Operação conjunta de Combate a Dengue em Teresina começa na próxima segunda

A Prefeitura de Teresina inicia na próxima segunda-feira (2), a partir das 8h30, no bairro Monte Verde, zona Norte, a operação conjunta de combate à dengue, zika e chikungunya em Teresina.

A ação acontece em regime de mutirão onde estarão envolvidas cerca de 300 pessoas entre agentes de saúde, reeducando com acompanhamento da Secretaria de Justiça do Piauí, agentes de limpeza e exército brasileiro. A operação vai acontecer de acordo com o mapa sanitário do Centro de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Fotos: Rômulo Piauilino / Semcom

Segundo Paulo Marques, da gerência de zoonoses o órgão conta com um contingente de 235 agentes de combate a endemias que já fazem visitas as residências e prédios públicos. “Nessa operação vamos continuar fazendo esse serviço e ainda ganhamos ajuda importante de militares do exército para que o trabalho seja executado mais rapidamente. O importante é diminuirmos o número de mosquitos que estão sugando o sangue e contaminando as pessoas com o vírus da dengue, chikungunya e zika”, afirmou.

O Secretário Edmilson Ferreira, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), reforça a importância da força-tarefa que tem como finalidade barrar a proliferação da dengue.

“A operação inicia com as SAADs, atuando com o CTA que é a limpeza, o pessoal da saúde fazendo o fumacê onde tem que ser feito. A limpeza é fundamental para o combate ao mosquito e está sendo realizada em toda a cidade. Estamos contando com apoio dos reeducandos, exército, os agentes de saúde já estão realizando as visitas e todos os ambientes onde estão os focos que precisam ser eliminados”, ressaltou o secretário.

Durante a operação serão realizados divulgação, inclusive com carros de som nos locais onde as equipes atuarão naquele momento.

A operação contará com representantes da Semduh (Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação), Saads (Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal de Educação (Semec), Guarda Municipal, Defesa Civil, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Eturb (Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano), Sema (Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos), Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), Secretária de Justiça do Estado e Exército, além do CTA (Consórcio Teresina Ambiental) com 1800 pessoas envolvidas.

Em menos de uma semana, GCM prende dois foragidos abrigados em escolas municipais

GCM prende foragido que estava em escola com desabrigados das chuvas Foto(Ascom/GCM)

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresina prendeu mais um foragido da Justiça que estava abrigado em uma escola municipal que, temporariamente, está acolhendo famílias vítimas das chuvas. A prisão ocorreu, nesta sexta-feira (14), na esquina de um bar, nas imediações da Escola Municipal Domingos Afonso Mafrense, no bairro Mafrense, zona Norte da capital.

“Conseguimos localizá-lo após levantamento da nossa Gerência de Inteligência. Ele estava abrigado na escola, foi para um bar e saiu de bicicleta. Por considerar uma possível fuga, quando ele voltou para o bar na esquina da escola, realizamos a prisão”, explica André Viana, comandante da GCM de Teresina.

P.S.M estava foragido há um ano e responde pelos crimes de roubo e latrocínio (roubo seguido de morte). Com ele, que foi encaminhado ao sistema prisional, a GCM apreendeu uma porção análoga a crack.

Nixon Frota, coordenador municipal de Segurança, acrescenta que a GCM tem intensificado o patrulhamento preventivo nas imediações das escolas que têm servido de abrigo para garantir a segurança das famílias e profissionais que estão prestando assistência.

“A prisão ocorreu após a saída dele de uma escola municipal, quando a equipe estava fazendo a proteção do patrimônio público e consequentemente a segurança da população. A prisão de ontem foi a segunda em abrigos em três dias e a operação continua em andamento”, reitera Nixon Frota.

A prisão anterior ocorreu no último dia 11, na Escola Municipal Iolanda Raulino, no bairro Poti Velho, também na zona Norte.

Postos fixos da Guarda Municipal serão ampliados para mais zonas de Teresina

A criação da pasta da Segurança Pública Municipal, na gestão do prefeito Dr. Pessoa, conquistou vários avanços durante o primeiro ano de gestão. Além de mudanças internas, que refletiram em melhorias para a corporação, propostas implementadas em 2021 tiveram impacto direto no dia a dia dos teresinenses. Uma delas foi a implantação de quatro postos fixos da Guarda Civil Municipal (GCM) em pontos estratégicos e que serão ampliados para mais zonas da cidade.

Atualmente existem bases da GCM nas avenidas Raul Lopes (zona Leste), Marechal Castelo Branco e Parque da Cidade (ambos na zona Norte) e no Complexo Esportivo Parentão (zona Sul).

Nixon Frota, coordenador municipal de Segurança Pública Social e Patrimonial, explica que a instalação dos postos fixos atendeu a uma demanda da população que reclamava dos frequentes assaltos durante a prática de atividades físicas.

“Essas duas avenidas de Teresina são bem conhecidas também por atrair muitos praticantes de atividades físicas. Nelas eram comuns assaltos, além de furtos de cabos de fios na Ponte Estaiada, um dos nossos cartões-postais em Teresina. Na Avenida Raul Lopes, onde foi instalado nosso primeiro posto, conseguimos dar sensação de segurança a população e melhorar nesses dois aspectos: os assaltos e o furto de fios que gera prejuízo para a gestão pública”, explica Nixon Frota.

O coordenador de Segurança ressalta que tem buscado viabilizar parcerias para a instalação de um posto fixo da GCM na região do Grande Dirceu. Um dos locais que atende a demanda da população é na Avenida Noé Mendes, conhecida como Avenida das Hortas.

“Temos percorrido alguns bairros e ouvido a população. Lá na região do Dirceu essa demanda é muito recorrente. Uma das nossas metas para 2022 será viabilizar a implantação de mais esse ponto fixo”, reitera Frota.

Internamente, um das das grandes conquistas a serem destacadas foi a posse de André Viana como comandante, o primeiro guarda municipal de Teresina a assumir o comando.

MAIS AVANÇOS NA SEGURANÇA

Durante o primeiro ano de gestão de Dr. Pessoa, a Coordenadoria de Segurança Pública Social e Patrimonial atuou também para a retomada do motopatrulhamento no Centro de Teresina. Nixon Frota relembra que todas as motos estavam paradas por falta de manutenção.
O canal de diálogo com a população também avançou. Anteriormente, o número 153 funcionava em horário determinado. Agora, o contato é operado por um guarda municipal 24 horas que ouve as demandas e, mais rapidamente, faz os encaminhamentos necessários.

NOVAS METAS

O coordenador de Segurança disse ainda que tem estreitado o diálogo com o prefeito Dr. Pessoa para a implantação de videomonitoramento pela cidade, bem como a realização de concurso público para aumentar o efetivo de aproximadamente 380 homens e mulheres.
Nixon Frota pontua, que para 2022, há a expectativa também para a aprovação do Estatuto da Guarda pela Câmara Municipal de Teresina, o que vai possibilitar a legalização junto ao Ministério da Justiça, bem como a viabilização de projetos e a vinda de recursos federais.

Foto: Divulgação (GCM)

GCM inaugura posto na Av. Marechal e retoma motopatrulhamento no Centro

O motopatrulhamento da Guarda Civil Municipal (GCM) foi retomado em Teresina com atuação no centro da cidade. Nixon Frota, coordenador municipal de Segurança Pública Social e Patrimonial, destaca que o patrulhamento preventivo em motos é muito mais ágil e faz com que o atendimento à população seja ainda mais célere.

“A GCM tinha motos, só que estavam todas paradas. Providenciamos a manutenção e agora a população pode contar com mais esse reforço na segurança preventiva. Vamos chegar muito mais rápido nas ocorrências”, reitera Frota.

A retomada do motopatrulhamento ocorreu simultaneamente à inauguração de mais um posto fixo da GCM. Desta vez, na Avenida Marechal Castelo Branco, na zona Norte da Capital, o terceiro inaugurado na gestão do prefeito Dr. Pessoa. O primeiro foi na Avenida Raul Lopes, na zona Leste, e o segundo a Base Sul da Guarda Municipal, localizada dentro do Complexo Esportivo Parentão, na zona Sul.

“Esse posto fixo na Marechal é estratégico. Com ele, vamos complementar a segurança na Ponte Estaiada, dar sensação de segurança para quem faz caminhada na própria avenida e esse posto vai servir também de ponto de apoio para as equipes do motopatrulhamento”, reitera Nixon Frota.

Base Sul da Guarda Municipal é inaugurada no Parentão

Um novo posto fixo da Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresina foi inaugurado nesta sexta-feira (27) dentro Complexo Esportivo Parentão. A Base Sul conta com espaço para receber a população e serve também como ponto de apoio dos guardas municipais responsáveis pela segurança do parque, bem como para as equipes que vão fazer o patrulhamento preventivo em bairros e comunidades da zona Sul de Teresina.

Foto: Rômulo Piauilino / Semcom

A inauguração contou com a presença do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, que destacou a importância da nova base para a preservação não apenas da estrutura física do parque, como para aumentar ainda mais a sensação de segurança daqueles que usam o espaço para a prática de atividades físicas. O intuito é criar novas bases em outras regiões da Capital.

“Essa é uma ação importante para a comunidade, principalmente para quem vem ao parque procurando opções de esporte e lazer. Apesar da segurança pública não ser uma responsabilidade do município, a GCM dá a sua colaboração protegendo o patrimônio público da nossa cidade”, destacou o gestor.

Foto: Rômulo Piauilino / Semcom

Nixon Frota, coordenador municipal de Segurança Pública Social e Patrimonial, reforça que a idea de descentralizar os postos aproxima mais a GCM da população.

“Nessa base, vamos ter viaturas e um efetivo para atender a população da zona Sul. Os guardas terão como conhecer mais ao fundo a realidade dessa população e direcionar a atuação, pois cada zona da cidade tem uma necessidade diferente. Vamos expandir ainda mais”, explica Nixon Frota.

Foto: Rômulo Piauilino / Semcom

Guarda Municipal dá início à operação Parada Segura nas estações de ônibus em Teresina

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresina assumiu, nesta terça-feira (24), a segurança das estações de ônibus em Teresina e deu início à operação Parada Segura com duração prevista de 90 dias. A definição ocorreu após reunião com o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, o coordenador municipal de Segurança, Nixon Frota e secretários municipais. A medida visa a preservação do patrimônio público que vinha sendo alvo de vandalismo.

Ao todo, seis equipes da GCM vão atuar no patrulhamento preventivo e segurança das estações.

Nixon Frota explica que foram apresentadas ao prefeito soluções de curto, médio e longo prazo, o que incluem também a realização de um concurso público.

“O prefeito Dr. Pessoa autorizou o pagamento das planejadas [compra da folga] para colocar mais efetivo na rua. A partir de hoje estamos assumindo a segurança das paradas de ônibus, o que era de responsabilidade da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). Essa nossa atuação deve durar 90 dias, prazo que foi dado para que a Strans terceirize a estrutura dos terminais e das paradas”, explica Nixon Frota.

O coordenador municipal de Segurança conta que levou ao prefeito de Teresina a necessidade de realização de um novo concurso público para aumento do efetivo a 500 guardas municipais. A outra medida proposta é a instalação de um sistema de videomonitoramento.

“O concurso seria para, pelo menos, 50 guardas. Acredito que é possível ser feito ainda este ano”, finaliza Nixon Frota.

Foto: Divulgação (GCM)

Guarda Municipal apresenta plano de proteção contra depredação das estações de ônibus

A Coordenadoria de Segurança Pública Social e Patrimonial apresentou na tarde desta segunda-feira (23) ao prefeito de Teresina Dr. Pessoa, o plano de ação para garantir a preservação das estações de ônibus na capital, que estavam sendo depredadas. A reunião aconteceu no salão nobre e contou com a presença do secretariado.

Foto: Lucas Dias / Semcom

No plano apresentado, a segurança do patrimônio público irá acontecer em duas fases. De acordo com o coordenador municipal de segurança, Coronel Nixon Frota, existem mais de 1.300 pontos públicos em Teresina que precisam de segurança.

“Nós apresentamos o plano com duas fases. Na fase inicial, será uma ação imediata para sanarmos os problemas das paradas que estão sendo destruídas. Nessa fase, vamos comprar as folgas dos guardas municipais e aumentar as rondas com equipes formadas exclusivamente para fazer a segurança das paradas de ônibus. No segundo momento, investiremos em tecnologia, onde será realizado o videomonitoramento em todos o patrimônio público municipal”, Pontuou o coronel Nixon Frota.

Foto: Lucas Dias / Semcom

O prefeito Dr. Pessoa destaca a necessidade de urgência de intervenção na ação de vândalos que estão destruindo às paradas de ônibus.

“Não vamos deixar o patrimônio público ser destruído. O povo paga imposto para manter o patrimônio público e não vamos permitir que vândalos destruam o que é do povo. Nós vamos recuperar e dar segurança ao patrimônio público”, afirmou Dr. Pessoa.

Foto: Lucas Dias / Semcom

O vice-prefeito Robert Rios ressalta que existem mecanismos para identificar quem depreda o patrimônio público e que quem for pego, deve ser punido.

“Nós vamos investigar e chegar aos autores que serão punidos. Nenhum vai ficar sem receber a devida punição”, disse o vice-prefeito.

Foto: Lucas Dias / Semcom

Para o superintendente da Strans, Major Cláudio Pessoa, é de grande importância a união das pastas para solucionar os problemas.

“Nesse momento todos os órgãos e pastas envolvidas devem trabalhar juntos para que esse crimes não aconteçam mais, para que assim possamos destinar as paradas para a sua finalidade, que é oferecer conforto e segurança para os usuários do transporte público”, concluiu.

Plano para preservação das estações de ônibus será apresentado nesta segunda (23)

O plano de segurança será submetido à análise do prefeito para implementação Foto(Ascom/GCM)

A Coordenadoria de Segurança Pública Social e Patrimonial apresenta, nesta segunda-feira (23), um plano para garantir a preservação das estações de ônibus em Teresina. A reunião será restrita ao prefeito Dr. Pessoa e secretários municipais.

Nixon Frota, coordenador municipal de Segurança, explica que, até o início do ano, a gestão das estações de ônibus e terminais de integração era de responsabilidade da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). A partir de março, a Guarda Civil Municipal (GCM) foi designada para assumir a segurança dos terminais de integração.

“Até março, a Strans era responsável por garantir a segurança das estações e dos terminais. Depois, isso mudou e foi firmada uma parceria com a Guarda Municipal nos terminais de integração que passaram a ser monitorados 24 horas por dia, de domingo a domingo. As estações ainda são geridas pela Strans e agora a Guarda Municipal foi convocada pelo prefeito para que pudéssemos também tomar de conta”, explica Nixon Frota.

O plano de segurança será submetido à análise do prefeito para implementação.

“Diante do tamanho da cidade, a estratégia a ser apresentada passa não somente pela presença física da Guarda Municipal nas estações, mas também pelo emprego de tecnologia. Vamos apresentar ao prefeito e tentar construir a melhor solução para a cidade”, adianta Nixon Frota.

Strans se reúne com Polícia Militar para discutir sobre segurança

O superintendente Municipal de Trânsito e Transportes (Strans), Cláudio Pessoa, esteve nesta terça-feira (20) em reunião com o Secretário de Segurança Pública do Piauí, Coronel Rubens Pereira, o Comandante Geral da Polícia Militar do Piauí, Coronel Lindomar Castilho e membros da Polícia Militar.

Fotos: Ascom Strans

O encontro que aconteceu no novo Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Polícia Militar do Piauí, na sede do Quartel do Comando Geral (QCG), teve como objetivo a apresentação do funcionamento do sistema de vigilância da polícia e buscar formas para reforçar a segurança pública na capital, principalmente no que se refere ao trânsito.

Entre as parcerias está o interesse em firmar o termo de cooperação entre a Polícia Militar do Piauí e a Strans, em busca de uma integração da informação através do uso da tecnologia para um trabalho integrado. É o início da conversação para firmar esse termo de cooperação entre os órgãos para fortalecer o caminho da segurança pública.

Estiveram presentes no encontro, o Diretor de Operações e Fiscalização de Trânsito, Coronel Ricardo Almeida, o Diretor de Trânsito e Sistema Viário, Pádua Vasconcelos, o Gerente de Educação de Trânsito, Major Reginaldo Canuto, a gerente de Operações de Trânsito da Strans, Carla Sales.

Lagoas do Norte reúne Guarda Municipal e lideranças em reunião para tratar de segurança na zona norte

A direção do Programa Lagoas do Norte reuniu, nesta terça-feira (06), lideranças comunitárias integrantes do Comitê de Acompanhamento do PLN e o comando da Guarda Civil Municipal para tratar das questões relativas à segurança dos 13 bairros que compõem a área de atuação do programa e ao Parque Lagoas do Norte.

Foto: Ascom Parque Lagoas do Norte

Participaram da reunião os integrantes do comitê, o coordenador de Segurança Pública do município, coronel Nixon Frota, o comandante da Guarda, André Viana, o diretor-geral do PLN, Bruno Quaresma, e os coordenadores da Unidade de Projeto Socioambiental do programa, Apoena Amorim e Suelênia Barros.

De acordo com o coordenador coronel Nixon Frota, a intenção da corporação é realizar um trabalho em conjunto com a comunidade. “Estamos nos aproximando das lideranças porque sabemos que cada bairro tem demandas específicas. Então, para planejarmos estratégias precisamos conhecer a realidade de cada região”, explicou.

As lideranças pontuaram demandas de vários bairros, como Poti Velho, Alto Alegre, Mocambinho, Vila São Francisco, São Joaquim, Buenos Aires, dentre outros, além da necessidade de fortalecimento da segurança no Parque Lagoas do Norte. As lideranças foram apresentadas aos membros da corporação e, a partir de agora, a Guarda irá em cada comunidade para fazer o monitoramento das demandas.

“Ficamos satisfeitos com a conversa e falamos sobre a importância da Guarda estar presente no parque. Sabemos que quando eles estão presentes já inibe qualquer ação de criminosos”, disse o presidente do comitê, Albertino Ribeiro.

Segundo o diretor do PLN, Bruno Quaresma, o programa possui um eixo de trabalho que é a prevenção da violência e tem sempre buscado agir em parceria com as várias instituições para atingir esse objetivo. “O Lagoas sempre fez parcerias com a Guarda Municipal com essa finalidade de prevenção da violência e agora não é diferente. Estamos buscando melhorar a segurança do nosso parque e de toda a zona norte, estreitando os laços das lideranças com essa importante instituição”, afirmou.