. A prefeitura só tem controle do preço do terreno de cada cemitério”, informou o superintendente Daniel Carvalho.

SAAD Norte inicia reforma no campo de futebol do Parque Wall Ferraz

A Prefeitura de Teresina através da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Norte) está realizando a reforma do campo de futebol do Parque Wall Ferraz, ao lado da Escola Marista, na região da Grande Santa Maria.

No local, as equipes da SAAD Norte estão executando os serviços de melhorias na acessibilidade e arquibancadas, além da reforma dos vestiários. A obra está orçada em R$ 161.917,01. Até o momento, cerca de R$ 80.694,77 já foram investidos no local.

Atualmente, a Prefeitura de Teresina iniciou a fase de intervenções na parte de passeio do campo de futebol, que vai ser feita com pedras portuguesas.

O superintendente Daniel Carvalho, da SAAD Norte, destacou que as mudanças no lugar vão ser importantes para a população do Parque Wall Ferraz, que agora vai contar com mais um espaço de lazer reformado pela gestão do prefeito Dr. Pessoa.

“Iniciamos mais uma obra na zona Norte. A reforma do campo de futebol, que é conhecido como campo de futebol do Marista, está acontecendo. Outra ação que foi solicitada pelos moradores e atendida pelo prefeito Dr. Pessoa”, finalizou o superintendente Daniel Carvalho.

Prefeitura dá início à limpeza no cemitério Santo Antônio

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Norte, iniciou, dia 26 de abril, a limpeza no cemitério Santo Antônio, localizado no bairro Buenos Aires.

No local, as equipes da SAAD Norte estão realizando o serviço de capina e poda de árvores. É importante reforçar que os demais cemitérios da região já foram limpos pela Prefeitura de Teresina.

O superintendente Daniel Carvalho, da SAAD Norte, reforçou que a limpeza do local já havia sido programada anteriormente, após pedidos da população.

“Assim como já realizamos a limpeza nos demais cemitérios, agora chegou a vez do que fica no bairro Buenos Aires. A população já havia solicitado o serviço e ontem iniciamos os reparos. Esta é mais uma demanda dos moradores da região sendo atendida pelo prefeito Dr. Pessoa”, finalizou o superintendente Daniel Carvalho.

SAAD Norte vai realizar intervenções para melhorar a infraestrutura da Rua João de Oliveira

A Prefeitura de Teresina, através da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Norte), vai iniciar uma série de intervenções na Rua João de Oliveira, localizada na Vila Padre Humberto, na região da Santa Maria. O objetivo dos serviços na via é melhorar a infraestrutura para os moradores do local.

Inicialmente, as equipes da SAAD Norte vão realizar uma limpeza na rua, já que na via possui muito mato e está quase intrafegável. Após as intervenções consideradas urgentes, a superintendência vai pedir autorização da Prefeitura de Teresina para iniciar o processo de pavimentação da Rua João de Oliveira.

Vale ressaltar que outras vias que ficam na região da Santa Maria já foram contempladas com pavimentação somente neste ano.

Para o superintendente Daniel Carvalho, da SAAD Norte, as intervenções na rua vão ser importantes para a população da Vila Padre Humberto, pois há anos esperam pelas mudanças.

“Faz muito tempo que a população do local pede melhorias. Como a gestão do prefeito Dr. Pessoa já realizou várias intervenções em diversas vias da região, agora chegou a vez da Rua João de Oliveira. O nosso papel é escutar os teresinenses e executar as demandas que estão sendo solicitadas”, destacou o superintendente da SAAD Norte.

Combate à Dengue: Reeducandos do Sistema Prisional começam a atuar na 2ª feira

A Prefeitura de Teresina inicia, nesta segunda-feira (2), o trabalho dos reeducandos do Sistema Prisional na Operação de Combate à Dengue.

Os reeducandos atuarão na limpeza das escolas e creches municipais, com Equipamento de Proteção Individual (EPI), ferramentas, alimentação, água e transporte fornecidos pela Prefeitura de Teresina.

O coordenador da Operação, secretário Edmilson Ferreira, frisa que os reeducandos não entrarão nas residências, pois essa parte do trabalho será realizada pelos agentes do Centro de Zoonoses e pelo Exército.

A Operação de Combate à Dengue teve início no dia 18 de abril e reúne vários órgãos da Prefeitura, como a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), que coordena a ação, as Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs), a Fundação Municipal de Saúde (FMS), a Secretaria de Educação (SEMEC), a ETURB (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano), SEMCASPI (Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas), Defesa Civil e a Secretaria de Comunicação.

A Prefeitura conta ainda com a parceria da Secretaria de Justiça, que enviará os reeducandos necessários para o trabalho, e do Exército, que será treinado pelas equipes do Centro de Zoonoses para identificar focos de dengue dentro das residências.

“Ressaltamos que essa é uma ação integrada, inédita, pensada para combater o mosquito de forma efetiva. Estamos usando todas as armas possíveis, como determinou o prefeito Doutor Pessoa”, declara o secretário Edmilson Ferreira, coordenador da Operação.

Uma coletiva de imprensa será marcada na segunda-feira, ao meio-dia, para que o gestor explique o cronograma de cada grupo envolvido na Operação. “No primeiro momento, vamos organizar as equipes, entregar os EPIs e as ferramentas, passar as informações necessárias. Depois eles vão começar o trabalho e aí, sim, vamos mostrar como será tudo. Estamos fazendo os ajustes necessários para que essa Operação aconteça da forma mais eficaz e pedimos um pouco de paciência da população e da imprensa nesse sentido”, finaliza o secretário.

Prefeitura de Teresina vai iniciar obras em rua do Mocambinho

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Norte), vai iniciar em breve as obras na quadra 19, do Mocambinho.

Conforme o superintendente da SAAD Norte, Daniel Carvalho, uma equipe vai até o local para analisar a situação da via e começar a realizar os reparos nas sarjetas que estão entupidas.

“A situação da quadra 19, do bairro Mocambinho, vai ser resolvida. Equipes responsáveis pelo serviço vão até o local o mais breve possível para iniciar os reparos nas sarjetas da via que estão entupidas”, detalhou o superintendente.

A SAAD Norte também vai notificar a empresa Águas de Teresina para resolver a questão do vazamento de água presente na via.

Operação conjunta de Combate a Dengue em Teresina começa na próxima segunda

A Prefeitura de Teresina inicia na próxima segunda-feira (2), a partir das 8h30, no bairro Monte Verde, zona Norte, a operação conjunta de combate à dengue, zika e chikungunya em Teresina.

A ação acontece em regime de mutirão onde estarão envolvidas cerca de 300 pessoas entre agentes de saúde, reeducando com acompanhamento da Secretaria de Justiça do Piauí, agentes de limpeza e exército brasileiro. A operação vai acontecer de acordo com o mapa sanitário do Centro de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Fotos: Rômulo Piauilino / Semcom

Segundo Paulo Marques, da gerência de zoonoses o órgão conta com um contingente de 235 agentes de combate a endemias que já fazem visitas as residências e prédios públicos. “Nessa operação vamos continuar fazendo esse serviço e ainda ganhamos ajuda importante de militares do exército para que o trabalho seja executado mais rapidamente. O importante é diminuirmos o número de mosquitos que estão sugando o sangue e contaminando as pessoas com o vírus da dengue, chikungunya e zika”, afirmou.

O Secretário Edmilson Ferreira, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), reforça a importância da força-tarefa que tem como finalidade barrar a proliferação da dengue.

“A operação inicia com as SAADs, atuando com o CTA que é a limpeza, o pessoal da saúde fazendo o fumacê onde tem que ser feito. A limpeza é fundamental para o combate ao mosquito e está sendo realizada em toda a cidade. Estamos contando com apoio dos reeducandos, exército, os agentes de saúde já estão realizando as visitas e todos os ambientes onde estão os focos que precisam ser eliminados”, ressaltou o secretário.

Durante a operação serão realizados divulgação, inclusive com carros de som nos locais onde as equipes atuarão naquele momento.

A operação contará com representantes da Semduh (Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação), Saads (Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal de Educação (Semec), Guarda Municipal, Defesa Civil, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Eturb (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano), Sema (Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos), Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), Secretária de Justiça do Estado e Exército, além do CTA (Consórcio Teresina Ambiental) com 1800 pessoas envolvidas.

Prefeitura reforça as ações de limpeza nos bairros da zona Norte de Teresina

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Norte), está intensificando os serviços de limpeza diários em todos os bairros da região.

No bairro Risoleta Neves, as ruas estão sendo limpas com mais frequência e ações contra a dengue estão sendo reforçadas. Mais de 22 toneladas de lixo já foram retiradas dos bairros da zona Norte de Teresina e cerca de 40 caminhões ajudaram nas ações.

Porém, é importante que a população também ajude a Prefeitura de Teresina na limpeza das ruas e evite jogar entulhos no entorno das vias.

O superintendente Daniel Carvalho reforçou que ações contra a dengue estão sendo feitas em todos os bairros que estão sob a gerência da SAAD Norte, já que a região é a que possui maior incidência de casos da doença.

“Como a zona Norte é a que possui a maior quantidade de casos da doença resolvemos intensificar nas últimas semanas as ações. Ruas de todos os bairros da região, inclusive da Risoleta Neves, estão sendo limpas. A Prefeitura de Teresina, comandada pelo prefeito Dr. Pessoa, está fazendo sua parte e a população precisa ajudar para manter as ruas limpas”, ressaltou o superintendente da SAAD Norte.

Dr. Pessoa reúne secretariado para ação integrada em combate à Dengue

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, reuniu, na manhã desta segunda-feira (25), os secretários das pastas municipais para constituir uma força-tarefa para atuar em regime de mutirão no combate à dengue, zika e chikungunya e na expansão da limpeza da zona urbana e rural da capital. O encontro aconteceu no Salão Nobre, no Palácio da Cidade.

Fotos: Rômulo Piauilino / Semcom

Dr. Pessoa acredita que a união de poderes, por meio da prevenção e tratamento, é uma forma de barrar a proliferação do mosquito em Teresina.

“Com essa força-tarefa esperamos aumentar a prevenção e o tratamento. Vamos discutir sobre esses dois assuntos, que é limpeza geral com todas as SAADs, o exército representado pelo 25° BC, para que, em conjunto, uma verdadeira força-tarefa para melhorar essa situação do mosquito da dengue em Teresina. Peço o empenho de todos, sair do campo filosófico para o campo das ações, de todos. Agradecer o governo do Estado o exército brasileiro de estarem juntos conosco nessa tarefa de amenizar esse momento de vulnerabilidade causado pelo mosquito da dengue”, disse o prefeito.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Edimilson Ferreira, detalhou a dinâmica da ação. “Vamos identificar, juntamente a Fundação Municipal de Saúde, os pontos críticos e trabalhar junto as Saads nessa limpeza. Em seguida, entra o exército e os apenados que irão trabalhar nas escolas. Já estamos desenvolvendo um plano para começar a executar junto a essa ação integrada que tem como finalidade barrar a proliferação da dengue”, informou o secretário.

O subsecretário estadual de Justiça, Fanuel Andrade, fala sobre a parceria junto a Prefeitura e destaca o trabalho dos apenados que participarão do mutirão.

“Todos esses internos que vão participar desses mutirões auxiliando a prefeitura de Teresina passam por uma avaliação criteriosa acerca do grau de periculosidade deles. A maioria deles são já, do que chamamos, da comunidade evangélica, aqueles que não participam de organizações criminosas e quem tem um posicionamento destacado, pacífico e ordeiro. Todos eles estão doutrinados em um sistema de procedimentos. A Secretaria de Justiça tem um micro-ônibus para deslocamento de internos que podemos disponibilizar. Em relação a funcionalidade dos internos, eles precisam de uma capacitação para trabalharem nesse mutirão. Mas já sabemos que eles vão para ambientes fechados, serão acompanhados por policiais e pela guarda municipal, estarão todos padronizados e os EPIs já foram entregues”, detalha Fanuel Andrade.

Francisco Carneiro, representando o 25° BC, afirmou que cerca de 30 militares serão efetivados nesse primeiro momento, mas que poderá aumentar o número de agentes mediante necessidade.

“Logo nessa semana o efetivo é de 30 militares, pois estamos em outra operação fora. Mas, logo na outra semana, esse número poderá até quadruplicar, de acordo com o período e o tempo que a missão perdurar. A equipe já participou, anteriormente, de outras operações de dengue, chikungunya e pode apoiar as equipes da vigilância sanitária, o exército como tem aí uma imagem muito boa perante a sociedade brasileira, utilizou-se dessa imagem para abertura das portas das residências para fazer a vigilância sanitária dentro das casas”, disse Carneiro.

O Comitê Operacional que trabalhará em regime de força-tarefa que contará com representantes da Semduh, Saads, Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal de Educação (Semec), Guarda Municipal, Defesa Civil, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Eturb (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano), Sema (Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos), Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), Secretária de Justiça do Estado e Exército, além do CTA (Consórcio Teresina Ambiental) com 1800 pessoas envolvidas.