Equipes monitoram nível dos rios e estações de bombeamento

Os técnicos da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Centro Norte visitaram, nesta sexta-feira (21), as regiões ribeirinhas e próximas às lagoas, que demandam atenção redobrada nos períodos com altos índices pluviométricos. O objetivo da visita foi verificar a condição destes locais, após as chuvas que caíram em Teresina na noite de quinta e na madrugada desta sexta-feira.

Além desses locais, as equipes também percorreram as estações de bombeamento para verificar o nível das águas nesses locais. A medida ajuda no trabalho de prevenção e manutenção realizado nestas regiões, pela SDU Centro-Norte.

De acordo com a gerente de Obras de Serviços da Superintendência, Patrícia Santos, graças à manutenção preventiva nas estações de bombeamento e limpeza nos bueiros e galerias não aconteceram muitos problemas. “O nosso trabalho preventivo fez com que tivéssemos um bom escoamento das águas da chuva, com isso evitamos inundações nas áreas ribeirinhas e próximas às lagoas”, disse.

Os pontos que apresentaram problemas foram poucos, mas as equipes já estão em campo resolvendo. “Alertamos mais uma vez a população para que evite jogar lixo em terrenos baldios e nas vias públicas, pois quando chove esse material vai todo para as galerias e dificulta o escoamento da água”, acrescenta.

A gerente explica ainda que a limpeza na galeria nas proximidades do Mercado São José, mais conhecido como Mercado Central, fez com que fossem evitados problemas no local. “Retiramos muito lixo dessa galeria e o nosso trabalho é contínuo nessa limpeza, mas precisamos da colaboração das pessoas”, enfatiza.

Patrícia informa que as equipes estão monitorando as estações de bombas e o nível dos rios para evitar problemas. “Ainda não houve a necessidade de ligar as bombas na totalidade, mas estamos monitorando o nível dos rios, caso seja necessário, vamos tomar essa providência”, explica.

Para resolver definitivamente esse problema de drenagem está em fase de projeto a construção de novas galerias em vários pontos da zona Norte. “O fechamento do Canal do Mocambinho já é uma das medidas para resolver esse problema de escoamento de água na região”, diz.

Estações de Bombeamento

Durante todo o ano a SDU Centro Norte mantém a manutenção das bombas das estações. Todo o sistema funcionou durante as cheias dos rios que cortam a capital, evitando transtornos na região.

Só na região Norte são 24 bombas aptas para atuarem nas estações de bombeamento, sendo seis na Avenida Marechal Castelo Branco (Bairro Primavera), nove na Avenida Boa Esperança, próxima ao Encontro dos Rios. Na Rua Santa Clara (no Dique do Rio Poti), existem seis bombas submersas e três externas, para casos emergenciais, atendendo as Vilas Mocambinho 1, 2, e 3, bairros Mocambinho e Santa Sofia.

Museu de Imagem e Som deve fazer homenagem a Torquato Neto

Fotos: Rômulo Piauilino

“Teremos aqui uma pinacoteca, um local para a realização de cursos. Nossa ideia é que museu seja temático, homenageando o grande artista teresinense que é Torquato Neto”, destacou o prefeito Firmino Filho durante a visita às obras do Museu de Imagem e Som, na manhã de hoje (19). O prefeito acompanhou ainda o andamento das obras de acessibilidade do Centro da cidade.

O Museu da Imagem e do Som (MIS), que fica localizado no prédio da antiga Câmara Municipal de Teresina está na etapa de fundação. Com o investimento total de R$ 5.175,572,31, oriundos de financiamento com o Banco do Brasil e prazo de execução de 12 meses, o local vai ganhar nova fachada e abrigará além do museu a Pinacoteca de Teresina.

O superintendente da SDU Centro, Norte, Carlos Daniel, enfatiza que as obras no vão trazer uma nova vida para o Centro. “Estamos trabalhando para que o Museu seja entregue para a cidade no segundo semestre deste ano, além isso o prefeito determinou a revitalização a Praça Rio Branco e a extensão da Rua Climatizada até a Praça João Luís Ferreira, com isso vai ser revigorada no Centro da cidade”, complementa.

O Museu de Imagem e Som terá cinco pavimentos com loja, café, cineclube, auditório, estúdio de som, laboratório de cinema, ilha de edição, midiateca, videoteca, núcleo de digitalização, restauração e catalogação, laboratório de fotografia e espaço destinado a eventos.

A obra de acessibilidade nas vias do Centro vai promover uma melhor circulação para as pessoas. Em algumas vias será retirado asfalto e no local está sendo colocado um piso especial, que vai contribuir para amenizar o clima, pois é um piso com placas cimentícias.

A ideia da obra é construir uma cidade priorizando as pessoas, assim desde a gestão passada foi sancionada a legislação que norteia construção das calçadas, que precisam ser acessíveis, seguras e confortáveis ao cidadão, que poderá fazer seus percursos a pé, com mais conforto.

O prefeito enfatiza que o Centro precisa voltar a receber as pessoas da melhor forma possível. “Estamos trabalhando para fortalecer essa parte da cidade onde está nossa referencia histórica. Precisamos retomar  a nossa vocação do passado, com um Centro vibrante e movimentado”, finaliza.

A obra está requalificando oito vias na área central da cidade. Com previsão de conclusão de 12 meses e está orçada no valor de R$ 2.287.970,77 via CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina). O projeto vai contemplar as ruas Álvaro Mendes, Senador Teodoro Pacheco, Paissandu, Rui Barbosa, Firmino Pires, Riachuelo, João Cabral e seus cruzamentos com a Avenida Maranhão.

Avenida Josué de Moura Santos ganha calçadas com acessibilidade

Ascom/SDU Centro Norte

As obras da Avenida Doutor Josué de Moura Santos, importante ligação entre os bairros Monte Verde e Pedra Mole, estão em andamento e seguem dentro do cronograma. Os serviços estão na etapa de execução de calçadas, rampas e serviços de drenagem superficial, como a construção de sarjetas, canaletas e meios-fios. O investimento total é em torno de R$ 7 milhões oriundos de recursos federais.

O superintendente executivo da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro-Norte (SDU Centro Norte), Márcio Sampaio, revela que estão sendo feitas as calçadas com acessibilidade, inclusive incluindo piso tátil para facilitar a vida das pessoas com deficiência.  “Fizemos inicialmente o alargamento da via e agora estamos fazendo as calçadas com acessibilidade para atender à necessidade de todos”, disse.

Sampaio reforça que a avenida é uma importante via entre as zonas Norte e Leste. “A Avenida Dr. Josué de Moura Santos melhorou muito a locomoção na zona Norte, e é um importante elo com a zona Leste. A nossa expectativa é que com a conclusão da obra o trânsito da região melhore bastante”, enfatiza.

Praça da Telemar passa por reforma e requalificação

Ascom/SDU Centro Norte

Os moradores do bairro Mocambinho, zona Norte de Teresina, serão beneficiados com a reforma e requalificação da Praça Jornalista Paulo de Tarso, mas conhecida como a Praça da Telemar. A obra está nos serviços preliminares com a retirada do piso, do palco, de quiosques e bancas que existiam no local.

A Praça será totalmente revitalizada, com a instalação de um piso intertravado, área para eventos com palco, camarim, banheiros com acessibilidade, playground, praça de alimentação, parada de ônibus. Além disso, o antigo prédio da Telemar será reformado e o local vai ganhar bancos em madeira e concreto para jogos, lixeiras, bicicletário e pergolado.

O orçamento total foi de R$ 674.408,32 com recursos do Banco do Brasil e prazo de conclusão da obra é de oito meses. Para o superintendente executivo da SDU Centro Norte, Márcio Sampaio, a urbanização trará muitos benefícios para os moradores do entorno, que vão ganhar uma Praça requalificada e com espaço para lazer e prática de atividades físicas.

“A Praça já estava precisando de uma revitalização e de uma melhoria paisagística. Com a reforma, o local terá espaço para atividades físicas, apresentações artísticas e praça de alimentação”, explicou.

O superintendente enfatizou ainda que o espaço vai contar com banheiros adaptados para as pessoas com deficiência. “A revitalização também tornará a Praça um local com acessibilidade para todos, pois o local terá piso tátil e rampas para pessoas com deficiência”, acrescentou.

Praça dos Eucaliptos se transforma em complexo esportivo

A Praça Teotónio Vilela, mais conhecida como Praça dos Eucaliptos, no bairro Acarape, também está passando por reforma e requalificação. O espaço contará com playground; pistas para skate, caminhada e bicicleta; implantação de uma academia popular; novos bancos, lixeiras, iluminação, e mesas de jogos. Além disso, a quadra poliesportiva já existente será revitalizada. Os recursos totais somam R$ 1.094.332,19 e são oriundos de financiamento com o Banco do Brasil.

SDU Centro Norte coletou mais de 4 mil toneladas de lixo em janeiro

Ascom/SDU Centro Norte

O descarte irregular de lixo em ruas e avenidas da cidade é um dos fatores responsáveis pela obstrução da passagem de águas naturais e entupimento de galerias e bueiros. Somente no mês de janeiro, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano – SDU Centro/Norte recolheu mais de quatro mil toneladas de lixo na região, sendo 2.165,12 coletados manualmente e 2.035,30 toneladas recolhidas de forma mecanizada.

O gerente de Serviços Urbanos da SDU Centro Norte, José Neto, enfatiza que o trabalho de coleta e limpeza faz parte do trabalho diário da gerência, mas é preciso que a população evite depositar lixo de maneira irregular, especialmente em período chuvoso, para evitar transtornos. “Trabalhamos todos os dias para coletar lixo e assim proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, enfatiza o gerente.

Dentre os serviços desempenhados pelos integrantes da equipe da SDU Centro Norte, estão os serviços de poda de árvores, capina, varrição e limpeza. A ação é promovida periodicamente pela equipe de limpeza da Gerência de Serviços de Serviços Urbanos (GSU) da Superintendência, composta por equipes de profissionais que se dividem de acordo com as demandas que surgem na comunidade.

A população precisa colaborar para evitar o acúmulo ou descarte irregular. A participação da comunidade é fator importante para evitar o acúmulo ou descarte irregular de lixo em áreas de proteção ambiental. O cidadão também pode ajudar e informar casos de depósito irregular através do aplicativo Colab ou entrando em contato com o Programa Lixo Zero pelos números 3226-2028 ou 99806-6171.

Canteiro de obra é implantado para início da revitalização do Canal do Mocambinho

A empresa responsável pela obra está implantando o canteiro de obra na antiga sede da Associação de Moradores do bairro. Em breve, o Canal do Mocambinho ganhará urbanização e melhorias em seu sistema de drenagem. Após a conclusão da obra, tanto a sede da associação como a praça serão revitalizadas.

Localizado na Avenida Freitas Neto, o canal será totalmente reconstruído, com a inclusão de cobertura em laje e definição de espaços para o escoamento da água no controle de enchentes. Além disso, contará com área de convivência, com cobertura em estrutura metálica e pergolado em madeira, inclusão de jardineiras, bancos, lixeiras, postes de iluminação, sinalização urbana e área de retorno para veículos.

Com recursos totais de aproximadamente 3 milhões de reais, oriundos de convênio com a Caixa Econômica, o projeto tem prazo de conclusão em 180 dias. A gerente de Obras e Serviços da SDU Centro Norte, Patrícia Santos, destaca que obra era um desejo antigo dos moradores do Mocambinho. “A requalificação do canal sempre foi bastante solicitada pelos moradores da região. Com a reforma, o risco de acidentes na Avenida Prefeito Freitas Neto será zerado. Afinal, o local se tornará um canteiro central, com laje, passeios, bancos, coberturas e iluminação”, enfatiza.

O canteiro será instalado na antiga sede da Associação de Moradores, que está sem utilização  e posteriormente também receberá revitalização. “A ideia de colocar o canteiro de obras na antiga associação é uma forma também de ocupar o espaço, que estava totalmente depredado. Após a conclusão da obra faremos também uma revitalização no local”, explica Patrícia.

Rômulo Marques, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto, destaca que a obra dará atenção especial aos pedestres. “O novo Canal priorizará a segurança e acessibilidade, com a presença de rampas e passeios para a melhor locomoção dos pedestres na avenida. Teremos seis áreas de convivência, com toda a estrutura para as pessoas terem momentos de lazer com todo conforto. A zona Norte vai ganhar mais um espaço totalmente acessível”, pontua.

 

 

Cemitérios e praças da zona norte e centro recebem limpeza

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Centro Norte, por meio de sua Gerência de Serviços Urbanos (GSU), realiza periodicamente a capina dos cemitérios da região. No momento, recebem a manutenção os cemitérios São José, no bairro Matinha e Santo Antônio, no Buenos Aires.

As ações de limpeza se iniciaram nos dois por serem os maiores da região. Logo depois, as equipes atenderão os demais cemitérios da zona norte. “Estamos deixando os cemitérios limpos para que as pessoas possam visitar seus entes queridos em espaços limpos”, destaca o gerente de serviços urbanos José Neto.

Neto reforça que a capina e varrição é feita periodicamente, mas é importante que as pessoas conservem o local limpo. “Somente no Cemitério São José retiramos uma carrada de material, entre produto da capina e lixo jogado em local inadequado. Temos várias lixeiras espalhadas, mas, infelizmente, as pessoas jogam lixo em qualquer lugar. Por isso, fazemos um apelo para que a população colabore com a manutenção da limpeza nestes espaços”, completa.

O cemitério São José é o segundo maior da região, possuindo 35 mil metros quadrados, com 8.700 sepulturas, 4 seções e 24 quadras. Já Cemitério Santo Antônio possui 105 mil metros quadrados, com 6 seções, 33 quadras e 14.879 sepulturas, sendo o maior da região centro/norte.

Outros Serviços

Nesta terça-feira (11), as equipes de capina, varrição e limpeza da SDU Centro Norte também estão nos seguintes bairros: Poti Velho, Loteamento Mocambinho, Monte Verde, Mocambinho, Mafrense, Vila Mocambinho III, Parque Alvorada, Matinha, Acarape, Centro e Santa Maria. Além disso, equipes atuam nas Praças da Bandeira, Rio Branco, João Luís, Pedro II, Saraiva, Liceu, Fripisa e ainda no canteiro central da Avenida Frei Serafim.

 

SDU Centro Norte inicia a fundação da ponte que vai ligar a zona norte à Ufpi

Ascom/SDU Centro Norte

Está em fase de fundação a construção da nova ponte, que vai ligar o bairro Água Mineral, na altura do balão da Coca-Cola, à Universidade Federal do Piauí (UFPI), próximo ao setor de esportes, desafogando o trânsito entre as zonas Norte e Leste.

A nova ponte terá 240 metros de comprimento, vias para ciclistas e pedestres, além de quatro faixas de rolamento, sendo duas em cada sentido. Serão aplicados mais de R$ 31 milhões na obra, com recursos oriundos do FGTS. O prazo para execução é de até 14 meses após a ordem de serviço

O superintendente da SDU Centro Norte, Carlos Daniel, explica que a nova ponte trará resultados positivos para todas as zonas da cidade. “Com a conclusão dessa ponte as pessoas terão mais facilidade para chegar à zona Leste da cidade. A nossa expectativa é que até o final do segundo semestre a gente entregue mais essa grande obra para cidade”, destaca.

A engenheira da SDU Centro Norte, Adélia de Melo, afirma que a obra está em fase inicial, mas deve começar a avançar. “Estamos ainda muito no início da obra, na fase de cravação das estacas, que corresponde a fase inicial das fundações, mas após essa etapa vamos começar fazer os blocos de concreto para implantar os pilares da ponte. Pontes conectam zonas, desafogam trânsitos e trazem resultados positivos para o desenvolvimento da capital”, disse.

A dona de casa, Teresinha Luis, que mora no Bairro Água Mineral há de 30 anos, acredita que a obra vai trazer mais valorização para o bairro. “Há muitos anos moramos aqui e nunca tivemos uma obra desse tamanho, por isso estamos na expectativa da conclusão”, disse.

Já Isabel Cristiane da Cruz Oliveira acredita que a ponte vai facilitar muito a vida das pessoas que estudam na Ufpi. “Os estudantes da universidade, que moram aqui no bairro hoje, precisam ir até o centro para pegar outro ônibus para ir para a Ufpi, mas com a ponte acredito que ele poderão sair daqui do bairro e ir direto para universidade pela ponte”, finaliza.

Praça dos Eucaliptos se transforma em Complexo Esportivo

A Praça Teotônio Vilela, mais conhecida como Praça dos Eucaliptos, localizada no bairro Acarape, está sendo totalmente requalificada e será transformada em um complexo esportivo. O prefeito Firmino Filho, juntamente com o superintendente da SDU Centro Norte, Carlos Daniel, e o superintendente executivo, Márcio Sampaio, estiveram no local nesta sexta-feira (07) acompanhando o andamento da obra.

O espaço contará com playground, pistas para skate, caminhada e ciclismo, implantação de uma academia popular, novos bancos, lixeiras, iluminação e mesas de jogos. Além disso, a quadra poliesportiva, já existente, será revitalizada. Os recursos totais somam R$ 1.094.332,19 e são oriundos de financiamento do Banco do Brasil.

Para o prefeito Firmino Filho, a obra tem um grande valor para a comunidade, pois vai proporcionar mais qualidade de vida para os moradores. A Praça dos Eucaliptos tem a proposta de reunir as famílias e queremos tornar a cidade cada vez mais agradável para todos”, explicou o prefeito, acrescentando que também será feita uma galeria para resolver um problema de drenagem antigo no local.

“As obras estão adiantadas, esperamos entregar mais esse espaço público para as pessoas o mais rápido possível. Na praça as pessoas vão poder se reunir e praticar esportes, uma vez que teremos uma quadra esportiva”, afirmou o superintendente da SDU Centro Norte, Carlos Daniel

O estudante Clerrison Monteiro, 18 anos, que mora no local desde 2016, afirma estar sonhando com a conclusão da obra da praça, pois gosta muito de esportes e o local é ideal para a prática de atividades físicas. “Já usávamos esse espaço, mas depois da reforma o local vai ficar bem melhor. Temos um grupo que jogava bola todos os dias aqui na praça, mas com a obra estamos sem espaço de lazer, por isso estamos na maior expectativa para o fim da obra”, finaliza.