Escola realiza ação de gratidão pelo trabalho dos professores nas aulas não presenciais

Com a suspensão das aulas presenciais e uma nova rotina de atividades à distância, a diretora do Centro Municipal de Educação Infantil Chico Xavier buscou uma forma de homenagear a comunidade escolar, agradecendo a dedicação de todos em um período difícil.

Cristiane Vieira montou kits com álcool 70% e máscaras de proteção personalizadas para a equipe de funcionários do CMEI. Pessoalmente, a gestora foi em cada residência entregar o mimo, que leva uma mensagem de cuidado, carinho e gratidão.

As crianças também foram agraciadas pelo esforço com o envio das atividades diárias e participação nas aulas online. Foram 368 sacolinhas montadas pela diretora com doces e salgadinhos, mas principalmente com uma mensagem de esperança.

“Estamos distantes fisicamente, com saudade, mas o sentimento de proximidade permanece. Essa foi a forma que encontrei de agradecer por continuarem tentando, participando das aulas. É muito importante manter uma rotina de estudos em casa. A mensagem é para lembrar que estamos aqui e que em breve tudo isso vai passar”, disse Cristiane.

 

Hemopi volta à Ponte Estaiada em nova campanha de doação de sangue nesta quarta (29)

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) voltará para a Ponte Estaiada a partir desta quarta-feira (29). Pela terceira vez a Unidade Móvel ficará instalada no local por dois dias com o objetivo de reabastecer o estoque de sangue em Teresina. A ação que acontece nos dias 29 e 30, de 8h às 16h30, tem apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

De acordo com o Hemopi nas duas primeiras ações foram coletadas mais de 300 bolsas de sangue. Eles avaliam que a iniciativa teve uma boa receptividade por parte dos doadores, e o órgão estuda a possibilidade de expandir esse modelo de coleta para outras regiões de Teresina.

“Tivemos uma boa resposta do público que atendeu ao nosso chamado nas ações realizadas na Estaiada. Estamos agora analisando outros locais que tem condições parecidas com as da ponte e atendem as normas de segurança exigidas para poder levar a Unidade Móvel a outras regiões de Teresina”, explica do diretor do Hemopi Jurandir Martins Filho.

O secretário da Semdec, Raul Ferraz, destaca a visibilidade da Ponte Estaiada em ações como esta. “A nossa ponte é um importante símbolo para a cidade, talvez por isso seja tão positivo para campanhas como esta. A gente vê que as pessoas realmente estão indo ao local doar, isso é muito importante, já que até semanas atrás nossa cidade estava quase sem estoque”, disse.

Doações agendadas
O Hemopi disponibiliza ao doador, a possibilidade de agendar sua doação. Basta o interessado entrar em contato pelos telefones: Teresina (86) 9 88946614, Parnaíba (86) 9 8894 7159, Picos (89) 9 8801 1717 e Floriano (89) 9 8801 1984.

Mulheres acompanhadas pelo Centro de Referência são beneficiadas com cestas básicas

Cerca de 40 mulheres acompanhadas pelo Centro de Referência Esperança Garcia (CREG), unidade vinculada à Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), foram beneficiadas com cesta básicas, kits de higiene e de limpeza. A atividade solidária conjunta aconteceu entre a Ação Social Arquidiocesana (ASA) em parceria com a Fundação Banco do Brasil.

Na próxima terça-feira (16), o serviço contará com uma nova atividade beneficente. Na oportunidade serão entregues nove cartões às mulheres para a realização de compras de alimentos no valor de R$ 50,00 a serem utilizados em uma rede de supermercado específica da capital.

De acordo com a coordenadora do Centro de Referência, Roberta Mara, a ação social acontece num momento muito importante, prestando assistência necessária às mulheres em situação de vulnerabilidade.  “É uma assistência a mais que a gente possibilitou. Além da situação de violência doméstica, muitas estão em situação de vulnerabilidade, então esse benefício vai ajudar bastante”, destacou a coordenadora.

Para M.L*(abreviação do nome por sigilo e segurança), que está sendo acompanhada pelo serviço há dois anos, o benefício veio em um momento ideal, por conta da situação financeira que enfrenta atualmente.

“Sou diarista e estou desempregada, tenho dois filhos para cuidar, eu realmente estava precisando muito dessa cesta básica e demais utensílios. Graças a Deus ainda existem pessoas que ajudam os necessitados, sou muito grata ao CREG, por tudo que já fizeram por mim”, afirma M.L*.

O Centro de Referência Esperança Garcia (CREG) atende mulheres em situação de violência na cidade de Teresina, oferecendo assistência social, psicológica e jurídica. Durante o período de isolamento por conta da pandemia, a unidade está realizando atendimentos por ligações ou via whatsapp através do número: (86) 99416-9451, agora em dois turnos, manhã e tarde e também aos finais de semana.

Procon THE e MPPI/Procon Estadual realizam fiscalização em agências bancárias e lotéricas

Ascom/Semdec

O Procon Teresina iniciou, na manhã desta sexta-feira (8), a fiscalização de agências bancárias e lotéricas em várias zonas da capital. A ação em conjunto com o MPPI/Procon Estadual vai avaliar diversos fatores, entre eles: atendimento ao público, distanciamento mínimo, fluxo de pessoas, uso de máscaras e álcool em gel e avisos de orientação.

A fiscalização, que acontece durante todo o dia de hoje e finaliza na segunda-feira (11), é fruto de uma notificação recomendatória conjunta do Procon Estadual e a 31ª e 32ª Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor. A notificação tem a finalidade de garantir e adotar medidas preventivas à propagação da COVID-19. De acordo com a Coordenadora Geral do Procon Teresina, Nara Cronemberger, a ação de fiscalização quer identificar, se agências bancárias, lotéricas entre outros, estão obedecendo regras já preestabelecidas para a segurança do usuário do serviço.

“Nós temos observado em várias reportagens na televisão, que a procura, principalmente por agências da Caixa, tem levado um bom número de pessoas a se aglomerarem. Tendo em vista que estamos vivendo uma pandemia, o compromisso dessa fiscalização é identificar irregularidades e autuar, caso seja necessário. Nesse primeiro dia, nós pudemos constatar algumas pequenas irregularidades, inclusive aplicamos uma advertência em uma agência bancária. Em outra situação, a aglomeração de pessoas foi a principal questão verificada na visita, mas percebemos que a gerência do local estava com o auxílio da Guarda Municipal para organizar o ambiente”, explica.

O Chefe de Fiscalização do Procon Estadual, José Arimateia Area Leão, destaca que os bancos terão 48h para se adequarem às recomendações de higiene e controle de pessoas em seus estabelecimentos. “Nesta ação vamos procurar verificar principalmente a questão do distanciamento, se os bancos estão cumprindo a questão da higienização, disponibilizando álcool gel para cliente, atendendo adequadamente quem é prioridade e especiais. Tudo isso em três zonas da capital: zona leste, sul e centro. Queremos constatar se há irregularidades. Se constatado, faz-se uma advertência e damos um prazo de 48h para os bancos cumprirem a obrigação”.

Os agentes dos Procons Teresina e Estadual visitaram as Agências do Banco do Brasil do bairro Marquês e zona Leste; da Caixa Econômica Federal da Avenida Areolino de Abreu, Centro e zona Leste; dos Banco Itaú e Bradesco, ambas localizadas na Av. João XXIII.

Prefeitura realizou 1.405 sanitizações em três semanas de ação

A Prefeitura de Teresina inicia nesta segunda-feira (20) a quarta semana de ações de sanitização em áreas externas de espaços públicos, evitando que se tornem foco de disseminação do novo coronavírus. Ao todo, 1.405 ações de higienização foram executadas nas três primeiras semanas, durante a atuação de agentes que percorrem a cidade com bombas costais, caminhões pipas e carros fumaceiros pulverizando soluções de água com hipoclorito de sódio em locais estratégicos da cidade.

Do total de 1.405 ações, 699 foram realizadas nas duas primeiras semanas e 703 na terceira. Dessa forma, 472 ações foram realizadas em Unidades de Saúde, 155 em lotéricas e bancos, 140 em grandes supermercados, 61 em terminais de ônibus, 313 em avenidas e praças e 37 em mercados municipais. Além desses pontos, cemitérios, delegacias, algumas instituições públicas, aeroporto, rodoviária, calçadões do centro, Polo de Saúde, shoppings e outros espaços públicos que seguem em funcionamento durante a quarentena receberam a visita dos agentes da Prefeitura.

De acordo com o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres, as ações são realizadas pela própria Prefeitura em uma parceria da Semduh com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), de segunda a sábado, nos turnos manhã e tarde.

“Temos pontos pré-estabelecidos para serem percorridos três vezes por semana e, de acordo com as necessidades e comportamento da população, outros pontos vão sendo acrescentados em nossa programação. Como foi o caso das lotéricas e agências bancárias, que continuam sendo foco de aglomeração de pessoas, e imediatamente foram incluídas em nossas atividades. Estamos atuando para evitar a contaminação pela COVID-19, mas seguimos pedindo para a população o mais importante: permaneçam em casa e respeitem as orientações de distanciamento social”, conclui o gestor.

Ação da Prefeitura corrige problema na Avenida Maranhão

Após o desgaste de parte da proteção da pista da Avenida Maranhão, próximo a rotatória que faz ligação com a Avenida Joaquim Ribeiro, zona Centro/Sul da cidade, a Prefeitura de Teresina, através da SDU Sul, agiu de forma rápida para contornar o problema.

Segundo explica Paulo Roberto, superintendente executivo da SDU, a primeira medida foi colocar pedras de grande porte no local para reforçar o talude da avenida, que é a parede de proteção.

“Com isso não haverá mais o desgaste da pista. E assim que passar o período de chuvas e as águas do rio baixarem vamos construir uma parede de proteção. Mas até lá todos podem ficar tranquilos, porque não existe risco de rompimento. De qualquer forma, estaremos sempre monitorando o local”, garantiu.

Na tarde desta quarta-feira (11) já foi colocada a primeira carrada de pedras e hoje (12) serão colocadas mais pedras, até que atinja a quantidade suficiente para completar o reforço necessário.

Nesta operação, a Superintendência está utilizando pá carregadeiras, caçambas e outras máquinas. Agentes da Strans estão no local para acompanhar e dar o auxílio necessário com relação ao trânsito.

 

Beneficiários tiram dúvidas sobre obras e aspectos do Lagoas do Norte

A dona de casa Euzilene Alves mora nas proximidades da Lagoa dos Oleiros, em terreno aterrado, e tinha dúvidas sobre o que o Programa Lagoas do Norte tinha projetado para essa região. Ela atendeu ao convite do programa e foi até o evento Mobiliza Lagoas, ocorrido durante todo o dia desta quarta-feira (19), no Parque Lagoas do Norte. Ela queria saber se o seu imóvel seria beneficiado.

“Foi muito bom esse evento. Deu para explicar bem para nós entendermos. A minha família vai ser beneficiada porque a minha casa está abaixo [do nível de alagamento] e vai ser bom para nós. Eu tinha dúvida se ia ser beneficiada ou não, mas agora a gente já sabe. Tiramos nossas dúvidas e agora vamos esperar o atendimento”, revelou Euzilene, após passar por todos os estandes do Mobiliza Lagoas.

Em cada um dos estantes, mais de 500 pessoas puderam receber informações sobre todos os aspectos que envolvem o Lagoas do Norte nesta segunda fase, desde as normativas de atendimento à população até o projeto das obras e todas as explicações sobre a necessidade de se fazer intervenções nas regiões das lagoas da zona norte. O Mobiliza Lagoas também ouviu a opinião das famílias e realizou atendimentos individuais para quem ainda tinha dúvidas.

“Essas comunidades foram convidadas a conhecerem o que o Lagoas do Norte projetou e pretende executar nas regiões em que elas moram. Elas puderam compreender também que o programa tem como maior objetivo a necessidade de minimizar os alagamentos provocados pelas cheias dessas lagoas e dos rios no período chuvoso e garantir que elas tenham melhor qualidade de vida. As ações desenvolvidas hoje vão garantir segurança para grande parte da zona norte. Pense como era a região há 15 anos atrás em relação aos alagamentos e como está após as intervenções da primeira fase do programa. É isso que motiva a equipe a desenvolver esses projetos e ações”, destaca Márcia Muniz, diretora geral do Lagoas do Norte.

Durante o Mobiliza Lagoas, as famílias foram informadas sobre os critérios e opções de compensação que o programa oferece e as famílias podem escolher entre: indenização paga em dinheiro no valor de avaliação do imóvel; reassentamento monitorado, em que a família encontra um imóvel custando até R$77 mil e a Prefeitura efetua a compra; ou uma unidade habitacional no residencial Parque Brasil, que está com obras finalizando.