Prefeito recebe ONG para discutir revisão do Plano Diretor

Créditos: Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho, acompanhado do secretário de Planejamento, José João Braga, e de técnicos da SEMPLAN e da Superintendência de Trânsito (STRANS), recebeu no fim da manhã desta quinta-feira (14) representantes da ONG WRI Brasil, especializada em questões de urbanismo. Na oportunidade, foram discutidos alguns pontos da revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT), que vem sendo acompanhada pela WRI, e também a possibilidade de novas parcerias entre a Prefeitura e a ONG.

O processo de revisão do PDOT se estende desde 2017, com a WRI atuando na consultoria e colaborando com ideias testadas e aprovadas em outras cidades do mundo. O principal objetivo do novo plano, que determina regras para a ocupação da cidade, é combater a expansão horizontal de Teresina, tornando a cidade mais concentrada e focada nos corredores de transporte público.

“Viemos para dar continuidade no trabalho de apoio técnico na revisão do Plano Diretor da cidade e discutir alguns pontos. O nosso entendimento é que o plano de Teresina está sendo muito inovador, propondo coisas que poucas cidades no Brasil até agora tiveram a coragem de fazer e que está alinhado com o que tem de mais interessante em termo de desenvolvimento urbano sustentável no mundo. Teresina está propondo um plano diretor que vai promover uma cidade mais compacta e mais conectada, que é uma cidade com mais qualidade de vida e mais eficiência”, afirma Henrique Evers, gerente de Desenvolvimento Urbano da WRI.

“A WRI traz a experiência com urbanização em várias cidades do mundo que enfrentaram desafios que Teresina está enfrentando agora, trazendo também essa concepção contemporânea de construção de cidades sustentáveis e que gerem qualidade de vida para seus habitantes. A minuta deste novo plano está sendo discutida internamente com vários interlocutores da sociedade civil, mas está tendo também essa consultoria da WRI”, completou o prefeito Firmino Filho.

Além da revisão do PDOT, também foram discutidos alguns projetos que estão em andamento ou que estão sendo planejados pela Prefeitura de Teresina, nos quais a WRI pode atuar no auxílio do desenvolvimento destas iniciativas, contribuindo com sua expertise.

“Uma parte dessa visita também é para prospectar novos projetos. A gente sabe que Teresina tem tido várias iniciativas muito interessantes com relação à sustentabilidade e o nosso objetivo é buscar também possíveis oportunidades futuras de colaboração”, ressaltou Henrique.

“A Prefeitura de Teresina busca sempre trabalhar com as melhores ideias disponíveis, por isso utilizamos a competência dos nossos técnicos aliada a essas parcerias com organizações que podem oferecer uma perspectiva mais especializada”, ressaltou o secretário de Planejamento e Coordenação, José João Braga.

 

Strans fará intervenções no trânsito e na sinalização da capital no sábado (16)

Neste sábado (16), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) fará intervenções no trânsito e na sinalização da capital. O sentido único da Rua Lilizinha Castelo Branco será finalizado entre as Avenidas Visconde da Parnaíba e Dom Severino.

De acordo com o diretor de Trânsito e Sistema Viário, José Falcão, a mudança resultará em um trânsito mais seguro e com melhor fluidez.“O objetivo é aumentar a segurança e a fluidez da região em virtude de empreendimentos, faculdades, colégios e até mesmo a nova ligação da Lindolfo Monteiro que gerou um trânsito maior na localidade”, explicou.

A sinalização do cruzamento da Rua São Pedro com a Avenida Miguel Rosa também sofrerá modificação. A troca de colunas trará mais segurança para motoristas e pedestres.

“Foi feita a intervenção no cruzamento da São Pedro com a Miguel Rosa de alteração das colunas e grupos focais naquele semáforo com objetivo de fazer uma revitalização no cruzamento, colocando equipamentos modernos e reparando as colunas que ali estavam para que a durabilidade seja prolongada”, complementou o diretor José Falcão.

Veja aqui o mapa.

Sem ocorrências graves, Strans removeu apenas três veículos irregulares na Raul Lopes

No último sábado (23), o Corso de Zé Pereira levou milhares de teresinenses para a Avenida Raul Lopes e, para oferecer segurança aos condutores e foliões, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) realizou modificações no trânsito na região do evento. Antes da festa, os agentes de trânsito estiveram em alguns pontos para orientar os motoristas.

O diretor de Operação e Fiscalização de Trânsito da Strans, Coronel Jaime, fez uma análise positiva do Corso. Devido ao trabalho realizado pela superintendência, não houve ocorrências graves e a quantidade de carros que estavam na avenida de modo irregular foi pequena.

“Tudo transcorreu dentro da normalidade. Às 14h todas as vias estavam bloqueadas e após esse horário, saímos limpando o corredor da folia com os carros que ainda se encontravam na avenida. Três veículos foram removidos, porque desobedeceram o que já estava previsto, planejado e amplamente divulgado pela mídia. Nós terminamos nosso trabalho por volta de 2h30 da manhã, sem ocorrências graves”, declarou o diretor.