SEMAM e parceiros realizam operação “Silêncio e Paz” e notificam estabelecimentos em Teresina

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) em parceria com a Delegacia Geral, Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), Corpo de Bombeiros e Guarda Civil Municipal realizaram no último final de semana, em Teresina, a “Operação Silêncio e Paz”.

Fiscais da SEMAM e agentes policiais, a fim de coibir, através do policiamento ostensivo e repressivo, as contravenções ambientais de Perturbação do Trabalho ou sossego alheios, foram realizadas fiscalizações na área metropolitana da cidade.

“Esta ação integrada se deu a partir de um levantamento prévio, em que foram estabelecidos alguns locais caracterizados como pontos recorrentes no cometimento de infrações ambientais foco desta operação, os quais foram alvo da ação fiscalizatória em diversas regiões da capital”.

Durante o serviço foram realizados os seguintes procedimentos:

– Estabelecimentos fiscalizados: 07
– Autos de infração 3
– COPS: 02
– APSA: 03

 

Prefeitura e Ministério do Meio Ambiente vão desenvolver o programa “Rios Mais Limpos”

Uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente e a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM), vai desenvolver mais uma importante ação de preservação e conservação dos rios na cidade.

O Programa “Rios Mais Limpos”, que tem o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão de efluentes e saneamento básico em todo o País, vai realizar em Teresina um mutirão de limpeza.

Os principais parques e pontos turísticos de Teresina que ficam as margens dos rios Poti e Parnaíba passarão por intervenções, já a partir de maio, quando as chuvas diminuem no Estado e o nível da água dos rios baixa.

“Essa é uma iniciativa muito importante para nossa cidade que visa ainda fomentar ações de despoluição dos rios, incentivar a limpeza e coleta de lixo neles, nos lagos, lagoas e praias fluviais, além da implementação de sistemas de tratamento descentralizados de efluentes em áreas não atendidas pelos sistemas tradicionais, bem como a promoção de projetos que visem o reuso da água”, explicou a secretária do Meio Ambiente, Elisabeth Sá.

O programa “Rios Mais Limpos” e todo seu sistema vai oferecer mais transparência para os usuários e gerar incentivo a melhorias operacionais, além de aprimorar a orientação de ações de fiscalização pelos órgãos ambientais e agências reguladoras com instrumentos para verificação das metas de desempenho.

Um mutirão de limpeza vai viabilizar outras ações, incluindo atividades de recreação segura e sustentável nos rios em Teresina.

A capital tem 77 km de margem de rio, contemplando o Parnaíba e o Poti, que são pouco usados inclusive para recreação.

Em parceria com o Programa Vida Rios, idealizado pela Prefeitura de Teresina, por meio da SEMAM com apoio das SAADs, que vai revitalizar também outras áreas de Preservação Ambiental da cidade, as ações irão permitir novas formas de utilização do rio de maneira mais sustentável e com retorno para a cidade, sobretudo, para sua população.

No dia do Mutirão da Limpeza, previsto para acontecer no próximo dia 21 de maio, será necessário o teste de Covid-19 para os participantes. Além disso, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) solicitou apoio da Prefeitura com os catadores, na escolha da associação que vai fazer a triagem dos resíduos, o que for reciclável é lucro dos catadores, o que for rejeitos vai para o aterro de Teresina.

Parque das Crianças recebe alunos da rede pública municipal com diversas atividades educativas e ações de conscientização ambiental

Alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Marcos Vilaça, localizado no bairro 3 andares, vila São José da Costa Rica, participaram de uma manhã de aprendizado diferente e ao Ar Livre nessa terça-feira (29).

Cerca de 30 alunos do CMEI, de 3 a 6 anos, visitaram pela primeira vez o Parque ambiental das Crianças, através de uma parceria entre a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) e Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), com a instalação da EcoBrinquedoteca.

“Ensinar na prática o que essas crianças precisam aprender para cuidar do seu futuro é o objetivo dessa ação hoje. Toda semana vamos tentar fazer essas visitas e ensinar sempre mais a elas a importância da educação ambiental. Aqui vamos desenvolver várias ações educativas e o melhor: em contato direto com a Natureza”, destacou a professora Tânia Vanderlei, diretora do CMEI Marcos Vilaça.

Trilha das descobertas, atletismo natural, trilha com obstáculos, cantinho da leitura e experimentos na Natureza fizeram parte das atividades desenvolvidas pelas crianças no parque.

“Aproximar as crianças da natureza e mostrar a elas a importância de se preservar o Meio Ambiente vai fazer com elas cresçam mais conscientes e responsáveis. Ter essas vivências fora da sala de aula reforça o aprendizado de maneira lúdica”, completou o professor José Neto Catatau, educador físico.

Prefeitura e Águas de Teresina realizam “Gincana da Água” com palestras e atividades educativas para reforçar o consumo consciente

A iniciativa chamou atenção de Norte a Sul de Teresina onde foram desenvolvidas as ações educativas Fotos(Ascom/Semam)

No Dia Mundial da Água, comemorado nessa terça-feira, 22 de março, a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) e a Águas de Teresina realizaram uma série de atividades educativas alusivas a data, por meio da exposição “Por uma Gota de consciência”.

Com a proposta de incentivar a conscientização ambiental e alertar as pessoas a praticarem o consumo consciente, a iniciativa chamou atenção de Norte a Sul de Teresina onde foram desenvolvidas as ações educativas.

Na Estação de Tratamento de Água – ETA-Sul foi realizada a “Gincana das Águas”, com atividades e brincadeiras educativas com as crianças do projeto “Desenvolvendo pessoas através do esporte”.

A programação contou ainda com palestras sobre “A importância da preservação da água”, ministrada pelos professores José Neto e Manoel Cícero, da rede pública municipal de ensino.

No Parque Lagoas do Norte, no bairro Mocambinho, foi montado um “stand de experiências” com exposição de informações educativas e interativas sobre tratamento e uso consciente da água e sustentabilidade ambiental. Uma maquete sobre as etapas do tratamento de água foi realizada pelos alunos da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC).

“Precisamos cada vez mais pensar no futuro e esse dia tem a finalidade de alertar a população sobre o uso consciente da água. As atividades que estamos desenvolvendo, todo o trabalho de educação ambiental da SEMAM, visa chamar atenção para hábitos conscientes que evitem o desperdício”, destacou Naisis Castelo Branco, gerente do NEA.

Alunos das escolas municipais participam de ações pelo consumo consciente no Dia da Água

No Dia Mundial da Água, 22 de março, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) participou de uma atividade divertida com a Águas de Teresina e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídrico (Semam). A programação intitulada “O Dia das Águas” é uma homenagem a esse importante recursos para a sobrevivência de todos os seres, que necessita urgentemente de conservação e uso sustentável.

Fotos: Ascom Semec

O evento aconteceu na Estação de Tratamento de Água da zona Sul, momento em que os alunos convidados da Rede Municipal observaram como acontece o processo hídrico para que a água chegue até as torneiras de casa. O professor da Rede Municipal de Ensino, Manoel Cícero, destacou em palestra a importância da preservação da água, citando vários exemplos práticos.

Músicas, brincadeiras, pintura de rosto e confecção de cartazes fizeram parte das atividades do dia. As crianças soltaram a imaginação para desenhar e mandar mensagens que chamam a atenção dos adultos sobre a temática do desperdício de água. O professor mediador do Parque da Criança, José Neto, também esteve na ação e ajudou os estudantes a compreender o espaço, levando a uma aula para lá de interessante.

Exposição no Mocambinho

No turno da tarde, a ação organizada pela Águas de Teresina é a exposição “Por uma gota de consciência”, com os alunos da Escola Municipal Marcílio Flávio Rangel. De 17h às 19h, o Parque Lagoas do Mocambinho será palco de uma exposição com informações educativas e interativas sobre o uso consciente da água e o processo de tratamento. Também haverá entrega de mudas a atividades surpresas.

“Um dia bastante significativo para nossos alunos, que estão aprendendo na prática, fora da sala de aula, com apoio de parceiros. Esse é um momento de sensibilização. O desejo é de que as informações sejam multiplicadas e façam diferença na mudança de hábitos”, afirma a coordenadora de projetos da Semec, Janaína Moura.

Teresina ganha primeiro eletroposto e entra na rota da mobilidade elétrica no país

O Piauí entrou na “Rota do Sol” com a inauguração do primeiro eletroposto do Estado. Destinado ao carregamento de carros, motos e bicicletas elétricas, Teresina entra na rota da mobilidade elétrica e se torna mais uma capital do país a implementar o projeto de mobilidade urbana no Brasil.

O programa, uma parceria entre a Prefeitura de Teresina, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) e Equatorial Piauí, vai disponibilizar 10 bicicletas elétricas e um carro elétrico, além de toda a estrutura, que foi instalada no Parque da Cidadania, do sistema de carregamento dos veículos.

Fotos: Lucas Dias / Semcom

Aliar inovação tecnológica e preservação do meio ambiente é uma determinação do prefeito Dr. Pessoa.

“Estamos muito felizes em entregar mais esse presente para Teresina. Além de criar uma proposta sustentável para o transporte, precisamos pensar cada mais soluções que minimizem os impactos ao nosso meio ambiente. Pensar estratégias e projetos que nos ajudem a fazer uma Teresina cada vez mais sustentável. A inauguração desse eletroposto é um marco muito importante no fortalecimento da política ambiental em nossa cidade”, destacou a secretária da Semam, Elisabeth Sá.

A chegada do projeto de mobilidade elétrica no Piauí vai permitir fomentar e avaliar o uso de veículos elétricos pela comunidade frente ao cenário atual de mobilidade urbana. Para Lener Jayme, presidente da Equatorial Piauí, por meio desse projeto de mobilidade elétrica, se busca contribuir com a descarbonização do meio ambiente utilizando como fontes de alimentação a energia solar, que é limpa e renovável. “A ideia é promover o uso sustentável da energia e fomentar a redução de impactos ambientais provenientes do uso de combustíveis fósseis”, declarou.

Projeto pioneiro no Estado segue padrões internacionais

O projeto de mobilidade elétrica no Piauí, pioneiro no Estado, está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, e tem como foco: educação de qualidade, energia acessível e limpa e ação global contra a mudança global do clima. Com a inauguração do eletroposto no Piauí, passa a existir a Rota do Sol, que consiste numa Rota de Carregadores de Veículos Elétricos entre São Luís e Teresina, permitindo essa mobilidade de um Estado ao outro com uso de carro elétrico.

Instruções para uso das bicicletas elétricas

As bikes poderão ser utilizadas somente na ciclovia do Parque da Cidadania. Para viver essa experiência, o usuário deve baixar o aplicativo “E+ Mobilidade Elétrica”, disponível para download em aparelhos Android e iOS, e realizar cadastro incluindo um cartão de crédito que será utilizado apenas para fins de garantia de devolução da bicicleta. O aplicativo é seguro e, após o uso do equipamento, que pode ser por até uma hora, a entrega deve ser feita no eletroposto. Em horário comercial haverá um instrutor da Equatorial Piauí para esclarecer dúvidas e orientar a população.

Prefeitura e Equatorial Energia inauguram eletroposto em Teresina e colocam o Piauí na rota da mobilidade elétrica

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM), em parceria com a Equatorial Piauí, por meio do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), inauguram, às 17h, desta quarta-feira (16), no Parque da Cidadania, o primeiro posto do Piauí destinado ao carregamento de carros, motos e bicicletas elétricas.

Durante a solenidade de inauguração do eletroposto, será firmada a doação de um carro elétrico ao poder público municipal, destinado às rondas de segurança, e mais dez bicicletas elétricas para lazer da população. O posto de carregamento e as bikes para passeio podem ser utilizados nos horários de funcionamento do Parque da Cidadania.

“Precisamos pensar cada vez mais soluções que minimizem os impactos ao nosso Meio Ambiente. Pensar estratégias e projetos que nos ajude a fazer uma Teresina cada vez mais sustentável. A inauguração deste eletroposto será um marco muito importante no fortalecimento da política ambiental em nossa cidade”, destacou a secretária Elisabeth Sá.

Para Lener Jayme, presidente da Equatorial Piauí, por meio desse projeto de mobilidade elétrica, se busca contribuir com a descarbonização do meio ambiente utilizando como fontes de alimentação a energia solar, que é limpa e renovável. “A ideia é promover o uso sustentável da energia e fomentar a redução de impactos ambientais provenientes do uso de combustíveis fósseis”, declarou.
Além de criar uma proposta sustentável para o transporte, o projeto também busca desenvolver inovações tecnológicas e diversificar as fontes energéticas. Tem ainda o objetivo de estimular o avanço tecnológico nacional através do desenvolvimento de sistema de carregamento de veículos.

“A chegada do projeto de mobilidade elétrica no Piauí vai permitir fomentar e avaliar o uso de veículos elétricos pela comunidade frente ao cenário atual de mobilidade urbana, de forma a incentivar a adesão e contato mais próximo com a tendência mundial de eletrificação das frotas de carros”, completou.

Projeto pioneiro no Estado segue padrões internacionais

O projeto de mobilidade elétrica no Piauí, pioneiro no Estado, está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, e tem como foco: educação de qualidade, energia acessível e limpa e ação global contra a mudança global do clima.

Com a inauguração do eletroposto no Piauí, passa a existir a Rota do Sol, que consiste numa Rota de Carregadores de Veículos Elétricos entre São Luís e Teresina, permitindo essa mobilidade de um estado ao outro com uso de carro elétrico.

Instruções para uso das bicicletas elétricas

As bikes poderão ser utilizadas somente na ciclovia do Parque da Cidadania. Para viver essa experiência, o usuário deve baixar o aplicativo “E+ Mobilidade Elétrica”, disponível para download em aparelhos Android e iOS, e realizar cadastro incluindo um cartão de crédito que será utilizado apenas para fins de garantia de devolução da bicicleta. O aplicativo é seguro e, após o uso do equipamento, que pode ser por até uma hora, a entrega deve ser feita no eletroposto. Em horário comercial haverá um instrutor da Equatorial Piauí para esclarecer dúvidas e orientar a população.

Veículos elétricos

Um carro elétrico popular como o Renault ZOE, mesmo modelo que será doado à Prefeitura de Teresina, leva em torno de três horas para uma carga completa e permite o percurso de até 250 km. Levando em consideração que cada carga completa consome 52 kWh de energia, o valor médio para cada carga, na tarifa convencional do Piauí (R$ 0,62804 para cada kWh) com adição dos encargos, tributos estaduais e federais, sairia aproximadamente *R$ 60,00 (*valor médio calculado para um cliente convencional residencial). Para efeito comparativo, encher o tanque de gasolina de um carro a combustão do mesmo porte custa hoje em torno de R$ 310,00.

Semana da Água vai reunir especialistas para debater a gestão do recurso hídrico no Piauí

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM), através do seu Núcleo de Educação Ambiental, em parceria com vários outros órgãos e instituições do Piauí, realizam entre os dias 15 a 19 de março, a “Semana da Água – pela gestão das águas do Piauí.”

A ação alusiva ao Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, vai ofertar diversas palestras e workshop sobre a importância desse bem tão precioso para a humanidade.

“Precisamos cada vez mais nos envolver em questões tão relevantes a vida. Debater o uso racional e pensar medidas que evitem o desperdício é objetivo desse encontro tão importante”, destacou Naisis Castelo Branco, gerente do NEA.

O seminário, que terá abertura oficial com a palestra “A Política Estadual de Saneamento Básico do Piauí”, será transmitido ao vivo através do canal do YouTube do Instituto Federal do Piauí (IFPI), também parceiro da ação. Os participantes terão direito ainda a certificação do evento.

Prefeitura de Teresina isola pier sobre o rio Poti para evitar transtorno

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM), nesta segunda-feira (7), o isolamento do píer sobre o rio Poti, que foi afetado com a elevação da água em mais de seis metros em menos de 48 horas. A SEMAM faz o monitoramento e avaliou que existe a necessidade dessa medida.

Técnicos do setor de engenharia e a construtora responsável pela obra já foram até o local, na manhã desta segunda-feira, 7 de março, para vistoria e avaliar os danos provocados.

Algumas áreas do Parque da Criança também acumularam água. As chuvas final de semana tiveram um acumulado de mais de 100 ml.

Com relação a essa área, não existe problema, já que o piso é drenante e vai secar.

As águas do rio Poti, por exemplo, chegaram a 8,63 metros nesta segunda (7), após ter registrado um volume acumulado de 85 milímetros nas últimas 24 horas.

Com isso, o rio passou da cota de atenção para inundação, que é de oito metros. De acordo com o Serviço Geológico Nacional (CPRM), está previsto que nas próximas horas o rio Poti, em Teresina, chegue a 9,50 metros, superando a cota de alerta e ficando apenas 50 centímetros abaixo da cota de inundação.

Uma análise está sendo feita pela equipe de engenheiros da SEMAM e da empresa responsável para definir as ações que serão tomadas. “No momento, temos que aguardar a água baixar para realizar uma inspeção e saber se houve dano ou não à estrutura da escada de acesso. O píer está preservado”, afirma a construtora responsável.

SEMAM envia equipe técnica para vistoria de obras de conclusão do Centro de Convenções de Teresina

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM) enviou uma equipe técnica, nesta sexta-feira (04) para vistoriar as obras de conclusão do Centro de Convenções de Teresina.

O espaço que tem capacidade para receber até 10 mil pessoas ao mesmo tempo, deve ser inaugurado oficialmente agora no mês de março.

A secretária Elisabeth Sá também acompanhou a visita. “Essa é uma obra muito importante pra Teresina e que vai trazer muitos benefícios para nossa cidade. Estamos aqui hoje pra acompanhar o andamento das obras e se está tudo de acordo com nossa legislação ambiental. Mais do que um novo espaço precisamos garantir que ele atenda todas as exigências de proteção e preservação do Meio Ambiente”, garantiu.

O novo Centro de Convenções conta com um auditório para 1.200 pessoas, bloco para áreas administrativas com salas para eventos pequenos e médios, banheiros adaptados, espaço para lanchonetes e restaurantes, além de um estacionamento com mais de 300 vagas.

“Teresina se destaca pelo turismo de serviço. A gente tem hoje, dentro do mapa e do cronograma principal que a gente chama de Trade Turístico, Teresina como um grande polo de execução de feiras, seminários, congressos científicos. O Centro de Convenções tem esse papel relevante e vai voltar a funcionar, vai voltar a ter vida na cidade”, destacou Viviane Moura, superintendente da Suparc.

Foto: Divulgação (SEMAM)