FWF entrega certificados de participação em workshops

Nesta quarta-feira (14), a Fundação Wall Ferraz realiza a cerimônia de entrega dos certificados de orientação profissional, que ocorreram no mês de março.

A cerimônia acontece às 16h30, na sede do Balcão do Trabalhador, na Rua Álvaro Mendes, nº 180, Centro, com as presenças do presidente da FWF, Maykon Silva, secretário de Educação, Nouga Cardoso e do secretário da Juventude, João Duarte Neto.

Em março, a FWF realizou três workshops online com os seguintes temas: “Do currículo a seleção”; “Marketing pessoal para se destacar em processos de seleção” e “Como se preparar para novos formatos de entrevista de emprego”.

Dos 33 trabalhadores que participaram dos workshops, 20 foram selecionados para participar da cerimônia de entrega dos certificados, representando os demais.

Para este mês de abril, estão programados mais três workshops de orientação profissional com os seguintes temas: “Desenvolvendo habilidades como diferencial de carreira (15)”, “Características sócio emocionais para se destacar em processos de seleção (21)” e “Como fazer melhor escolha de carreira profissional (28)”.

Prefeito reúne secretários e intensifica ações do município no combate à pandemia

Fotos: Rômulo Piauilino / Semcom

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, convocou na tarde desta segunda-feira (8) uma reunião de urgência para discutir e tomar medidas para combater a situação da pandemia do coronavírus na capital. Durante o encontro, o chefe do executivo municipal pediu que seus auxiliares executem cortes para que o município direcione o valor economizado para o combate à pandemia.

“Entendo que o momento pelo qual passa a cidade é delicado e que façam um esforço para que atinjam, no mínimo, 10% de economia com relação as despesas das pastas. É necessário ter sensibilidade e respeito para com os teresinenses devido ao momento delicado na qual passa a sociedade, por isso, peço um esforço de vocês na contenção de gastos. E, claro, de alguma forma, prestigiarmos aqueles que estão na linha de frente no combate ao vírus”, afirmou o prefeito.

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Jeová Alencar, também compareceu a reunião e acompanhou a explanação do médico e presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, sobre a atual situação do sistema de Saúde do município.

Gilberto Albuquerque solicitou que os demais secretários mobilizem parte de suas estruturas, como carros e motos, que estão sem uso, para que sejam utilizados pela FMS no atendimento de pacientes que são atendidos pela rede. O presidente da FMS sugeriu ainda que seja criado de um Comitê de Crises para acompanhar a situação pandêmica não capital.

“A minha sugestão é a criação de um Comitê de Crises no município para o compartilhamento de informações e discussões de medidas no sentido de enfrentar a pandemia. Tivemos problemas na vacinação no último final de semana e acredito que agora com o auxílio integrado dos demais secretários esses problemas serão sanados”, declarou Gilberto Albuquerque.

Vagas para o programa Unitodos continuam abertas

O programa Unitodos, desenvolvido pela Prefeitura de Teresina, continua com vagas abertas para preparar alunos da rede pública para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). As aulas, que começaram em outubro, estão acontecendo de forma diferente este ano. Devido a pandemia da Covid-19, as aulas estão sendo realizadas de forma virtual.

Estão sendo ofertadas 3.500 vagas, preferencialmente para alunos vindos da rede pública de ensino. As aulas devem acontecer até a véspera da realização do ENEM, que acontecerá em fevereiro de 2021. Como forma de adaptação e para que os alunos não perdessem a assistência do programa, o Unitodos está realizando as aulas de forma EaD (Educação a Distância). As aulas são gravadas e ficam disponíveis na plataforma para que os alunos assistam a qualquer momento.

“Criamos uma plataforma de aprendizagem especifica para o Unitodos, que permite acesso pelo computador, celular, TV e tablet. Contamos com uma equipe de professores experientes em EaD, que oferecem ensino e acompanhamento de qualidade. Os alunos continuam recebendo o material didático gratuitamente”, ressalta o secretário municipal da Juventude, Lucas Fortes.

A plataforma gera um relatório da participação de cada aluno para que a coordenação do programa possa acompanhar o desempenho de cada um, mesmo a distância. Dentro da programação virtual, os alunos têm acesso às aulas de segunda a sexta, duas baterias de simulados e duas revisões gerais. Ao final do preparatório serão ofertados 10 tablets entre os alunos com maior engajamento na plataforma.

O Unitodos ministra aulas em 14 disciplinas: matemática, inglês, espanhol, filosofia, física, química, história, biologia, gramática, redação, geografia, sociologia, história da arte e literatura.

“Nosso objetivo é proporcionar à juventude mais acesso as oportunidade de ingressar no ensino superior, podendo concorrer com igualdade com os alunos de rede privada de ensino. O Unitodos é um programa de sucesso e que vem apresentando bons resultados”, explica o secretário.

Para os interessados, as matrículas estão sendo realizadas pelo site da Semjuv.

Centros de Arte e Esportes de Teresina retomam atividades de forma gradual

As aulas de voleibol, capoeira e zumba estão voltando de forma gradual nos Centros de Artes e Esportes Unificados (CEUs) mantidos pela Prefeitura de Teresina. Localizados nas zonas Norte e Sul da capital, os espaços estavam fechados desde março por conta da pandemia da Covid-19 e, no início deste mês de novembro, retornaram as atividades, que incluem caminhadas e também contam com academias. Os projetos voltados para cursos infantis e para adolescentes continuam suspensos.

De acordo com Lucas Fortes, secretário da Semjuv, órgão responsável pela administração dos Centros, tudo está sendo feito de acordo com os protocolos de segurança para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. “Os usuários são orientados a usar máscaras e evitar aglomerações. Também são disponibilizados álcool em gel e lavatórios”, disse o gestor. Ele ressalta que as atividades esportivas são abertas ao público e qualquer pessoa pode participar, sem necessidade de inscrição.

Os CEUs são equipamentos públicos destinados à realização de atividades culturais e esportivas junto a comunidades localizadas em áreas extremas da cidade: no Portal da Alegria e Santa Maria da Codipi. O objetivo é integrar em um mesmo espaço físico programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital, promovendo a cidadania em territórios de alta vulnerabilidade social.

Os Centros possuem 7 mil metros quadrados e são dotados de quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground, pista de caminhada, salas, biblioteca, telecentro, sala de multiuso e um cineteatro/auditório com 125 lugares, além de um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

SEMJUV paralisa atividades diante das ameaças do Covid-19

Cumprindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a Secretaria Municipal da Juventude de Teresina (SEMJUV) anunciou, na manhã desta terça-feira (17), medidas para conter o avanço da pandemia da Covid-19, o novo coronavírus.

Segundo o secretário, Zé Filho, serão suspensas todas as atividades no Centro Esportivo Unificado Ana Maria Rego – CEU Sul, Centro de Esportes Unificados Vereador Vieira Toranga – CEU Norte, além do fechamento dos cine teatros, salas multiuso e bibliotecas comunitárias. “Só serão permitidas atividades individuais, e cumprindo todas as recomendações de saúde pública”, disse o secretário.

Ele anunciou o adiamento do lançamento do programa Solares, que capacita jovens para o trabalho com energia fotovoltaica, e do programa Jovem Habilitado, destinado para aqueles que desejam tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Os programas seriam lançados até o final do mês.

“Também será adiada a Conferência Mundial da Juventude, que está sendo organizada pela SEMJUV. O momento é de cuidado e de isolamento para tentarmos evitar que mais pessoas contraiam o vírus”, finalizou o secretário, Zé Filho.

Ex-aluna do Unitodos é exemplo de luta e empoderamento na educação

Ascom/Semjuv

Andréa Eduarda, 19 anos, é cadeirante e todos os dias faz um percurso superior a 12 km para chegar até a Universidade Federal do Piauí, onde estuda Direito. De família humilde, foi aluna do Unitodos, cursinho popular promovido pela Prefeitura de Teresina para alunos de baixa renda. A estudante prova que a educação realmente promove mudanças, mostrando-se como um exemplo neste mês das mulheres.

“Sempre fui estudante de escola pública e enfrentei muitas dificuldades, mas sempre superadas com muita força de vontade”, afirma, ressaltando que, nos planos para os próximos anos, pretende atuar no direito penal. “Pretendo modificar a vida das pessoas, porque o Direito faz isso”, sonha.

Ela destaca que o Unitodos foi essencial para sua aprovação. “Mesmo não podendo frequentar todas as aulas, por causa de uma intervenção cirúrgica, as aulas, a didática dos professores e todo material disponibilizado foram de bastante reforço para eu alcançar o bom desempenho que tive no Enem”, lembra.

Andréa conta que, como cadeirante, os desafios  são ainda maiores. “Além da dedicação o ensino, também tinha que me dedicar integralmente às terapias.  Mas é de extrema importância acreditar que podemos qualquer coisa, que podemos ocupar vários cargos e estar em qualquer âmbito social”, complementou.

O Programa Unitodos, que existe há duas décadas, oferece aulas gratuitas com professores qualificados para alunos de baixa renda. Em 2019, foram 355 alunos aprovados na chamada regular, com expectativa de chegar em 800 após as próximas convocações. “É uma satisfação muito grande poder ajudar no futuro desses alunos, trazer uma política pública de resultados para a juventude. A Prefeitura de Teresina tem um trabalho grande na educação desde a base, e a tendência é o Unitodos crescer a cada ano”, observa  secretário da Juventude, Zé Filho, acrescentando que a expectativa é de ampliar o número de turmas em 2020.

Semjuv irá homenagear alunos do Programa Unitodos aprovados em universidades

Os 40 alunos do Programa Unitodos que obtiveram resultados mais expressivos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), como primeira e segunda colocação nas convocações para Instituições de Ensino Superior, serão certificados e premiados com troféus e medalhas pela Secretaria Municipal de Juventude (Semjuv). O evento acontece nesta quarta-feira (19), às 8h, no Centro de Formação Odilon Nunes, e também homenageará 14 professores que se destacaram no ensino e fizeram a diferença no aprendizado dos estudantes.

Neste ano, foram 254 aprovações no total, 186 na primeira chamada do Sisu e 64 no Programa Universidade ao Alcance de Todos (Prouni). “Estamos muito satisfeitos com esse resultado. Nos deixa muito empolgados e com muita expectativa para 2020. Este ano, os resultados mais do que dobraram em termos de aprovação, de boas colocações, inclusive com primeiros lugares em ampla concorrência. É a nossa juventude mostrando, mais uma vez, que Teresina tem alunos preparados para competir com qualquer estado para boas vagas nas faculdades”, destaca o secretário da Semjuv, Zé Filho.

O Unitodos é um curso preparatório para o Enem que oferece aulas com professores qualificados para jovens com baixa renda familiar e estudantes de escolas públicas que já cursaram ou estão cursando o terceiro ano do Ensino Médio. O programa conta com investimento de mais de R$ 2,2 milhões, oriundos de recursos próprios do município e emendas parlamentares.

Em março será iniciada a seleção de professores para as turmas de 2020, que contarão com ampliação no número de vagas a partir da implementação de novos polos. “Já estamos recebendo solicitações de mais de 20 comunidades que querem um polo do Unitodos em sua região. Em 2019, foram mais de 190 professores contratados para dar aula nos 34 polos espalhados pela cidade. A ideia é ampliar esse alcance, inclusive o prefeito Firmino Filho já autorizou a criação de mais polos para o programa”, afirma Zé Filho.

As atividades do curso retornam em junho. O preparatório é composto por conteúdo dividido nas disciplinas de história, geografia, matemática, gramática, redação, literatura, história da arte, inglês, espanhol, química, física, biologia, filosofia e sociologia. Além das aulas e material didático gratuitos, os alunos também participam de eventos organizados pelo programa como mostra de profissões, simulados e concurso de redação.

O idealizador do programa e atual secretário municipal de Meio Ambiente, Olavo Braz, também será homenageado no evento desta quarta.

Unitodos muda realidade de estudantes de baixa renda

De origem humilde, filho de pais que trabalham como autônomos e nunca tiveram a oportunidade de fazer um curso superior, Lucas Araújo, 19 anos, vai ser o primeiro de sua casa a ir para a universidade. Ele foi aprovado em primeiro lugar para o curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Piauí, no último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para Lucas e para os seus pais, a notícia não significou apenas a aprovação, mas foi também a realização de um sonho.

“A sensação de ser aprovado foi ótima, foi uma realização. Eu escolhi Engenharia Mecânica porque gosto de desafios e também adoro máquinas, então este curso tem tudo que eu queria”, pontuou. Ele conta que no último, ano antes das provas, se dedicou apenas a conseguir sua aprovação e, para isso, estudava cerca de três horas por dia, além do tempo que passava no curso preparatório Universidade ao Alcance de Todos (Unitodos), que atende estudantes de baixa renda, em Teresina.

Lucas não foi o único aluno de origem humilde que conseguiu alcançar o sonho de chegar à universidade, por meio do Unitodos. A ele se somam mais 185 aprovados para os mais variados cursos, em diferentes universidades do Piauí.  “Ano passado tivemos em torno de 90 alunos aprovados na chamada regular e esse ano, já nessa primeira convocação, alcançamos o número de 186 alunos aprovados na Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Instituto Federal do Piauí (IFPI). É um número bastante relevante, pois representa uma grande quantidade de famílias, que mudarão suas realidades através da educação. Estamos muito satisfeitos com os resultados, e são números que ainda vão crescer bastante com o decorrer das próximas chamadas. Com certeza vamos bater o recorde de alunos aprovados no Enem”, afirma o secretário municipal da Juventude, Zé Filho.

Leonardo Magalhães, que mora na Vila Mocambinho I e é egresso de escola pública, também viu seu sonho se tornar realidade no último Enem. Matriculado no polo Pequena Rubim do Programa Unitodos, dedicou-se aos estudos e usou todo o conhecimento adquirido no preparatório, conquistando o segundo lugar no curso de Física da Universidade Federal do Piauí (UFPI), através de cotas de escola pública e renda familiar inferior a um salário mínimo e meio.

De origem humilde, Leonardo conta que trabalhava e estudava, mas acabou optando por focar apenas nos estudos. “Na época do preparatório, larguei o trabalho para estudar, porque a rotina era muito pesada. Às vezes fazia bicos, mas ficava muito cansativo então decidi apenas estudar. Contei com o apoio da minha mãe, ela me aconselhava muito. Então minha rotina era ir para a escola pela manhã, estudar à tarde, e a noite assistir as aulas do curso”, diz.

O Unitodos é um preparatório para o Enem, que oferece aulas com professores qualificados para jovens com baixa renda familiar e estudantes de escolas públicas, que já cursaram ou estão cursando o terceiro ano do ensino médio. “Os mais de 2.500 alunos matriculados do Unitodos participaram de aulas diárias em 34 polos espalhados por toda a cidade, inclusive na zona rural. E isso deu resultado, foram muitos aprovados para cursos de ensino superior este ano. Esse projeto da Prefeitura tem oportunizado a muitos jovens a concorrer ao Enem de forma igualitária”, comenta a coordenadora do programa, Cássia Mendes.