Obras de pavimentação avançam na zona Sudeste

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste está executando e dando início a diversas obras de pavimentação em paralelepípedo na região. São aproximadamente 80 mil metros quadrados de calçamento em localidades como Pedro Balzzi, Anselmo Dias e Verde Cap.

Apenas no Pedro Balzzi, são cerca de 21 mil metros quadrados de pavimentação, sendo 22 ruas contempladas. O investimento em torno de R$ 1,3 milhão vai transformar a infraestrutura do local, levando mais qualidade de vida para toda a comunidade.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

António Silva é morador do Pedro Balzzi e compara a situação da sua rua antes e depois do calçamento. “Antes era um lamaçal e, agora, está tudo perfeito. As ruas estão lindas e nós só temos a agradecer a dedicação da equipe”, declara.

Na Vila Anselmo Dias, os moradores estão sendo beneficiados com a pavimentação de todas as cinco ruas. As obras estão em ritmo avançado e contam com investimento aproximado de R$ 750 mil.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Outra obra de pavimentação está em andamento no Conjunto Rodoviários I, no bairro Verde Cap. Lá serão pavimentadas três ruas, totalizando cerca de R$ 30 mil investidos.

Zé Nito, superintendente da SAAD Sudeste, destaca que as obras fazem parte de um plano de desenvolvimento para a região. “Estamos trabalhando para melhorar a acessibilidade e circulação das pessoas pelos bairros. Além das obras de pavimentação em andamento, temos outras já prestes a iniciar e que contemplam diferentes áreas de infraestrutura”, frisa.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Obras a executar

Com contratos já licitados, serão iniciadas, em breve, obras de pavimentação no Todos os Santos, Gurupi, Usina Santana e outros bairros. Também está prevista para começar a reforma do Mercado do Renascença II e a implantação de 20 novas academias populares em praças da região.

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

(Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Setembro Amarelo: colaboradores da SAAD Sudeste participam de palestra sobre prevenção ao suicídio

Neste mês é realizada, em todo o país, a campanha Setembro Amarelo de Prevenção ao Suicídio. Para reforçar a mensagem deste movimento de valorização da vida, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste (SAAD) promoveu, nesta quarta-feira (15), uma palestra sobre o tema, voltada para os colaboradores da instituição.

Respeitando os protocolos de prevenção à Covid-19, o evento foi realizado ao ar livre, no pátio de estacionamento, e contou com a presença da psicóloga Tamires Rocha e do padre Adão Ribeiro de Oliveira, pároco da Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus.

Segundo Tamires Rocha, o Setembro Amarelo tem grande importância para toda a sociedade. “É uma campanha que faz parte de uma série de estratégias que podemos desenvolver para prevenir o suicídio e, assim, colaborar para que muitas vidas sejam salvas”, pontua.

Com uma reflexão sobre bem-estar espiritual, o padre destaca a fé como importante aliada nessa luta. “A espiritualidade é um dos meios que ajuda na superação da depressão. Isso sem descartar a ciência, que é outro elemento muito importante para a saúde mental”, explica.

O superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, ressaltou o compromisso da administração pública na conscientização sobre os cuidados com a saúde mental. “Entendemos o Setembro Amarelo como uma pauta muito importante para a comunidade e que também deve fazer parte da agenda da nossa instituição. A prevenção ao suicídio deve ser uma responsabilidade de todos e precisamos, cada dia mais, exercitar nossa sensibilidade e capacidade de acolher o próximo”, declara.

Estações e terminais de ônibus serão recuperados em até 45 dias

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Edmilson Ferreira, se reuniu hoje (31) com representantes de todas as Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs) e da Superintendência de Trânsito (Strans), para definir o início dos serviços de limpeza e reforma dos terminais e estações de ônibus de Teresina.

A determinação do prefeito Doutor Pessoa é que esses locais estejam limpos e reformados quando os ônibus voltarem a circular normalmente. Na reunião, ficou definido que a limpeza será iniciada imediatamente e deverá ser concluída dentro de 15 dias. Já as reformas deverão ser finalizadas em até 45 dias, a contar da liberação dos recursos necessários.

Com a redução da frota de ônibus nas ruas devido à pandemia e, em seguida, devido à greve, estações e terminais de ônibus sofreram várias ações de depredação.

O relatório elaborado pela Strans aponta que as estações tiveram os aparelhos de ar condicionado furtados, além de luminárias, cadeiras, lixeiras, vidros, portas e sensores quebrados. A previsão é investir R$ 2 milhões nos serviços de recuperação.

“Temos 61 estações e 8 terminais depredados. Vamos começar imediatamente a limpeza e a recuperação e tudo deve ficar pronto dentro de 45 dias. Algumas estações estão mais conservadas e devem ficar prontas antes desse prazo, outras estão em situação bem crítica e por isso precisam de todo o prazo”, destaca o secretário Edmilson Ferreira.

O gestor acrescenta que a Guarda Municipal já está atuando no sentido de evitar novos casos de vandalismo em estações e terminais de ônibus.

Serão recuperadas 11 estações na Avenida Miguel Rosa, 10 na Avenida Wall Ferraz, 5 na Barão de Gurguéia, 6 na Henry Wall de Carvalho, 4 na Avenida Industrial Gil Martins, 5 na João XXIII, 12 na Presidente Kennedy, 4 na Duque de Caxias e 4 na Rui Barbosa.

Prefeitura de Teresina entrega títulos de regularização fundiária a moradores da zona Sudeste

Após uma longa espera, moradores da zona Sudeste de Teresina conseguiram o tão sonhado título de suas propriedades. Em solenidade realizada, na manhã desta quinta-feira (26), no Teatro João Paulo II, no bairro Dirceu Arcoverde, a Prefeitura de Teresina fez a entrega do documento de regularização fundiária para 44 moradores da região do Alto da Ressurreição e 34 para os do Frei Damião.

Na ocasião, o prefeito Dr. Pessoa reforçou que o intuito da sua gestão é conseguir solucionar o impasse fundiário que atinge cerca de 35 mil teresinenses, que hoje não possuem qualquer direito sobre a área onde residem. A meta é que até o final deste ano, metade da população nesta situação tenha em mãos o título que garanta a posse, de fato e de direito, de suas residências.

“Só na região Sudeste iremos regularizar mais de mil propriedades. Temos um olhar mais objetivo para as pessoas mais vulneráveis, as mais simples. Esse é o nosso modelo administrativo, focado não apenas nas questões econômicas, do emprego e renda, da infraestrutura, mas principalmente, olhando para a execução das políticas públicas da área social”, enfatizou Dr. Pessoa.

A ação corresponde à última etapa do processo de regularização fundiária do município, executada pela Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) da região em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh). Com isso, os moradores terão a garantia de segurança jurídica de suas propriedades e a emissão do registro de imóvel de suas residências.

Segundo o vereador Zé Neto, superintendente da SAAD Sudeste, há ainda a previsão para que outros 825 áreas sejam regularizadas até o mês de novembro. Os recursos deste projeto, estimados em mais de R$ 1 milhão, são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

“A importância dessa iniciativa é que as pessoas estejam com esse título de posse em mãos, dado pelo poder público municipal, elas irão ao cartório, que fará o registro definitivo do imóvel, no sentido de que ele será o dono de fato e de direito da propriedade. Com isso, poderão fazer algum empréstimo, empreender, negociar e morar com mais segurança social e jurídica”, concluiu o gestor.

SAAD Sudeste tem extensa programação de inaugurações no aniversário de Teresina

A SAAD Sudeste entrega obras e regularização fundiária nesta quinta-feria, 26

Em comemoração ao aniversário de Teresina, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste preparou uma extensa programação de inaugurações e entregas para a população de Teresina na próxima quinta-feira, 26 de agosto.

Para começar, os moradores dos bairros Frei Damião e Alto da Ressurreição finalmente poderão ver concluída a última etapa do processo de regularização fundiária. A ação é executada em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) e garante aos moradores segurança jurídica da propriedade, além de ter o registro de imóvel de cada residência emitido. Um total e 78 moradores receberão os seus títulos.

Na avenida Noé Mendes, a Saad Sudeste vai entregar para a população a primeira parte do calçadão de 4,5 km. Os primeiros 450 metros já poderão ser usufruídos pela população com iluminação de led e ciclovia.

A pavimentação tem sido uma prioridade para a Saad Sudeste e na quinta-feira serão entregues a pavimentação das ruas 8 e Juiz João Martins, na Vila Anselmo Dias, ruas projetadas 4, 5 e 6, no Loteamento Sertãozinho, avenidas Reginaldo Evangelista Filho e Primeiro II, no Loteamento Manoel Evangelista.

A Praça do Tancredo Neves foi completamente reformada. Os bancos, calçamento e canaletas, que estavam quebrados, foram consertados e pintados e os moradores do bairro recebem uma praça nova.

Para o superintendente da Saad – Sudeste, Zé Nito, o momento é de alegria. “Estamos entregando muitas obras importantes para a população de Teresina, que vai melhorar a vida dos moradores. São pavimentações que já são reivindicações antigas da população, além da primeira parte da urbanização da Noé Mendes e a reforma da praça do Tancredo Neves. Essas obras aprimoram a mobilidade urbana e consequentemente a qualidade de vida”.

Sobre os títulos de legitimação fundiária, o superintendente continua. “É uma honra poder entregar esses títulos. São 78 pessoas que terão sua casa própria, com todos os direitos legitimados”, conclui.

Confira a programação:

7h30- Entrega de títulos de legitimação fundiária do Frei Damião e Alto da ressurreição. Local: Teatro João Paulo II;
9h – Vila Anselmo Dias – Pavimentação das ruas 8 e Juiz João Martins;
10h- Entrega do primeiro trecho da urbanização da avenida Noé Mendes;
11h – Loteamento Sertãozinho – Pavimentação das ruas projetadas 4, 5 e 6;
11h30 – Loteamento Manoel Evangelista – Pavimentação das Avenidas Reginaldo Evangelista Filho e Primeiro II;
12h – Reforma da praça Tancredo Neves.

Orçamento Popular destina R$ 3 milhões para 18 obras na zona Sudeste

A Zona Sudeste de Teresina será contemplada com 18 obras do Orçamento Popular, pasta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH). As obras somam R$ 3,05 milhões e incluem calçamento de várias ruas, construção de praças, instalação de academias populares e ainda a construção de unidades habitacionais em vários bairros.

A execução das obras será de responsabilidade da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas da Zona Sudeste (SAAD Sudeste), e a previsão é de que todas sejam concluídas em 2022.

Serão realizadas obras que somam R$ 3,05 milhões. (Foto: Ascom/Sudeste)

O Orçamento Popular em vigência na Prefeitura de Teresina soma R$ 21 milhões em recursos próprios, distribuídos para todas as zonas urbanas e rurais da cidade.

Para definir as obras realizadas pelo OP, as comunidades se reúnem em assembleias, discutem as necessidades mais urgentes e elegem seus representantes, que são os Conselheiros do Orçamento Popular. Após empossados pelo prefeito Doutor Pessoa, os conselheiros se reúnem com a coordenação do OP para definir, dentre as obras eleitas pela comunidade, quais são viáveis dentro do orçamento disponível.

“Esse é o mecanismo que mais aproxima o poder público das comunidades porque ninguém sabe mais do que precisa para um local evoluir do que alguém que mora nesse local. Estamos muito felizes com os resultados”, destaca a coordenadora do OP, Karina Portela.

Serão realizadas obras que somam R$ 3,05 milhões. (Foto: Ascom/Sudeste)

O secretário da Semduh, Edmilson Ferreira, enfatiza que o papel dos conselheiros é fundamental. “Os conselheiros eleitos têm por missão acompanhar e fiscalizar o andamento das demandas que foram deliberadas pela população nas 188 assembleias comunitárias realizadas nas zonas urbanas e rurais de Teresina. As 143 obras e serviços aprovados pelo Conselho representam os anseios de quase 11 mil pessoas que participaram dessas reuniões”.

Serão realizadas obras que somam R$ 3,05 milhões. (Foto: Ascom/Sudeste)

Veja abaixo a lista de obras que serão executadas na zona sudeste:

– Construção de 1.800 metros quadrados de calçamento em paralelepípedo na Rua Imperatriz Teresa Cristina, bairro Verde Cap, no valor de R$ 160 mil;
– Construção de campo de futebol simples, na avenida principal do PSH Tabocas, bairro Cuídos, no valor de R$ 150 mil;
– Ampliação de galeria da Rua Santa Teresa Versere à Avenida Antônio Rodrigues, no bairro São Sebastião, no valor de R$ 150 mil;
– Construção de 1.800 metros quadrados de calçamento em paralelepípedo nas Quadras 24 e 25 do bairro Bom Princípio, no valor de R$ 160 mil.
– Construção de 1.800 metros quadrados de calçamento em paralelepípedo na Rua 01, Residencial Buberangue, bairro Tabocas, no valor de R$ 160 mil;
– Recuperação de praça na Rua Francisco Laerte com Mazerine Cruz, bairro Tancredo Neves, no valor de R$ 100 mil;
– Construção de 1.800 metros quadrados de calçamento em paralelepípedo nas ruas entre as Quadras A e B, bairro São Sebastião, no valor de R$ 160 mil;
– Ampliação de galeria da Rua Laurentino Machado Lopes, Loteamento Poty e Vila Poty II, no bairro Renascença, no valor de R$ 300 mil;
– Construção de quatro unidades habitacionais em ruas diversas do Residencial Encontro com Deus I, bairro Cuídos, no valor de R$ 240 mil;
– Construção de passeio para prática de cooper, com calçada de 2 metros de largura, na avenida São Francisco, em frente à Cavalaria, no valor de R$ 190 mil;
– Construção de campo society com alambrado, entre as ruas 13 e 15 do loteamento Manoel Evangelista, bairro Novo Horizonte, com valor de R$ 150 mil;
– Construção de campo society com alambrado, na Rua Dantas com a Rua 11, Loteamento Porto Rico I, bairro São Sebastião, com valor de R$ 120 mil;
– Cobertura de galeria por trás da Uespi (Campus Clovis Moura), no Dirceu, no valor de R$ 150 mil;
– Construção de quatro unidades habitacionais em ruas diversas do Residencial Encontro com Deus III, bairro Cuídos, no valor de R$ 240 mil;
– Construção de quatro unidades habitacionais em ruas diversas do Residencial Encontro com Deus I e II, bairro Cuídos, no valor de R$ 240 mil;
– Construção de Parque Ambiental na área verde localizada na 2ª etapa do Conjunto Manoel Evangelista, com trilha, iluminação e bancos, no bairro Novo Horizonte, no valor de R$ 170 mil;
– Construção de praça no bairro Todos os Santos, na área em frente à Quadra I, ao lado da quadra de esportes do Residencial Pedro Balzi, no valor de R$ 150 mil;
– Implantação de academia popular na Rua Anajá, quadra F2, do Jardim das Palmeiras, bairro Tabocas, no valor de R$ 60 mil.

1ª edição do Projeto Feira das Praças iniciou nesta sexta (20), e segue até sábado (21), na Praça Saraiva

A Praça Saraiva, local onde está sendo realizada a feira, recebeu melhorias estruturais executadas pela SAAD Centro Fotos(Rômulo Piauilino/ Semcom)

Com o objetivo de apoiar e fortalecer cada vez mais o empreendedorismo na cidade de Teresina, iniciou nesta sexta-feira (20), e segue até este sábado (21), a 1ª edição do Projeto Feira das Praças. A ação, que está sendo realizada na Praça Saraiva, acontece das 8h às 20h, obedecendo todos os protocolos de saúde e higiene exigidos no momento.

“Essa edição é apenas uma amostragem, pois esse evento será realizado também nas diversas zonas de Teresina. Todas as SAAD´S, inclusive a SAAD da zona rural estarão envolvidas para revitalizar as praças por onde essa feira passar. Essa é mais uma forma de possibilitar renda aos microempreendedores da nossa cidade, que passaram por muitas dificuldades devido à pandemia. É um evento bastante importante, pois valoriza o social, o econômico e a natureza”, pontua o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa.

A Praça Saraiva, local onde está sendo realizada a feira, recebeu melhorias estruturais executadas pela SAAD Centro. Além da instalação de um novo banheiro público, também foram feitas as pinturas dos bancos, postes, meio-fio, passarela central da igreja, recuperação do piso, instalação de novas lixeiras e o plantio de diversas plantas ornamentais em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam).

“Essa também é mais uma forma de revitalizar os pontos turísticos da cidade, e a Praça Saraiva é um deles, ela nos remete a memória afetiva das antigas feirinhas das décadas de 70 e 80, está aí a importância simbólica de iniciar esse projeto por essa praça”, esclarece o secretário da SEMDEC, Marcelo Eulálio.

Dentre os artigos que estão sendo comercializados por cerca de 30 expositores, estão inseridos produtos de moda, bijuterias, produtos artesanais, produtos personalizados, e muitos outros.

Segundo a feirante, Maria do Amparo Martins, essa foi uma excelente oportunidade de voltar a expor os produtos que se encontravam guardados em sua residência. “Devido à pandemia fui obrigada a parar com a comercialização das minhas peças artesanais que são panos de pratos, bonecas de pano, dentre outros artigos. Fiquei muito animada com a feira, pois é mais uma forma de gerar renda, não só para mim, como também para muitos feirantes que aqui se encontram. Estou tendo um retorno bastante positivo neste primeiro dia, e já pretendo também participar das próximas edições”, afirma Maria do Amparo.

O local conta ainda com a estrutura de uma praça de alimentação com food trucks, palco para as apresentações artísticas e também banheiros químicos.

Toda segurança do espaço será realizada pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar.

O evento é uma realização da Prefeitura de Teresina, com execução da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), e que conta com a parceria da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal Economia Solidária (SEMEST), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas integradas (SEMCASPI), SENAR, SEBRAE, dentre outras.

SAAD Sudeste orienta população sobre pontos comerciais irregulares

A Gerência de Fiscalização da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste (SAAD Sudeste) teve uma intensa semana de trabalho. Cumprindo o que diz o Código de Postura do Município, orientaram e notificaram algumas pessoas sobre a não instalação de pontos comerciais em locais indevidos, como as margens da Avenida Noé Mendes, a parte externa do Mercado do Dirceu 1 e outros locais.

O superintendente da Saad Sudeste, Zé Nito, reafirma a importância de seguir a legislação. “É importante que todos cumpram a lei, porque isso significa respeitar os outros munícipes, deixando os locais limpos e com livre circulação para os transeuntes”, afirma.

Para fazer denúncias, a população pode entrar em contato com a Saad- Sudeste por meio do app AmiTeresina ou protocolar um pedido presencialmente na Avenida Deputado Paulo Ferraz, 1895 – Bairro Beira Rio.

Foto: Ascom Saad Sudeste

 

Projeto em parceria com estudantes da Uespi promove intervenção verde no CMEI Mariana Fortes

Uma parceria entre o Centro Municipal de Educação Infantil Mariana Fortes e estudantes de pedagogia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) deixou o espaço da escola mais bonito. A intervenção veio por meio do Projeto Meu Cantinho Verde, que proporcionou melhorias no ambiente escolar e até arborização.

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – SAAD Sudeste – retirou todo o entulho da parte da frente da escola, abrindo espaço para a realização das ações. Os pais dos alunos também botaram a mão na massa e colaboraram com a limpeza do espaço, pintura do muro e plantio de mudas ornamentais.

“Não sou pintor profissional, mas faço tudo por meus netos e por essa creche, por isso dei conta de toda essa pintura do muro. Acredito que somos parte da escola e precisamos ajudar no que pudermos”, disse Francisco Araújo, avô do pequeno Davi Luís.

O dia foi também de distribuição de tarefas impressas para os alunos e plantas para os pais. Foram entregues 130 mudas frutíferas e ornamentais. O grupo fez, ainda, uma placa que alerta para a proibição do descarte de lixo no local.

“Esse foi um grande impacto na mudança do espaço, revitalizamos nosso CMEI com ajuda de parceiros, sempre ligados com o aspecto ambiental. Essa é a ideia, criar novos movimentos dentro da escola em conjunto com a comunidade”, comenta a diretora Joselene Fontenele.

Para Luziane Rodrigues, mãe da aluna do II Período Eulália Byatriz, a ação foi divertida. “Minha filha está com muita saudade da escola, então aproveitamos para virmos juntas e ainda começar a cuidar de uma planta, algo novo para mim. Foi uma ótima ideia, a escola está cada vez mais linda”, conclui a mãe.

Cerca de 18 mil toneladas de lixo irregular já foram recolhidas na zona Sudeste neste ano

Para evitar esse tipo de descarte inadequado, existem dez Pontos de Recebimento de Resíduos (PRR’s) na região Sudeste Foto(Ascom/SAAD Sudeste)

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste (SAAD) recolheu, de janeiro a julho de 2021, cerca de 25 mil toneladas de resíduos sólidos na região. Desta quantidade, aproximadamente 70% é relativa ao recolhimento de lixo descartado de forma irregular em áreas de transbordo, totalizando 18.095,03 toneladas.

“São resíduos colocados pela população de forma irregular nos logradouros públicos e que, além de dificultar o trabalho das equipes de limpeza, trazem muitos prejuízos à saúde e segurança da população”, destaca Gilberto José, gerente de Serviços Urbanos da SAAD Sudeste.

Para evitar esse tipo de descarte inadequado, existem dez Pontos de Recebimento de Resíduos (PRR’s) na região Sudeste, onde a população deve depositar o lixo seco, que seja resultado de capina ou poda, materiais de construção, objetos velhos e demais utensílios que necessitem ser descartados em pequenas quantidades, de até 1 m³ por dia (tamanho de uma carroça).

Ressalta-se que nestes pontos é proibido o depósito de lixo orgânico, animais mortos e vísceras, resíduo industrial, entulhos em quantidade maior que 1m³, resíduo hospitalar, pilhas, baterias e aparelhos eletrônicos.

O superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, enfatiza a importância da colaboração da comunidade na manutenção da limpeza. “Temos equipes trabalhando, diariamente, nas ruas e espaços públicos da região. Contudo, pedimos que a população também faça a sua parte e descarte o lixo nos locais apropriados que estão espalhados por toda a cidade, e que denunciem, por meio do aplicativo AmiTeresina, ou na própria SAAD, os locais onde há acúmulo de resíduos”, finaliza.

Confira onde estão localizados os PRR’s na zona Sudeste:

– Rua 02 do Parque do Sol – Bairro Renascença (próximo aos trilhos);
– Rua Desembargador Antônio Santana com Rua 11 do Loteamento Manoel Evangelista – Bairro Novo Horizonte;
– Avenida Noé Mendes com Rua Carlotinha Brito – Bairro Renascença (em frente ao Restaurante Alto Sabor);
– Rua 30 com Rua Alexandre Gomes Chaves, próximo à Praça da Brita (BR-343) – Bairro Itararé;
– Rua das Flores com Rua Alto do Cocal – Bairro Gurupi;
– Avenida Joaquim Nelson com Rua Santa Mariana – Bairro Novo Horizonte;
– Rotatória da Avenida Noé Mendes com Desembargador Manoel Felício Pinto – Dirceu II;
– Rua José Matias Moedas com Rua Estudante Fábio Cézar (atrás da caixa d’água) – Residencial Frei Damião;
– Rua Dois com Rua dos Trilhos – Parque do Sol;
– Avenida Professor Camilo Filho com Avenida Jeú Sérvio – Residencial Alto da Ressurreição