Obras na Vila da Paz e Via Sul estão em ritmo acelerado

Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho visitou, na manhã desta quinta-feira (03), duas das maiores obras que a Prefeitura de Teresina está realizando na zona Sul: a Urbanização da Vila da Paz e a implantação da Via Marginal Poti Sul. Acompanhado do superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, o prefeito ressaltou que as obras terão impacto positivo na vida dos teresinenses quando concluídas.

“Temos um conjunto significativo de obras em andamento na cidade. Sem dúvida nenhuma, elas vão impactar na qualidade de vida dos teresinenses, principalmente a população da zona Sul”, destacou.

Na Vila da Paz, o prefeito esteve no trecho que faz parte da segunda etapa da obra urbanização do local. No momento estão sendo construídos mais 800 metros de galeria no modelo gabião, que fará ligação com outros 640 metros já concluídos. “É uma obra que vai resolver o problema de drenagem dessa região”, lembrou o prefeito.

A obra na Vila da Paz também inclui a urbanização completa das margens do canal. Serão construídas pistas de caminhada, implantadas academias e quadras de esporte. Para as duas etapas, os investimentos se aproximam dos R$ 40 milhões.

A Via Sul, segundo o superintendente Paulo Lopes, é a maior obra de mobilidade urbana que está sendo realizada atualmente em Teresina. Seu investimento total é de cerca de R$ 60 milhões. A obra inicia no balão do Cefapi, próximo ao Residencial Murilo Resende, faz a ligação entre as pontes Wall Ferraz e Anselmo Dias, e segue até a Avenida Manoel Ayres Neto, no Vamos Ver o Sol.

“Esse trecho da Estrada da Alegria seguirá o mesmo padrão de toda a Via Sul, com duas pistas amplas, calçada com espaço para caminhada, ciclofaixa e iluminação moderna”, explicou o superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes.

Prefeitura de Teresina constrói nova praça no bairro Esplanada

Ascom/SDU Sul

A Prefeitura de Teresina está concluindo a construção de uma nova praça que vai beneficiar os moradores dos bairros Esplanada e Tenha Fé, na zona Sul da cidade.  No total, estão sendo investidos cerca de R$ 200 mil na obra. Esse recurso também está sendo utilizado na construção da rua na lateral da praça, facilitando o acesso dos moradores.

“Esse espaço estava sendo utilizado como depósito de lixo. Agora vai ficar bem melhor, pois teremos um espaço de convivência para as famílias frequentarem”, destacou Rainou Soares, morador da região.

Atualmente, a Prefeitura de Teresina está investindo, aproximadamente, R$ 1,5 milhão na construção e reforma de praças em diversos bairros da zona Sul da cidade. Um exemplo é a Praça da Vermelha, que fica ao lado da Igreja Nossa Senhora de Lourdes. Outra obra que está bem adiantada é a da praça e do campo de futebol na Av. Manoel Ayres Neto, no bairro Santo Antônio, região do Vamos Ver o Sol.

“A Praça Ambiental do bairro Cidade Sul também tem chamado a atenção dos moradores pela beleza e estrutura que está sendo construída. No espaço haverá campo de futebol, trilhas e academia popular”, afirma o superintende executivo da SDU Sul, Paulo Roberto.

Firmino visita obra de nova indústria que vai gerar mais de 200 empregos em Teresina

O prefeito Firmino Filho acompanhou o empresário Pedro Jereissati em visita, na tarde desta terça-feira (17), ao Polo Empresarial Sul, para ver o andamento da obra de construção da Grande Moinho Cearense S.A. A empresa do ramo alimentício iniciará suas atividades em Teresina em janeiro de 2021, gerando mais de 200 empregos diretos e indiretos. O senador Ciro Nogueira também participou da visita ao empreendimento.

 “A inauguração dessa nova empresa no mês de janeiro mostra a confiança desse grupo empresarial na economia de Teresina. A pandemia causou danos não apenas à saúde da população, mas também provocou consequências na área econômica, muito desemprego, muitas dificuldades financeiras. Não tenho dúvidas de que a inauguração deste empreendimento é muito importante na recuperação da economia da nossa cidade”, ressaltou o prefeito.

 Para o empresário Pedro Jereissati, a cidade de Teresina é estratégica para o crescimento e expansão do grupo empresarial. “Nosso grupo é forte no Norte e Nordeste, com a nossa principal instalação no Ceará, e Teresina foi uma escolha natural pela localização geográfica, pela localização do mercado, e por ter oferecido condições que proporcionaram esse investimento, a criação de empregos, e essa retomada da economia. E em janeiro já estaremos distribuindo o nosso produto em todo e Piauí, bem como exportando para outros estados”, declarou.

 A Grande Moinho Cearense S.A, que trabalha com gêneros de origem do trigo desde a década de 60, já atua em Teresina há alguns anos, mas apenas com o trabalho de distribuição de seus produtos. Com a implantação da indústria, ela passará também a produzir, gerando emprego, renda e impostos dentro do município.

 A Prefeitura de Teresina têm investido na infraestrutura do Polo Empresarial Sul para que mais empresas possam se instalar na cidade. “Atualmente, estamos aplicando mais de R$ 11 milhões no asfaltamento de 13 vias asfaltadas da área. A Avenida Firmino da Silveira Soares, de 2,49 quilômetros de extensão, também terá mais de R$ 5 milhões de investimento”, informou o superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes.

 O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Raul Ferraz, observa que, com a conclusão dessas pavimentações, estarão atendidos todos os requisitos de estrutura municipal no Polo Industrial Sul. “Sendo assim, vemos uma perspectiva muito grande de empregos com a própria obra de pavimentação e com a instalação de novas empresas e indústrias no local”, destacou.

Prefeitura implanta pavimentação asfáltica em 13 vias do Polo Industrial Sul

Um total de 13 vias do Polo Industrial Sul será asfaltado pela Prefeitura de Teresina, que vai investir mais de R$ 11 milhões na obra. Após a finalização do serviço, muitas empresas que já demostraram interesse em se instalar na área poderão realizar investimentos no primeiro semestre do próximo ano.

Uma das vias onde o asfaltamento está em fase de conclusão é a chamada Via Coletora Secundária VII. O investimento é de cerca de R$ 410 mil, proveniente de emenda parlamentar.

“Com a conclusão do asfaltamento, o Polo passará a ter todos os requisitos de estrutura municipal para receber novas empresas. Nossa expectativa é que todos os lotes sejam ocupados, o que significa mais emprego e renda para a cidade”, avaliou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Raul Ferraz.

Segundo a SDU Sul, está sendo preparada a licitação para asfaltar todos os outros 11 trechos da região. “Neste caso, os recursos são próprios do município”, ressalta o superintendente Paulo Roberto.

As licitações desses trechos que serão pavimentados com recursos próprios do município foram divididas em duas partes. Em uma delas serão investidos mais de R$ 5 milhões e beneficiam as vias coletora Secundária V, II (Rua José João), via Intermediária II, e as vias IV, V, VI, VII, VIII, e dois trechos da Via IX.

O último pacote de licitação será referente à Avenida Firmino da Silveira Soares, de 2,49 quilômetros de extensão. O valor aplicado será superior a R$ 5 milhões.

SDU inicia construção de novas casas no Parque Rodoviário ainda este mês

A Prefeitura de Teresina vai iniciar ainda este mês de novembro a construção de 63 unidades habitacionais na região do Parque Rodoviário, na zona Sul da cidade. Desse total de casas, 22 serão destinadas para famílias que residiam em áreas de risco ou muito próximas à galeria do bairro. O prazo para a conclusão deste trabalho é de quatro meses, a contar a partir da assinatura da ordem de serviço.

O investimento na construção das moradias será de R$ 2,7 milhões, recursos próprios do município.  “As casas serão construídas no antigo terreno da empresa Telemar, que foi desapropriado pela Prefeitura de Teresina, garantindo que as famílias permaneçam no mesmo bairro”, informou o superintendente da SDU Sul, Paulo Roberto.

Desde abril do ano passado, quando os moradores foram afetados por uma enxurrada, a Prefeitura vem prestando toda a assistência possível. Até o momento, a SDU já reconstruiu 12 casas e 28 foram reformadas. “Primeiro trabalhamos no local com ações emergenciais, como a limpeza e o atendimento às famílias. Depois, iniciamos a reconstrução das residências para devolver o mais rápido possível as condições de moradia e qualidade de vida a essas pessoas. Em nenhum momento as famílias deixaram de ser amparadas. Nos casos que foi necessário, a Prefeitura disponibilizou o pagamento de aluguel”, destacou Paulo Roberto.

Outro projeto da Prefeitura para o Parque Rodoviário é a revitalização da área central do bairro, com investimento de aproximadamente R$ 5,3 milhões. Com os recursos, será feita toda a urbanização do espaço, com a construção de jardins, um anfiteatro, bancos, pista para caminhada, além de uma praça com academias e ciclovias. Esse projeto está em fase de licitação.

A dona de casa Maria Rosa dos Santos é uma das moradoras que teve sua casa totalmente reconstruída pela Prefeitura. Ela conta que passou momentos muitos difíceis após a enxurrada.  “Perdi tudo. Fiquei somente com o vestido que usava. Mas, graças a Deus, tive muita ajuda dos amigos e da Prefeitura. Agora estou reconquistando tudo novamente. Tive minha paz de volta”, conta.

Quem relata uma história muito parecida é a senhora Maria Estandislene Siqueira, viúva do cinegrafista José Wilson Soares da Silva, o Nanaia. “Nanaia faleceu no dia 20 de fevereiro, mas ainda viu que nós tivemos a nossa casa de volta, toda reconstruída”, disse.

Lixão bairro Esplanada será transformado em praça

Ascom/Sdu Sul

O Esplanada, bairro vizinho da Vila Irmã Dulce, na zona Sul da cidade, vai ganhar mais uma bela praça. O espaço que receberá o benefício fica na Rua Água Branca, ao lado da escola Professora Maria do Socorro Pereira Silva. Nos próximos meses, a zona Sul de Teresina ganhará mais sete novas praças e terá mais três reformadas, o que representa aproximadamente um investimento de R$ 1,5 milhão. As fontes desses recursos são o Banco do Brasil e o próprio município.

Algumas dessas obras já estão sendo executadas e se encontram bem adiantadas, como é o caso da ampla praça que está sendo construída na Avenida Manoel Ayres Neto, no bairro Santo Antônio, região do Vamos Ver o Sol. Outra praça que também já está bem adiantada é a localizada no Parque Juliana. Trata-se, na verdade, de um Parque Ambiental, já que o seu projeto foi trabalhado tendo sempre como destaque a boa relação com a natureza. O local também terá como campo de futebol, trilhas para caminhadas e uma academia popular.

Segundo lembra o morador do bairro e liderança comunitária, Rainou Soares Silva, todos os moradores da região estão muito felizes porque uma área que servia apenas como depósito de lixo será transformado em bela praça.  “Uma coisa que afastava as pessoas agora vai servia para unir a comunidade, para os pais aproveitarem com seus filhos, será um excelente espaço para todos nós”, destacou.

Na manhã desta terça-feira (03) equipes de limpeza da SDU Sul estiveram no local para recolher o lixo. Foram utilizados pá carregadeira e caminhões caçamba para retirar todo o material. “Essa foi a última vez que retiramos lixo desse local. O representante da empresa que foi contratada para essa obra nos garantiu que já vai cercar tudo e dar início aos serviços, justamente para evitar que voltem o jogar lixo neste terreno”, lembrou o superintendente da SDU Sul, Paulo Roberto.

PMT investe na preservação e revitalização de mercados públicos

Os mercados públicos de Teresina são importantes patrimônios para a economia e cultura da cidade. Em todas as regiões, a Prefeitura tem trabalhado para garantir infraestrutura de qualidade e suporte aos permissionários, através de obras de reforma, manutenção e limpeza.

Na zona Sudeste, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) atua na administração e apoio dos mercados do Dirceu I, Dirceu II, Renascença I, Renascença II e Gurupi. “Temos intensificado os serviços de limpeza e manutenção nos mercados, a fim de proporcionar condições adequadas de trabalho aos permissionários e de convivência aos consumidores”, pontua Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste.

Com investimento de aproximadamente R$ 2,8 milhões, o mercado do Renascença II vai passar por uma reforma completa. Antes da reforma, a SDU está construindo um espaço para remanejamento dos trabalhadores do mercado, que poderão continuar com as atividades comerciais durante o período da obra. O espaço já está em fase de conclusão, com inauguração prevista até o final do ano.

Na zona Leste de Teresina, a população conta com três mercados públicos, são eles: Mercado do Peixe, Mercado do Produtor, no Vale do Gavião, e Mercado do Satélite. Este último recentemente inaugurado e entregue aos moradores do bairro, com investimento de R$ 729.882,31, oriundos de recursos próprios do município.

O Mercado do Peixe, o mais tradicional ponto de pescado da cidade, conta com um projeto de melhoria em parceria com a faculdade Uninovafapi para revitalização do mercado. Já o Mercado do Produtor também está em pleno funcionamento, com área ampla e ventilada, distribuída em 538 metros quadrados. No local, foram investidos mais de R$ 400 mil.

Nos mercados do Mafuá, São Joaquim, São José e Buenos Aires, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano – SDU Centro Norte faz periodicamente a dedetização, lavagem, manutenção e limpeza geral.

No Mercado São José, mais conhecido como Mercado Velho, está sendo feita uma reforma nos banheiros, com implantação de sistemas de acessibilidade. No último sábado (31), foi entregue o Mercado do Jacinta Andrade. “Esse mercado era uma obra do governo do Estado, mas que nunca funcionou, então a SDU fez toda a regularização para o seu funcionamento e, agora, o local que abriga 67 permissionários vai atender às necessidades das pessoas que moram na região e precisam fazer compras”, enfatiza Araci Parente, engenheira da SDU Centro Norte.

Na zona Sul, a segunda etapa da reforma do Mercado da Piçarra já teve sua licitação concluída e a obra deve começar em breve.  O local, que já teve seu espaço de alimentação totalmente reformado, agora passará por uma ampla reforma nos setores de Hortiftuti e de Carnes. A Prefeitura de Teresina deve investir nesta obra cerca de R$ 1,1 milhão.

Outro grande mercado da zona Sul que ganhará ampla reforma em breve é do Parque Piauí. A licitação está na reta final. Nesta obra serão investidos mais de R$ 3,3 milhões. Todos os setores serão renovados, inclusive a cobertura.

 

Cemitérios são preparados visitações do Dia de Finados

Todos os cemitérios públicos estão sendo limpos e preparados para as visitações que devem ocorrer no próximo dia 2 de novembro, Dia de Finados. É neste dia que estes locais todos os anos recebem o maior número de visitantes. No entanto, por conta da pandemia do Corona vírus, acredita-se que o número de visitantes será reduzido desta vez.

Na zona Leste da capital, por exemplo, os cemitérios São Judas Tadeu, Santa Mônica e Mirante dos Morros já estão recebendo serviços de capina, varrição, podas e pintura para o Dia de Finados. Segundo o Gerente de Serviços Urbanos, Renato Lopes, serão impostas medidas de segurança, seguindo as recomendações do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE). “O horário de visitação no dia de Finados ocorrerá das 06h às 18h. Faremos um trabalho em conjunto para evitar a aglomeração de pessoas, não havendo celebrações de missas ou cultos religiosos. ”, ressaltou.

Além disso, será obrigatório o uso de máscara e manter o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas. Essas mesmas regras valem para todos os cemitérios públicos da cidade.

Os profissionais da Gerência de Controle e Fiscalização da SDU Leste também estarão atuando no dia para verificar as medidas de segurança, controlar a entrada das pessoas, sobretudo prestar as orientações necessárias à população sobre o que não é permitido, como por exemplo, levar coroa de flores e alimentos.

A zona Sul possui três cemitérios públicos: o Dom Bosco, no bairro Vermelha; o Santa Cruz, localizado na região do bairro Promorar; e o cemitérios Areais, que se encontra interditado para novos enterros, mas que sempre recebe um bom número de visitantes neste período. O gerente de Serviços Urbanos da SDU Sul, Marcelo Mourão, informou que cinco equipes de limpeza, cada uma delas com mais de 10 pessoas, estão trabalhando na limpeza desses três cemitérios, justamente para garantir que tudo aconteça sem nenhum transtorno no próximo dia 2. As regras de segurança com relação ao Corona vírus também serão observadas nestes cemitérios da zona Sul.

Na zona Norte da cidade, as equipes da SDU Centro/Norte também estão atuando nos cemitérios com serviços de capina, varrição e recolhimento de lixos e entulhos. Estão sendo limpos ao mesmo tempo São João Batista, o São José, mais antigo da capital, Santo Antônio, no bairro Buenos Aires, com maior extensão da região e, Cemitério Poti Velho e da Sana Maria da Codipi. “O trabalho foi iniciado pela parte interna, com capina, varrição e limpeza geral. Neste ano, por conta da pandemia do Covid 19, existem alguns protocolos de segurança para que as visitas sejam feitas”, disse a engenharia da SDU Centro Norte, Araci Parente.

Os mesmos cuidados estão sendo tomados no cemitério municipal do Renascença. A SDU Sudeste está realização a varrição, capina, poda de árvores e serviços de manutenção. Durante o Dia de Finados, também serão reforçadas as medidas de prevenção ao coronavírus, com controle da entrada e saída, obrigatoriedade do uso de máscara, distanciamento social, disponibilização de álcool em gel e orientação aos visitantes.

“Continuamos com todos os protocolos de segurança sanitária e, devido à previsão de um fluxo maior de pessoas no Dia dos Finados, intensificaremos algumas medidas. Não haverá missas ou cultos religiosos no local e orientamos também que os visitantes não levem coroas de flores e alimentos e e pedimos a compreensão da população para que evite permanecer muito tempo no cemitério”, afirmou Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste.

A visita para um mesmo jazigo será permitida a um grupo de até quatro pessoas.

 

Zona Sul recebe investimentos de cerca de R$ 400 milhões em 2020

A zona sul de Teresina já recebeu investimentos de aproximadamente R$ 400 milhões em obras executadas pela Prefeitura de Teresina. A região recebeu o viaduto de ligação das avenidas Barão de Gurgueia e Henry Wall de Carvalho, a Marginal Poti Sul, a urbanização da Vila da Paz, a construção de um ginásio poliesportivo com capacidade de mais 700 lugares no Lourival Parente, além de construção e reforma de praças e pavimentação em vários bairros da região.

“A zona Sul é uma das maiores regiões da cidade. Essas obras, sem dúvida, vão proporcionar melhor qualidade de vida a todos os moradores. Esses investimentos estão gerando também melhor mobilidade urbana, mais saúde, com obras ligadas a prática esportiva e ao lazer, e muito mais”, lembrou o superintendente da SDU Sul, Paulo Roberto.

Além das obras que estão sendo executadas, Paulo Roberto ressaltou que existem várias outras em processo de licitação, ou mesmo já licitadas, aguardando apenas o cumprimento dos trâmites burocráticos para serem iniciadas. Uma das mais esperadas é a galeria que será construída na região do bairro Torquato Neto. A perspectiva é que a realidade do local seja completamente transformada após a conclusão dessa obra. A Prefeitura vai investir cerca de R$ 70 milhões na construção dessa galeria. Vale ressaltar que parte deste recurso será utilizado na recuperação de ruas.

A obra do Viaduto da Tabuleta entrou na sua última etapa. Atualmente a empresa Equatorial, em parceria com a Prefeitura, está realizando o remanejamento da rede de energia que passa pelo local. Isso vai permitir a implantação da parte central do elevado. Segundo o superintendente, as peças de ligação já estão montadas, faltando apenas serem soldadas no local. “Enquanto a Equatorial trabalha na mudança da rede vamos trabalhar paralelamente na melhoria das galerias do local e na construção da rotatória que ficará embaixo do elevado”, explicou.

Na área de pavimentação, os recursos aplicados são superiores a R$ 5 milhões. A Vila Tiradentes, por exemplo, está recebendo calçamento em 12 ruas. Também fazem parte desta relação de bairros beneficiados: Vila Irmã Dulce, o Planalto Bela Vista, Angelim, Santo Antonio e o Parque Vitória. No total, entre as que já estão sendo pavimentadas no momento, e as que estão licitadas e devem iniciar em breve, são 87 ruas.

Prolongamento da Av. José Soares será entregue nesta terça (27)

 

A Prefeitura de Teresina inaugura nesta terça-feira (27) às 18h30,o prolongamento da Avenida José Soares, na zona Sul da cidade. Na avenida foram construídas duas pistas largas, nos dois sentidos, que vai facilitar a ligação entre a PI 130 para a BR 316, no bairro Angelim. A ação da faz parte das comemorações de aniversário de 167 da cidade.

Antes, para fazer esse trajeto era necessário passar por várias ruas e avenidas. “Agora isso é possível de forma direta, rápida e segura. Está tudo devidamente sinalizado e iluminado”, ressaltou o superintendente de SDU Sul, Paulo Lopes, explicando que, quem estava na PI 130 e precisava chegar a locais como o bairro Porto Alegre, por exemplo, tinha que cruzar toda a Vila Irmã Dulce.

Foram investidos R$ 2,9 milhões na implantação de 2,5 quilômetros de pista, construção de bueiros e a pavimentação asfáltica. Os recursos são provenientes do Ministério do Desenvolvimento Regional, com contrapartida da Prefeitura de Teresina. A obra trouxe benefícios a moradores de bairros como Angelim, Loteamento Sete Estrelas, Vila Irmã Dulce, Esplanada, Teresina Sul, Mário Covas e outros.

A Prefeitura também fez o recapeamento asfáltico do trecho inicial, que já existia no Loteamento Sete Estrelas, totalizando 3,4 quilômetros de asfalto novo.