SAAD Sudeste convoca feirantes do Mercado do Renascença para realizar cadastro

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD-Sudeste) está realizando a segunda etapa do cadastramento de feirantes que atuam no Mercado do Renascença. O objetivo é fazer o levantamento e organização das pessoas que serão remanejadas para a sede provisória durante as obras de reforma do antigo mercado e que ainda não constam no cadastro.

Feirantes estão sendo cadastrados (Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Para realizar a inscrição, basta comparecer à SAAD Sudeste, localizada na Avenida Deputado Paulo Ferraz, Nº 1895 – bairro Beira Rio, portando RG, CPF e comprovante de residência do local onde mora.
“Fizemos um mapeamento prévio durante visitas ao mercado e estamos convocando os feirantes fixos que ainda não possuem cadastro para que venham regularizar a sua situação”, informa Samara Cunha, gerente de Habitação da SAAD Sudeste.

Casados há 48 anos, Maria Divina Rêgo e José Batista Rêgo, além do matrimônio, dividem também o local de trabalho. Ela atua há 35 anos no Mercado do Renascença, vendendo temperos em sua barraca. Ele, depois de largar o trabalho na roça, vende carne há 18 anos em um dos boxes.

Para eles, a reforma vai trazer melhorias há muito tempo necessárias. “Nossa expectativa é de que fique bem melhor, com todas as condições pra gente trabalhar”, declara Maria Divina.

Feirantes estão sendo cadastrados (Foto: Ascom/SAAD Sudeste)

Reforma do Mercado do Renascença
Com investimento em torno de R$ 3,6 milhões, a reforma do Mercado do Renascença inclui uma sede provisória onde os permissionários ficarão alojados durante a execução das obras. A revitalização será completa com novas instalações elétricas, sanitárias e hidráulicas, SPDA (Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas) e de combate a incêndios. Também será construída área para estacionamento, estrutura administrativa, área exclusiva para cargas e descargas, lixeiras seletivas, rampas de acessibilidade, banheiros masculinos e feminino convencionais e com acessibilidade, boxes e bancadas de hortifruti.

SAAD Sudeste busca soluções para falta de vagas no sistema funerário e vai construir novo cemitério na região

Com a alta de mortes por Covid-19 em Teresina, está em andamento o planejamento para a construção de um novo cemitério na região Sudeste. As soluções para o enfrentamento à atual crise no sistema funerário foi tema de reunião entre o prefeito Dr. Pessoa e o superintendente da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste, Zé Nito.

No encontro, foi apresentada a situação dos cemitérios públicos dos bairros São Sebastião e Renascença, que não possuem mais vagas para sepultamento. Com isso, o prefeito determinou a procura de uma área que atenda aos requisitos necessários, e de preferência pública, para que seja construído um novo cemitério na região.

Como medida de efeito a curto prazo, também foi autorizada a negociação com a administração do Cemitério Recanto da Saudade, para que os 10% dos jazigos cedidos, conforme determina a Lei, por todo cemitério particular ao município, sejam disponibilizados imediatamente para o sepultamento de vítimas de Covid-19.

“Se necessário, terá disponível no Cemitério Recanto da Saudade cerca de 312 sepulturas. Quanto à construção do novo cemitério, o prefeito se mostrou bastante sensível e já iniciamos as buscas por um local apropriado para que essa situação seja sanada o mais breve possível”, enfatiza Zé Nito.

O superintendente destaca ainda que, conforme determinação da Prefeitura, em caso de falta de vaga em um cemitério público da região, o sepultamento pode ser transferido para o de outra zona de Teresina.

No encontro, foi apresentada a situação dos cemitérios públicos dos bairros São Sebastião e Renascença, que não possuem mais vagas para sepultamento. Foto: Semcom

SAAD Sudeste entrega títulos de regularização fundiária do Alto da Ressurreição e Frei Damião

SAAD realiza entrega de títulos de regularização fundiária dos moradores do Alto da Ressurreição e Frei Damião. (Foto: SAAD Sudeste)

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste (SAAD) está realizando a entrega dos títulos de regularização fundiária dos moradores do Alto da Ressurreição e Frei Damião. A entrega acontece na sede da SAAD, conforme agendamento prévio feito pela equipe. 

A ação faz parte de uma terceira etapa, em que são entregues os títulos que estavam com pendências a serem regularizadas e os de quem não recebeu nas etapas anteriores que aconteceram em 2020. Ao todo serão concedidos aproximadamente 2.190 títulos. 

Esse é um trabalho muito importante da Prefeitura, em que garantimos a posse de terra às famílias em área de ocupação irregular. Nosso objetivo é  promover aos moradores o acesso a condições de moradia digna e aos serviços públicos”, frisa Zé Nito, superintendente da SAAD Sudeste. 

Samara Cunha, Samara Cunha, gerente de Habitação da SAAD Sudeste, explica como o ação está sendo executada. “Estamos entrando em contato com os moradores para agendar o dia em que cada um pode vir buscar o seu título. Em breve eles também devem receber o registro do imóvel, após a Prefeitura dar entrada no processo no cartório”.

A aposentada Maria Francisca da Silva é uma das moradoras contempladas com o título. Depois de 13 anos vivendo no Residencial Frei Damião, ela finalmente terá o registro do imóvel onde mora. “É uma felicidade muito grande pra gente receber o documento depois de tanto tempo nessa espera”, declara.

Saad Sudeste lança campanha de conscientização “Jogue limpo com o bairro”

Campanha “Jogue limpo com o bairro” no instagram

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de preservar a cidade limpa e o descarte correto do lixo, a Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste criou a campanha “Jogue limpo com o bairro” no instagram.

A Gerência de Serviços Urbanos da Saad Sudeste vem trabalhando todos os dias na limpeza da região. Somente nos meses de janeiro e fevereiro 438 ações foram realizadas pela gerência, incluindo limpeza em praças, bairros, galerias, cemitérios, remoções em transbordo e podas de árvores.

O superintendente da Saad, Zé Nito, lembra que o descarte incorreto do lixo causa muitos transtornos para a sociedade. “A SAAD Sudeste está fazendo o seu trabalho e intensificando a limpeza, mas é preciso uma conscientização da população. Quando alguém joga lixo na rua, entope as galerias, causa enchentes, e prejudica os próprios moradores. Muitas vezes limpamos pela manhã e à tarde já está cheio de lixo de novo”, afirma.

Jogar lixo na rua ou em terrenos baldios também contribui para a proliferação de mosquitos e doenças. Todos podem fazer denúncias de descarte irregular de lixo através do WhatsApp do Lixo Zero (86) 99806-6171.

Construção da galeria do Recanto dos Pássaros está em fase final

Galeria do Residencial Recanto dos Pássaros está na fase final de sua execução (Foto: SDU Sudeste)

A tão esperada galeria do Residencial Recanto dos Pássaros, bairro Bom Princípio, está na fase final de sua execução. Após a colocação das tampas de concreto, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sudeste(SDU Sudeste) iniciou a etapa seguinte com a pavimentação em paralelepípedo.

A galeria é importante pois evita alagamentos, enchentes e outros transtornos causados pelas chuvas. Além de acabar com o mau cheiro e viabilizar a passagem de pedestres e motoristas de forma segura. A obra está orçada no valor de R$ 192.876,58.

O superintendente da SDU/Sudeste, Zé Nito, visitou a obra e ficou feliz com os resultados até o momento. “Essa galeria é uma reivindicação antiga e estamos muito contentes de, em breve, poder entregar para o Recanto dos Pássaros uma obra que vai impactar a vida da população de forma tão positiva”, afirma.

SDU Sudeste visita bairros para observar necessidades da região

O superintendente executivo da Superintendência de Desenvolvimento Urbano-Sudeste (SDU-Sudeste), José Lopes, esteve nesta sexta-feira (19), em visita a bairros da região para conversar com moradores e ouvir as demandas da comunidade. Acompanhado do gerente de Serviços Urbanos, Gilberto José, e da engenheira da Gerência de Obras e Serviços, Layara Gualter, ele visitou pontos no Dirceu II, Residencial Dom Helder, Parque Progresso e Recanto dos Pássaros.

No Dirceu II, a equipe conversou com permissionários do Mercado a respeito das principais reivindicações para o local. As melhorias serão contempladas em futura reforma cujo projeto encontra-se em processo de elaboração e que será executada com recursos de emenda parlamentar do deputado federal Fábio Abreu.

Sobre a obra, o superintendente da SDU Sudeste, Zé Nito, destaca os impactos positivos para a população. “É uma reivindicação antiga da comunidade e que vai trazer inúmeros benefícios tanto para comerciantes quanto consumidores. Nesse sentido, a parceria e boa vontade do deputado Fábio Abreu nos traz muita alegria e satisfação”, afirma.

O superintendente executivo visitou ainda o Residencial Dom Helder, onde membros da associação de moradores solicitaram, dentre outras demandas, a reforma da praça e da quadra poliesportiva. No Parque Progresso, devido ao problema de escoamento de água em ruas do bairro, será feito um estudo de drenagem para analisar possíveis soluções. Já no Recanto dos Pássaros, a SDU fará a recuperação de trecho de calçamento e de canaletas.

“Estamos dando atenção especial às obras de maior necessidade das pessoas e que geram um impacto imediato na qualidade de vida. A expectativa é que possamos atender o máximo possível de demandas e promover um diálogo direto com a população”, frisa José Lopes.

Visita aos bairros da região para conversar com moradores e ouvir as demandas da comunidade Foto(Ascom/SDU Sudeste)

SDU Sudeste realiza atendimento de família vítima de desabamento na Vila da Guia

Foto: Ascom SDU Sudeste

As equipes de Habitação e de Controle e Fiscalização da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sudeste SDU Sudeste realizaram visita, nesta quinta-feira (18), a uma família vítima de desabamento no bairro Vila da Guia. A casa desabou nesta última quarta-feira (17), mas os moradores conseguiram sair antes do ocorrido e nenhuma pessoa se feriu.

Durante a visita, as assistentes sociais da SDU Sudeste colheram informações e orientaram a família sobre as medidas que devem ser adotadas.

“Nós estivemos no local para averiguar a situação e atender a esta família que no momento encontra-se desabrigada. A partir de agora, junto aos demais órgãos que compõem a rede de atendimento, vamos analisar e tomar as providências cabíveis”, ressalta Samara Cunha, gerente de Habitação da SDU Sudeste.

Além da situação de emergência devido ao desabamento, foi constatada situação de vulnerabilidade social e, portanto, a família será encaminhada para atendimento pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

Intervenção na Avenida Camilo Filho facilitará fluxo de veículos

Fluxo na Avenida Camilo Filho facilitará fluxo de veículos (Foto: SDU Sudeste)

Será entregue na próxima semana a intervenção do sistema viário da Avenida Professor Camilo Filho. De quinta-feira à noite até domingo (18 a 21/02), o fluxo será interrompido para finalização e entrega das sinalizações horizontais e verticais da obra, que está sendo realizada pela construtora responsável pelos Residenciais Vitória e Conquista.

A licença para construção só é liberada pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano -Sudeste após profundo estudo do impacto da obra na cidade sob vários aspectos. Quando a execução impacta no trânsito, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito – STRANS é acionada para fazer uma análise das intervenções necessárias.

No caso da Avenida Professor Camilo Filho, a intervenção foi requerida pela Strans, para que a entrada de moradores nos Residenciais não afete o fluxo de carros na via, principalmente no horário de pico.

Fluxo na Avenida Camilo Filho facilitará fluxo de veículos (Foto: SDU Sudeste)

Para o Superintendente da SDU-Sudeste, Zé Nito, a intervenção na via vai facilitar o fluxo de carros. “A SDU liberou a licença, após minuciosa avaliação da Strans, e estamos confiantes que após a conclusão, o fluxo vai ser melhorado. A sinalização será concluída em breve e a Strans observará a avenida durante esse período de adaptação”, disse.

A arquiteta da Strans, Lívia Macêdo, explica a mudança. “Até agora foi feita a parte que estava dentro do terreno do empreendimento. Essa solução foi uma exigência da Prefeitura como condicionante para a execução do condomínio, pois ele pode aumentar o fluxo em cerca de 2000 carros. Essa medida está garantindo a livre circulação dos usuários da avenida”, finaliza.

SDU Sudeste conversa com moradores sobre demandas da região

Fotos: Ascom SDU Sudeste

O Superintendente de Desenvolvimento Urbano, Zé Nito, visitou na manhã desta sexta-feira (12), diversos bairros da zona Sudeste. Acompanhado do superintendente executivo, José Lopes, do gerente de Obras e Serviços, Nairon Soares, de Serviços Urbanos, Gilberto José, e de Controle e Fiscalização, Marcelo Vasconcelos, o gestor conversou com lideranças comunitárias a respeito de demandas da região.

Foram visitados os bairros Manoel Evangelista, Vila Araguaia, Vila Washington Feitosa, Novo Milênio, Monte Horebe e Residencial Ananias Carvalho.

Segundo o superintendente, o objetivo é dialogar com a população e identificar as principais reivindicações a serem atendidas.

“Estamos em constante comunicação com a comunidade e buscando ouvir as necessidades de todos os bairros. Temos o compromisso de tomar todas as providências cabíveis para trazer muitas melhorias à região”, enfatiza o superintendente da SDU Sudeste, Zé Nito.

No Loteamento Manoel Evangelista foi solicitada a implantação de iluminação pública na praça, elaboração de projeto para construção da sede da associação, de um campo de futebol e foi requerida a iluminação de área verde e quadra esportiva do local.

Já nas vilas Araguaia e Washington Feitosa, as solicitações são para poda de árvores, limpeza urbana e desenvolvimento de projeto para construção de galeria na região. No bairro Novo Milênio, moradores pediram a limpeza e serviços de manutenção na praça.

O superintendente visitou ainda o Residencial Ananias Carvalho, onde foi solicitada a destinação de serviços de calçamento, tapa-buracos e limpeza urbana. No bairro Monte Horebe, o gestor conversou com conselheiros comunitários que apresentaram algumas das demandas do local.

Para Pedro Alexandrino, presidente do Conselho Comunitário do Monte Horebe, a expectativa é de que a gestão contribua para o desenvolvimento da região. “Nós temos uma demanda de asfaltamento aprovado desde 2015 e que nunca foi realizado. Esperamos que agora seja feita uma boa gestão que, enfim, dê andamento a esse projeto”, finaliza.

SDU Sudeste conversa com ocupantes da Praça dos Correios para regularizar situação

 

Foto: Ascom SDU Sudeste 

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sudeste (SDU Sudeste) reuniu-se hoje com os donos de trailers da Praça dos Correios para começar um processo de regularização e organização do espaço, que hoje conta com alguns ocupantes irregulares e falta padronização no tamanho dos trailers.

O superintende da SDU Sudeste, Zé Nito, fez questão de frisar que a reunião foi para que todos se entendam e a situação possa ser resolvida da forma mais horizontal possível.

“Não se faz uma gestão sem ouvir os envolvidos, sem ouvir a comunidade. É necessário que haja entendimento entre os ocupantes, que vocês se unam para melhorar o trabalho de vocês. Estamos aqui para trabalhar pela nossa região e entendemos que vocês precisam colocar comida a mesa, mas é preciso organização”, afirmou Zé Nito.

Para José Lopes, superintendente executivo da SDU Sudeste, o diálogo foi aberto, mas tudo precisa estar como manda a lei.

“Estamos aqui para abrir o diálogo, ouvir as demandas de vocês e chegar a um consenso para organizar a situação da praça. A SDU não tem intenção de tirar ninguém dos seus trailers, mas é importante que a lei seja respeitada”, salientou.

O dono de trailer, Rafael Dias, reitera a importância de todos os ocupantes padronizarem seus espaços. “O problema da Praça dos Correios se arrasta há muito tempo. Queremos condições melhores para trabalhar, revitalização, padronização e qualificação. Estamos no maior pólo gastronômico da região sudeste”, finaliza Rafael.