Prefeitura de Teresina emite Nota Técnica para que escolas não suspendam aulas em razão de casos da Covid-19

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Diretoria de Vigilância em Saúde e Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE), emitiu nesta quarta-feira (22) a Nota Técnica Nº 001 FMSDVS/COE, que trata sobre isolamento e quarentena de estudantes frente a casos suspeitos ou confirmados de Covid-19. A recomendação é que não ocorra o fechamento temporário de turmas, turnos ou escolas em decorrência do surgimento de casos, exceto em condições excepcionais, mediante deliberação conjunta entre a direção da escola e as autoridades sanitárias.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina considera a educação presencial prioritária, desde que realizada com segurança aos alunos e funcionários. Tal segurança precisa assestar-se sob os conhecimentos técnicos e científicos mais recentes e orienta as escolas e instituições de ensino públicas e privadas de Teresina e de ensino fundamental, básico e superior a adotarem algumas condutas, frente ao surgimento de casos suspeitos ou confirmados de COVID-19. O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, diz que é preciso unir esforços para atender as crianças. “Devemos fazer coletivamente tudo o que pudermos para manter as crianças na escola”, afirma.

O estudante com sintomas ou teste positivo de COVID-19 deverá manter isolamento domiciliar pelo período mínimo de cinco dias. Se no sexto após o início dos sintomas ou após o teste positivo o estudante estiver há 24 horas sem febre (sem uso de antitérmicos) e sem sintomas ou com sintomas melhorando, poderá retornar às aulas, com utilização adequada de máscaras por pelo menos dez dias. Em caso contrário, deverá manter isolamento até o 10º dia, com liberação para retorno às aulas condicionada à ausência de febre e ausência ou pelo menos melhora dos sintomas nas últimas 24 horas. Em qualquer dos casos, a duração da recomendação de uso de máscaras estará prorrogada indefinidamente nas situações descritas no Decreto Municipal nº 22.569/20221, enquanto ele estiver em vigor.

Os contatos do estudante com sintomas ou com teste positivo são definidos pela permanência uma distância de até dois metros por pelo menos 15 minutos. Os estudantes considerados contatos que estiverem com o calendário vacinal atualizado (incluindo-se as doses de reforço, se já indicadas de acordo com os grupos etários contemplados) poderão permanecer frequentando as aulas, porém com uso adequado de máscaras por pelo menos dez dias, sob monitoramento do surgimento de sintomas e testagem pelo menos cinco dias após o contato. Se surgirem sintomas ou se o teste resultar positivo, será recomendado o isolamento. A duração da recomendação de uso de máscaras estará prorrogada indefinidamente nas situações descritas no Decreto Municipal nº 22.569/20221 , enquanto estiver em vigor.

O COE-FMS recomenda fortemente a vacinação de crianças e adolescentes e disponibiliza amplamente as vacinas. Foi emitido parecer sobre recomendações e sobre obrigatoriedade do uso de máscaras em cenários específicos, conforme Decreto Municipal nº 22.569/2022. O Decreto restringe a obrigatoriedade às situações com claro e iminente risco sanitário (infectados, doentes ou contatos) e não a institui de forma indistinta / universal – até mesmo para as escolas. Em consequência, o referido Decreto não ampara condicionar a entrada de estudantes saudáveis e sem histórico de contato próximo e recente ou de teste positivo ao uso de máscaras.

A Nota Técnica é baseada em recomendações da ONU, Unicef e Unesco ao especificarem que em 2022 não pode mais ter interrupção no ensino, mas sim um momento de priorizar a educação e os melhores interesses das crianças.

Clique aqui para ver a NOTA TÉCNICA Nº 001/FMS/DVS/COE

FMS divulga resultado do processo seletivo para realização de estágio extracurricular

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina divulga, hoje (20), o resultado do Processo Seletivo de Acadêmicos de Ensino Superior dos cursos de administração, ciências contábeis, gestão de recursos humanos e secretariado para realização de estágio extracurricular nas unidades da FMS.

Serão contratados 100 estagiários que deverão se apresentar à Gerência de Desenvolvimento de Pessoas da FMS, localizado na rua Governador Artur de Vasconcelos, n° 3015, bairro Aeroporto (acesso pela Rua Guaporé) das 8h às 12h, nas datas informadas no calendário abaixo, para efetivação da contratação, munidos dos documentos exigidos no edital, item 6.1.

•23/06/2022 do número 1 ao 50 da lista de selecionados
•24/06/2022 do número 51 ao 100 da lista de selecionados

CADASTRO DE RESERVA

RESULTADO SELECIONADOS

 

 

Momento de oração e fé emociona servidores, pacientes e acompanhantes do HUT

A ação é organizada por servidores da unidade, tendo a frente o assessor jurídico e pastor Isaac Melo Fotos(Ascom/HUT)

Um momento de oração e louvor para que os servidores e os acompanhantes dos pacientes possam fazer suas reflexões, orações, meditações e ter seus momentos de fé. Esse encontro é aberto a todas as religiões e acontece todas as sextas-feiras, às 8h, no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), maior unidade hospitalar vinculada a Fundação Municipal de Saúde (FMS).

A ação denominada “Momento com Deus” é organizada por servidores da unidade, tendo a frente o assessor jurídico e pastor Isaac Melo e conta ainda com voluntários da Igreja Batista Renascença. O momento acontece na praça interna do hospital e reúne servidores, visitantes e acompanhantes dos pacientes.

“É gratificante ter a oportunidade de trazer um pouco mais de esperança para as pessoas. Levar a palavra de Deus é importante para renovar as forças e a fé de cada um deles. Não são raras às vezes em que acompanhantes ouvem e oram juntos pelos seus pacientes”, refletiu o pastor.

Para Denilza Bonfim, secretaria da diretoria “esse momento é importante. Renova a esperança, precisamos desse fortalecimento, desse estímulo que renova as nossas forças”, reforça.

A iniciativa acabou se tornando parte da rotina do HUT e a oferta desse momento integra a humanização hospitalar, um importante pilar dentro da assistência à saúde por atingir diretamente os usuários.

“Nossa unidade preza pelos princípios da humanização e isso também inclui o lado espiritual, visto que a palavra de Deus traz conforto, ânimo e melhor disposição para superar as dificuldades”, explicou o diretor geral do HUT, Fábio Marcos de Sousa.

Um estudo da Universidade de São Paulo (USP) confirma que a positividade e a importância das orações em momentos difíceis da vida são capazes de aumentar a confiança, diminuindo o estresse e as preocupações, ao que tudo indica, a fé representa um reforço para o sistema imunológico.

FMS inaugura quartos humanizados na maternidade do Promorar

Para tornar o parto uma experiência positiva e oferecer uma assistência ainda melhor à gestante e ao bebê, foram inaugurados hoje, 14, os quartos PPP na maternidade do Promorar. PPP é uma sigla que corresponde a “pré-parto, parto e pós-parto”.

Os quartos PPP oferecem um espaço aconchegante e humanizado, evitando que a gestante seja transferida de áreas durante o processo do nascimento e possa relaxar para vivenciar o parto com mais conforto, segurança e tranquilidade.

Os quartos PPP oferecem um espaço aconchegante e humanizado. Fotos: Ascom FMS

Um quarto PPP é aquele que é equipado para receber e acompanhar a parturiente durante esses três estágios, com todos os equipamentos de apoio ao trabalho de parto, com espaço para a gestante andar, e acompanhada da família e profissionais de saúde, além do constante monitoramento materno e fetal. “Um modelo que favorece as intervenções de boas práticas de assistência ao bebê e à mamãe”, afirma Helsimone Rodrigues, diretora clínica da Maternidade do Promorar.

FMS abre posto de vacina do Teresina Shopping na sexta (17) e sábado (18)

Posto no Teresina Shopping estará disponível na sexta (17) e no sábado (18) Foto: divulgação

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) anunciou a abertura de mais um local de vacinação neste “feriadão”. Será o Teresina Shopping, que estará aberto na sexta (17) – ponto facultativo – e no sábado (18) com vacinas contra a covid-19 e influenza (gripe). O posto estará aberto das 9h às 17h.

O posto do Teresina Shopping está localizado no edifício Garagem – estacionamento do G3, e não requer agendamento. Estarão disponíveis vacinas contra a covid para todas as etapas que contemplam adolescentes e adultos: primeira, segunda e terceira dose (para pessoas a partir dos 12 anos), além do segundo reforço/quarta dose (para pessoas de 18 anos e mais). Além disso, será ofertada a vacina da gripe para todos os grupos prioritários que têm direito ao imunizante, exceto as crianças – que podem receber nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Além do shopping, a FMS vai disponibilizar durante o feriado salas de vacina em UBS de diversas zonas da cidade. Nos dias 16 de junho (feriado de Corpus Christi), 17 (ponto facultativo), 18 e 19 (fim de semana), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) estarão abertas as UBS do Parque Piauí, UBS Porto Alegre, UBS Santa Isabel e UBS Renascença. Na zona Norte, a UBS Parque Brasil estará aberta nos dias 16, 18 e 19 de junho (quinta, sábado e domingo), enquanto na sexta-feira (17), a região terá à sua disposição a UBS Santa Maria da Codipi.

Nestes locais, será ofertada não apenas a vacina contra a covid infantil (primeira e segunda dose para crianças de cinco a 11 anos), como também a vacina do sarampo (para crianças de seis meses a menores de cinco anos, além da atualização da caderneta dos trabalhadores da saúde) gripe (para todos os grupos prioritários) e também outros imunizantes do calendário de imunização.

Para receber sua dose, é necessário apresentar um documento de identificação com foto, CPF ou cartão do SUS e o cartão de vacina. Grupos profissionais com direito ao imunizante contra gripe devem apresentar um documento que comprove seu vínculo profissional, e pessoas com comorbidades devem apresentar um laudo médico comprovando sua condição. “Lembramos ainda que, no caso das crianças e adolescentes, eles devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis, manifestando sua concordância com a vacinação”, ressalta Emanuelle Dias.

FMS lança edital de seleção para preceptores do PET-Saúde

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), em parceria com a Universidade Federal do Piauí (UFPI), abriu seleção para preceptores do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde). As vagas são voltadas a profissionais da FMS e as inscrições devem ser feitas no Setor de Engenharia da sede da FMS, a partir da entrega da documentação exigida, na data de 13 a 23/06/2022 a, no horário de 8h às 12h30, aos cuidados de Sammia Fawsia de Deus Barros. O resultado parcial da seleção será publicado a partir do dia 26/06/2022 no site da Fundação Municipal de Saúde e no Núcleo de Estudos de Saúde Pública da UFPI.

Para participar da seleção no Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde: Gestão e Assistência 2022/2023) o(a) profissional de saúde deverá comprovar, no ato da inscrição: I. Vínculo empregatício formal com a Fundação Municipal de Saúde de Teresina-PI; II. Estar em dia com as obrigações eleitorais; III. Estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto tão logo ele inicie; IV. Dedicar-se, no período de vigência da bolsa, no mínimo oito horas semanais, às atividades do (PET-Saúde: Gestão e Assistência 2022/2023 UFPI/ FMS-THE-PI, tanto nos serviços de saúde, como na universidade, sem prejuízo no cumprimento da carga horária de trabalho regular. Para as atividades que serão realizadas na universidade e agendadas com antecedência, teremos um trâmite específico articulado com a Coordenação Geral do Programa; V. Não estar vinculado à programa com bolsas que tenha atividades de monitoria, orientação e supervisão; VI. Apresentar Carta de Intenções, contando de modo conciso, sua formação acadêmica, seu trajeto profissional dentro da FMS-THE-PI, justificando seu interesse em atuar como preceptor em um projeto como o (PET-Saúde: Gestão e Assistência 2022/2023, deixando claro por que razões a sua participação pode contribuir efetivamente para o êxito das atividades.

O Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde), que se encontra em sua 10ª edição, contemplará projetos que se proponham a desenvolver: Ações de educação pelo trabalho para a saúde visando ao fortalecimento do processo de integração ensino-serviço-comunidade de forma articulada entre o Sistema Único de Saúde (SUS) e as Instituições de Ensino Superior (IES), a fim de promover a preparação de futuros profissionais da saúde para atuação colaborativa em eixos vinculados à gestão em saúde e assistência à saúde; Ações de gestão e de assistência, em todos os níveis de Atenção à Saúde, contemplando a integração entre eles para qualificação dos profissionais e obtenção de respostas mais efetivas.

Confira o edital.

EDITAL

 

Maternidade do Promorar inaugura ambientes que tornam o parto mais positivo

O parto é um dos momentos mais especiais da vida de uma mulher, mas em muitos casos, também pode ser estressante. Buscando tornar mais positiva essa experiência e oferecer uma assistência ainda melhor à gestante e ao bebê, foram criados os quartos PPP na maternidade do Promorar. Amanhã (14), às 10 horas, será a inauguração desses ambientes.

PPP é uma sigla que corresponde a “pré-parto, parto e pós-parto”. Um quarto PPP é aquele que é equipado para receber e acompanhar a parturiente durante esses três estágios, com todos os equipamentos de apoio ao trabalho de parto, com espaço para a gestante andar, e acompanhada da família e profissionais de saúde, além do constante monitoramento materno e fetal.

“Um modelo que favorece as intervenções de boas práticas de assistência ao bebê e à mamãe”, afirma Helsimone Rodrigues, diretora clínica da Maternidade do Promorar.

Os quartos PPP oferecem um espaço aconchegante e humanizado, evitando que a gestante seja transferida de áreas durante o processo do nascimento e possa relaxar para vivenciar o parto com mais conforto, segurança e tranquilidade.

Centros de Saúde vão exigir uso de máscara a partir desta segunda (13)

Será publicado, nesta segunda-feira, 13, no Diário Oficial do Município, novo decreto da Prefeitura de Teresina, que orienta sobre a obrigatoriedade no uso de máscaras em centros de saúde. A medida também recomenda o uso do item em ambientes fechados, onde haja aglomeração de pessoas.

A discussão do Comitê de Operações Emergenciais (COE) sobre novas medidas sanitárias para conter o avanço da Covid-19 foi provocada pelo prefeito Dr. Pessoa que, preocupado com o avanço da doença, defende o retorno do uso da máscara como forma de prevenção ao vírus.

“Converso com o secretário municipal de Saúde há dias para que o COE discuta o uso da máscara em alguns ambientes fechados. Sou médico e estou observado o movimento dessa doença no mundo todo. Agora, por exemplo, há a preocupação com as aglomerações e ambientes fechados, por isso acho que a máscara deve ser usada nesses locais”, afirmou o gestor.

A decisão foi tomada em reunião do Comitê Municipal de Operações Emergenciais (COE) de Teresina, ocorrida no dia 10 de junho, e ratificada pelo prefeito Dr. Pessoa.

O COE informou que houve aumento de 385% dos casos confirmados de Covid nos últimos dias, em Teresina, além do aumento da positividade nos testes antígenos. A Covid tem infectividade alta, porém, na capital, apesar de muitos infectados, têm poucos internados e poucos graves. A internação caiu 55% (dados de busca ativa e demanda de PCR).

A obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados, em Teresina, foi revogada, em 28 de março deste ano, após queda dos índices de contaminação e de mortes causadas pela Covid-19 na cidade.

O COE também recomenda à população a atualização do cartão vacinal com a terceira e quarta doses da vacina contra a Covid e ainda uso de máscara em locais de grande aglomeração.

Volta a obrigatoriedade de uso de máscara nos centros de saúde em Teresina

COE se reuniu, nesta sexta-feira, 10, para deliberar novas estratégias contra a Covid-19 Foto(Ascom/FMS)

O Comitê Municipal de Operações Emergenciais (COE) de Teresina se reuniu hoje, 10, e decidiu pela obrigatoriedade no uso de máscaras em centros de saúde, a partir de segunda-feira, 13. Em Teresina, a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados foi revogada, em 28 de março deste ano, após queda dos índices de contaminação e de mortes causadas pela Covid-19 na cidade.

“Teresina teve um aumento expressivo de casos de Covid nos últimos dias. Resolvemos solicitar que a prefeitura emita um decreto para a obrigatoriedade do uso de máscara em todos os estabelecimentos de saúde. Recomendamos para as pessoas a atualização do cartão vacinal para que elas tomem a terceira e quarta doses da vacina contra a Covid”, afirma Walfrido Salmito, infectologista e membro do COE municipal. O Comitê Municipal de Operações Emergenciais recomenda ainda uso de máscara em locais de grande aglomeração.

Para justificar as mudanças, o COE informa que houve aumento de 385% dos casos confirmados de Covid nos últimos dias, além do aumento da positividade nos testes antígenos. A Covid tem infectividade alta, porém, em Teresina, apesar de muitos infectados, têm poucos internados e poucos graves. A internação caiu  55% (dados de busca ativa e demanda de PCR).

Confira a nota informativa do COE: COE – Teresina – Nota – 10jun2022

Unidades de ensino da Rede Municipal podem encaminhar novos alunos para o CMAM

Para apoiar o desenvolvimento dos alunos matriculados nas unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina que possuem transtornos de aprendizagem, o Centro Municipal de Atendimento Multidisciplinar (CMAM) abriu inscrição para novas crianças. Até o dia 30 de junho, cada unidade de ensino da Prefeitura pode encaminhar um aluno a partir do preenchimento da ficha de inscrição enviada para a escola.

O CMAM funciona desde 2017 por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semec) e a Fundação Municipal de Saúde (FMS), realizando atendimento médico e multidisciplinar. O benefício é voltado para alunos da Rede Municipal com transtornos e/ou dificuldades de aprendizagem, na faixa etária de 5 a 16 anos, disponibilizando serviços médicos, terapêuticos e assistência social.

A diretora do Centro, Daniela Escórcio, ressalta que é necessário orientar os responsáveis pelos alunos sobre as normas institucionais e sensibiliza-los quanto à importância do atendimento. “É importante que a escola e os pais acompanhem a frequência dos alunos atendidos e mantenham todo o tratamento, inclusive com os encaminhamentos que os nossos profissionais realizam. Esse é um trabalho coletivo em prol das nossas crianças e adolescentes”, conclui Daniela.