Teresina não registra novas famílias desabrigadas

Mesmo com as fortes chuvas que atingiram a capital nos últimos dias, a Defesa Civil Municipal juntamente com o Comando de Incidentes da Prefeitura de Teresina não registraram novas famílias desabrigadas em decorrência de alagamentos.

No último boletim divulgado neste sábado (23), a Secretaria Municipal de Defesa Civil (SEMDEF), informou que o número de desabrigados permanece o mesmo deste a última atualização datada em 14 de abril.

Desde o início do período chuvoso já foram contabilizadas 776 famílias que estão fora de suas residências. Ao todo, 57 famílias estão em abrigos disponibilizados pela prefeitura e outras 719 estão em casas de familiares.

“Permanecemos no período chuvoso na capital e estamos atentos. Por medidas preventivas, nossas equipes da Defesa Civil, e do Corpo de Bombeiros Civis continuam de plantão para atender quaisquer eventualidades e seguimos monitorando e prestando toda assistência necessária às famílias”, pontuou o gerente de operações da SEMDEF, Marcos Rolf.

Alerta de chuvas

O risco geológico ainda continua na capital nos próximos dias devido ao volume de chuvas que está previsto. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia – INMET, o volume de água pode chegar entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia com ventos intensos de 60 a 100 km/h.

Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Evite passar por cima de áreas alagadas, buracos podem ter sido abertos durante a chuva.

Emergência

Em situações emergenciais ou em casos de dúvidas, o cidadão pode ligar para o telefone de emergência 199 da Defesa Civil ou para o fixo (86) 3223-7366. O atendimento via telefone é 24 horas, todos os dias da semana, incluindo feriados.

 

Teresina apresenta saldo positivo de empregos nos dois primeiros meses de 2022

Os números de empregos formais em Teresina são positivos nos primeiros dois meses do ano de 2022. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), janeiro e fevereiro deste ano somaram 1.049 novos postos de trabalho. Nos últimos 12 meses o saldo acumulado foi de 13.013 novas vagas.

O setor de serviços liderou no mês de janeiro com a criação 544 postos de trabalho, seguido da Construção Civil com 161. No referido mês, a cidade tinha o total de 187,034 pessoas empregadas no setor formal.

No mês de fevereiro o setor de serviços continuou liderando com a geração de 520 empregos formais. Em seguida vem a construção civil com a criação de 244 postos de trabalho, e o comércio que no período gerou 80 vagas. No referido mês, a cidade tinha o total de 187,946 pessoas empregadas no setor formal.

“Teresina, depois de anos de pandemia tem apresentado uma boa evolução no quesito mercado de trabalho e o setor de serviços da cidade tem se mostrado bastante resiliente. O teresinense também tem se mostrado bastante empreendedor, algo já confirmado pelo índice Endeavor de ambiente de negócios e o número de abertura de novas empresas apontados pela JUCEPI em 2021”, pontua o Gerente de Planejamento e Orçamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC).

Os setores de comércio e serviços representam 82% das pessoas empregadas na cidade, com 50.927 no Comércio e 102.816 nos Serviços, respectivamente. “Os dados demonstram a importância desses segmentos, e a Prefeitura de Teresina tem direcionado suas políticas de qualificação voltada para o setor de serviços, com foco na profissionalização de pessoas e inserção no mercado de trabalho”, finaliza o gerente.

Defesa Civil atende solicitações emergenciais e resgata família na zona Norte

Durante a madrugada desta quarta-feira (23), a Defesa Civil e o Comando de Incidentes resgataram uma família que teve sua casa comprometida por desabamento no Residencial Dilma Rousseff, na região da Grande Santa Maria da Codipi, zona norte da capital. A solicitação ocorreu através do número emergencial da Defesa Civil de Teresina, 199.

“Recebemos o chamado por volta das 00h e imediatamente nossa equipe se deslocou para a ocorrência. A família conseguiu sair do local a tempo do desastre e nossa equipe impediu de os moradores retornarem a casa que já havia caído. Assim, foi possível remover os moradores para um local seguro até que  seja retirado todos os bens que se encontram na residencia”, afirmou o gerente de operações, Marcos Rolf.

Os moradores foram resgatados sem ferimentos e removidos com segurança para casa de familiares mais próximas.

Situação dos desabrigados

O último Boletim Situacional da SEMDEF, divulgado na manhã desta quarta-feira (23), informa que 753 famílias estão fora de suas residências. Ao todo, 59 famílias estão em abrigos disponibilizados pela prefeitura e outras 694 estão em casas de familiares.

Emergência

A Defesa Civil Municipal atende solicitações emergenciais através do número 199 e do fixo (86) 3223-7366 durante 24h e permanece com equipes de Bombeiros Civis plantonistas para atender e prestar toda assistência necessária aos teresinenses.

Comando de Incidentes resgata família na Vila Lindalma Soares

Nesta quarta-feira (16), a Secretaria Municipal de Defesa Civil – SEMDEF e a equipe do Comando de Incidentes da Prefeitura de Teresina realizaram o resgate de uma idosa que reside com a família na Vila Lindalma Soares, zona norte da capital. Devido às últimas chuvas, os moradores tiveram a residência comprometida por alagamento e foram encaminhados ao Centro de Convivência.

“Foi realizado um trabalho em conjunto com todo o comando e assim foi possível resgatar a idosa que se encontrava acamada e toda a família foi removida para um local seguro onde será prestada toda assistência necessária”, afirmou o gerente de operações da SEMDEF, Marcos Rolf.

A Fundação Municipal de Saúde – FMS realizou o deslocamento da idosa com uma equipe de saúde e garantiu a segurança da paciente até o abrigo.

Comando de Incidentes

O comando é composto pela Secretaria Municipal de Defesa Civil (SEMEDF), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), as Superintendências das Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Secretaria de Meio Ambiente (SEMAM), Secretaria Municipal de Educação (SEMDEC), Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Superintendência Municipal de Desenvolvimento Rural (SDR).

As secretarias trabalham em conjunto para prestar assistência 24h aos teresinenses que residem em áreas de risco e, assim, atuam com ações, definições, funções e metodologias de execução para situações emergenciais por meio de equipes multidisciplinares.

Foto: Divulgação (SEMDEF)

Defesa Civil agradece as doações dos teresinenses para as famílias desabrigadas

A Secretaria Municipal de Defesa Civil (SEMDEF) agradece toda a população pelas doações e apoio às vítimas das enchentes na capital. Na campanha #SOSTeresina, realizada entre os meses de janeiro e fevereiro, a secretaria arrecadou materiais de higiene, roupas, calçados e alimentos não perecíveis para as famílias desabrigadas.

“Em nome de todos que compõe a SEMDEF, venho agradecer por toda a solidariedade dos teresinenses que se sensibilizaram em ajudar essas famílias. Com essas doações, conseguimos prestar, ainda mais, assistência devida às vítimas das enchentes”, agradece o secretário, Carlos Ribeiro.

Todo o material recebido será encaminhado para a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas de Teresina (SEMCASPI) que distribuirá as doações conforme necessidade das famílias.

A Prefeitura de Teresina, através das secretarias, está prestando toda a assistência necessária para as 621 famílias que estão abrigadas em escolas da rede municipal, centros de convivência, casas de familiares e inseridas no Programa Cidade Solidária.

Foto: Divulgação (Defesa Civil)

Famílias são removidas das áreas de risco na zona Leste de Teresina

Dr. Pessoa e o secretário Carlos Ribeiro na rua Bela, bairro Satélite Fotos(Ascom/Semdef)

A Secretaria Municipal de Defesa Civil (SEMDEF) vem atuando, desde o início do ano, nos pontos mais atingidos pelas chuvas em Teresina. O bairro Satélite, na zona Leste da capital, foi o mais prejudicado. Os Bombeiros Civis estão auxiliando as equipes da Prefeitura de Teresina e fizeram o isolamento das ruas que foram devastadas pelas águas.

“A rua Bela, no bairro Satélite, teve grande parte da via pública interrompida devido às chuvas e foi interditada ainda na manhã de sábado (5). Nossas equipes estiveram no local e é necessário que a população não retire as fitas de isolamento, pois servem de alerta para qualquer teresinense que trafegar na região”, disse o secretário da SEMDEF, Carlos Ribeiro.

A Defesa Civil orienta a população para evitar os trechos, pois ainda há risco de abertura do asfalto e queda dos concretos.

“É importante que os pedestres, ciclistas, motociclistas, motoristas, evitem trafegar nos trechos próximos aos que foram interditados, pois há risco de queda na abertura feita no asfalto”, destacou o secretário.

Com as enxurradas, uma residência teve sua estrutura comprometida. A chuva danificou parte do baldrame, alagando, assim, a casa e provocando a rachadura de alguns cômodos. Os Bombeiros Civis juntamente, às assistentes sociais da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), estiveram no local para remover os moradores da área de risco.

Para evitar maiores danos, a família foi removida e levada para casa de familiares onde será assistida pelo Programa Família Solidária.

O prefeito Dr. Pessoa, acompanhado dos secretários, visitou a região do bairro Satélite e conferiu a situação das vias que seguem interditadas e determinou a realização de obras emergenciais.

Defesa Civil se reúne com o comitê emergencial neste domingo

Na manhã deste domingo, (06), a Secretaria Municipal de Defesa Civil (SEMDEF) esteve em reunião com o Comitê Emergencial de enfretamento às enchentes na Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Leste (SAAD Leste) para avaliar os problemas e alinhar atuações imediatas nos danos causados pelas últimas chuvas que atingiram a capital.

Na oportunidade, o prefeito Dr. Pessoa esteve presente e destacou que é um tempo de ação. “Precisamos unir forças e deixarmos de filosofia, agora é agir, vamos aos pontos atingidos e verificar de perto o que pode ser feito imediatamente”, afirmou.

Deste noite da última sexta (04) equipes da SEMDEF, juntamente com os Bombeiros Civis, estão atuando para prestar toda assistência às vítimas atingidas pelas fortes chuvas.

“É fundamental reunirmos com as outras pastas para atuarmos em conjunto e buscarmos soluções imediatas nesse momento de calamidade”, frisou o secretário da SEMDEF, Carlos Ribeiro.

Teresina não registra desabrigados no fim de semana

As famílias seguem monitoradas pelas equipes plantonistas da prefeitura

Mesmo com o tempo parcialmente nublado em algumas localidades da capital, a Secretaria Municipal de Defesa Civil (SEMDEF) não registrou novas ocorrências de famílias desabrigadas, vítimas de enchentes, no fim de semana.

“Com a diminuição das chuvas, o Rio Parnaíba baixou e não registramos novas famílias desabrigadas. Mas, por medidas preventivas, nossas equipes da Defesa Civil, e do Corpo de Bombeiros Civis continuam de plantão nas escolas monitorando e prestando toda assistência necessária às famílias”, pontuou o secretário da SEMDEF, Carlos Ribeiro.

Visita ao ponto de apoio onde os Bombeiros Civis estão localizados na zona Norte de Teresina. Foto: SEMDEF

Na última sexta-feira (21), a SEMDEF emitiu o Boletim sinalizando que 573 famílias encontram fora de suas residências, um total de 55 estão em abrigos e escolas disponibilizados pela prefeitura e 518 estão em casas de familiares e amigos onde são assistidas pela Programa “Cidade Solidária”.

Boletim SEMDEF sobre a situação das famílias – Reprodução: @defesacivil.the

Neste domingo (23), o prefeito Dr. Pessoa conferiu in loco os centros de acolhimento às famílias vítimas de enchentes na capital. Equipes da Defesa Civil Municipal – SEMDEF, Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas – SEMCASPI, Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas – SAAD, trabalham em parceria para garantir e avançar na moradia dessas famílias.

Prefeito de Teresina visita os centros de acolhimento na zona Norte. Foto: SEMDEF

Risco de desabamento: Defesa Civil interdita trecho na avenida Maranhão

Com a elevação do rio Parnaíba, a correnteza levou parte de uma galeria que passa pela Avenida Maranhão, na região Centro Sul de Teresina. Por causa da erosão, a Defesa Civil Municipal interditou a área que fica em frente ao Centro Administrativo para evitar possíveis danos a pedestres e veículos que passam no local.

“Há uma galeria embaixo e, com a correnteza do rio, está provocando a erosão da pista adentrando na calçada. O meio-fio já foi invadido e deve atingir a pista. O local ficará interditado pois há risco de desabamento da pista de rolamento”, afirmou o gerente de operações da SEMDEF, Marcos Rolf.

Fique atento!

Sempre que observar situações de alagamentos, desmoronamento, rachaduras, deslizamentos de terra, entre em contato com a Defesa Civil através do número 199 ou (86) 3223-7366, o atendimento é 24h.

Foto: Divulgação (SEMDEF)

Defesa Civil divulga atualização sobre a situação das famílias desabrigadas em Teresina

Até a tarde desta quarta-feira (19), a Secretaria de Defesa Civil Municipal – SEMDEF, juntamente com as Superintendências das Ações Administrativas Descentralizadas – SAAD’s, contabilizaram 557 famílias afetadas pelas chuvas intensas na capital. Desse total, 500 famílias estão na casa de parentes e amigos e seguem cadastradas no Programa Cidade Solidária.

Foto: Divulgação (SEMDEF)

“Com o aumento de casos, a SAAD Norte disponibilizou o Centro de Convivência, no Parque Wall Ferraz e o Centro Comunitário dos Oleiros, no bairro Poty Velho, ambos na zona norte, para abrigar e prestar toda a assistência necessária às famílias atingidas”, afirmou o secretário Carlos Ribeiro.

Desde o início do período chuvoso, a Prefeitura de Teresina, disponibiliza as Escolas Municipais Iolanda Raulino, no bairro Poti Velho; Domingos Afonso, no bairro Mafrense e a escola Dilson Fernandes, no bairro São Joaquim, para suportar as vítimas das enchentes.

“Para garantir maior segurança e agilidade nos atendimentos, permanecemos com uma equipe plantonista multiprofissional, equipamentos e transportes na escola Dilson Fernandes todos os dias. Assim, conseguimos continuar monitorando as 56 áreas de risco”, destaca o gerente de Operações, Marcos Rolf.