FMS abre postos de drive thru para vacinação para pessoas de 50 a 54 anos com comorbidades ou deficiência

No próximo sábado (15), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) abre 11 pontos de drive thru para vacinação contra a covid-19. Desta vez, serão contemplados as pessoas com comorbidade de 50 a 54 anos e pessoas com deficiência permanente entre 50 e 54 anos de idade, além de outros públicos já contemplados em etapas anteriores da campanha.

Os pontos estarão abertos entre as 9h e as 17h, seguindo a logística já adotada pela FMS: mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens à tarde (13h às 17h). Eles estarão instalados nos seguintes locais:

– Terminal de Integração Buenos Aires;

– Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU Norte);

– UESPI;

– Terminal de Integração Zoobotânico;

– Terminal de Integração Bela Vista;

– Terminal de Integração Parque Piauí;

– Terminal de Integração Livramento;

– Faculdade Estácio;

– Terminal de Integração Itararé;

– Teresina Shopping;

– Uninovafapi.

Além das pessoas de 50 a 54 anos com comorbidades ou deficiência permanente, a FMS está promovendo um segundo momento para grupos que já foram contemplados nas etapas anteriores: pessoas com comorbidade ou defificência permanente de 55 a 59 anos; pessoas com síndrome de down, transtorno do espectro do autismo e paralisia cerebral a partir de 18 anos, além dos idosos com 60 anos ou mais que por algum motivo ainda não receberam a primeira dose da vacina.

No momento da vacinação, devem ser apresentados os seguintes documentos: Documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou cartão nacional do SUS e comprovante de residência da cidade de Teresina-PI. Além disso, ele deve apresentar algum documento que comprove sua condição: Laudo ou declaração médica que comprove a comorbidade, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (original e cópia) e mais um laudo que comprove a deficiência.

A vacina utilizada será a do laboratório Astrazeneca, produzida em parceria com a Universidade de Oxford e a Fiocruz. A coordenadora da vacinação contra a Covid-19 em Teresina, Emanuelle Dias, lembra que no entanto não se deve fazer distinções entre fabricantes. “Todas as vacinas utilizadas no Brasil contra a Covid-19 são eficazes e seguras, portanto não existem motivos para preferir ou recusar o uso de algum imunizante de qualquer um dos laboratórios adotados no momento”, ressalta ela.

VACINAÇÃO COVID-19 – 15.05.2021

Manhã (9h às 13h): Mulheres; Tarde (13h às 17h): Homens

PONTOS DE DRIVE THRU:

– Terminal de Integração Buenos Aires;

– Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU Norte);

– UESPI;

– Terminal de Integração Zoobotânico;

– Terminal de Integração Bela Vista;

– Terminal de Integração Parque Piauí;

– Terminal de Integração Livramento;

– Faculdade Estácio;

– Terminal de Integração Itararé;

– Teresina Shopping;

– Uninovafapi.

Públicos-alvo:

– Pessoas com comorbidades de 50 a 54 anos

– Pessoas com deficiência permanente de 50 a 54 anos

– Pessoas com comorbidade de 55 a 59 anos;

– Pessoas com deficiência permanente de 55 a 59 anos

– Pessoas com síndrome de down a partir de 18 anos

– Pessoas com transtorno do espectro do autismo, acima de 18 anos

– Pessoas com paralisia cerebral, acima de 18 anos

– Idosos com 60 anos ou mais que ainda não teceberam a primeira dose

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:

– Documento de identificação com foto e data de nascimento;

– CPF ou cartão nacional do SUS;

– Comprovante de residência da cidade de Teresina-PI.

MAIS O DOCUMENTO QUE COMPROVE O GRUPO QUE ELE PERTENCE:

Comorbidade:

­- Laudo OU declaração médica que comprove a comorbidade, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (ORIGINAL E CÓPIA);

Pessoas com deficiência permanente:

– Laudo que comprove a deficiência.

Os pontos estarão abertos entre das 9h e às 17h, seguindo a logística: mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens pela tarde (13h às 17h) Foto(Ascom/FMS)

Povoados Cacimba Velha e Soinho recebem ação de vacinação contra a gripe

Em uma iniciativa para incentivar a vacinação na zona Rural, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) firmou parceria com o Ministério Público e está promovendo um mutirão de vacinação contra a gripe. Hoje (13) a equipe visitará o povoado Cacimba Velha e amanhã (14) será a vez do povoado Soinho.

A ação será feita pela equipe Estratégia Saúde da Família das regiões. Já o Ministério Público disponibilizou um ônibus com consultórios. “Nós vamos anexar tendas ao ônibus para fazermos o atendimento”, diz Célia Santiago, coordenadora Regional Leste da FMS.

Ela explica que o foco da vacinação serão os públicos alvos contemplados atualmente pela campanha: pacientes maiores de 60 anos, puérperas, crianças e gestantes.

“O objetivo da vacinação é reduzir a circulação do vírus e, consequentemente, o número de hospitalizações e risco de morte devido à gripe, já que o Influenza está relacionado a uma série de complicações como pneumonia”, diz a coordenadora. Célia Santiago garante que a vacina é segura e protege contra os três tipos mais predominantes da doença: Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B.

Vacina da gripe é ampliada para todos os idosos acima de 60 anos

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está ampliando o público dos postos de drive thru para vacinação contra a influenza, também conhecida como gripe. A partir de hoje (12) até sexta-feira (14), todos os idosos de 60 anos ou mais podem se dirigir a um dos oito pontos espalhados por toda a cidade e garantir sua dose do imunizante.

A vacina protege contra os três tipos de vírus da gripe mais comuns no Brasil: o Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B. Os pontos de vacinação são os seguintes:

– CEU Norte (Santa Maria da Codipi)
– UESPI (Campus Torquato Neto)
– Centro Universitário Santo Agostinho
– Terminal do Parque Piauí
– Adufpi e
– Centro Universitário Uninovafapi
– Faculdade Estácio
– Terminal de Integração do Itararé.

No ato da vacinação, os idosos devem apresentar um documento de identificação com foto e seu cartão de vacina. A coordenadora da Campanha de Vacinação contra a Gripe, Adriana Sávia, esclarece que embora os pontos sejam de drive thru, todos que se dirigirem aos locais serão vacinados, independentemente de estarem em carros ou não.

“Pedimos que os idosos não deixem de irem se vacinar contra a gripe. O objetivo da vacinação é reduzir a circulação do vírus e, consequentemente, o número de hospitalizações e risco de morte devido à gripe, já que o Influenza está relacionado a uma série de complicações como pneumonia”, explica Adriana Sávia. Ela ressalta que as pessoas que tomaram a vacina contra a Covid-19 devem tomar a vacina influenza respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas.

“Este ano é a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. A vacina é muito segura. Normalmente, é contraindicada apenas para quem tem alergia ao ovo. Desde o dia 19 de abril, a FMS está vacinando o público-alvo da campanha. Na primeira fase foi a vez de crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas, puérperas e profissionais de saúde”, diz Adriana Sávia.

Fazem parte ainda do público-alvo: professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis.

A vacina protege contra os três tipos de vírus da gripe mais comuns no Brasil: o Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B Fotos (Ascom/FMS)

Vacina da gripe será aplicada em idosos a partir de amanhã (11)

A Campanha de Vacinação contra a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B será ampliada em Teresina. A partir da amanhã, 11, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) montará postos de vacinação drive thru para atender o público-alvo, que é de idosos de 88 anos ou mais. No dia 12, será a vez dos idosos 83 a 87 anos. Dia 13, os idosos 79 a 82 anos e dia 14, serão os idosos de 77 e 78 anos.

Serão oito pontos de vacinação onde as pessoas podem ir de carro ou a pé que serão vacinadas. Basta levar cartão de vacina e documento de identificação com foto. Zona Norte: CEU Norte (Santa Maria da Codipi), UESPI (Campus Torquato Neto). Zona Sul: Universidade Santo Agostinho e Terminal do Parque Piauí. Zona Leste: Adufpi e Novafapi. Zona Sudeste: Faculdade Estácio e Terminal Itararé.

“Pedimos que os idosos não deixem de ir se vacinar contra a gripe. O objetivo da vacinação é reduzir a circulação do vírus e, consequentemente, o número de hospitalizações e risco de morte devido à gripe, já que o Influenza está relacionado a uma série de complicações como pneumonia”, explica Adriana Sávia, coordenadora da Campanha de Influenza em Teresina. Ela fala ainda que vale ressaltar que as pessoas que tomaram a vacina contra a Covid-19 devem tomar a vacina influenza respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas.

“Este ano é a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. A vacina é muito segura. Normalmente, é contraindicada apenas para quem tem alergia ao ovo. Desde o dia 19 de abril, a FMS está vacinando o público-alvo da campanha. Na primeira fase, foi a vez de crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas, puérperas e profissionais de saúde”, diz Adriana Sávia.

Fazem parte ainda do público-alvo: professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis.

Mães que atuam na linha de frente da Covid no HUT recebem homenagem

O grupo de voluntários “Amigos Solidários” realizou neste domingo (09) homenagem ao dia das mães para todas as mães servidoras do Hospital de Urgências de Teresina (HUT).

A solenidade foi idealizada pela primeira dama do município, Samara Conceição e obedeceu aos protocolos sanitários. O evento contou com uma missa e apresentações musicais, além de distribuição de presentes.

De acordo com a primeira-dama, a intenção do grupo é levar afeto e alegria às mães servidoras do hospital que têm desempenhado um papel importante na linha de frente do combate à pandemia.

“Para nós que realizamos trabalho voluntário e de caridade não poderia ter uma data melhor para expressarmos nossa admiração, neste dia tão especial, que é o dia das mães, nossa intenção foi levar alegria e carinho para as servidoras” declarou a primeira-dama do município.

Durante discurso, o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gilberto Albuquerque, ressaltou a importância e o papel fundamental das mães na sociedade.

“Ser mãe é ser aquela que não tem limites para amar, é o pontos e equilíbrio de qualquer família. Aqui temos a alegria de ter centenas de mães trabalhando conosco e hoje é o dia de prestar essa homenagem”, ressaltou.

A solenidade foi idealizada pela primeira dama do município, Samara Conceição e obedeceu aos protocolos sanitários Fotos(Ascom/HUT)

FMS reabre agendamento para vacinação de pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos

A Fundação Municipal de Saúde reabriu deste ontem, 7, o cadastro para as pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades receberem a vacina contra a covid-19. A inscrição é feita pela internet e é possível agendar o recebimento da dose para uma das sete salas de vacina específicas para a imunização definidas pela FMS.

Para fazer o agendamento, basta acessar o site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/ e clicar no botão “agendamento público alvo”. Abrirá uma página onde a pessoa deve inserir seu CPF e escolher a opção “Pessoas com comorbidade de 55 a 59 anos” e confirmar, para então inserir seus dados pessoais e escolher local, dia e hora de receber sua primeira dose.

Os pontos disponíveis para a vacinação são os hospitais da Primavera, Dirceu, Promorar, Buenos Aires, Mocambinho, Hospital Getúlio Vargas (HGV) e Hospital Universitário da UFPI (HU). No momento da vacinação, é necessário apresentar um documento pessoal com foto (RG ou CNH); um laudo, declaração ou receita médica que comprove a comorbidade e o cartão de vacina.

O imunizante aplicado nestes locais será o produzido pelo laboratório Pfizer, que requer condições especiais de armazenamento e aplicação, e por isso está restrito a hospitais. A coordenadora da vacinação contra a Covid-19 em Teresina, Emanuelle Dias, lembra que no entanto não se deve fazer distinções entre fabricantes. “Todas as vacinas utilizadas no Brasil contra a Covid-19 são eficazes e seguras, portanto não existem motivos para preferir ou recusar o uso de algum imunizante de qualquer um dos laboratórios adotados no momento”, ressalta ela.

Dia das Mães é comemorado no HUT com afeto e cuidado em meio à pandemia de Covid-19

Afeto, coragem, fé e esperança são alimentos da alma para superar as dificuldades potencializadas em tempos de pandemia do novo coronavírus. Para driblar a saudade de entes queridos, profissionais dos serviços de medicina, enfermagem, fisioterapia, psicologia e serviço social do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) criaram um projeto que aproxima de forma segura pacientes com a covid-19 e seus familiares.

Para participar dessa iniciativa, houve uma avaliação clínica e psicológica feita pelo corpo clínico do Hospital, que definiu os pacientes que estariam em condições clínicas e psicológicas para
receber essas visitas. Foram três dias que antecedem o Dia das Mães marcados por esses encontros depois de tanto tempo sem aproximação.

A ação aconteceu em formato drive thru na área externa do HUT, onde pacientes e familiares puderam se reencontrar a oito metros de distância, além da instalação de “cortinas do abraço” permitindo o abraço por seus familiares, tendo uma proteção plástica intermediando o toque físico.

Eduardo Moita, coordenador do serviço de psicologia do HUT, explica que “vivemos um momento de distanciamento físico e não social nesse período. Nossas interações sociais se voltam para os
dispositivos on-line, mas o contato é importante porque libera o hormônio do amor e faz as pessoas se sentirem importantes, seguras e amadas”.

“Queríamos oferecer a oportunidade de aproximar nossos pacientes de seus entes queridos e resgatar um pedaço de humanidade que estamos perdendo com a pandemia, está sendo muito bom poder dar esperança”, afirma Danila Vieira, coordenadora do serviço de Fisioterapia. A Covid-19 é uma doença que separa os familiares em um momento de dor e fragilidade devido ao isolamento social. Então, a família também precisa ser cuidada e acolhida e, com isso, fortalecemos os
vínculos entre os pacientes, familiares e equipe”, explica Fábio Marcos, diretor-geral do HUT.

Marta Ricelly, esposa do paciente Francisco Vieira, internado para tratar a doença, conta o que achou do projeto “Deus usou muito aqui das bênçãos aqui no HUT, só uma ligação não basta, é muito gratificante ver meu marido bem, esse gesto de aconchego proporcionado anima demais a gente”.

Dia das mães na pediatria

A equipe multidisciplinar da clínica pediátrica do HUT também realizou atividades alusivas ao Dia das Mães. Segundo a coordenadora de enfermagem da pediatria, Carla Parente, o objetivo foi promover a integração entre equipes e acompanhantes, bem como amenizar a experiência hospitalar para mães e crianças internadas. Na enfermaria pediátrica, mães e equipe puderam cantar e dançar num clima de acolhimento e alegria. Durante a ação, as mães ganharam chocolates e se divertiram com as brincadeiras e se emocionaram com os cartões confeccionados pelos filhos.

Carinho com as colegas de profissão

O cuidado com a equipe do Hospital também foi pensado, por meio de uma doação do Grupo JAP, será oferecido nesse domingo (9) um café da manhã especial para as mães servidoras que trabalham no Hospital.

Afeto e cuidado marcaram a comemoração do Dia das Mães no HUT Fotos(Ascom/HUT)

FMS lança cronograma de vacinação drive thru para idosos de 60 a 63 anos

A partir do próximo domingo (02) terá início uma nova etapa da campanha de vacinação contra a covid-19 para idosos. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) lança um cronograma para a imunização de pessoas de 60 a 63 anos em 13 postos de drive thru espalhados por toda a cidade, completando assim a vacinação deste grupo na capital.

Assim como nas etapas anteriores, a FMS organizou um calendário por faixa etária, que se inicia no domingo (02) com os idosos de 63 anos. Neste dia, 12 pontos estarão disponíveis por toda a cidade das 9h às 17h, sendo o turno da manhã (9h às 13h) dedicado às mulheres e o turno da tarde (13h às 17h) com foco nos homens.

O cronograma tem continuidade na segunda-feira (03), com as pessoas de 62 anos de idade. Na terça-feira (04) será a vez dos idosos de 61 anos e na quarta-feira (05) acontece a vacinação para aqueles que têm 60 anos de idade. Estes três dias contarão com 13 postos de vacinação, atendendo das 9h às 17h e seguindo a mesma logística do primeiro dia: mulheres pela manhã e homens à tarde.

A coordenadora da vacinação contra a Covid-19 em Teresina, Emanuelle Dias, orienta as pessoas que irão aos pontos de aplicação da vacina. “A vacinação inicia às 9h e termina às 17h e as pessoas não devem ir muito cedo para evitar longas filas. Todos devem levar CPF ou Cartão Nacional do SUS, comprovante de residência na cidade de Teresina-PI e um documento de identificação com foto e data de nascimento”, explica.

Vacinação contra a Covid-19 – Pontos de drive thru

Dias: 02/05 (63 anos), 03/05 (62 anos), 04/05 (61 anos) e 05/05 (60 anos)

Horários: 9h às 17h (manhã: mulheres; tarde: homens)

•Centro Universitário Santo Agostinho (EXCETO DIA 02/05);

•Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte);

•Terminal de Integração Buenos Aires;

•Terminal de Integração Zoobotânico;

•Terminal de Integração Bela Vista;

•Terminal de Integração Livramento;

•Centro Universitário UNINOVAFAPI;

•Terminal de Integração Itararé;

•Universidade Estadual do Piauí (UESPI);

•Terminal de Integração Parque Piauí;

•Teresina Shopping;

• ADUFPI;

• Faculdade Estácio de Teresina.

Ambulatório Pós-Covid do Lineu Araújo já prestou mais de 1.500 atendimentos

A Covid-19 é uma doença que pode causar sequelas a curto, médio e longo prazo. Pensando nisso, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) mantém um ambulatório específico para atendimento à população, que funciona no Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo. Desde o início de seu funcionamento, em novembro de 2020, um total de 1.581 consultas já foram realizadas nas seis especialidades ofertadas pelo local.

Chamado de Ambulatório Pós-Covid, o serviço funciona em dias úteis, nos turnos manhã e tarde. Há oferta de consultas e exames nas áreas de cardiologia, nefrologia, neurologia, pneumologia, fisioterapia e nutrição, consideradas especialidades que contribuem para a completa recuperação do indivíduo.

Para receber atendimento no ambulatório, os pacientes que ficaram com sequelas após infecção por Covid-19 podem se dirigir a uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Eles são avaliados por médicos nesses locais e, se houver necessidade, são encaminhados para o ambulatório. Já os pacientes com Covid-19 que estão internados nos Hospitais da Prefeitura, no momento da alta, podem também ser direcionados ao Centro de Saúde Lineu Araújo.

Segundo o diretor do Lineu Araújo, Francisco Cavalcante, o ambulatório promove melhor qualidade de vida para quem sofre com as sequelas da Covid-19. “Têm pessoas que tiveram Covid-19 e os sintomas persistem mesmo após o término dos 15 dias de isolamento. O acompanhamento da saúde dessas pessoas é necessário e agora o município está viabilizando o atendimento sequencial desses indivíduos”.

O médico infectologista e coordenador médico do COE da FMS, Walfrido Salmito, alerta que a Covid-19 pode trazer sequelas a curto, médio e longo prazos. “A Covid-19 é uma doença nova, que ainda é alvo de estudos científicos pelo mundo, mas sabe-se que a lista de sequelas dessa infecção é extensa e pode comprometer o funcionamento de diversos órgãos. Os pacientes podem, por exemplo, desenvolver pneumonia, ter disfunção renal, além de problemas neurológicos, cardíacos e pulmonares”.

Os pacientes com Covid-19 que estão internados nos Hospitais da Prefeitura, no momento da alta, podem também ser direcionados ao Centro de Saúde Lineu Araújo (Foto: Ascom/FMS)

Pacientes com Covid-19 ganham prontuário afetivo no HUT

Um prontuário é o documento no qual os profissionais de saúde registram as informações do quadro clínico do paciente, já o prontuário afetivo traz informações individualizadas sobre o que cada paciente mais gosta, a ação começou a ser executada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) nessa semana.

Nos leitos de enfermaria, a gerente de Enfermagem, Samara Laís, começou a fixar folhas de papel com apelido carinhoso, gostos, hobbys e pessoas especiais para o paciente. “Somos movidos a amor. Tentamos buscar essa humanização até mesmo na narrativa da pandemia”, declarou.

Para o psicólogo Eduardo Moita, o afeto traz melhorias na assistência, “são cuidados que vão além da rotina diária. Com o prontuário afetivo os profissionais criam um vínculo ampliando o sentimento de conforto e confiança com o paciente”, esclarece.

Para o médico Fábio Marcos, diretor-geral do HUT “a padronização de processos descritos no prontuário terapêutico é importante para a segurança enquanto o afetivo é um afago tanto para os pacientes quanto familiares. A família fica muito angustiada, com poucas informações e não pode fazer visita por causa do isolamento e esse vínculo melhora a assistência e a recuperação”, avaliou.

No Hospital de Urgência de Teresina há 94 leitos exclusivos para o tratamento da covid-19, sendo 56 enfermarias e 38 leitos de terapia intensiva (UTI).

O prontuário afetivo traz informações individualizadas sobre o que cada paciente mais gosta Foto(Ascom/HUT)