SUS Teresina realiza mais de 12 mil mamografias de janeiro a julho

Em Teresina foram realizadas pelo SUS 12.090 mamografias no período de janeiro a julho deste ano nos 14 estabelecimentos de saúde credenciados. O Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo (Cisla) foi quem mais realizou o exame totalizando 5.114 mamografias realizadas este ano até julho.

Neste mês denominado de Outubro Rosa tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância de um diagnóstico precoce e da prevenção contra o câncer de mama e o exame mais preciso é a mamografia, que é o exame radiológico feito nas mamas e fornece imagens detalhadas capazes de identificar a doença, antes mesmo que a mulher tenha sintomas.

Sobre o atendimento à saúde da mulher, o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, diz que em Teresina as mulheres recebem atendimento nas 92 Unidades Básicas de Saúde e conforme a necessidade é feito encaminhamento para especialistas. “Temos uma rede de atendimento com serviços de consultas, realização de exames e outros procedimentos médicos para atender a mulher. Elas são atendidas pelas equipes da unidade de saúde e exames das mamas podem ser solicitados conforme a necessidade de cada paciente e somente com a recomendação médica”, diz.

Sobre a mamografia

Conforme o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a mamografia de rastreamento – exame de rotina em mulheres sem sinais e sintomas de câncer de mama – é recomendada na faixa etária de 50 a 69 anos, a cada dois anos. Fora dessa faixa etária e dessa periodicidade, os riscos aumentam e existe maior incerteza sobre benefícios.

A mamografia permite identificar melhor as lesões mamárias em mulheres após a menopausa. Antes desse período, as mamas são mais densas e a sensibilidade da mamografia é reduzida, gerando maior número de resultados falso-negativos (resultado negativo para câncer em pacientes com câncer) e também de falsos-positivos (resultado positivo para câncer em pacientes sem câncer), o que gera exposição desnecessária à radiação e a necessidade de realização de mais exames.

Foto: Divulgação (FMS)

UBS Poty Velho participa de projeto nacional Sífilis Não

Em reunião no gabinete da presidência da Fundação Municipal de Saúde, representantes da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Poty Velho expuseram que a unidade participa do Projeto Interfederativo de Resposta à Sífilis nas Redes de Atenção (Sífilis Não) com o objetivo de aumentar em 30% a testagem de gestantes quanto à Sífilis e aumentar também em 30% àquelas que recebem tratamento adequado.

“Nós estamos no processo de qualificação das nossas equipes quando ao projeto. Assistindo aulas e vamos elaborar e planejar um projeto para atingirmos a meta do ‘Sífilis Não’”, explica a enfermeira Nancy Loiola da UBS Poty Velho.

O Projeto de Resposta Rápida à Sífilis tem como objetivo geral: reduzir a sífilis adquirida, em gestantes e congênita no Brasil. Objetivos Específicos: fortalecer a vigilância epidemiológica da sífilis adquirida, em gestante e sífilis congênita; integrar de forma colaborativa as ações de vigilância e atenção em saúde nas redes de atenção; articular os setores sociais e comunidades, para fortalecer a resposta rápida à sífilis e responder aos compromissos internacionais do Brasil para eliminação da sífilis congênita.

Foto: Divulgação (FMS)

FMS abre quatro pontos de vacinação para reforço dos idosos de 80 anos e mais

Idosos de 80 anos e mais poderão tomar a dose de reforço da vacina contra a covid-19 a partir de amanhã (12) em Teresina. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) vai disponibilizar, até sexta-feira (15), quatro pontos de vacinação, no horário das 9h às 12h, para atender esse público.

O atendimento será por demanda espontânea – ou seja, não precisa de agendamento – e acontece nos seguintes locais:

– Terminal Buenos Aires

– Terminal Zoobotânico

– Terminal Livramento

– Terminal Parque Piauí

No momento da vacinação, os idosos devem apresentar documento de identificação com foto, CPF ou cartão do SUS e o cartão de vacina com o registro das doses anteriores. A coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid-19, Emanuelle Dias, reforça que no momento só podem tomar a nova dose os idosos que tomaram a segunda dose há no mínimo seis meses, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde.

A vacina usada será a do laboratório Pfizer, que poderá ser utilizada nos terminais graças a um esquema montado pela FMS em parceria com os locais de vacinação, que dispõem de salas refrigeradas que permitem o acondicionamento do imunizante.

FMS inicia protocolo de bloqueio de caso de raiva canina em Teresina

A vacinação de emergência, que acontece por 10 dias, acontece nos turnos manhã e tarde, e está sendo feita de forma domiciliar Foto(Ascom/FMS)

A gerência de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde (FMS) deu início às ações de bloqueio na região onde foi encontrado um caso de raiva canina em Teresina. No momento, as equipes de agentes de endemias estão fazendo a vacinação de emergência de todos os cães e gatos da área de cinco quilômetros do local onde o animal vivia, na região do bairro Aroeiras, zona Leste.

A vacinação de emergência, que acontece por 10 dias, acontece nos turnos manhã e tarde, e está sendo feita de forma domiciliar. O gerente de Zoonoses da FMS, Paulo Marques, pede a colaboração da população para que receba as equipes. “Em caso de dúvidas, as pessoas podem pedir a identidade do agente, solicitar que ele mostre o frasco da vacina para verificar a data de fabricação e vencimento, e tirar todas as dúvidas. Eles ficarão satisfeitos em dar as informações que a população precisar, evitando assim a disseminação de fake news”, garante o gerente.

O monitoramento da área durará 60 dias e conta ainda com uma busca ativa e investigação de pessoas e animais que possam também ter sido agredidos, mobilizações comunitárias de educação em saúde, esclarecendo sobre o perigo da raiva e formas de prevenção, além do monitoramento laboratorial do tipo de vírus que foi encontrado.

A ação faz parte do protocolo sanitário que deve ser seguido nestes casos estabelecidos pelo município, Ministério da Saúde e órgãos internacionais de saúde pública. A diretora de Vigilância de Saúde da FMS, Amariles Borba, esclarece que este procedimento deve ser seguido à risca para evitar sanções até mesmo internacionais. “O protocolo sanitário internacional é obrigatório para que o Brasil receba recursos, financiamentos e turistas”, alerta a diretora.

FMS promove quatro dias de drive thru para reforço de idosos com 90 anos e mais

A vacina usada será Pfizer, que poderá ser utilizada em drive thru graças a um esquema montado pela FMS em parceria com o local de vacinação Foto(Ascom/FMS)

A partir de amanhã (30), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) promove a aplicação das doses de reforço da vacina contra a covid em idosos de 90 anos e mais. A vacinação será por meio de drive thru, que acontece durante quatro dias em um ponto de vacinação voltado exclusivamente para este público.

A aplicação da dose de reforço será feita no ponto do Teresina Shopping, nos dias 30 de setembro, 01, 02 e 03 de outubro, das 9h às 16h. Para fins de organização, a vacinação seguirá o esquema adotado nos drives de primeira e segunda dose, que prioriza mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens pela tarde (13h às 16h).

A coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid-19, Emanuelle Dias, reforça que, no momento, só podem tomar a nova dose os idosos que tomaram a segunda dose há no mínimo seis meses, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde. “Portanto, devem ir amanhã (30) os idosos de 90 anos ou mais que tomaram a segunda dose até o dia 30 de março”, informa a coordenadora.

A vacina usada será a do laboratório Pfizer, que poderá ser utilizada em drive thru graças a um esquema montado pela FMS em parceria com o local de vacinação.

FMS inicia hoje (28) agendamento da vacina contra covid para adolescentes sem comorbidades

Teresina abre hoje agendamento para vacinação de adolescentes sem comorbidades de 16 e 17 anos. Também reabre agendamento, mais uma vez, da vacina contra a covid-19 para os adolescentes com comorbidades na faixa etária de 12 a 17 anos.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), que organiza a vacinação na capital, dividiu o público em horários diferentes para evitar congestionamento do sistema. Às 16h, o agendamento abre para jovens de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiência permanente, gestantes, puérperas e lactantes. Às 18h, será a vez da população em geral com 17 anos. Por fim, às 20h, o serviço estará disponível para os adolescentes em geral de 16 anos.

O agendamento é feito pelo site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/. Assim, o usuário deve observar o horário de abertura das vagas para sua faixa etária para acessar o site. Ele deve então escolher a opção “agendamento público alvo”, escolher a opção do grupo – adolescentes, preencher seus dados pessoais e escolher local, dia e hora da vacinação. A vacina utilizada será a do laboratório Pfizer.

A coordenadora da campanha de vacinação contra a covid-19 em Teresina, Emanuelle Dias, informa que, no momento da vacinação, será necessário que os adolescentes estejam acompanhados dos pais ou de um adulto responsável para autorização verbal para a vacinação.

“Caso não haja a presença dos pais ou responsável, a vacinação poderá ocorrer diante da apresentação de autorização devidamente preenchida e assinada pelos pais e/ou responsáveis legais, em acordo com o disposto no art.142 do Estatuto da Criança e do Adolescente”, diz a coordenadora. Já a documentação necessária será a seguinte:

Adolescentes (16 e 17 anos) sem comorbidade:

– Documento de identificação com foto e data de nascimento;

– CPF ou cartão do SUS;

– Comprovante de residência da cidade de Teresina-PI;

Adolescentes (12 a 17 anos) com comorbidade:

– Documento de identificação com foto e data de nascimento;

– CPF ou cartão do SUS;

– Comprovante de residência da cidade de Teresina-PI;

– Laudo OU declaração que comprove a comorbidade, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (Original e Cópia)

Adolescentes (12 a 17 anos) com deficiência permanente:

– Documento de identificação com foto e data de nascimento;

– CPF ou cartão do SUS;

– Comprovante de residência da cidade de Teresina-PI;

– Carteira de deficiente ou laudo que comprove a deficiência

Adolescentes (12 a 17 anos) gestantes, puérperas ou lactantes, com ou sem comorbidade:

– Documento de identificação com foto e data de nascimento;

– CPF ou cartão do SUS;

– Comprovante de residência da cidade de Teresina-PI;

– Cartão de vacina;

PARA GESTANTES: Apresentar cartão da gestante OU laudo de profissional de saúde;

PARA PUÉRPERAS: Apresentar certidão OU declaração de nascimento do bebê;

PARA LACTANTES: Apresentar certidão OU declaração de nascimento do lactente

Acontece amanhã (28) drive de segunda dose da vacina astrazeneca

Neste dia, a FMS vai seguir a organização de acordo com o que tem sido adotado nos drives thru até o momento Fonte(Ascom/FMS)

Dando continuidade à programação de vacinação drive thru planejada pela FMS para esta semana, amanhã (28) serão disponibilizados 11 pontos para pessoas com a data da segunda dose da vacina Astrazeneca marcada para o dia 3 de outubro, das 9h às 17h.

Neste dia, a FMS vai seguir a organização de acordo com o que tem sido adotado nos drives thru até o momento: mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens no turno da tarde (13h às 17h). A data é compatível com o prazo de aplicação da primeira dose de astrazeneca em drive thru para diversos grupos.

A lista de locais será a seguinte:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

CEU Norte

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

UESPI Pirajá

No momento da vacinação, devem ser apresentados os seguintes documentos: documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS. Pessoas que vão receber a primeira dose devem apresentar um comprovante de endereço no município de Teresina; já aqueles que vão receber a segunda dose devem apresentar o cartão de vacina com o registro da primeira).

HUT irá reativar capacitação para doação de órgãos

Para celebrar o Dia Nacional da Doação de Órgãos, em 27 de setembro a “Campanha Setembro Verde” é realizada todos os anos para  conscientizar a sociedade sobre a importância da doação. Nesse contexto o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) em parceria com a Central de Transplantes do Piauí irá reativar a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), identificando os potenciais doadores, promovendo uma entrevista familiar adequada e melhorando a articulação do Hospital com a Central de Notificação.

A CIHDOTT será reconstituída por médicos, psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros, com funcionamento 24 horas para melhorar a organização e a ampliação do processo de captação de órgãos.

O HUT é hoje o hospital com maior potencial de doação de múltiplos órgãos e tecidos do Estado devido ao perfil de pacientes de alta complexidade que são atendidos diariamente na unidade e o debate constante desse assunto nos ajuda a aumentar o número de doações. Ressaltou Lourdes Veras, médica, coordenadora da Central de Transplantes.

Fábio Marcos, diretor geral do HUT lembra que em 2017 houve a maior notificação de doações já registradas no Estado e isso foi possível devido à atuação da CIHDOTT no processo de transplantes do Estado. “É nosso compromisso social recomeçar e reativar essa comissão no Hospital para notificar mais doadores e reduzir a lista de espera por um órgão. Isso será mais um indicador que nosso objetivo de salvar vidas está sendo cumprido”. Garantiu.

Para tornar o processo mais seguro e transparente o HUT irá revisar seu protocolo de morte encefálica isso irá facilitar os diagnósticos, além disso, com a capacitação dos médicos e demais membros da comissão, os potenciais doadores de órgãos serão melhor conduzidos tornando o processo mais rápido e menos doloroso para a família que está em processo de luto. Explica o diretor clínico, Hormone Rodrigues.

Doação de órgãos é um ato nobre que pode salvar vidas. Muitas vezes, o transplante de órgãos pode ser única esperança de vida ou a oportunidade de um recomeço para pessoas que precisam de doação.

Foto: Divulgação (HUT)

FMS anuncia novas datas de drive thru para segunda dose da vacinação contra a covid

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) anunciou hoje (23) novas datas de vacinação drive thru para a primeira e segunda dose da vacina contra a covid. Além dos drives do fim-de-semana, serão disponibilizados pontos para pessoas com segunda dose das vacinas Astrazeneca na segunda (27) e terça-feira (28), além da primeira dose para pessoas de 23 anos e mais na segunda (27) e segunda dose de Coronavac na quarta (29).

Com a atualização, o cronograma da vacinação por drive thru será o seguinte:

Sábado (25)

Segunda dose até o dia 25/09 – Coronavac

Locais:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte)

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

Domingo (26)

Segunda dose até o dia 28/09 – Coronavac

Locais:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte)

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

Segunda-feira (27)

Segunda dose até o dia 27/09 – Astrazeneca

Locais:

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

ADUFPI

UESPI Pirajá

CEU NORTE

Primeira dose – 23 anos e mais

Locais:

Terminal Zoobotânico,

Terminal Livramento,

Terminal Buenos Aires,

Terminal Bela Vista,

Teresina Shopping,

FSA Sul

CEU NORTE

Terça-feira (28)

Segunda dose até o dia 03/10 – Astrazeneca

Locais:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

CEU Norte

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

UESPI Pirajá

Quarta-feira (29)

Segunda dose até o dia 03/10 – Coronavac

Locais:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

CEU Norte

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

UESPI Pirajá

A organização será a mesma adotada nas mobilizações anteriores: mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens no turno da tarde (13h às 17h). “As datas foram escolhidas de acordo com o prazo de aplicação da primeira dose de astrazeneca e coronavac em drive thru que realizamos para diversos grupos”, conta Emanuelle Dias, coordenadora da campanha em Teresina.

No momento da vacinação, devem ser apresentados os seguintes documentos: documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS. Pessoas que vão receber a primeira dose devem apresentar um comprovante de endereço no município de Teresina; já aqueles que vão receber a segunda dose devem apresentar o cartão de vacina com o registro da primeira).

HUT realiza capacitações de gestores em parceria com o Senac

Os encontros ocorrem de forma sistemática com temas que impactam no processo de gestão de pessoas considerando a especificidade do ambiente hospitalar Fotos(Ascom/HUT)

 

Considerando o papel estratégico dos gestores e sua importância no processo de liderança para melhorar e humanizar o atendimento, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) vem trabalhando suas lideranças por meio de um Programa de Aperfeiçoamento. A iniciativa visa criar espaços de formação contínuos para os líderes da unidade, através de 12 encontros.

Os encontros ocorrem de forma sistemática com temas que impactam no processo de gestão de pessoas considerando a especificidade do ambiente hospitalar.

Em setembro, as capacitações aconteceram nos dias 9 e 23 e foram voltadas para o desenvolvimento do autoconhecimento e da autogestão contando com os instrutores do Senac-PI, Joelma Araújo (Executive Coach) e Flávia Freire (Administradora e gestora de Pessoas) trabalhando os temas: Lidere-se para Liderar e Mediação de Conflitos no Trabalho.

O diretor geral do HUT, Fábio Marcos, destacou que aumentar a eficiência dos trabalhos junto aos servidores é uma das motivações para a realização desses treinamentos e visa a expandir as ações de promoção à saúde, junto aos profissionais e usuários.

Para Viviane Alves, chefe da Unidade de Educação Continuada “o resultado prático dessas ações, reflete diretamente na melhoria do ambiente de trabalho e na maior qualidade e humanização da assistência”, afirmou.

O programa de aperfeiçoamento de lideranças do HUT acontece desde junho e mais quatro encontros ainda estão previstos até dezembro. Estarão em pauta nos próximos treinamentos: A Comunicação Não Violenta; Feedback; Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e Ferramentas da qualidade.