Dia do Meio Ambiente: Praça que teve árvores cortadas ilegalmente é rearborizada com ipês

Ascom/Semam

Neste Dia Mundial do Meio Ambiente (5), o alerta sobre a necessidade de cuidar mais do nosso patrimônio natural foi protagonizado por moradores do bairro Saci, zona Sul de Teresina. Com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), eles plantaram cerca de vinte ipês brancos para recompor a vegetação da Praça Gentil Macêdo, que há mais de um ano estava sem cobertura verde em decorrência do corte ilegal de diversas árvores.

A praça foi inaugurada há aproximadamente 37 anos e é um dos pontos de socialização da comunidade que reside no seu entorno, que vivia descontente com a situação da área pública.

Para o secretário da SEMAM, Olavo Braz, a ação mostra a importância do esforço coletivo para preservar o meio ambiente, aliando o anseio de uma comunidade ao papel da gestão pública. “Nessa data em que o mundo volta seu olhar para a questão ambiental, decidimos apoiar essa ação para mostrar que todos podem, por meio de atitudes simples, contribuir para preservar o meio ambiente, e que o esforço não deve partir somente do poder público, já que os benefícios são universais”, pontua.

A ação dos moradores foi mobilizada com o empenho do ambientalista Dionísio Neto, que também inseriu mudas de árvores nativas em outros pontos da região.

Sobre o Dia Mundial do Meio Ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado em 5 de junho de 1972, em virtude da Conferência de Estocolmo, a primeira das Conferências das Nações Unidas sobre o ambiente humano.

A data tem o propósito de chamar atenção da sociedade sobre a importância do uso saudável e sustentável do planeta e de seus recursos, por isso, nesse dia devem ser realizadas atividades de proteção e preservação ambiental.

SEMAM otimiza arborização na área do Hospital de Campanha na UFPI

Ascom/Semam

As árvores tornam os espaços mais saudáveis, aconchegantes e esteticamente agradáveis, proporcionando, por exemplo, efeitos positivos na saúde mental. Considerando esses benefícios, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM) tem otimizado a arborização no entorno do hospital de campanha na Universidade Federal do Piauí (UFPI), unidade que tem sido preparada pelo município para garantir assistência aos pacientes acometidos pelo novo coronavírus (Covid-19).

A ação ambiental, comandada por técnicos da divisão de monitoramento da SEMAM, já resultou no plantio de aproximadamente 90 árvores, entre espécies nativas e ornamentais, como palmeira, ipê e flamboyant. Além de inserir novas mudas, a equipe também fez a reposição de árvores comprometidas que existiam na área.

De acordo com o titular da pasta, Olavo Braz, essa foi uma das medidas que o órgão encontrou, dentro da sua competência, para contribuir com esse delicado momento de combate à pandemia, aliado a um trabalho de arborização da cidade que já vinha sendo realizado em parceria com a UFPI.

“Esperamos que essas árvores tornem o local mais acolhedor e confortável para receber os profissionais e usuários dessa unidade provisória de saúde, mas, antes disso, desejamos que esse hospital não precise ser utilizado. Em cada árvore inserida também plantamos o nosso sentimento de esperança, acreditando que dias melhores estão por vir e que o bem-estar coletivo volte a florescer o mais breve possível”, pontua o secretário Olavo.

A estrutura desse hospital de campanha está instalada no Centro de Treinamento de Badminton, que integra o Setor de Esportes da referida instituição de ensino superior. A área foi cedida temporariamente para a Prefeitura Municipal de Teresina abrigar essa unidade de tratamento, composta por 88 leitos, que enquadrará casos de baixa e média complexidade decorrentes da Covid-19.

SEMAM orienta que população utilize plataformas digitais para solicitar e acompanhar demandas

As plataformas digitais têm sido aliadas para estreitar o contato da população com a Prefeitura de Teresina durante esse delicado período de enfrentamento ao avanço do novo Coronavírus (COVID-19), em que a regra é favorecer o recolhimento domiciliar e manter somente os serviços indispensáveis. Por isso, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), para continuar oferecendo seu trabalho com segurança, orienta que o público busque os sistemas eletrônicos, a exemplo do Teresinense Digital, Piauí Digital, Construa Fácil, SLIC Teresina e Colab, para solicitar e acompanhar o andamento das suas demandas.

Além disso, aqueles que possuem processo administrativo físico em tramitação no órgão devem buscar mais informações por meio dos seguintes e-mails e telefones: gmacentral@gmail.com / (86) 9.9803-9203; monitoramentosemam2017@gmail.com (86) 9.9529-3566; licenciamentosaude@gmail.com (86) 9.8847-0155; obras.semam@gmail.com e mineracao.semam@gmail.com.

Para quem deseja fazer consultas de viabilidade ambiental, pedidos de fiscalização e solicitar autorizações para poda ou supressão vegetal, podem fazê-los por meio do Teresinense Digital, acessando o seguinte link: https://pmt.pi.gov.br/teresinensedigital/. No caso das emissões de Licença Prévia ou de Instalação, os interessados devem buscar pelo sistema Construa Fácil (http://construafacil.semf.teresina.pi.gov.br/).

Já os processos de emissão da primeira Licença de Operação devem ser feitos pelo Piauí Digital (http://www.piauidigital.pi.gov.br/). Para as emissões de renovação de Licença de Operação, a ferramenta disponível é o sistema SLIC Teresina (http://slic.semf.teresina.pi.gov.br/).

Outro recurso digital é o aplicativo Colab, que permite à população comunicar diretamente aos órgãos públicos os problemas do seu bairro, contribuindo para uma gestão mais participativa no município de Teresina. Após baixar o app gratuitamente nas lojas virtuais da Google (Play Store) e da Apple (App Store), o usuário precisa fazer um cadastro simples, e, em seguida, inserir imagem, localização e descrição da sua demanda.

De acordo com o secretário executivo da SEMAM, Claudinei Feitosa, o atendimento presencial na sede da pasta acontecerá somente em situação excepcional, nas terças e quintas-feiras, das 9 às 11 horas.

Parques ambientais e outras áreas públicas de lazer e esportes são fechadas por tempo indeterminado

Ascom/Semam

Os parques ambientais e as demais áreas públicas de recreação, lazer e práticas esportivas de Teresina estão fechados por tempo indeterminado. A suspensão do funcionamento desses espaços é uma das medidas urgentes de combate à pandemia provocada pelo novo coronavírus (COVID-19), asseguradas por meio do Decreto Municipal 19.540, assinado pelo prefeito Firmino Filho neste sábado (21).

Os parques administrados pelo município, como o Parque da Cidade, Cidadania, Matias Matos, Macaúba, Jardim Botânico, Encontro dos Rios e Lagoas do Norte estão com suas atividades suspensas. Também estão fechados os complexos, centros integrados, de treinamento e de iniciação ao esporte, como o Parentão, São Joaquim, CIE Professor Carlos Said, e qualquer outro equipamento que exerça fins de lazer e recreação não podem abrir até segunda ordem.

O fechamento desses locais é mais um reforço para enfrentar a situação de calamidade pública reconhecida oficialmente (Decreto Nº 19.537) na sexta-feira, 20, pelo chefe do Executivo Municipal.

“Estamos recorrendo a todas as estratégias possíveis e indispensáveis de segurança e saúde para barrar a alastramento dessa doença. Então é imprescindível que a população colabore e fique em casa o máximo possível. São medidas difíceis, mas que visam unicamente garantir benefícios coletivos, pois estamos tratando de vidas”, pontua o secretário da SEMAM, Olavo Braz.

Todas as medidas que têm sido adotadas pelo município seguem as recomendações de órgãos governamentais e de organizações internacionais de saúde pública, cuja regra principal é manter somente os serviços essenciais e promover o isolamento social para controlar o avanço da propagação do vírus.

Parques ambientais têm funcionamento mantido, mas eventos estão suspensos

Ascom/Semam

Os parques ambientais são espaços ao ar livre que contribuem com a oferta de mais qualidade de vida para a população. Por isso, a Prefeitura de Teresina decidiu manter o funcionamento desses locais, mas suspendeu por 15 dias, contando a partir desta quinta-feira (19), os eventos e as atividades que favoreçam a aglomerações de pessoas nesses locais, uma das medidas de enfrentamento à ameaça de disseminação do novo coronavírus (COVID-19). (mais…)

Galeria de arte santeira do Parque da Cidadania reúne obras de grandes artesãos

Ascom/Semam

Uma das mais ricas expressões culturais do nosso estado, a arte santeira tem espaço exclusivo no Parque Estação da Cidadania, em uma galeria que reúne aproximadamente 50 obras de grandes artistas da nossa terra, que esculpem traços marcantes de fé e religiosidade. A galeria, idealizada e mantida pela Prefeitura de Teresina, está aberta ao público de terça-feira a domingo, das 8h às 10h e das 16h às 19h, com entrada gratuita.

Dentre as produções expostas estão esculturas no formato de anjos, santos, profetas e outras imagens com significado sagrado, fruto do talento desses artistas santeiros aliado ao suporte direcionado pelo município por meio de diversos projetos.

Conhecido como Mestre Dim, Raimundo Ferreira Lima é um dos artesãos que possui peças expostas na galeria. Ele é um dos grandes representantes da arte popular de esculpir peças em madeira, cuja história nesse ofício foi iniciada há cerca de 40 anos, tendo como incentivador e orientador Mestre Dezinho, um dos maiores expoentes nesse segmento artístico.

Para Dim, a galeria tem contribuído para valorizar e impulsionar o trabalho dos artesãos locais. “Na verdade, o apoio da Prefeitura de Teresina aos artesãos já vem de muitos anos, antes mesmo da criação da galeria de arte santeira no Parque da Cidadania. O espaço foi mais uma forma louvável de coroar esse incentivo, dando visibilidade tanto para os mais experientes, quanto para os mais novos nessa arte. Eu me sinto feliz e realizado em fazer parte desse projeto”, considera o artista santeiro, que possui peças espalhadas em vários estados brasileiros e em outros países.

A beleza e riqueza das obras de artistas como Dim são características que têm contribuído para atrair dezenas de visitantes à galeria. “Mensalmente, cerca de 200 pessoas têm visitado esse espaço, que foi concebido com o propósito de evidenciar e divulgar o talento dos artistas populares da nossa terra, reconhecidos também mundo afora. Então vale muito à pena apreciar esse local valoroso”, pontua o secretário municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), Olavo Braz, pasta que administra a galeria, bem como o parque.

A galeria de arte santeira do Parque Estação Cidadania fica instalada na antiga casa de máquinas e reparo de trens, imóvel tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Por isso, a estrutura foi preservada e passou apenas com pequenas intervenções, que foram devidamente autorizadas e acompanhadas pelo órgão.

Praças públicas e parques ambientais recebem ações de arborização

Ascom/Semam

A arborização é um dos elementos que contribui para melhorar a qualidade de vida população, já que traz diversos benefícios como conforto térmico, sombra, embelezamento, redução da poluição do ar e dos ruídos. Por isso, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM) tem intensificado as ações de plantio pela cidade, focando em praças públicas e parques ambientais, levando em consideração também o período chuvoso.

Nesta quinta-feira (20), aproximadamente cem mudas de espécies nativas (ipês) e ornamentais (palmeiras) foram inseridas em Teresina. Na zona Leste, as praças Dr. Sanathyel Vaz e Praça da Quadra Poliesportiva do bairro Pedra Mole tiveram suas coberturas vegetais otimizadas. Na zona Norte, o Parque Ambiental Matias Matos, localizado no bairro Mocambinho, foi outro espaço que recebeu melhorias na sua arborização.

“Temos buscado ampliar a cobertura verde da nossa cidade, por meio de ações coordenadas e específicas em espaços de uso coletivo, como parques ambientais e praças. Isso também facilita o processo de manutenção, já que nesses locais existem equipes destinadas para esses fins. Além disso, estamos aproveitando o período das chuvas para inserir essas árvores, já que, assim, elas obterão a água necessária para o seu desenvolvimento”, destaca o secretário da SEMAM, Olavo Braz.

Nas últimas semanas, outros locais também receberam ações de arborização, a exemplo dos parques ambientais Lagoas do Norte e da Cidade, situados na zona Norte da capital. No total, foram plantadas mais 400 mudas, entre espécies nativas e ornamentais.

Parques Ambientais terão funcionamento mantido neste carnaval

Ascom/Semam

Uma boa opção para quem deseja curtir o feriado de carnaval em contato com a natureza é fazer uso dos parques ambientais de Teresina, que funcionarão normalmente neste período. O Parque Estação Cidadania, Matias Matos, Encontro dos Rios, Macaúba e Parque da Cidade, administrados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), estarão preparados para receber o público.

“Os parques ambientais vêm sendo cada vez mais ocupados pela população, por serem espaços capazes de ofertar mais qualidade de vida. Por isso, assim como em outros feriados, vamos manter os horários de funcionamento desses locais no carnaval, a fim de oferecer opções para quem vai ficar na cidade e deseja realizar programas mais leves com a família e amigos”, destaca o secretário da SEMAM, Olavo Braz.

Situado no cruzamento da Avenida Frei Serafim com a Miguel Rosa, o Parque Estação Cidadania funcionará todos os dias, das 5h30 às 21h30, exceto segunda-feira (dia destinado à manutenção), que ficará aberto somente para caminhadas, das 5h30 às 10h. O local possui estrutura para práticas esportivas, lazer e socialização, e conta também com uma Galeria de Arte Santeira, que reúne mais de 50 peças de artesãos da nossa terra.

Mais conhecido como Lagoa do Mocambinho, o Parque Ambiental Matias Augusto de Oliveira Matos estará aberto todos os dias das 5h30 às 10h e das 16h às 21h30, exceto segunda-feira (dia destinado à manutenção), que também ficará disponível somente para uso da pista de caminhada, das 5h30 às 10h. O espaço possui quadras para diversas práticas de esportes, playground e extensa área para atividades de lazer e socialização.

No Parque Ambiental Encontro dos Rios, um dos pontos turísticos mais visitados de Teresina, o funcionamento vai das 6h às 18h, durante todos os dias. O equipamento, situado no bairro Poti Velho, conta com playground, trilha ecológica e quiosques de comercialização e divulgação do artesanato local.

Outra área verde da capital que pode ser usufruída pelo público é o Parque da Cidade, situado no bairro Primavera, que estará aberto das 6h às 19h. Com 17 hectares, o local incorpora funções de lazer, práticas de esportes e outras atividades ao ar livre.

Já o Parque Ambiental da Macaúba, que fica na zona Sul da cidade, funcionará das 5h30 às 10h e das 16h e 21h30, exceto na segunda-feira, que abrirá somente para fins de caminhada, das 5h30 às 10h. Com 7 mil metros quadrados, o parque dispõe de pista de caminhada, academia popular, palco para apresentações culturais, um campo de futebol com alambrado e iluminação e quiosque para venda de lanches.

Para mais informações, a população pode entrar em contato com a SEMAM pelos telefones (86) 3225-5925 ou 3225-6555.