Bairros da zona Sudeste recebem serviços de limpeza urbana


Nesta terça-feira (30), as equipes de limpeza da SDU Sudeste estão atuando nos bairros Alto da Ressurreição, Gurupi, Pedro Balzi, Dirceu, Vila São Raimundo, entre outros. Mais de 140 funcionários trabalham diariamente nos serviços de limpeza da região.

Mesmo durante a pandemia, os serviços de capina, varrição e poda em praças, ruas e avenidas, cemitérios, galerias e bueiros continuam funcionando normalmente. Para isso, são adotadas medidas de segurança para colaboradores e moradores.

Além do cronograma habitual, as demandas de limpeza também podem ser solicitadas pelos moradores. Por meio do aplicativo Colab é possível encaminhar o seu pedido com informações detalhadas para os setores responsáveis.

“O Colab é um grande aliado no trabalho da SDU Sudeste. Recebemos várias demandas diretamente da população e, com isso, temos uma visão maior das necessidades da região e como atendê-las de forma eficiente”, destaca Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste.

Mercados públicos de Teresina estarão fechados neste fim de semana

Os mercados municipais de Teresina não poderão abrir neste fim de semana. O fechamento integra o conjunto de medidas de isolamento social intensificadas para os dias 27 e 28 de junho pelo Decreto Nº 19.859 da Prefeitura.

O objetivo é preparar a cidade para o possível início de retomada das atividades econômicas. A primeira fase de reabertura do comércio e afins está prevista para acontecer a partir do dia 7 de julho.

Durante todo o período, os mercados municipais têm recebido ações para minimizar os efeitos da pandemia, como explica o superintendente da Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste, Isaac Meneses. “Temos acompanhado cotidianamente o funcionamento dos mercados e atuado na orientação e fiscalização das normas de saúde nestes espaços, inclusive com a sanitização dos mesmos. Neste momento de preparação para uma possível reabertura das atividades econômicas, é importante que permissionários e toda a população se resguarde a fim de evitarmos um novo aumento de casos da doença”, conclui o superintendente.

Ruas da zona Sudeste recebem obras de recuperação de calçamento e canaletas

Por conta dos estragos causados pela chuva, algumas ruas da zona Sudeste estão recebendo serviços de recuperação de calçamento. Nesta semana, equipes da Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste estão em obras no bairro Alto da Ressurreição, loteamento Manoel Evangelista e cruzamento da Avenida São Francisco com Avenida Noé Mendes.

As ruas Estudante Deilane Raquel Silva e São Pedro do Piauí, no Alto da Ressurreição, e Avenida 01, no Manoel Evangelista, passam por recuperação da pavimentação em paralelepípedo, de meios-fios e sarjetas. Já na Avenida São Francisco, as equipes trabalham na manutenção de canaletas que estavam danificadas.

Mesmo durante a pandemia, as obras são executadas por se tratarem de serviços emergenciais de manutenção. O objetivo é facilitar o tráfego da população, especialmente para garantir o acesso aos serviços de saúde e segurança.

Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste, enfatiza que, além do monitoramento dos profissionais, a comunidade também pode solicitar o serviço. “Durante este período, continuamos trabalhando na solução de requerimentos emergenciais. Por meio do aplicativo Colab, o morador pode enviar detalhadamente o seu pedido de reparo e acompanhar o atendimento da demanda”, informa o superintendente

Mercados públicos recebem sanitização duas vezes por semana

Desde abril, os mercados públicos da cidade estão passando por processos de sanitização com o objetivo prevenir o contágio do coronavírus (COVID-19). Cada mercado recebe a ação duas vezes por semana, seguindo os cronogramas de cada Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU).

A ação, realizada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) em parceria com as SDUs e a Águas de Teresina, consiste na pulverização de solução de água com hipoclorido de sódio por meio de bombas costais. Além da sanitização, foram implantadas medidas de higiene e prevenção nos mercados, como forma de evitar a propagação do vírus.

Na zona Norte já foram feitas 60 sanitizações em dois meses. Estão sendo comtemplados os mercados São José (mercado central), São Joaquim, Mafuá e Buenos Aires. “Desde abril estamos realizando essa ação que tem protegido tanto os permissionários quanto os munícipes que precisam ir aos mercados fazer alguma compra de primeiras necessidades”, explica a engenheira da SDU Centro Norte, Araci Parente.

Ela ressalta ainda que o processo tem sido feito sempre duas vezes por semana, na terça e na sexta, no turno da tarde. “A orientação é para que todos permaneçam em casa, mas como os mercados precisam ficar abertos estamos fazendo a sanitização e orientando as pessoas quanto à higienização”, acrescenta.

Na zona Leste, os mercados do Peixe e do Satélite também recebem os cuidados de sanitização. No Mercado do Peixe, localizado na Avenida dos Expedicionários, bairro São João, a operação é realizada nos dias de quarta-feira e sábado. Desde abril já foram feitas aproximadamente 20 sanitizações para manter o ambiente limpo, evitando a proliferação do vírus.

Já o Mercado do Satélite começou a receber as ações de sanitização no mês de maio. O mercado foi recentemente inaugurado e também é contemplado com as satinizações nos dias de quarta-feira e sábado.

Na zona Sudeste, a SDU segue um cronograma para a sanitização dos mercados do Dirceu I, do Dirceu II e do Renascença. A ação já foi realizada 18 vezes, sendo executada nas terças e sextas-feiras.

Os mercados da Vermelha, da Piçarra e do Parque Piauí, todos na zona Sul, recebem as equipes de sanitização também duas vezes por semana, no turno da manhã.

SDU Sudeste segue medidas de segurança e atualiza cadastro de feirantes do Dirceu I

Ascom/ SDU Sudeste

A feira livre do Dirceu I tem recebido diversas ações da Prefeitura de Teresina para torná-la mais segura contra o coronavírus. Nesse último sábado (30), a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sudeste fez a atualização e inserção de novos cadastros socioeconômicos junto aos feirantes do local.

Segundo levantamento realizado pela equipe de assistentes sociais da SDU, a feira livre conta com 161 feirantes, sendo 126 cadastros socioeconômicos registrados no dia 26 de abril e 35 cadastros socioeconômicos realizados no último sábado (30). O cadastro serve de base para a programação de demarcações da área e para o planejamento de ações de melhorias para a feira.

“Todas as providências que tem sido adotadas visam manter a tradição das feiras, mas respeitando às normas de saúde e garantindo a segurança de consumidores e feirantes. Com um cadastro atualizado sobre os comerciantes do local, podemos aprimorar essas estratégias e desenvolver novas formas de ajudar a construir uma feira segura”, afirma Isaac Meneses, superintendente de Desenvolvimento Urbano Sudeste.

Outras medidas de segurança com relação ao espaço e higiene já foram aplicadas. Sob orientação de fiscais, as barracas são montadas obedecendo a uma distância adequada umas das outras. Além disso, é obrigatório o uso de máscara de proteção e higienização das mãos instruída por equipe de colaboradores da SDU Sudeste.

Ana Rosa Campelo trabalha há 30 anos na Feira do Dirceu I e se diz satisfeita com as ações implantadas. “Estamos trabalhando aqui, porém, temos medo e dúvidas com relação à prevenção da doença. Essas novas medidas nos ajudam a reaprender a trabalhar novamente, com muito mais segurança”, conclui.

Zona sudeste recebe obras de recuperação de calçamento

Ascom/SDu Sudeste

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste segue atuando em serviços de recuperação e manutenção de ruas. Nesta semana, o trabalho é executado em quadras dos conjuntos Bom Sucesso, Manoel Evangelista, Dom Helder e bairro Gurupi.

Nos locais, é feita a manutenção do calçamento em paralelepípedo e meio-fio, bem como das estruturas de drenagem como sarjetas, bocas de lobo e galerias.

Mesmo com o decreto de recomendação do isolamento social e restrição de atividades, serviços essenciais com este precisam ser mantidos, com o objetivo melhorar o tráfego e oferecer mais segurança à população em caso de chuvas.

“Em meio à pandemia, a Prefeitura vê como algo importante a continuidade nos serviços que possuem um caráter mais emergencial, como é o caso da recuperação de calçamentos danificados, tendo em vista principalmente melhorar a mobilidade para acesso a serviços básicos como saúde e segurança. Nesse sentido, estamos adotando medidas preventivas para a segurança de colaboradores e moradores”, destaca Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste.

SDU Sudeste orienta feirantes do Dirceu I para prevenção contra o coronavírus

Ascom/SDU Sudeste

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste, em parceria com a Guarda Municipal e a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), esteve neste sábado (23) na feira livre do Dirceu I para orientar feirantes sobre a prevenção à Covid-19. Pela primeira vez em 30 anos, a feira, que acontece tradicionalmente aos domingos, passou a funcionar no sábado em cumprimento ao decreto estadual de isolamento social.

Na sexta-feira (22) foi realizada a demarcação dos locais onde as barracas seriam montadas. Já hoje, a equipe da SDU Sudeste esteve presente para orientar na organização dos espaços e sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras, bem como sobre o distanciamento entre feirantes e população. Os espaços foram demarcados com cones e fita zebrada a 50 cm da barraca, para manter a distância de 2 m entre eles.

Na ação, a equipe também estava constantemente fazendo a higienização das mãos com álcool em gel tanto dos feirantes, como da população que entrava e saía da feira.

Ascom/SDU Sudeste

Jurandir de Oliveira trabalha na feira há 10 anos vendendo frutas. Para ele, a medida é bem-vinda no combate ao coronavírus. “É uma iniciativa para melhorar a organização e nos orientar com relação a essa doença e os cuidados que devemos ter. Além disso, é uma forma de fazer com que as normas de saúde sejam obedecidas, deixando a todos mais protegidos”, declara o feirante.

Segundo Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste, a mudança no dia de funcionamento da feira obedece ao decreto estadual Nº 19.984, que autoriza apenas o funcionamento de serviço essenciais no domingo (24), e visa garantir a manutenção dessa atividade comercial. “É muito importante que a população esteja consciente de que, nesse momento, é necessário cumprir com rigor as normas de saúde. Sabemos da importância das feiras livres como fonte de renda e, por isso, estudamos as melhores estratégias para mantê-las em pleno funcionamento, mas sempre com segurança”, ressalta o superintendente.

Feira livre do Dirceu I vai passar por adequações para funcionamento

Ascom/ SDU Sudeste

Em função da pandemia de Covid-19, a feira livre do Dirceu I, na zona Sudeste de Teresina, passará por adequações. O funcionamento que acontecia durante o domingo, agora acontecerá no sábado, em locais demarcados.

Na próxima sexta-feira (22), equipes da Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste e da Guarda Municipal estarão nos locais para delimitar os espaços em que as barracas devem ser montadas. Cerca de 128 barraqueiros são cadastrados para atuar na feira.

Além das novas medidas, também devem ser respeitadas as normas de uso obrigatório de máscara de proteção, distanciamento social de no mínimo dois metros e higienização das mãos e superfícies.

Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste, ressalta que as medidas são necessárias para evitar a formação de aglomerações. “Para que o funcionamento das feiras livres seja mantido como atividade essencial, é muito importante que haja o cumprimento rígido das normas pelos barraqueiros e consumidores. A SDU Sudeste está trabalhando para tornar esse comércio o mais organizado e seguro possível e vai atuar intensivamente na sua fiscalização”, informa o superintendente.