Semest inicia entrega de cestas básicas para Centros de Produção

A Secretaria Municipal de Economia Solidária de Teresina (Semest) iniciou nesta terça-feira (05), a entrega das cestas básicas para todos os permissionários dos centros de produção da Capital. Hoje, mais de 185 cestas foram distribuídas.

A entrega está sendo realizada no prédio da Secretaria, localizado na Av. Campos Sales,1292- Centro/Norte. Os permissionários podem comparecer ao local de segunda a sexta-feira, de 8h às 13h, com o documento de identificação com foto e o Cadastro de Pessoa Física (CPF).

O empreendedor do centro do bairro Piçarra, Marcos Nunes, parabenizou a Prefeitura de Teresina e a Semest pela ação. “É um trabalho muito importante desenvolvido pela PMT, que vai incentivar ainda mais o trabalhador que está todo dia na luta, principalmente, os pequenos. E agora nesse período é uma ajuda a mais pra nossa família”. ressaltou.

O gerente de equipamentos, Carlos Vinicius Melo, destacou o trabalho e a logística da equipe. “Entramos em contato com todos os permissionários dos centros, desde o início da gestão fazemos um controle e recadastro então mais uma vez reforçamos a organização e comprometimento da equipe em fortalecer a gestão e colaborar com os nossos coordenados” destacou o gerente

Há sete anos, Francisco Edivan, está no centro de produção do Parque Wall Ferraz e contou que ainda não tinha visto uma ação como a que foi realizada hoje. “Estou a sete anos lá, estou muito feliz pois é a primeira vez que recebemos e em um período como esse. Só tenho a agradecer a equipe” falou

 

Prefeitura distribui cesta básicas para artesãos e oleiros de Teresina

A Prefeitura de Teresina (PMT), iniciou nesta segunda-feira (4), através da equipe da Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest) a distribuição das cestas básicas encaminhadas pelo Ministério da Cidadania. A ação teve início no Pólo Cerâmico Artesanal do Poty Velho e Olaria de Teresina, cerca de 200 famílias foram beneficiadas.

A artesão, Maria Vanderlande Carvalho, parabenizou a iniciativa e agradeceu a equipe pela organização. “Só temos que parabenizar a Prefeitura e a Secretaria pelas cestas, chegou em um momento muito importante. Obrigada, a equipe da Semest pela organização, todos nós fomos contemplados”, ressaltou.

A presidente da Associação Teresinense dos Profissionais em Olarias, Eliude Gomes, falou da alegria dos oleiros contemplados. “Estamos, todos, muito felizes. Só aqui 80 famílias foram beneficiadas. Esse período de chuvas é sempre difícil para gente. Então só temos a agradecer”, falou.

A coordenação responsável pela logística de entregas, irá dar continuidade com a distribuição pelos centros de produção.

O secretário, Francisco Wallysson Almeida, destacou o empenho da equipe e a importância das cestas para os permissionários e cooperados.

“Estamos atentos às necessidades dos nossos assistidos, é um momento delicado e estamos dando apoio a essas famílias. Vamos continuar com a distribuição e contemplar mais famílias. Esse é o compromisso da nossa gestão”, destacou o secretário.

Fotos: Ascom Semest

Prefeitura de Teresina irá distribuir 5 mil cestas básicas

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Economia Solidária de Teresina (Semest) recebeu 2.500 cestas básicas do Ministério da Cidadania, para distribuir para os permissionários dos equipamentos coordenados pela Secretaria. A entrega das cestas para os permissionários será a partir de segunda-feira (4), pela coordenação dos equipamentos.

O secretário executivo, Francisco Wallysson Almeida, ressaltou a importância da distribuição das cestas básicas para os permissionários e destacou que o momento é oportuno.

“Estamos muito contentes em poder prover essa ação, infelizmente, ainda sofremos os efeitos da pandemia e da crise. Vamos continuar com projetos para desenvolver a economia solidária da Capital e contribuir para melhorar a vida dos trabalhadores e gerar mais oportunidades de trabalho e renda, assim como determina o prefeito Dr. Pessoa”, afirmou o secretário executivo.

O Ministério irá destinar mais 2.500 cestas básicas, que serão repassadas para a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Em 2022, o Banco Popular de Teresina irá disponibilizar R$ 2,5 milhões para micro e pequenos empreendedores

O Banco Popular de Teresina (BPT) irá retomar a liberação de crédito para micro e pequenos empreendedores da Capital, na primeira semana do mês de abril de 2022. Os empreendedores que têm interesse em uma linha de crédito devem fazer o cadastro pelo site www.bancopopular.teresina.pi.gov.br ou entrar em contato pelo 86 9 9480-0501

Em 2021, a disponibilização dos recursos do Fundo de Geração de Emprego e Renda- FUNGER disponibilizado pelo Banco, contemplou mais de 850 nano, micro e pequenos empreendedores que puderam iniciar e/ou alavancar seus negócios. A Prefeitura de Teresina (PMT) aplicou mais de R$ 3 milhões na economia da Cidade, com as linhas de crédito.

O gerente do BPT, Almy Andrade, fala da importância desse recurso para os empreendedores e os planos para 2022.

“O Banco Popular de Teresina foi fundamental para os pequenos negócios que ainda sofrem os efeitos da pandemia. Pequenos negócios foram abertos e outros puderam se manter, graças a esse crédito. Inicialmente, para esse ano vamos ter R$ 2,5 milhões para dispor para os pequenos empreendedores”, destacou o gerente.

Foto: Ascom Semest

Encontro de Pro Alfabetização reúne diretores escolar

Diretores e gestores da rede municipal de ensino de Teresina que atuam com atividades em turmas de segundo período, 1º e 2º ano, participaram na manhã desta sexta-feira (11), do encontro gerencial do programa Pro Alfabetização na idade certa, no Centro de Formação Odilon Nunes (CEFOR).

Com intuito de assegurar que todos estudantes da rede municipal cheguem ao final do ciclo de alfabetização com as habilidades de leitura, escrita e letramento matemático, os gestores presentes receberam orientações de administração de recursos para suas unidades educacionais e foram apresentados ao cronograma do projeto.

“Mostramos aos diretores as principais ações do programa, entre elas, a formação continuada para os professores e gestores escolares, como também funcionará algumas avaliações referente ao programa, tanto o SAEPI quanto às avaliações de fluência previstas para acontecer no mês de abril e novembro”, finaliza a coordenadora municipal do Programa, Jackeline França.

Empreendedorismo feminino é destaque nas feiras promovidas e apoiadas pela Semest

Feiras promovidas pela Semest são vitrines para os produtos dos micro e pequenos empreendedores de Teresina Fotos(Ascom/Semest)

Neste ano, o projeto Feiras Semest gerou mais de R$ 206 mil para micro e pequenos empreendedores, contribuiu para o fomento da economia dos bairros de Teresina, trouxe oportunidades de trabalho e renda para micro e pequenos empreendedores. Além disso, trouxe visibilidade e espaço para o crescente avanço do empreendedorismo feminino na capital.

Dados divulgados pela Agência Sebrae de Notícias (ASN) mostram que o Piauí ocupa a 3ª posição no Nordeste em percentual de mulheres donas de negócios. Para a secretária municipal de Economia Solidária (Semest), e também empreendedora, Gessy Fonseca, o apoio ao segmento é primordial para o avanço de medidas em combate à crise econômica, ocasionada pela pandemia e para incentivar mulheres que desejam empreender.

“O projeto Feiras Semest nos trouxe bons resultados. As feiras atuaram como uma vitrine de negócios para os micro e pequenos, onde eles puderam ter acesso a um espaço de divulgação e comercialização dos seus produtos e serviços”, destacou a secretária.

Há um ano a empreendedora Ana Mara Feitosa abriu seu próprio negócio on-line e a sua participação nas feiras contribuiu para que ela abrisse sua loja física. “Participar das feiras Semest é uma grande oportunidade, aprendemos muito com a troca de experiências com os colegas, compartilhamos técnicas de venda. As feiras me deram mais visibilidade e também aumentou a lucratividade das nossas vendas. Estou muito feliz com os resultados”, falou com satisfação a empreendedora.

A logística das feiras busca proporcionar aos empreendedores um local no qual pudessem captar e ampliar sua cartela de clientes para obterem êxito nos demonstrativos.

“As praças de Teresina eram o palco para as nossas feiras, uma forma de aproveitar os espaços da cidade e também trazer aos moradores opções de lazer para a família. Estudamos o fluxo de pessoas na região para que nossos expositores tivessem uma gama maior de possíveis clientes. Visto que a grande maioria só atua no comércio virtual, as feiras permitiam um contato olho no olho com os clientes”, frisou o secretário executivo, Anderson Emanuel Abreu.

Para a consultora Helayne Miranda, as estratégias adotadas pela equipe trouxeram êxito para o seu negócio. “As feiras nos dão visibilidade, as pessoas vão passando e conhecem o nosso produto. Temos a oportunidade de falar do produto e demonstrá-lo, o que às vezes não é possível de forma on-line. Então, ter um espaço seguro, gratuito e com toda a estrutura é fundamental para nós, micro e pequenos empreendedores. O preparo da equipe Semest possibilitou que eu aumentasse minha cartela de clientes, com pessoas de outras regiões da cidade. Que em 2022 o projeto continue e minha gratidão a toda equipe”, agradeceu a cosmetologista.

Prefeitura garante R$ 4 milhões do Ministério da Cidadania para o setor produtivo

Secretária Gessy Fonseca representou a Prefeitura de Teresina na liberação do crédito

A secretária municipal de Economia Solidária (SEMEST), Gessy Fonseca, foi a Brasília (DF), representando a Prefeitura de Teresina, para formalizar o termo de Empenho de Recursos, junto ao Ministério da Cidadania. Com a assinatura, a PMT irá receber R$ 4 milhões para aplicar no setor produtivo da cidade.

O secretário nacional de Inclusão Social e Produtiva do Ministério da Cidadania, Delcimar Oliveira, fala da importância dos programas promovidos para os municípios. “A secretaria, hoje como um braço forte do Governo Federal, leva até os municípios esse programa de hortas comunitárias e pedagógicas. E com grande satisfação recebemos a secretária Gessy para assinar esse empenho e, o mais breve possível, estaremos em Teresina para inaugurarmos a primeira etapa das hortas comunitárias”, ressaltou o secretário.

Para Gessy Fonseca, essa é uma vitória da gestão e dos teresinenses. “Só temos a agradecer a toda à equipe do Ministério da Cidadania, na pessoa do secretário executivo, Delcimar Oliveira, que viabilizou R$ 4 milhões em projetos a serem executados na cidade de Teresina. Esse é o nosso compromisso com você Teresinense”, destacou a secretária.

Semest realiza recadastramento dos permissionários do Encontro dos Rios

Permissionários do Encontro dos Rios são cadastrados pela Semest Fotos: Ascom/Semest)

A Secretaria Municipal de Economia Solidária de Teresina- Semest realizou, neta quarta-feira, 17, o recadastramento dos oito permissionários que utilizam os quiosques localizados no ponto turístico Parque Ambiental Encontro dos Rios.

A ação realizada pela Semest tem como objetivo promover uma organização administrativa para facilitar a celeridade na condução e prestação de contas das atividades.

Como explica o gerente de Tecnologia, Carlos Vinicius Melo. “O recadastramento visa uma organização e controle dos permissionários, além disso, dá uma maior segurança a eles. Pois o mesmo adquire um documento que comprova que o espaço foi cedido a ele, por um período de tempo, e facilita a resolução de quaisquer problemas pertencentes ao quiosque”, destacou o gerente.

Os quiosques geram oportunidades de trabalho e renda para famílias de artesãos e empreendedores que comercializam produtos alimentícios, bebidas, peças e produtos artesanais.

É o caso da artesã, Valdirene dos Santos Mendes. “Eu tenho mais de 20 anos no Parque, toda a renda da minha família é tirada daqui. Muitas das peças é a gente mesmo quem fabrica, e esse ponto turístico é muito bom, muitos visitantes vêm para cá”, ressaltou a artesã.

Banco Popular libera R$ 580 mil para motoristas de aplicativo, delivery e mototaxistas

A Semest alcançou um resultado inédito com a aplicação de R$ 3 milhões, através das linhas de crédito do BPT Fotos(Ascom/Semest)

Nesta sexta-feira, 12, a Secretaria Municipal de Economia Solidária de Teresina (Semest) liberou, através do Banco Popular de Teresina (BPT), R$ 580 mil para motoristas de aplicativo, delivery e mototaxistas.

A Semest alcançou um resultado inédito com a aplicação de R$ 3 milhões, através das linhas de crédito do BPT. E promoveu, nesta manhã, a assinatura de 90 contratos de financiamento, no auditório da secretaria.

Para a secretária municipal de Economia Solidária, Gessy Fonseca, os números alcançados são resultado de uma força-tarefa da equipe. “A equipe inteira se mobilizou para que todos os 90 contratos fossem liberados hoje. Mais que números, estamos alcançando pessoas, suas famílias e sonhos. Uma gestão preocupada com o desenvolvimento da cidade”, ressalta a secretária.

Para o entregador de aplicativo e representante da classe, Júlio César, essa ação foi muito importante, principalmente nesse momento de crise e alta dos preços.

“Essa ação e crédito vieram em boa hora. Estávamos com dificuldades para trabalhar por conta da crise, a alta dos preços, principalmente do combustível. Isso vai nos trazer uma renda para podermos investir na manutenção dos nossos equipamentos de trabalho. Nossos parabéns para a secretária Gessy Fonseca e a Prefeitura Municipal”, disse o motorista de aplicativo.

O mototaxista Laurimilson Pereira saiu satisfeito com o processo de financiamento e crédito recebido. “Eu só tenho a agradecer à equipe, foi um processo rápido, assinei e já estou saindo com meu crédito no bolso. Parabenizo a Semest por olhar para nossa classe”, falou o mototaxista.

Banco Popular de Teresina aplica R$ 3 milhões na economia

Mais de 850 micro e pequenos empreendedores foram beneficiados com uma linha de crédito do BPT Fotos(Ascom/Semest)

O Banco Popular de Teresina aplicou R$ 3 milhões na economia da capital, através das suas linhas de crédito capital de giro e equipamentos. Mais de 850 nanos, micros e pequenos empreendedores foram beneficiados, de abril a outubro de 2021. Agora, o Banco dobrou sua linha de crédito capital de giro para R$ 8 mil reais e estendeu seu crédito para motoristas de aplicativo e delivery.

Para a secretária municipal de Economia Solidária, Gessy Fonseca, os números relevantes são frutos de um trabalho alinhado com a pasta e a atenção às necessidades dos empreendedores.

“A nossa equipe está alinhada e atenta às necessidades dos nossos assistidos e as demandas da cidade. Intensificamos a disponibilização de crédito e ampliamos o nosso público para que mais micro e pequenos empreendedores tenham condições para se desenvolver e gerar mais oportunidades de trabalho e renda. Alcançamos um resultado nunca tido antes, estamos comprometidos com o desenvolvimento de Teresina”, ressaltou a secretária.

A secretária também destacou sobre o aumento da linha de crédito para os micro e pequenos empreendedores, pois muitos ainda sofrem com a crise ocasionada pela pandemia. “Sabemos da importância da aquisição de crédito, principalmente para os micro e pequenos empreendedores que foram bastante prejudicados com a pandemia. Então, a disponibilização de recursos é muito importante nesse momento em que caminhamos para uma retomada econômica”, disse Gessy Fonseca.

Com a aquisição do crédito, os micro e pequenos empreendedores tiveram a oportunidade de abrir, manter e/ou até mesmo alavancar seus negócios, como foi o caso da Francineide Sepúlvida e suas irmãs, que começaram apenas com delivery e hoje têm seu ponto físico.

Com o crédito, pudemos abrir nossa loja física de açaí, compramos freezer e investimos na infraestrutura do espaço. Nesse pequeno ponto trabalham sete pessoas, então, só tenho a agradecer a secretária, Gessy Fonseca e a essa gestão”, agradeceu a empreendedora.

Outro segmento beneficiado com as linhas de crédito são os motoristas de aplicativo e delivery. A inclusão desse segmento se deu após uma reunião solicitada pela secretária, Gessy Fonseca, com representantes da classe, realizada no dia 27 de outubro.

“Recebemos os motoristas de aplicativo e delivery e demos início ao processo de cadastramento dos interessados. Por conta da grande demanda, mobilizamos a equipe para agilizar os processos de financiamento e estaremos liberando R$ 580 mil para 90 motoristas de aplicativo e delivery”, ressaltou o gerente do Banco Popular, Almy Andrade.

As assinaturas dos cadastros aprovados serão realizadas na sexta-feira, 12, no auditório da Secretaria Municipal de Economia Solidária, a partir das 9h.