SAAD – Sudeste envia 180 colaboradores para intensificar a limpeza e evitar desastres no período de chuvas

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Sudeste intensificou o serviço de limpeza nas galerias e bocas de lobo da região. 180 colaboradores estão em campo para reduzir os danos causados pelas recentes chuvas em Teresina.

Um monitoramento completo tem sido realizado com o objetivo de manter esses locais livres de lixo e outros materiais que possam causar alagamentos e inundações, evitando diversos problemas e perdas aos moradores.

As equipes têm realizado um trabalho intenso e contínuo, e esperam um apoio da população, para que evitem o descarte de entulhos que podem trazer transtornos, como na Vila Mariana Fortes onde foi encontrado até geladeiras e fogões.

Para o superintendente da Saad – Sudeste, Zé Nito, com o apoio dos moradores é possível manter as ruas seguras e evitar desastres. “As pessoas precisam entender que a cidade é um bem de todos, quando param de jogar lixo nas galerias estão contribuindo para evitar o surgimento de problemas que podem voltar para eles mesmos ou para suas famílias. Se todos fizerem sua parte podemos diminuir consideravelmente os riscos da região” afirmou.

Para denunciar descarte irregular de lixo, a população pode ligar ou mandar WhatsApp para o Lixo Zero por meio do número (86) 99402-3074. As denúncias são anônimas e devem ser feitas com o máximo de informações possíveis, como horário, local e até fotos e vídeos.

Foto: Divulgação (SAAD Sudeste)

Saad Sudeste discute ações de enfrentamento ao período chuvoso

Equipes da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Sudeste (Saad Sudeste) realizaram uma reunião, nesta quarta-feira (29), para debater as ações de enfrentamento do período chuvoso na capital. O encontro contou com a presença do superintendente executivo José Lopes, e representantes das gerências de Habitação, Fiscalização, Obras e Serviços Urbanos.

Foto: Ascom Saad Sudeste

Os principais problemas ocorrem devido ao entupimento das galerias e bocas de lobos que aumentam bastante no período das chuvas, e por isso a limpeza desses locais têm sido prioridade.

Além da conscientização da comunidade, tendo em vista que muitos desses lixos e entulhos que acumulam e trazem tantos problemas, são descartados pela própria população que não busca um local adequado para se livrar desse material.

“Essa reunião serve para que toda a equipe esteja alinhada e possamos tomar com mais rapidez e agilidade as medidas necessárias para evitar desastres e manter a população segura com essas chuvas que devem seguir aumentando em Teresina”, afirmou o superintendente executivo José Lopes.

SAAD Sudeste recebe repasse para reforma do mercado do Dirceu II

O superintendente de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste, Zé Nito, assinou, nessa terça-feira (28), o convênio com a Caixa Econômica Federal para que seja realizado o repasse da emenda parlamentar do deputado Fábio Abreu, que será utilizado para a reforma do mercado do Dirceu II.

O repasse tem o valor de R$1.337.000,00 e vai permitir uma reforma estrutural. Segundo o superintendente, essa obra era um desejo antigo da população e trará muitos benefícios à região.

“É um projeto muito importante para todos. Sabemos que muitas pessoas utilizam e dependem daquele espaço, por isso temos escutado as reivindicações e vamos garantir as melhorias necessárias para manter o mercado sempre em ótimo funcionamento e com segurança”, afirmou Zé Nito.

Foto: Divulgação (SAAD Sudeste)

“Teremos um Natal de barriga cheia”, diz mãe de 6 crianças ao receber brinquedos e alimentos da Prefeitura de Teresina

Doar é um ato de solidariedade, mas sobretudo de amor ao próximo. Neste ano, a Prefeitura de Teresina lançou a campanha Missão de Natal, com o objetivo de arrecadar alimentos e brinquedos para as famílias carentes da nossa capital, ajudando a tornar a noite de Natal mais feliz.

Prefeito Dr. Pessoa, secretários e equipe escolar / Fotos: Ascom Semduh

Em apenas 10 dias, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) conseguiu reunir quase 600 itens, entre cestas básicas e brinquedos novos. Esse material, juntamente com o que foi arrecadado pela Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas da Zona Sudeste (SAAD Sudeste) e pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEMDEC), foi distribuído para famílias do Residencial Pedro Balzi e da Taboca do Pau Ferrado.

“No Pedro Balzi, foram entregues 200 cestas básicas e 350 brinquedos para famílias cadastradas no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Pedro Balzi. Na Taboca do Pau Ferrado, foram entregues 300 cestas básicas e 400 brinquedos. Nesses locais percebemos o quanto ações como essas fazem diferença para nossa população mais carente. Estamos muito felizes com o resultado, especialmente por levarmos esperança, comida para a mesa dessas famílias e sorrisos para os rostos de nossas crianças”, declara o secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira.

A técnica de enfermagem Alessandra Sousa recebeu uma cesta básica e um brinquedo para o filho Álvaro. “Eu só tenho a agradecer. Gostei muito dessa ação, com certeza está deixando meu Natal mais feliz”, disse.

Mãe de seis filhos, Cristiane dos Santos, não poupou elogios à ação da Prefeitura de Teresina. “Teremos um Natal muito melhor, de barriga cheia. Ganhamos alimentos e brinquedos e estamos muito contentes”, afirmou.

A diretora do CMEI Pedro Balzi, Maria das Dores da Silva, mais conhecida como professora Neide, revelou um pouco da realidade das famílias atendidas pela Missão de Natal.

“Entregar presentes e cestas básicas é muito importante, especialmente na periferia, onde a população vive de subempregos e muitas crianças só receberão esse presente de Natal entregue aqui. A nossa comunidade é muito carente, vive em situações precárias. Muitas vezes, as crianças vêm para a aula sem terem se alimentado em casa porque não têm comida. Aqui, elas comem assim que chegam e comem antes de sair. Por saberem que não vão encontrar comida em casa quando forem para casa, alguns alunos comem tanto aqui, que chegam a vomitar. É muito triste. É por isso que atitudes como essas, de doação de alimentos e brinquedos, são sempre bem-vindas”, conta a diretora.

A entrega dos alimentos e dos brinquedos contou com a participação do prefeito Doutor Pessoa, que garantiu dar ainda mais assistência às famílias carentes da nossa capital no próximo ano. “O Natal é uma data muito importante, mas não podemos nos restringir ao Natal. Vamos continuar com ações sociais para ajudar essas famílias que tanto precisam. Precisamos mudar a realidade das nossas comunidades carentes”, declarou o prefeito.

SAAD Sudeste investiu mais de R$ 11 milhões em ações de melhoria na região

Em 2021, a Superintendência de Ações Administrativas(SAAD) Sudeste trabalhou duro para atender as demandas e melhorar a condição de vida da população da região. São mais de R$ 11,9 milhões investidos em ações de melhoria urbana.

Mais de R$ 4 milhões foram utilizados para a pavimentação de diversos bairros, como o Anselmo Dias, que teve todas as ruas contempladas, outros bairros como Manoel Evangelista, Usina Santana, Pedro Balzi, Parque Poty II e Monte Horebe também receberam obras para desenvolvimento e infraestrutura da região.
O objetivo era colocar mais de 87 mil m² de calçamento, por isso também foram contempladas ruas nos bairros Todos os Santos, Livramento, São Raimundo, Gurupi, Verde Cap, Jardim Europa, Usina Santana, Pedro Balzi, Colorado, São Sebastião, Manoel Evangelista, Loteamento Paulo Carneiro, Parque Poty 2 e Bom Princípio.

Para o superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, a preocupação com calçamento foi algo constante este ano, e os planos são investir ainda mais em 2022. “Este ano teve muito trabalho e empenho de todos para pavimentar o maior número possível de ruas. Só no Pedro Balzi foram 19 vias calçadas. Sabemos que é um desejo antigo de todos os moradores, por isso já possuímos projetos para que o próximo ano seja ainda melhor e todos possam ser contemplados”, afirmou.

Superintendente SAAD Sudeste confere execução de obras. Foto: Ascom SAAD Sudeste

Há ainda um projeto de reforma do mercado do Renascença II, que prevê a revitalização de uma área de 1.338m² com novas instalações elétricas, sanitárias e hidráulicas, SPDA (Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas) e de combate a incêndios. Também será construída área para estacionamento, estrutura administrativa, área exclusiva para cargas e descargas, lixeiras seletivas, rampas de acessibilidade, banheiros masculinos e femininos convencionais e com acessibilidade, boxes e bancas de hortifruti. A mudança dos permissionários para o mercado provisório está prevista para início de janeiro, quando o mercado do Renascença II será demolido para reconstrução.

O mercado do Dirceu I também será reformado. A SAAD Sudeste finalizou o projeto de melhorias que vai para a fase de licitação e deve ser executado no segundo semestre do ano que vem. Os recursos, na ordem de R$ 500.000,00, são oriundos de emenda parlamentar destinada pelo senador Elmano Ferrer. As melhorias incluem serviços de drenagem, instalação de subestação para fornecimento regular de energia, reforma completa dos banheiros e telhados, recomposição dos pisos internos, rebocos, cerâmicas, telhados e pinturas, além da manutenção das calçadas externas.

A avenida Noé Mendes está com as obras aceleradas. O projeto contempla um verdadeiro parque linear com pista de ciclismo, caminhada e corrida, academia popular, muito espaço verde e iluminação de LED. A previsão de entrega é de um ano e está orçado em R$ 8 milhões.

A avenida São Francisco recebeu 1.110 metros de iluminação de LED. Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), o trecho agora está mais seguro para moradores e pessoas que gostam de fazer caminhada no local.

Em parceria com a Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (Eturb), a operação tapa-buracos ocorreu em várias partes da zona Sudeste. O serviço é feito através de um mapeamento das vias que mais precisam, construído com visitas aos bairros e ouvindo as demandas da população. Este serviço traz segurança para pedestres, ciclistas e motoristas que vivem ou passam pela região.

Limpeza
Foram mais de 2.900 ações feitas pela gerência de serviços urbanos (GSU), durante todo o ano de 2021, se intensificando ainda mais no segundo semestre com uma média de mais de 200 atuações por mês para manter uma região habitável e saudável. Ainda atendeu 453 pedidos solicitados pela própria população, demonstrando estar sempre aberta a ouvir o que as pessoas mais precisam.

Ocorreram diversos mutirões de limpeza e reparos em toda a região. As equipes cuidaram das podas de árvores, desobstrução de bueiros e coletas de entulhos, passando pelas avenidas Joaquim Nelson, Jehu Sérvio, Noé Mendes, José Francisco de Almeida, Jornalista Lívio Lopes, Desembargador Manoel Felício, Camilo Filho e outras, além dos cemitérios do Renascença, São Sebastião e São João Batista, assim como as galerias de toda a zona Sudeste.

O acúmulo de lixo tem sido uma preocupação constante, pois leva ao aumento de insetos e animais, além do mau cheiro e doenças. Por isso, de janeiro a dezembro, foram recolhidas mais de 47.000 mil toneladas de lixo, divididas em coletas manuais e mecanizadas para atingir toda a zona.

A Gerência de Habitação da SDU Sudeste (GHAB) também tem feito sua parte nessa missão, garantindo a limpeza de 376 fossas entre janeiro e novembro. A SAAD Sudeste garante a limpeza de fossas para famílias de baixa renda. Para solicitar, é necessário possuir renda de até dois salários mínimos e comparecer ao protocolo, portando cópias do RG, CPF e comprovante de residência.

Fiscalização
A Gerência de Controle e Fiscalização (GCF) da SAAD Sudeste também se empenhou muito durante o ano para garantir o correto cumprimento das leis do município. Por exemplo, ao verificar que os donos de trailers localizados na Praça dos Correios estavam descartando lixo em local inadequado repetidamente, a GCF os notificou e orientou a se livrar corretamente do material dispensável. Afinal, mesmo com a limpeza da praça sendo feita três vezes por semana, o descarte de lixo nas imediações continuava sendo um problema diário, gerando incômodo aos moradores.

Os depósitos irregulares de sucatas também foram alvos da fiscalização. Foi constatada a instalação inadequada de diversos estabelecimentos que violavam o Código de Postura do Município. Segundo a Lei 3.610, não é permitida a permanência de veículos destinados ao comércio de ferro velho, nem sua exposição em calçadas, vias e terrenos públicos. O valor da multa varia entre R$166,00 e R$1.665,00 e pode chegar a R$10 mil, em caso de reincidência.

A remoção de publicidade irregular nas principais avenidas da região Sudeste também tem sido uma preocupação. É previsto na legislação municipal que a exploração dos meios de publicidade nos logradouros públicos, bem como nos lugares de acesso comum, só pode acontecer mediante prévia licença emitida pela Prefeitura de Teresina, por isso fiscalização tem feito a retirada e a aplicação de multas.

O alto número de terrenos baldios chamou a atenção da GCF este ano, notificando mais de 70 proprietários, além de multar mais de 20. O trabalho continua todos os dias. São locais desprovidos de muro, calçada e limpeza, que trazem transtornos aos vizinhos. Por isso, os donos têm a obrigação de manter a propriedade capinada, drenada, murada e em perfeito estado de limpeza, evitando que sejam usados como depósito de lixo, detritos de qualquer natureza ou até mesmo se tornem um esconderijo para infratores. Ao constatar o abandono, o dono desse espaço recebe o prazo de 30 dias para realizar a limpeza, em caso de descumprimento, pode receber um auto de infração e multa.

O superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, avalia o ano de 2021 como positivo. “Organizamos a casa e fizemos muito. Já estamos nos planejando para fazer muito mais em 2022. Sempre pensando no bem-estar da nossa população e na melhoria da qualidade de vida de todos”, conclui o superintendente.

SAAD/Sudeste intensifica limpeza de galerias para evitar transtornos no período de chuvas

Galerias são limpas para evitar transtornos no período chuvoso Foto(Ascom/SAAD Sudeste)

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Sudeste está realizando a limpeza de todas as galerias da região de forma intensiva para reduzir o impacto das chuvas. O serviço é feito regularmente, mas intensificado durante o período chuvoso.

O entupimento de galerias pode causar muitos transtornos, causando alagamentos e inundações. Zé Nito, superintendente da Saad/Sudeste, explica que a população também tem um importante papel na prevenção desse tipo de problema.

“A Saad está fazendo a parte dela, mas a população tem que colaborar. É inadmissível jogar lixo nas ruas, que acabam entupindo galerias, bueiros e bocas de lobo. Jogar lixo no local correto é essencial para evitar alagamentos”, afirma o superintendente.

Para denunciar descarte irregular de lixo, a população pode ligar ou mandar WhatsApp para o Lixo Zero por meio do número (86) 99402-3074. As denúncias são anônimas e devem ser feitas com o máximo de informações possíveis, como horário, local e até fotos e vídeos.

SAAD/Sudeste notifica donos de sucatas que ocupam espaços públicos

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste notificou, na manhã de hoje (06), diversas sucatas que ocupam vias públicas na zona sudeste de maneira irregular.

Segundo o gerente de fiscalização, Marcelo Vasconcelos, cerca de cinco sucatas foram notificadas e receberam o prazo de 48h para remover o material do local ou serão penalizados através de multas.

“Os proprietários foram informados oficialmente das dificuldades que o acúmulo desse material traz para a comunidade, afinal uma sucata estacionada em via pública impede o direito de ir e vir do cidadão”, ponderou o gerente.

O superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, destaca a importância de uma fiscalização mais rigorosa, afim de evitar que esse acúmulo de material irregular traga problemas à saúde da população, principalmente com a chegada do período de chuvas da capital.

“Esses veículos abandonados em espaços indevidos podem colaborar com a multiplicação de insetos que acabam espalhando doenças para as pessoas da região, como por exemplo, mosquitos da dengue, por isso a nossa equipe de fiscalização tem trabalhado incansavelmente para garantir que as normas do Código de Postura do Município sejam cumpridas”, afirma Zé Nito.

Veja como solicitar os serviços oferecidos pela SAAD Sudeste

Os moradores da zona Sudeste de Teresina têm procurado bastante a Superintendência de Ações Administrativas – Sudeste para dar entrada nos serviços oferecidos pelo órgão. O protocolo recebe em média 350 solicitações por mês para os mais diversos tipos de pedidos.

As solicitações se referem a licenciamentos, interdições, medições, publicidades, certidões, autorizações, etc. Para abrir um protocolo, há diversas formas. Pode ser feito presencialmente, na avenida Deputado Paulo Ferraz, 1895 – Beira Rio ou pelo e-mail protocolonx23@gmail.com. Se o processo for de terceiros, a pessoa deve se dirigir ao protocolo com uma procuração.

Outra forma de abrir um protocolo é pelo Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Basta entrar no site https://prodater.pmt.pi.gov.br/, acessar Processo Eletrônico, depois clicar em Usuário Externo. A página do SEI será aberta e o usuário poderá se cadastrar.

Com o protocolo em mãos, o cidadão pode fazer o acompanhamento por um QR Code ou ligando para a SAAD – Sudeste no número (86) 3215-7856. É importante que os prazos sejam observados. Por exemplo, para interdição de rua, a orientação é que o cidadão dê entrada ao processo com trinta dias de antecedência.

Iago Silva, responsável pelo setor de Protocolo, reforça a importância de ter em mãos a documentação correta. “O cidadão pode entrar em contato com o protocolo para saber quais os documentos necessários para cada serviço. Não abrimos processo se estiver incompleto, então fazemos um checklist com tudo o que é necessário. O usuário também deve estar atento se há alguma taxa”, esclarece.

O superintendente da SAAD – Sudeste, Zé Nito, informa que o órgão tem procurado dar celeridade às solicitações. “Recebemos uma quantidade enorme de processos todos os dias, mas temos uma equipe muito eficiente resolvendo tudo com a maior agilidade possível. O nosso dever é atender as necessidades da população”, conclui.

SAAD Sudeste entrega comunicado aos trailers sobre lixo na Praça dos Correios

Equipes de fiscalização da SAAD Sudeste estão em trabalho de conscientização Fotos(Ascom/SAAD Sudeste)

O acúmulo de lixo tem sido uma preocupação constante da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste. Pensando nisso, a Gerência de Fiscalização entregou, na manhã de hoje (24), um comunicado aos donos de trailers localizados na Praça dos Correios, visando coibir o descarte irregular de lixo.

Mesmo com a limpeza da praça sendo feita três vezes por semana, o descarte de lixo nas imediações do local continua sendo um problema diário, gerando incômodo a moradores e transeuntes. O lixo colocado em local irregular também leva ao aumento de insetos e outros animais, além do mau cheiro e doenças.

Para o superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, o problema é a falta de consciência. “Estamos disponibilizando equipes que poderiam estar em outras partes da região para a Praça dos Correios quase diariamente porque o problema da falta de consciência é enorme. A SAAD recolhe e poucas horas depois já está lotado de lixo nas calçadas de novo. A praça é de todos e deve ser cuidada por todos”, diz.

Muitos permissionários concordam com a ação para coibir os que sujam a praça, como é o caso da Vanda da Cunha. “Estou aqui há 21 anos e de 2015 para cá o número de trailers aumentou junto com a quantidade de lixo. A maioria colabora e descarta de maneira correta, mas alguns colocam o lixo na calçada, assim como muitos moradores aqui da região, que jogam todo tipo de lixo”.

O gerente de Fiscalização, Marcelo Vasconcelos, informa que a equipe está em constante vigilância. “Já constatamos que os responsáveis pelo lixo são os vizinhos do local e proprietários de trailers e empresas das imediações. Os infratores que forem identificados serão advertidos e até multados se reincidirem”, explica.

Quem flagrar pessoas colocando lixo em locais irregulares pode denunciar pessoalmente na SAAD Sudeste, através dos telefones (86) 3215-7855/ (86) 3215-7556, ou por meio do aplicativo AmiTeresina, onde você pode colocar fotos da denúncia.

SAAD Sudeste planeja colocar mais de 87 mil m² de calçamento

Continuando com seu trabalho de levar calçamento às ruas da região, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste está colocando mais de 87 mil m² de calçamento.

Serão contempladas ruas nos bairros Todos os Santos, Livramento, São Raimundo, Gurupi, Verde Cap, Jardim Europa, Usina Santana, Pedro Balzi, Colorado, São Sebastião, Manoel Evangelista, Loteamento Paulo Carneiro, Parque Poty 2 e Bom Princípio.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Para o superintendente da Saad – Sudeste, Zé Nito, a preocupação com calçamento é constante. “Entendemos que ter a rua pavimentada é um desejo antigo da população e por isso nos desdobramos para pavimentar o maior número possível. Já tem muitas outras ruas sendo projetadas para calçamento em breve”, afirma.

O gerente de obras da Saad – Sudeste, Nairon Soares, explica que muitas dessas ruas já foram executadas, enquanto outras estão em fase de projeto. “Em muitos lugares, como no Pedro Balzi, várias ruas já foram calçadas, mas em outros estamos em fase de projeto”, conclui.