Mais de 60 GCMs doam sangue em ação voluntária devido a baixo estoque no Hemopi

A situação do único hemocentro no Piauí, o Hemopi, levou a Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresina a mobilizar o efetivo em uma campanha de doação de sangue. O comandante, coronel Nixon Frota, explica que mais de 60 guardas municipais se voluntariaram e a ideia é que a ação sensibilize também a população a salvar vidas.

“Houve dois casos recentes que nos sensibilizaram bastante. As cirurgias no Hospital Getúlio Vargas (HGV) que ficaram comprometidas e  também a história de um garotinho com uma doença grave que estava precisando de transfusão de sangue. Por esses casos e tantos outros que ocorrem no dia a a dia e não ficamos sabendo, mobilizamos essa campanha de doação. Esperamos que, assim como ficamos sensibilizados, mais pessoas também possam dedicar um pouquinho do seu tempo para salvar vidas”, destaca o comandante da GCM de Teresina.

A campanha de doação de sangue dos guardas municipais acontece nos dias 04 e 05 de março, a partir das 8h, no Hemopi.

Por causa da pandemia da Covid-19, as doações caíram cerca de 40%, de acordo do dados do hemocentro.

O diretor do Hemopi, Jurandir Martins, destaca a importância de ações como a da GCM e diz que todas as doações são importantes independentes do tipo de sangue.

“Todos dos dias, nós precisamos de todos os tipos de sangue para atender a demanda. Somos o único hemocentro do Piauí e atendemos toda a rede pública e parte da rede privada”, disse Martins.

Mais de 60 guardas municipais se voluntariaram para a doação de sangue no Hemopi. Foto (Ascom Guarda Municipal)

GCM de Teresina será equipada com recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública

A Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM) participou da primeira reunião com representantes das guardas municipais do Piauí. O comandante da GCM, coronel Nixon Frota, explica que a reunião foi convocada pela Secretaria de Segurança Pública para discutir a implementação de recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública na estruturação das GCMs do Estado.

“Serão oferecidos aos municípios, kits com viaturas, coletes balísticos, armamentos letais e não letais, além de firmada uma pactuação de termos de cooperação técnica com as forças policiais do Piauí. A GCM de Teresina tem uma demanda e estamos na expectativa”, destaca  Nixon Frota.

A reunião ocorreu nesta quinta-feira (18) na sede da Academia de Polícia Civil do Piauí  (Acadepol). Ao todo, participaram representantes de dez GCMs no estado.

O coronel Nixon Frota reitera que entre as principais demandas para a GCM de Teresina estão a aquisição de armamentos e viaturas.

A reunião ocorreu nesta quinta-feira (18) na sede da Academia de Polícia Civil do Piauí  (Acadepol) Foto (Ascom/GCM)

Guarda Municipal monta postos fixos em 84% dos Centros de Referência de Assistência Social

A segurança nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) foi reforçada com a presença da Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM), que passou a atuar em 84% das unidades, o que significa que foram montados postos fixos em 16 dos 19 Centros na capital.

“O objetivo é atender ao maior número de solicitações com o pessoal e meios existentes. Isso vai abranger toda a cidade. Com relação aos CRAS, foi uma solicitação da secretária Eliana Lago e conseguimos instalar postos em 16 centros, o que melhorou de forma significativa a sensação de segurança das pessoas que lá frequentam, seja a população que precisa ou funcionários. Apesar do bom resultado, estamos fazendo um estudo para ampliar em 100% essa presença em todos os CRAS de Teresina”, destaca o comandante da GCM, coronel Nixon Frota.

Ao todo, 32 GCMs passam a atuar nos postos fixos dentro dos CRAS. Eliana Lago, secretária municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), destaca a importância da atuação da GCM diante do aumento de arrombamentos e furtos em prédios dos CRAS.

“É uma parceria que deu certo. A Guarda Municipal, prestando a segurança tanto na preservação do patrimônio dos prédios dos CRAS, quanto inibindo a onda de violência que os servidores têm enfrentado. O problema de segurança nos CRAS é uma demanda antiga dos servidores, que relatam frequentes ocorrências de arrombamentos e furtos: de ar-condicionado, fios de energia, computadores, entre outros. O que vem afetando o atendimento ao público, tanto aos servidores quanto aos assistidos”, ressaltou Eliana Lago.

PARCERIAS

Além da instalação de postos fixos dentro dos CRAS, Nixon Frota destaca que articula a viabilidade da instalação da GCM nos parques municipais em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam).

A segurança nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) foi reforçada com a presença da Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM) Foto(Ascom/GCM)

Coronel Nixon Frota

Plano operacional do Enem contará com Guardas Municipais em escolas de Teresina

 

 

O efetivo da Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM) vai atuar para garantir a segurança durante aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (17).

Segundo o coronel Nixon Frota, comandante da GCM, em cada escola municipal terá dois guardas.

“A GCM fez um plano conjunto com a Polícia Militar e ficará em postos fixos, no caso 16 escolas municipais com dois guardas em cada uma. Também teremos guardas de prontidão para eventual substituição”, informou o comandante da GCM.

Além dos postos fixos, a GCM deslocará viaturas para o patrulhamento garantindo a segurança dos candidatos, bem como vai orientar os participantes sobre as medidas de segurança de prevenção contra o novo coronavírus.

“Vamos realizar a segurança nos locais de aplicação de provas, inibindo a prática de ilícitos, atuando dentro da competência legal, de forma integrada com as demais instituições de segurança pública, para manter a normal realização das avaliações do Enem”, destacou Nixon Frota.

Guarda Civil faz monitoramento após arrombamentos em 100 escolas municipais

Ações de monitoramento serão executadas em escolas municipais (Foto: Ascom GCM)

O comandante da Guarda Civil  Municipal de Teresina (GCM), coronel Nixon Frota, determinou o monitoramento das escolas municipais. Das 317 unidades de ensino na cidade, aproximadamente 100 foram alvos de arrombamentos. A integração entre as secretarias foi firmada após reunião com o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, nesta terça-feira (12).

“O objetivo é a repressão aos arrombamentos e furtos ocorridos nas escolas da rede municipal. Tive uma reunião com o secretário Nouga Cardoso e o momento  é de diagnóstico com base nos dados da Secretaria Municipal de Educação”, informou o comandante da GCM.

A ação dos vândalos se concentra, principalmente, em 20 escolas das mais variadas zonas da cidade. De janeiro de 2020 a janeiro de 2021 já são contabilizados 100 escolas alvo de criminosos, sendo que algumas foram arrombadas mais de uma vez.  A Escola Municipal Altina Castelo Branco,  na região do Grande Dirceu, foi alvo de oito arrombamentos.

Ao todo são 189 boletins de ocorrência. Entre os objetos furtados estão computadores, botijões de gás de cozinha, móveis, eletrodomésticos e fiação, entre outros.

Após reunião dos secretários, os GCMs iniciaram o mapeamento da situação nesta quarta-feira (13) para o planejamento de ações e preservação do patrimônio público.

“Vamos gerar projetos com resultados positivos para as duas áreas, no sentido de reforçar a segurança nos estabelecimentos de ensino municipais”, disse Nixon Frota.

Atualmente, a Secretaria  Municipal de Educação  (Semec) conta com  317 escolas e mais de 96 mil alunos.

SEMEC terá o apoio da Guarda Municipal para garantir a segurança nas escolas

As escolas da rede municipal de Teresina passarão a contar com o apoio da Guarda Municipal. Entendimento neste sentido foi discutido na manhã, desta terça-feira (12), entre o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso e o Comandante da Guarda Municipal, coronel Nixon Frota. O diálogo entre a SEMEC e a GCM está sendo no sentido de acabar com os constantes arrombamentos e roubos nas escolas, bem como garantir a segurança de alunos, professores, funcionários e comunidade.

O secretário Nouga Cardoso, juntamente com a equipe técnica, apresentou dados relevantes, referentes aos arrombamentos registrados de janeiro de 2020 a janeiro de 2021. No total foram feitos 189 boletins de ocorrência, com roubos de computadores, botijões de gás de cozinha, móveis, eletrodomésticos e fiação elétrica. “Já estamos analisando todos os casos registrados e as unidades escolares com suas estruturas, localização e todo o sistema de segurança disponível. Porém, é muito importante contarmos com o apoio da Guarda Municipal de Teresina”, enfatiza Nouga Cardoso.

O coronel Nixon Frota disse que a reunião com a Semec garante uma aproximação com a secretaria. “A GCM tem como meta colaborar para garantir a segurança dos teresinenses. Entendemos e nos colocamos à inteira disposição da secretaria no sentido de coibir a ação dos assaltantes junto às escolas da rede municipal de ensino. Ao lado da equipe da Semec vamos visitar as unidades e logo em seguida apresentar um diagnóstico com um plano de ação, no sentido de melhorar e aperfeiçoar todo o sistema de segurança nas escolas municipais”, garantiu Nixon.

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) registrou nas últimas duas semanas, seis (06) assaltos nas escolas da rede municipal de ensino de Teresina. Os arrombamentos registrados aconteceram nas zonas Sul, Norte, Sudeste e Leste da capital. De acordo com a gerência de manutenção da SEMEC, existem escolas em que foram registrados 8 arrombamentos.

Atualmente, SEMEC conta com um total de 317 escolas da rede municipal e mais de 96 mil alunos que devem renovar suas matrículas para o ano letivo de 2021, ainda, na primeira quinzena do mês de fevereiro.

Semec buscará apoio da Segurança para evitar roubos nas escolas

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) registrou nas últimas duas semanas, seis assaltos nas escolas da rede municipal de ensino de Teresina. Os arrombamentos registrados aconteceram nas zonas Sul, Norte, Sudeste e Leste da capital. De acordo com a gerência de manutenção da SEMEC, os assaltantes roubaram botijões de gás de cozinha, fiação elétrica e ventiladores de parede. Além disso, danificaram sistemas de segurança das escolas.

Os assaltos nas escolas da rede municipal de ensino já se tornaram corriqueiros em Teresina. Já existem vários boletins de ocorrência registrados junto às delegacias da Secretaria de Segurança do Piauí.

De acordo com o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, vários equipamentos de segurança já foram instalados nas escolas na tentativa de impedi os roubos. Frequentemente, são realizadas manutenções em cerca elétrica, “pega ladrão” e concertina que são colocadas em cima de muros, contornando a escola. Já foram reforçados portas, portões e janelas. Porém, não têm evitado as ações dos assaltantes.

Diante dos casos registrados e relatos de diretores e vigias das escolas, o secretário irá ter uma reunião com o secretário estadual de Segurança, no sentido de busca soluções mais imediatas que visem a segurança nas escolas. “Atualmente, contamos com um total de 317 escolas da rede municipal. Um dos nossos objetivos é melhorar a infraestrutura, bem como assegurar a segurança, tanto o patrimônio quanto a dos alunos, professores e funcionários. Mas para isso também precisamos do apoio dos órgãos de segurança púbica e vamos buscar um entendimento”, ressalta Nouga Cardoso.

Na manhã desta sexta-feira (08), o secretário já solicitou a gerência de manutenção da SEMEC que sejam avaliados os danos e providenciada a reposição do material, além do reparo na estrutura danificada.

Guarda Municipal intensifica ação na retomada das atividades econômicas em Teresina

Com os avanços das etapas da reabertura econômica em Teresina, a Guarda Civil Municipal (GCM) tem intensificado ainda mais as fiscalizações para uma retomada segura. Já são mais de 8.300 atendimentos realizados durante a pandemia e o trabalho ganhou reforço com mais 125 novos agentes e 18 viaturas

Além da reabertura do setor de varejo, que provoca o aumento da circulação de pessoas pela cidade, a Guarda também está atuando no Parque da Cidadania e no Ginásio “Parentão”, no Lourival Parente, que já estão funcionando. “Com a reabertura dos parques ambientais e atividades individuais ao ar livre, equipes permanentes estão atuando nestes locais”, ressalta o comandante da Guarda Municipal, Coronel John Feitosa.

Ele ressalta o trabalho dos guardas para garantir o cumprimentos dos protocolos, reforçando ainda mais ainda os cuidados para que não seja registrado aumento no número de casos de coronavírus.  “O trabalho da Guarda tem se mostrado importante para que a cidade possa avançar nas etapas de reabertura das atividades econômicas de forma segura, cumprindo todos os protocolos, como o distanciamento e uso correto de máscaras”.