SAAD Sudeste realiza reunião com permissionários de bancas fixas do mercado do Renascença II

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Sudeste realizou, na manhã desta terça-feira (26), uma reunião com os permissionários de bancas fixas do mercado do Renascença II. O objetivo do encontro foi conversar sobre a reforma do mercado, a mudança para o espaço provisório e a realização de cursos para que eles se qualifiquem profissionalmente.

Fotos: Ascom Saad Sudeste

A Chefe de Divisão de Habitação, Érica Fernanda, esclareceu que a reunião foi feita para dar suporte e esclarecer as dúvidas dos permissionários. “Nosso maior compromisso hoje é atender vocês. E para isso precisamos do apoio e que vocês entendam como tudo vai acontecer. Queremos também entender as suas necessidades e tirar as dúvidas”, explica.

Para o superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, a reforma do mercado vai ser importante para permissionários e clientes. “As pessoas vão chegar em um mercado novinho, com instalações novas e acessibilidade. Para isso acontecer, vocês precisam mudar para o provisório, onde já tem um espaço esperando vocês”, afirma.

A mudança definitiva para o mercado provisório acontece dia 2 de janeiro. A reforma do novo Mercado do Renascença II inclui instalações elétricas, sanitárias e hidráulicas, sistema de proteção contra descargas atmosféricas e combate a incêndios, estacionamento, rampas de acessibilidade, área exclusiva para cargas e descargas, além da estrutura administrativa e novos boxes e bancadas para os permissionários.

Balneário Curva São Paulo recebe ações constantes da SAAD Sudeste

A Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (Saad) Sudeste vem realizando ações periódicas no Balneário Curva São Paulo para receber clientes e melhorar o trabalho dos permissionários.

A iluminação foi uma preocupação prioritária para a Saad Sudeste que, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) instalou lâmpadas de Led por todo o Balneário.

Também estão sendo feitas limpezas e capinas constantes para que os frequentadores se sintam sempre à vontade em um ambiente limpo e organizado.

Fotos: Ascom Saad Sudeste

Segundo o superintendente da Saad Sudeste, Zé Nito, a intenção é continuar cuidando da Curva São Paulo e revitalizá-la completamente no próximo ano. “A Curva esteve abandonada por muito tempo, mas agora estamos cuidando dela. Estamos elaborando um projeto para revitalizar o Balneário completar ano que vem”, conta.

A Fundação Monsenhor Chaves fez uma festa com música ao vivo, no último domingo (24) e pretende continuar com a diversão. Para o superintendente da Saad Sudeste, ações como essa são essenciais. “Queremos que cada vez mais pessoas frequentem o Balneário. Quando o teresinense pensar em lazer, vai pensar na Curva São Paulo”, conclui Zé Nito.

SAAD Sudeste busca regularização de todos os trailers da região

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas-Sudeste (SAAD Sudeste) está realizando uma ação de regularização de todos os trailers da região. A equipe de fiscalização visita os trailers à noite para verificar se possuem permissão de funcionamento.

De acordo com a Lei 3.610/2007 do Código de Postura do Município, a pessoa interessada deve pedir a permissão de funcionamento à SAAD da sua região, portanto um croqui do local e uma planta do trailer, identidade, CPF e um comprovante de que é proprietário do trailer.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Após a entrada, a gerência de urbanismo da SAAD faz uma vistoria ao local, para verificar condições de acessibilidade, tamanho da calçada, tráfego da região e se o trailer é seguro para os consumidores e proprietários. Então, a permissão de funcionamento é emitida e deve ser renovada todos os anos.

Para o gerente de fiscalização e controle da SAAD Sudeste, Marcelo Vasconcelos, a ação busca a regularização dos trabalhadores. “Quando o trailer não possui permissão, nós orientamos quais os procedimentos para que o trailer seja regularizado. Vamos continuar voltando para fiscalizar e garantir que todos possuam a permissão”, explica.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Zé Nito, superintendente da SAAD Sudeste, afirma que a ação tem o objetivo de trazer mais segurança para todos. “Um trailer que funciona de forma irregular, pode ser muito inseguro para clientes e o próprio dono. Queremos ver todo mundo trabalhando, mas dentro da legalidade”, diz.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Operação tapa-buracos é realizada na zona Sudeste

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste, em parceria com a Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (Eturb), realiza a operação tapa-buracos em várias partes da zona Sudeste.

No momento, as equipes trabalham na Avenida Alcira Ribeiro de Carvalho, no bairro Alto da Ressurreição, parte da Avenida Professor Camilo Filho, no Todos os Santos, e nas ruas 1 e 2, do bairro Deus Quer.

(Foto: Ascom/Saad Sudeste)

O gerente de obras da SAAD – Sudeste, Nairon Soares, explica como o serviço é feito. “Nós mapeamos as vias que mais precisam da operação tapa-buracos, através das nossas visitas aos bairros e ouvindo as demandas da população”, aponta.

(Foto: Ascom/Saad Sudeste)

Para Zé Nito, superintendente da SAAD – Sudeste, a operação é de suma importância na mobilidade urbana e seguirá por diversas ruas e avenidas da região, seguindo um planejamento.

“A operação tapa-buracos traz segurança para pedestres, ciclistas e motoristas. Temos uma vasta programação e aos poucos, vamos chegar a todas as vias que precisam. Nossa equipe está atenta às necessidades da população”, conclui.

(Foto: Ascom/Saad Sudeste)

Moradores do Deus Quer recebem limpeza de fossas sépticas

Dona Belinha Luz mora no Residencial Deus Quer há 32 anos e quando soube que havia um serviço de limpeza de fossas sépticas gratuita, ficou incrédula. “Eu fui tirar essa história a limpo, porque eu estava achando meio difícil uma coisa tão importante dessa”.

Ela foi se informar melhor e descobriu que o serviço existe e é muito fácil de solicitar. Basta o cidadão se dirigir à Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste com as cópias do RG, CPF e comprovante de residência. Após a abertura do protocolo, a equipe realiza uma visita domiciliar e encaminha os dados da família para a empresa, que vai agendar a data da limpeza.“Foi muito simples, bom demais! ”, comemora Belinha.  “Muito bacana, porque não é toda vez que a gente pode pagar para limpar e aparecendo uma oportunidade dessa a gente agarra com tudo”, afirma.

Belinha Luz recebe equipe da SAAD Sudeste (Foto: SAAD Sudeste)

A gerente de habitação da SAAD – Sudeste, Samara Cunha, conta que a prefeitura realiza esse serviço para famílias de baixa renda. “A família precisa ter uma renda de até 2 salários mínimos. Também não há prazo. Agora estamos limpando 20 fossas no Residencial Deus Quer, mas durante o ano inteiro estamos aceitando pedidos de limpeza de fossas de toda a região. É um serviço contínuo”, explica.

Elizângela Ribeiro também mora no Deus Quer e solicitou a limpeza da fossa de sua residência.  “É um benefício para nós, porque nem todo mundo tem renda para fazer essa limpeza e é uma questão de saúde. Principalmente quando chove, as fossas enchem e não temos como pedir para alguém limpar”, conta.

Elizângela Ribeiro faz cadastro para limpeza de fossas. (Foto: SAAD Sudeste)

O superintendente da SAAD – Sudeste, Zé Nito, comenta a importância do serviço. “Limpeza de fossas é saúde! Realizamos esse serviço todo mês e queremos que toda a população da zona sudeste saiba que é muito fácil solicitar. Estamos de portas abertas para todos os moradores”, conclui.

A SAAD – Sudeste fica localizada na Av. Dep. Paulo Ferraz, 1895 – Beira Rio.

Saad Sudeste finaliza projeto de reforma do mercado do Dirceu I

A Superintendência de Ações Administrativas Sudeste já finalizou o projeto de melhorias do mercado do Dirceu I. O projeto agora vai para a fase de licitação e deve ser executado no segundo semestre do ano que vem.

Os recursos, na ordem de R$500.000,00, são oriundos de emenda parlamentar destinada pelo senador Elmano Ferrer. As melhorias incluem serviços de drenagem, instalação de subestação para fornecimento regular de energia, reforma completa dos banheiros e telhados, recomposição dos pisos internos, rebocos, cerâmicas, telhados e pinturas, além da manutenção das calçadas externas.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Segundo o superintendente da Saad Sudeste, Zé Nito, a reforma vai trazer muitos benefícios para a população.

“Estamos correndo com os trâmites legais para começar a obra até o ano que vem. Os permissionários e frequentadores do mercado do Dirceu I há tempos reivindicam essas melhorias estruturais. Nosso projeto contempla as principais demandas da população e comprar no local vai ficar muito mais confortável”, comemora.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Obras de pavimentação avançam na zona Sudeste

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste está executando e dando início a diversas obras de pavimentação em paralelepípedo na região. São aproximadamente 80 mil metros quadrados de calçamento em localidades como Pedro Balzzi, Anselmo Dias e Verde Cap.

Apenas no Pedro Balzzi, são cerca de 21 mil metros quadrados de pavimentação, sendo 22 ruas contempladas. O investimento em torno de R$ 1,3 milhão vai transformar a infraestrutura do local, levando mais qualidade de vida para toda a comunidade.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

António Silva é morador do Pedro Balzzi e compara a situação da sua rua antes e depois do calçamento. “Antes era um lamaçal e, agora, está tudo perfeito. As ruas estão lindas e nós só temos a agradecer a dedicação da equipe”, declara.

Na Vila Anselmo Dias, os moradores estão sendo beneficiados com a pavimentação de todas as cinco ruas. As obras estão em ritmo avançado e contam com investimento aproximado de R$ 750 mil.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Outra obra de pavimentação está em andamento no Conjunto Rodoviários I, no bairro Verde Cap. Lá serão pavimentadas três ruas, totalizando cerca de R$ 30 mil investidos.

Zé Nito, superintendente da SAAD Sudeste, destaca que as obras fazem parte de um plano de desenvolvimento para a região. “Estamos trabalhando para melhorar a acessibilidade e circulação das pessoas pelos bairros. Além das obras de pavimentação em andamento, temos outras já prestes a iniciar e que contemplam diferentes áreas de infraestrutura”, frisa.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Obras a executar

Com contratos já licitados, serão iniciadas, em breve, obras de pavimentação no Todos os Santos, Gurupi, Usina Santana e outros bairros. Também está prevista para começar a reforma do Mercado do Renascença II e a implantação de 20 novas academias populares em praças da região.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Setembro Amarelo: colaboradores da SAAD Sudeste participam de palestra sobre prevenção ao suicídio

Neste mês é realizada, em todo o país, a campanha Setembro Amarelo de Prevenção ao Suicídio. Para reforçar a mensagem deste movimento de valorização da vida, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste (SAAD) promoveu, nesta quarta-feira (15), uma palestra sobre o tema, voltada para os colaboradores da instituição.

Respeitando os protocolos de prevenção à Covid-19, o evento foi realizado ao ar livre, no pátio de estacionamento, e contou com a presença da psicóloga Tamires Rocha e do padre Adão Ribeiro de Oliveira, pároco da Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus.

Segundo Tamires Rocha, o Setembro Amarelo tem grande importância para toda a sociedade. “É uma campanha que faz parte de uma série de estratégias que podemos desenvolver para prevenir o suicídio e, assim, colaborar para que muitas vidas sejam salvas”, pontua.

Com uma reflexão sobre bem-estar espiritual, o padre destaca a fé como importante aliada nessa luta. “A espiritualidade é um dos meios que ajuda na superação da depressão. Isso sem descartar a ciência, que é outro elemento muito importante para a saúde mental”, explica.

O superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, ressaltou o compromisso da administração pública na conscientização sobre os cuidados com a saúde mental. “Entendemos o Setembro Amarelo como uma pauta muito importante para a comunidade e que também deve fazer parte da agenda da nossa instituição. A prevenção ao suicídio deve ser uma responsabilidade de todos e precisamos, cada dia mais, exercitar nossa sensibilidade e capacidade de acolher o próximo”, declara.

Estações e terminais de ônibus serão recuperados em até 45 dias

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Edmilson Ferreira, se reuniu hoje (31) com representantes de todas as Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs) e da Superintendência de Trânsito (Strans), para definir o início dos serviços de limpeza e reforma dos terminais e estações de ônibus de Teresina.

A determinação do prefeito Doutor Pessoa é que esses locais estejam limpos e reformados quando os ônibus voltarem a circular normalmente. Na reunião, ficou definido que a limpeza será iniciada imediatamente e deverá ser concluída dentro de 15 dias. Já as reformas deverão ser finalizadas em até 45 dias, a contar da liberação dos recursos necessários.

Com a redução da frota de ônibus nas ruas devido à pandemia e, em seguida, devido à greve, estações e terminais de ônibus sofreram várias ações de depredação.

O relatório elaborado pela Strans aponta que as estações tiveram os aparelhos de ar condicionado furtados, além de luminárias, cadeiras, lixeiras, vidros, portas e sensores quebrados. A previsão é investir R$ 2 milhões nos serviços de recuperação.

“Temos 61 estações e 8 terminais depredados. Vamos começar imediatamente a limpeza e a recuperação e tudo deve ficar pronto dentro de 45 dias. Algumas estações estão mais conservadas e devem ficar prontas antes desse prazo, outras estão em situação bem crítica e por isso precisam de todo o prazo”, destaca o secretário Edmilson Ferreira.

O gestor acrescenta que a Guarda Municipal já está atuando no sentido de evitar novos casos de vandalismo em estações e terminais de ônibus.

Serão recuperadas 11 estações na Avenida Miguel Rosa, 10 na Avenida Wall Ferraz, 5 na Barão de Gurguéia, 6 na Henry Wall de Carvalho, 4 na Avenida Industrial Gil Martins, 5 na João XXIII, 12 na Presidente Kennedy, 4 na Duque de Caxias e 4 na Rui Barbosa.

Prefeitura de Teresina entrega títulos de regularização fundiária a moradores da zona Sudeste

Após uma longa espera, moradores da zona Sudeste de Teresina conseguiram o tão sonhado título de suas propriedades. Em solenidade realizada, na manhã desta quinta-feira (26), no Teatro João Paulo II, no bairro Dirceu Arcoverde, a Prefeitura de Teresina fez a entrega do documento de regularização fundiária para 44 moradores da região do Alto da Ressurreição e 34 para os do Frei Damião.

Na ocasião, o prefeito Dr. Pessoa reforçou que o intuito da sua gestão é conseguir solucionar o impasse fundiário que atinge cerca de 35 mil teresinenses, que hoje não possuem qualquer direito sobre a área onde residem. A meta é que até o final deste ano, metade da população nesta situação tenha em mãos o título que garanta a posse, de fato e de direito, de suas residências.

“Só na região Sudeste iremos regularizar mais de mil propriedades. Temos um olhar mais objetivo para as pessoas mais vulneráveis, as mais simples. Esse é o nosso modelo administrativo, focado não apenas nas questões econômicas, do emprego e renda, da infraestrutura, mas principalmente, olhando para a execução das políticas públicas da área social”, enfatizou Dr. Pessoa.

A ação corresponde à última etapa do processo de regularização fundiária do município, executada pela Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) da região em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh). Com isso, os moradores terão a garantia de segurança jurídica de suas propriedades e a emissão do registro de imóvel de suas residências.

Segundo o vereador Zé Neto, superintendente da SAAD Sudeste, há ainda a previsão para que outros 825 áreas sejam regularizadas até o mês de novembro. Os recursos deste projeto, estimados em mais de R$ 1 milhão, são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

“A importância dessa iniciativa é que as pessoas estejam com esse título de posse em mãos, dado pelo poder público municipal, elas irão ao cartório, que fará o registro definitivo do imóvel, no sentido de que ele será o dono de fato e de direito da propriedade. Com isso, poderão fazer algum empréstimo, empreender, negociar e morar com mais segurança social e jurídica”, concluiu o gestor.