Prefeitura amplia horário dos serviços de saúde e de número de pessoas em eventos religiosos

A Prefeitura de Teresina ampliou, através de decreto, os horários para o funcionamento dos serviços de saúde na capital e o número de pessoas nas celebrações presenciais em templos religiosos. Todas as atividades devem manter os protocolos de higiene e segurança para evitar a disseminação da Covid-19.

De acordo com o decreto, os atendimentos eletivos dos serviços de saúde humana ambulatoriais passam a funcionar, de segunda-feira a sábado, de acordo com a administração de cada estabelecimento, nos horários de 7h às 18h, no setor público, e de 8h as 18h, no setor privado.

“As pesquisas sorológicas mais recentes indicam uma estabilização e queda nos casos de coronavírus em Teresina, inclusive com a redução das internações hospitalares. Por isso, estamos dando seguimento ao nosso processo de reabertura gradual e segura”, destaca o secretário municipal de governo, Fernando Said.

O documento trata ainda sobre a flexibilização das medidas de suspensão das atividades religiosas, ampliando a participação nas celebrações presenciais para 50% da capacidade física da igreja ou templo religioso, considerando pessoas sentadas. As atividades religiosas também devem respeitar o distanciamento de 2 metros entre os participantes da celebração. A administração destes locais pode realizar agendamento prévio para que se garanta o cumprimento desta norma.

As igrejas católicas devem continuar realizando gravações e transmissão de missas online. Se a gravação e/ou transmissão ocorrer de forma conjunta com a celebração, o número de pessoas envolvidas na gravação deve ser computado para o cálculo de 50% da capacidade da igreja.

A lotação máxima de 50% da capacidade do espaço também se estende às atividades das religiões de Matrizes Africanas, igrejas Evangélicas, Centro Espirita e demais Organizações Religiosas. A medida busca garantir distanciamento social adequado entre as pessoas nestes ambientes. Caso os estabelecimentos descumpram o decreto, estarão sujeitos a interdição total

Teresina continua com restrição de funcionamento das atividades econômicas aos domingos

As restrições de funcionamento das atividades em Teresina, com medidas mais rígidas, continuam neste domingo, 13 de setembro. Assim, poderão funcionar apenas farmácias e drogarias; serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta, gás de cozinha e água; órgãos e profissionais de comunicação; serviços e rituais religiosos; e situações comprovadas de urgência e emergência.

A determinação consta no Decreto 20.077, publicado pela Prefeitura de Teresina, e faz parte do processo gradual de flexibilização e retomada das atividades econômicas na cidade. Assim, no domingo poderão funcionar também serviços públicos como energia elétrica, saneamento básico, funerários, segurança pública, telecomunicações e radiodifusão, bem como como os estabelecimentos que funcionem operando fornos em turnos ininterruptos de 24 horas.

“Continuamos apresentando queda no número de óbitos pela Covid-19 na nossa cidade, bem como no número dos atendimentos de pessoas com sintomas gripais. Na última semana não aplicamos medidas restritivas aos sábados, apenas no domingo, e nosso Comitê Emergencial está avaliando o impacto dessa medida. Neste domingo, mais uma vez estaremos com restrições no funcionamento das atividades”, disse o prefeito Firmino Filho.

O prefeito acrescenta que a capital tem permanecido com a tendência de queda no índices da Covid-19, mas que o momento ainda exige cuidados. “Mesmo com a continuidade do processo de retomada da economia, nossos índices em relação ao vírus tem mantido uma estabilidade. Isso nos certifica de que estamos avançando dentro da estratégia de retorno gradual. Mas, reforço que a pandemia ainda existe, o vírus continua entre nós e, mesmo com uma eventual queda, precisamos manter todos os cuidados de higiene e distanciamento, daí a necessidade ainda de implantarmos essas medidas mais rígidas aos domingos”, explicou o prefeito Firmino Filho.

Os estabelecimentos que descumprirem o decreto estão sujeitos às penalidades de multas, interdição total das atividades e cassação do alvará de localização e funcionamento.

Decreto autoriza atividades aos sábados após queda de casos de Covid-19

Dando continuidade ao processo gradual de flexibilização das atividades econômicas de Teresina, a Prefeitura baixou decreto que autoriza o funcionamento aos sábados das atividades que já haviam sido liberadas pelo Plano de Retomada. As medidas mais rígidas e com restrições, de acordo com o Decreto 20.061, seguem apenas aos domingos.

Dessa forma, no domingo, continuam as restrições de funcionamento das atividades na cidade e poderão funcionar apenas farmácias e drogarias; serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta, gás de cozinha e água; órgãos e profissionais de comunicação; serviços e rituais religiosos; e situações comprovadas de urgência e emergência.

“Esta flexibilização está sendo possível em virtude da queda dos números referentes à Covid-19 na nossa cidade. Anteriormente tínhamos assinado decreto com medidas mais rígidas de funcionamento das atividades econômicas aos sábados e domingos. Mas, com o decréscimo nos números e após análise do Centro de Operações em Emergências (COE), da Fundação Municipal de Saúde, que confirmou tendência de queda ao analisar os dados do Painel Covid-19, tivemos segurança para flexibilizar esse funcionamento”, informou o prefeito Firmino Filho.

O gestor ressalta também a necessidade de se manter os cuidados básicos. “Todos precisam ter a consciência de que os cuidados de higiene e distanciamento devem ser mantidos para que não tenhamos que regredir nessa abertura e também para que possamos manter essa estabilidade quanto à doença, pois apesar de estarmos avançando, ainda não vencemos a batalha contra o vírus, que ainda é real e permanece entre nós”, disse o prefeito.

Decreto amplia horários do comércio varejista após queda nos índices da Covid-19

Com a queda nos índices da Covid-19, a Prefeitura ampliou os horários do funcionamento das empresas e estabelecimentos do comércio varejista, inclusive os localizados nos Shopping Centers, além dos comércios atacadistas e varejistas de materiais de construção que não estejam localizados no Centro de Teresina. O decreto foi assinado nesta sexta-feira. A mudança faz parte da continuidade do processo gradual de flexibilização das atividades econômicas de Teresina.

De acordo com o Decreto Nº 2.052, as empresas e estabelecimentos dos comércios varejistas, inclusive os existentes no Shopping da Cidade, poderão funcionar de 9h às 18h. No caso dos localizados na zona Leste da cidade, estes estão autorizados a funcionar de 10h às 20h. Já os comércios varejistas localizados nos Shopping Centers, o horário de funcionamento será de 12hàs 20h.

A flexibilização dos horários de funcionamento de alguns setores se tornou possível graças a estabilização e queda nos casos de infecção do Coronavírus na capital. “A última pesquisa sorológica realizada na cidade mostrou uma queda no número de positivados na nossa cidade, uma queda do número de atendimentos por síndromes gripais e também da taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensivas (UTIs) para a Covid-19, o que nos deu segurança para abrir um pouco mais no que diz respeito às normas e horário de funcionamentos de alguns estabelecimentos”, informou o prefeito.

O documento autoriza também que as empresas e estabelecimentos dos comércios varejistas e atacadistas de materiais de construção, que não estão localizados no Centro de Teresina, funcionem das 8h30 às 17h30.

O prefeito destaca ainda a necessidade da população continuar com os cuidados, para não ter uma falsa sensação de segurança. “A pandemia ainda existe, os riscos são reais. Diminuíram os índices relacionados à doença, o que permitiu essa flexibilização no funcionamento de alguns setores, mas isso não exclui a necessidade de respeitarmos todos os protocolos de segurança para que não tenhamos um rebote da doença e nem um retrocesso no nosso processo de retomada das atividades econômicas”, lembrou o prefeito.

Em caso de descumprimento do Decreto, os estabelecimentos ficarão sujeitos à interdição total das atividades e cassação do alvará de localização e funcionamento.

Decreto determina isolamento mais rígido em dois finais de semana de agosto em Teresina

O prefeito Firmino Filho publicou decreto estabelecendo a continuidade das restrições para o funcionamento das atividades econômicas em Teresina nos próximos dois finais de semana do mês de agosto. As medidas serão aplicadas aos sábados e domingos, especificamente nos dias 01 e 02 e também em 08 e 09 de agosto. O objetivo é seguir melhorando os índices de isolamento social, evitando a disseminação da Covid-19, tendo em vista que a cidade está em processo de reabertura das suas atividades econômicas.

“Precisamos continuar nesse esforço para conter a disseminação do Coronavírus. O índice de isolamento social em Teresina ficou em 54,9% neste domingo (26), o maior registrado nos últimos sete dias na cidade. Estamos no processo de retomada das nossas atividades econômicas e é muito importante que continuemos avançando. O esforço da população nesse sentido é importante para que possamos seguir com segurança na reabertura na capital”, disse o prefeito Firmino Filho.

De acordo com o Decreto 19.945, assinado nesta segunda-feira (27), não haverá restrições nas sextas-feiras. Nos dois próximos finais de semana de agosto estão autorizados a funcionar as seguintes atividades e estabelecimentos: farmácias e drogarias; serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta, água e gás de cozinha; órgãos e profissionais de comunicação e situações comprovadas de urgências e emergências.

Nos sábados (01 e 08 de agosto) fica autorizado o funcionamento e operação das atividades da base de combustível (terminal) e das atividades de distribuição de combustíveis. Os postos revendedores de combustíveis estarão autorizados a abrir no horário das 7h às 24h nas sextas-feiras (31 de julho e 07 de agosto).

O Decreto determina ainda que os serviços públicos como energia elétrica, saneamento básico, funerários, segurança pública, telecomunicações e radiodifusão, além de estabelecimentos que funcionam operando fornos, em turnos ininterruptos de 24h, estão autorizados a funcionar neste período, respeitando as determinações sanitárias para a contenção no novo Coronavírus, inclusive, quanto aos atendimentos emergenciais.

O descumprimento do Decreto, por qualquer estabelecimento, serviço e atividade que esteja em funcionamento ou que não esteja permitido funcionar resultará na aplicação de multas, intervenção total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento.

Decreto 19.945

Inicia hoje (20) segunda etapa da Fase 1 da reabertura econômica da cidade

A partir de hoje (20), dando continuidade às fases de retomada das atividades econômicas em Teresina, estão autorizados funcionar os setores de concessionárias, vendas de peças e automotivo, utilizando o sistema de delivery ou drive-thru. Com isso, a Prefeitura de Teresina conclui a segunda etapa da Fase 1 do processo de reabertura econômica da cidade.

Segundo o prefeito Firmino Filho, é importante que a população siga todos os protocolos e medidas de segurança nesse processo. “Estamos avançando na reabertura da cidade e precisamos ter consciência sobre o compromisso de cada um para que Teresina não sofra uma nova onda de contaminação pelo vírus. Portanto, todas as medidas de higiene e de proteção como uso de máscaras, ficar em casa sempre que possível e utilizar esses serviços apenas quando necessário, além de seguir as medidas de isolamento social, são estritamente necessárias para que possamos avançar e não retroceder nas fases de abertura da cidade”, alertou.

Os setores que estão autorizados a funcionar devem obedecer aos protocolos de segurança, com redução de trabalhadores, carga horária reduzida, uso da máscara e testagem dos funcionários, além de outras regras presentes nos protocolos voltadas tanto para trabalhadores, como para os clientes.

“A reabertura não significa dizer que a Prefeitura de Teresina está “liberando geral”. Estamos fazendo esse processo de forma planejada, lenta e gradual, e tudo está sendo estudado para que a vida das pessoas não seja colocada em risco. O vírus ainda existe, não temos vacina e as medidas de prevenção precisam ser respeitadas. Estamos voltando aos poucos as atividades e sabemos que precisaremos conviver ainda por muito tempo com o risco da doença. Desse modo, precisamos estar unidos nessa batalha pela vida”, acrescentou.

A Vigilância Sanitária de Teresina orienta como protocolos básicos de proteção a serem adotados caso seja necessário utilizar alguns dos serviços que estão em funcionamento evitar cumprimentar as pessoas com apertos de mãos, abraços, beijos ou outro tipo de contato físico; evitar tocar a boca, nariz e rosto com as mãos; ficar em casa sempre que possível e utilizar os serviços online e delivery.

“Além disso, é importante planejar as atividades antes de sair de casa; sempre ficar a uma distância mínima de dois metros de qualquer pessoa dentro da empresa; realizar a higienização das mãos ao entrar e sair de estabelecimentos, ao acessar balcões de atendimento e “caixas”; evitar conversar, manusear telefone; ao realizar as compras, reduzir o manuseio de produtos e realizar pagamentos de preferência por meios eletrônicos”, destaca a gerente da Vigilância Sanitária de Teresina, Jeanyne Seba.

Decreto autoriza funcionamento de transportes de cargas nas sextas-feiras

Os serviços de transportes de cargas estão permitidos de funcionar em Teresina também às sextas-feiras. A determinação consta em decreto assinado pelo prefeito Firmino Filho e considera que este tipo de atividade é fundamental para o pleno funcionamento dos serviços essenciais do município. Com a mudança, os transportes de cargas poderão funcionar nos próximos dias 17 e 24 de julho.

“Ampliamos o funcionamento dos serviços de transporte e cargas por reconhecer que este tipo de atividade não pode sofrer interrupção nas sextas-feiras, o que poderia gerar um desabastecimento, em especial, de materiais e produtos relacionados ao funcionamento das atividades essenciais em Teresina”, explica Fernando Said, secretário de Governo.

O secretário acrescenta que permanecem mantidas todas as outras restrições estabelecidas no Decreto 19.890, que dispõe sobre o funcionamento das atividades econômicas em Teresina durante todos os finais de semana do mês de julho. O objetivo é melhorar os índices de isolamento social, evitando a disseminação da Covid-19, um dos critérios para avançar na reabertura da cidade.