Centro de Teresina tem redução de 90% no tráfego com interdição de ruas

A redução do tráfego de veículos no Centro de Teresina na manhã desta terça-feira, 14, foi 90%. Na área com circulação restrita, trafegam apenas os carros permitidos pelo Decreto 19.908, publicado para conter aglomeração e evitar contaminação pela Covid-19. Podem acessar o perímetro somente veículos de órgãos públicos, de utilidade pública, táxi, mototáxi, ambulância de salvamento, veículos que conduzam idosos ou deficientes físicos, trabalhadores e moradores nessa área, desde que devidamente identificados.

O gerente de Operação de Trânsito da Strans, Denis Lima, destaca que a redução significativa dentro do perímetro de interdição está alcançando o objetivo proposto. “Verificamos que as pessoas que estão circulando na área interditada estão mantendo o distanciamento”, informou.

A circulação de veículos é permitida nas ruas Desembargador Freitas, David Caldas, Paissandu e Avenida Maranhão, mas os condutores não podem fazer conversões dentro do trecho interditado onde estão prédios públicos, agências bancárias, lotéricas e comércios.

Agentes da Strans fazem a fiscalização das 6h às 18h, de segunda a sexta-feira. Quem desobedecer comete infração grave, com aplicação de multa de R$ 195,26 e cinco pontos no prontuário da CNH.

FMS cria centros para testagem de contatos de pacientes com Covid-19

A partir de agora as pessoas que moram na mesma casa de quem foi positivado com Covid-19 terão locais específicos para realizar sua testagem mediante agendamento. São os Centros de Rastreamento e Testagem (CRT), criados pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) para garantir uma maior agilidade na realização dos exames, cortando a cadeia de transmissão do novo coronavírus.

Esses centros estarão espalhados por toda a cidade e realizarão a testagem de quem mora com pacientes diagnosticados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) através do teste laboratorial do Lacen realizado nos hospitais, exclusivamente mediante agendamento prévio. “Uma vez testado positivo, a FMS entrará em contato por telefone com o paciente para marcar de forma organizada o teste rápido de seus contatos intradomiciliares, no centro mais próximo à UBS em que ele foi atendido”, informa o diretor de Atenção Básica da FMS, Kledson Batista.

Também serão direcionadas para estes locais as pessoas que contatarem a FMS por meio do serviço Testa Teresina, conforme orientação recebida durante o atendimento via whatsapp.

Quatro destes centros já estão em funcionamento. Eles estão localizados nas faculdades AESPI/Unifapi (zona Leste), Estácio (zona Sudeste) e Uninassau (zona Sul), além do Clube dos Servidores Municipais (zona Norte). Kledson Batista informa que há previsão para que em breve mais dois pontos sejam abertos pela FMS. “É importante destacar que esses centros de testagem são apenas para pessoas assintomáticas. Os contatos que apresentarem sintomas serão testados nas UBSs, onde também receberão atendimento médico”, destaca o diretor.

O objetivo é conseguir fazer o rastreio do maior número de pessoas com o vírus, o que garante um isolamento com segurança. “Lembramos, no entanto, que o isolamento e a quarentena não dependem apenas do resultado do teste, e sim do compromisso daquela pessoa que está em contato com um positivo de ficar em casa pelo período indicado conforme a conduta médica”, alerta Kledson Batista. “Este isolamento deve ser cumprido por todos a partir do caso índice, que é a primeira pessoa que testou positivo na residência”, ressalta ele.

Prefeitura destaca ações voltadas para crianças e adolescentes nos 30 anos do ECA

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 30 anos em 2020. No início de julho, o prefeito Firmino Filho recebeu, pela quarta vez, o Prêmio de Prefeito Amigo da Criança, concedido pela Fundação Abrinq aos gestores que atuam pelos Direitos da Criança e do Adolescente. A Lei nº 8.069 de 13 de julho de 1990 é considerada um marco nacional na legislação em defesa e garantia de direitos da infância.

O estatuto definiu que crianças e adolescentes sejam considerados sujeitos de direitos e adotou uma doutrina da proteção integral à infância, que visa atender demandas específicas da faixa etária.

“Nestas três décadas, muitos avanços foram possíveis graças ao Estatuto. Entretanto, com a crise socioeconômica provocada pelo novo Coronavírus, a possibilidade de que esses direitos sejam violados torna-se ainda mais latente, por exemplo, com o aumento no número de casos de trabalho infantil. Por isso, neste ano, a data também servirá para reafirmar que é dever de todos atuar na prevenção à ocorrência de ameaça ou violação dos direitos de crianças e adolescentes”, disse o prefeito Firmino Filho.

A secretária municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Janaína Carvalho, lembra ainda que os avanços foram fundamentais para a promoção da dignidade das crianças e adolescentes. “O texto da lei versa sobre diversos temas, como saúde, educação, assistência social, proteção contra o trabalho infantil, entre outras denominações, e aprofunda-se em questões que são específicas da infância”, explicou.

Em suas definições, o ECA considera criança a pessoa de até doze anos de idade incompletos e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade. “Celebrar estes trinta anos do ECA é valorizar a história das conquistas advindas desde a redemocratização possível a partir da Constituição de 88, por meio da luta de movimentos sociais, instituições e tantas outras pessoas que somaram força para a defesa de direitos para crianças e adolescentes”, afirma Denise Morra, presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Teresina (CMDCAT).

Frentes de atuação da PMT na defesa dos direitos de crianças e adolescentes

O CMDCAT foi instituído em 1991 logo após a implementação do ECA. Até o presente momento, o Conselho atua na frente de proteção de defesa dos direitos das crianças e adolescentes. O CMDCAT é um espaço de debate e articulação entre os poderes executivo, judiciário e a sociedade civil com o objetivo de promover os direitos e combater a exploração sexual e trabalho infantil no município.

A Casa de Zabelê criada em 1994 é uma parceria entre da Prefeitura de Teresina com a Ação Social Arquidiocesana (Asa). A instituição é especializada no atendimento de meninas que tiveram seus direitos violados, e atua desenvolvendo ações voltadas para o resgate da dignidade delas, através de ações socioeducativas que promovem o protagonismo infanto-juvenil.

Outra frente de atuação no âmbito municipal é o Programa Família Acolhedora que oferece o serviço de acolhimento temporário para crianças e adolescentes que estão sob medidas protetivas na justiça.

Além disso, o município de Teresina conta cinco Conselhos Tutelares que acolhe denúncias de violação de direitos e também possui uma rede socioassistencial ampla que atua na frente de prevenção com atendimento e acompanhamento de crianças e adolescentes nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, oferecem atividades educativas, culturais e esportivas.

Sdu inicia obras de asfaltamento e recapeamento na zona Norte

Respeitando os protocolos de segurança necessários para a realização de obra em vias públicas, a SDU Centro Norte inicia nesta segunda (13), o recapeamento na avenida Ministro Sérgio Motta e rua Lourival Mesquita e ainda o asfaltamento na rua Amadeu Paulo. O valor do contrato de serviço ultrapassa 1 milhão e 600 mil reais. A obra tem previsão de conclusão em 180 dias.

Na Avenida Ministro Sérgio Motta o trecho recapeado será entre a Avenida Poti Velho e a Rua José Painha. A Rua Lourival Mesquita receberá melhoria no trecho entre a Avenida Poti Velho e a Rua Lavínia Gonçalves. Já o asfaltamento na Rua Amadeu Paulo será na área entre as Ruas Francisco Magnólia e Raimundo Dorotéia.

A obra de mobilidade que vai beneficiar muitas famílias que moram na zona Norte da cidade, especialmente, as que moram nos Residenciais Francisca Trindade, Parque Brasil e Jacinta Andrade. A engenheira Adélia de Melo explica que a obra vai iniciar seguindo os protocolos para garantir a segurança de todos.

“Essa é a primeira obra que será iniciada após a pandemia do Covid 19, por isso iremos observar todos os critérios estabelecidos cuidadosamente para que não tenhamos nenhum tipo de problema. O trabalho será iniciado pelo recapeamento das vias, em seguida o asfaltamento e obra prevê ainda a pintura a sinalização horizontal nas vias”, explica.

 

Áreas verdes dos bairros Ininga, Satélite e Planalto Ininga recebem limpeza da SDU Leste

A equipe de profissionais da Gerência de Serviços Urbanos da SDU Leste promoveu a limpeza da grande área verde e pública do bairro Ininga. A ação integra a programação de limpeza do órgão municipal para manter a cidade limpa, proporcionando um ambiente público mais agradável para os cidadãos.

A área está localizada nas proximidades da Rua Jornalista Helder Feitosa com a Rua Artur Silveira. Segundo o gerente de Serviços Urbanos da SDU, Renato Lopes, as equipes atuaram também nas margens das ruas. No local, foram feitos serviços de roço do mato, que estava alto.

Além da área mencionada, as equipes também estão atuando na praça da Rua 31 de Março e na Praça das Violetas, no bairro Planalto Ininga, bem como na área verde e pública da Vila Paris, no bairro Satélite.

Renato Lopes explica ainda que os serviços são essenciais para contribuir com a manutenção da limpeza das áreas verdes e públicas, ao tempo em que reforçou que os profissionais estão adotando todas as recomendações de saúde. “Sabemos do cenário que estamos enfrentando com a pandemia, mas a limpeza urbana não pode parar. Estamos executando os serviços de maneira segura, respeitando o distanciamento mínimo e utilizando os equipamentos de proteção individual”, destacou.

A comunidade pode ajudar o trabalho da SDU com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar pelo número (86) 99410-4883, além do contato através do aplicativo Colab, de fácil acesso, que qualquer cidadão pode baixá-lo e interagir com a PMT.

 

Transporte coletivo será suspenso no sábado (11) e domingo (12)

O serviço de transporte coletivo será suspenso neste sábado (11) e domingo (12) devido às medidas restritivas para evitar a propagação da Covid-19 em Teresina. Na segunda-feira (13), os coletivos retornam com 70% da frota em horários de pico, das 6h às 9h, e das 17h às 19h. Nos demais horários, a frota será de 30%.

A determinação da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) é mais uma tentativa de melhorar os índices de isolamento social na capital. Segundo Weldon Bandeira, gestor da Superintendência, medidas mais duras precisam ser adotadas aos finais de semana, incluindo a restrição de alguns serviços essenciais. “Esse é o momento de todos contribuírem para reduzir a contaminação, para que a cidade possa restabelecer todos os serviços”, diz.

Nos finais de semana estão em vigor medidas restritivas previstas no Decreto Municipal 19.890. Conforme o documento, nos sábados (11, 18 e 25) e domingos (12, 19 e 26) só funcionarão farmácias e drogarias, serviços de saúde, segurança e vigilância, delivery exclusivo para entrega de produtos de alimentação pronta, comunicação e situações comprovadas de urgência e emergência.

A motivação para restrições é que os dados dos órgãos de saúde comprovam a necessidade de manter o distanciamento social.  Até o momento, a capital contabiliza 11.415 casos e 498 mortes desde o início da pandemia, de acordo com dados do painel epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Escola Municipal Conselheiro Saraiva entrega atividades na casa dos alunos da zona rural

A direção da Escola Municipal Conselheiro Saraiva montou equipe de profissionais para visitar alunos da zona rural de Teresina e realizar a entrega de atividades escolares. Ao todo, 113 alunos que moram nas regiões mais remotas, receberam as atividades e orientações sobre os estudos em casa. Foram contemplados os estudantes do 1º ano do Ensino Fundamental à Educação de Jovens e Adultos.

A ação foi realizada após a direção da escola perceber que parte dos seus alunos não estavam acessando as plataformas de conteúdos das atividades pedagógicas. Segundo o diretor José Israel, na região próxima à escola, muitas famílias não possuem televisão e nem mesmo celular.

A escola mobilizou os membros do Conselho, associação de moradores e profissionais do posto de saúde para visitar os alunos nas comunidades Boa Hora, Cajazeiras, Centro do Sítio, Santa Inês, São Vicente, Matapasto e Assentamento Santo Antônio II, distribuindo pessoalmente as tarefas impressas, em locais de difícil acesso.

“O objetivo foi garantir o direito de aprender desses alunos e evitar que os pais se aglomerem na escola em busca do material. Então, cumprimos os protocolos de segurança e fomos de casa em casa”, relata o gestor. Ainda segundo ele, 100% dos alunos com deficiência receberam o material necessário para desenvolverem suas habilidades.

“A professora de AEE (Atendimento Educacional Especializado) participou da ação e nos ajudou a entregar as atividades direcionadas, garantindo a inclusão mesmo em um momento tão difícil. Estamos nos adaptando e fazendo o melhor para minimizar os prejuízos que a pandemia trouxe à educação dessas crianças”, finalizou Israel.

SDU Leste recupera mais uma rua do bairro Morada do Sol

A atuação da equipe de engenheiros da SDU Leste finalizou nesta semana a recuperação da pavimentação em paralelepípedo da Rua Lucílio Albuquerque, no bairro Morado do Sol.

Segundo o Gerente de Obras e Serviços, Danilo Alien, esse é mais um trecho que estava danificado pelo grande volume de águas pluviais que atingiram a cidade nos últimos meses. “Estamos dando prosseguimento às ações de recuperação apenas em trechos emergenciais e que, anteriormente, estavam intrafegáveis, com a ação das chuvas. Por isso, a importância de estarmos indo, in loco, para verificar a situação das ruas e devolver a mobilidade urbana da região”, ressaltou.

A recuperação dos trechos emergências foi uma medida autorizada pelo Prefeito Firmino Filho com o intuito de possibilitar a mobilidade de pessoas e veículos. Com o atual cenário frente à pandemia do novo coronavírus, os serviços estão sendo realizados com a adoção de medidas de segurança, como o distanciamento mínimo, além da utilização de equipamentos de proteção individual.
“Temos a consciência de que alguns serviços da Prefeitura são essenciais para a vida humana. A acessibilidade é uma delas. Por isso, estamos atentos e vigilantes para buscar meios viáveis e possibilitar a recuperação dos trechos mais críticos da região”, esclareceu o Superintendente João Pádua.

Para solicitar os serviços de reparo ou recuperação da SDU, além de colaborar com o trabalho da Prefeitura, a população pode usar os números (86) 99957-3709 / (86) 99416-6141/ (86) 99498-5183.

Promorar, Angelim e Monte Castelo recebem equipes de limpeza

Cerca de 10 bairros da zona Sul recebem equipes de limpeza da Prefeitura de Teresina nesta quinta-feira (09), entre eles o Promorar, Monte Castelo e Angelim. Cada local terá pelo menos duas equipes de capina executando os serviços.

Ruas de bairros como Cidade Nova e Vila da Paz também terão serviço de capina. Já a equipe de galeria estará atuando na Rua 13 de Maio, na Tabuleta. Cada uma dessas equipes é composta por cerca de 15 pessoas.

A gerência de Serviços Urbanos da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Sul é responsável pelo serviço e realiza também manutenção de praças e áreas verdes, limpeza de áreas de transbordo, manutenção de estações de ônibus, entre outras.

“A limpeza dos bairros acontece através de uma programação montada pela gerência, mas também atendemos solicitações das comunidades, priorizando as situações mais urgentes”, lembrou Marcelo Mourão, gerente de Serviços Urbanos da SDU Sul.

As áreas verdes que estão na programação desta semana estão localizadas na Vermelha (praça), Teresina Sul, próximo a UBS do bairro, Bela Vista 1 e o campo de futebol do Parque Piauí. “Estamos trabalhando ainda com uma roçadeira mecanizada. O resultado é muito bom. Com equipamento dá para fazer capina em grandes áreas em um espaço de tempo bem mais curto”, explica Marcelo. Esta semana, a roçadeira estará na área da Estrada da Alegria.

Índice de Isolamento Social nesta quarta-feira foi de 42,70%

Apenas 42,70% dos teresinenses permaneceram em casa nesta quarta-feira (07). Os dados observados mostram um padrão no cumprimento do isolamento social nas últimas semanas, onde índices permaneceram entre 40% e 45%. Para diminuir o número de novos casos de coronavírus na capital.

Os dados são da startup InLoco, que realiza o georreferenciamento smartphones em cidades de todo o território nacional monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular. Os índices estão bem abaixo dos 73% recomendados pelas autoridades de saúde para evitar a proliferação da Covid-19. A Teleco, outra base de dados, registrou índice de isolamento de 50,o3%.

Os bairros Parque Juliana (27,60%), na zona sul, Árvores Verdes (28,60%) e Morros (29,20%), ambos na zona leste, foram os que mais descumpriram as medidas de isolamento social adotadas pela Prefeitura. Já os bairros Angelim (62,50%), Distrito Industrial (57,60%) e Parque São João (56,20%) foram os que mais ficaram em casa.

 

 

A Prefeitura de Teresina decretou na última segunda-feira (06) que haverá restrições para o funcionamento das atividades econômicas ma capital durante todos os finais de semana do mês de julho. O objetivo é melhorar os índices de isolamento social, evitando a disseminação da Covid-19, um dos critérios para avançar na reabertura da cidade. O descumprimento resultará na aplicação de multas, intervenção total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento.