Secretaria da Mulher de Teresina realiza campanha para arrecadar roupas, alimentos e absorventes para mulheres em vulnerabilidade

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), em parceria com o Outlet Diamond Center, vai realizar entre os dias 10, 11 e 12 a arrecadação de roupas, alimentos e absorventes para o projeto da SMPM. A atividade faz parte do projeto Invista-se, a ação foi intitulada Outlet Diamond Solidário, que acontece nos três dias, das 9h às 21h, no Diamond Center, localizado na Avenida Universitária, 750, Fátima.

O projeto, além de serviços sobre conscientização sobre a violência contra a mulher, autoestima e empoderamento, proporciona às mulheres atendidas a experiência de um momento de “compras” das peças doadas. No ambiente, será montada uma loja na comunidade que receberá a doação, através da entrega de vouchers para aquisição de um look completo por elas.

A secretária da SMPM, Karla Berger, a ação tem o objetivo de proporcionar às mulheres, a oportunidade de ressignificar as marcas que a vulnerabilidade social acaba deixando nelas. Para a secretária, é uma forma de reafirmar o compromisso com as mulheres teresinenses, respeitando particularidades e que projetos como o Invista-se vêm para impactar na mudança da realidade de cada uma. “

É incrível poder olhar no rosto de cada mulher que sai do projeto, perceber o brilho no olhar, o sorriso de satisfação e sentir que estamos seguindo no caminho certo. Principalmente, que estamos ouvindo e enxergando cada uma nas suas singularidades”, disse a secretária.

Segundo Socorro Silva, uma das organizadoras do evento, ela sempre quis fazer uma ação social como essa. “Sempre quis fazer algo nos meus eventos. Trabalho há mais de dez anos em feiras como essa e poder ajudar quem precisa deveria ser uma conscientização de todos”, comentou Socorro.

Para Diana Ponte, também organizadora do evento, é uma satisfação fazer parcerias assim. Em uma reunião com nosso marketing e a Karla Berger tivemos essa ideia e ficamos felizes de poder fazer algo que impacte tantas pessoas. Quem doa, se sente bem e que recebe também fica, é bom para todos!”, finaliza Diana.

Atividades da Secretaria da Mulher de Teresina. Fotos: Ascom SMPM

Campanha doará absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade em Teresina

Ascom/SMPM

Promover a distribuição de absorventes para meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade em Teresina. Este é o objetivo da campanha idealizada pela grupo denominado “Girl Up The”, formado por 27 voluntárias, que estão movimentando doações em dinheiro para garantir o acesso a absorventes às mulheres que não podem comprar o produto na capital.

A campanha, além de um Projeto de Lei redigido pelo grupo, contam com apoio da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM). Para a gestora da SMPM, Macilane Gomes, é extremamente importante defender e apoiar essas iniciativas.

“Temos que dar força, incentivar e apoiar movimentos como esse. Além de ser nosso trabalho, é nosso dever encorajar essa luta, em especial dessa geração que vem surgindo, trazendo cada vez mais o fomento e promoção de políticas públicas para as mulheres”, afirma a secretária.

As arrecadações para a campanha iniciaram no mês de agosto e devem encerrar neste mês de setembro. As doações podem ser feitas através da conta bancária: Agência: 4708-2, Conta: 25.821-0, Banco do Brasil. Os absorventes adquiridos a partir do dinheiro das doações serão distribuídos para instituições carentes que atendem mulheres em Teresina.

De acordo com pesquisas levantadas por membros do “Girl Up The”, 23% das meninas de 15 a 17 anos não têm condições financeiras para comprar absorventes. Segundo a diretora do “Girl Up Teresina”, Amanda Rocha, o problema afeta a saúde das mulheres, pois muitas acabam desenvolvendo infecções ao usarem outros utensílios para conter o fluxo. Além disso, traz à tona outras desigualdades que muitas vezes não são discutidas.

“Muitas mulheres acabam não tendo dinheiro para comprar seus absorventes e isso só agravou na pandemia. É um item básico de higiene, e a falta dele traz vários problemas de saúde e higiene, além de causar também uma discrepância educacional e profissional. Temos relatos de mulheres que acabam faltando no trabalho ou na escola porque estão menstruadas”, relata Amanda Rocha.

A idealizadora da campanha, Amanda Rocha, enfatizou ainda a importância do apoio da SMPM na campanha e nas demais demandas relacionadas ao projeto. “É bastante importante, pois vai possibilitar mais visibilidade para a campanha, para o Projeto de Lei e outras demandas, fazendo com que mais mulheres conheçam e tenham acesso. Nosso principal objetivo é ajudar as mulheres e contar com o apoio de instituições como essa só tem agregam à causa”, finaliza Amanda.

Projeto de lei

Recentemente, as colaboradoras do projeto redigiram um Projeto de Lei (PL) que propõe educação menstrual nas escolas e distribuição de absorventes gratuitos para mulheres em todo o Piauí, além de colocar o absorvente como item de primeira necessidade e incentivar microempreendedoras que fabricam absorventes, como isenção fiscal desses itens no Estado.

O PL está em tramitação na Assembleia Legislativa do Piauí e um abaixo assinado está em andamento solicitando sua aprovação. Link do abaixo assinado: https://www.change.org/p/assembleia-legislativa-do-piau%C3%AD-piauisensesmenstruam-erradique-a-pobreza-menstrual-no-piau%C3%AD?utm_content=cl_sharecopy_24510843_pt-BR%3A2&recruiter=1143966595&utm_source=share_petition&utm_medium=copylink&utm_campaign=share_petition&utm_term=share_petition