FMS promove ações educativas sobre hanseníase em alusão ao Janeiro Roxo

Em alusão a Campanha Mundial de luta contra à Hanseníase – Janeiro Roxo, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) promoveu nesta sexta-feira (29), uma manhã educativa na Pastoral do Povo de Rua. A atividade faz parte de uma série de ações promovidas pelos profissionais de saúde da FMS, junto a diversos grupos e dentro dos protocolos de prevenção da Covid-19.

A atividade foi realizada pelo Núcleo de Doenças Negligenciadas da FMS, em parceria com o Consultório na Rua. “A campanha Janeiro Roxo 2021 está relacionada ao enfrentamento do estigma e preconceito relacionados à Hanseníase e tem como tema: Conhecer para não discriminar. Entre as práticas não discriminatórias estão estratégias de informação, educação e comunicação, e intervenções em ambientes para além das Unidades de Saúde como igrejas, escolas, comunidades terapêuticas, espaços públicos orientando a população sobre a doença”, relata a enfermeira da FMS Svetlana Coelho.

“Diante da pandemia da Covid-19 estamos impossibilitados de realizar Mutirões, e tendo em vista o tema a ser trabalhado promovemos um momento educativo com os internos da Pastoral do Povo de Rua, esclarecendo sobre os principais sinais e sintomas relacionados à hanseníase, tratamento, forma de transmissão e ressaltando a cura, como também fizemos uma atividade de busca ativa entre eles”, conta. Ela informa que a mesma atividade foi realizada na comunidade terapêutica Casa do Oleiro na última quarta-feira (27).

As atividades do Janeiro Roxo se encerram no próximo domingo (31), Dia Mundial de Luta Contra a Hanseníase, quando as equipes estarão promovendo ações educativas junto às igrejas.

“Até esta data, a Ponte Estaiada estará iluminada de roxo, uma forma de ressaltar que a Hanseníase ainda é um grave problema de Saúde Pública no Brasil, primeiro país das Américas e segundo no mundo, ficando atrás apenas da Índia e que nosso estado configura entre os dez primeiros da federação com maior taxa de detecção de casos, ocupa atualmente a 7ª colocação”, comenta Svetlana Coelho.

Conhecida como a doença mais antiga da humanidade, com registros de 5 a 6 a.C, a Hanseníase ou Lepra, como era chamada no passado, é uma doença infecciosa, transmissível e de caráter crônico, que ainda persiste como problema de saúde pública no Brasil. Seu agente etiológico é o Mycobacterium leprae, uma bactéria que afeta principalmente os nervos periféricos, olhos e pele.

O principais sinais e sintomas da doença incluem: manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas principalmente na face, braços e pernas, com diminuição da sensação ao calor e ao frio, à dor e/ou tato; caroços e inchaços no corpo, em alguns casos avermelhados e doloridos; dor e sensação de choque, fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços, das pernas e dos pés, inchaço de mãos e pés; área de pele com diminuição ou queda de pelos inclusive nas sobrancelhas.

O tratamento é gratuito e está disponível pelo SUS. Os pacientes podem se tratar em casa, com supervisão a cada 28 dias na Unidades Básicas de Saúde e que o diagnóstico tardio pode trazer deformidades e incapacidades físicas. Durante todo o ano as UBS do município dispõem de profissionais da Estratégia de Saúde da Família habilitados para o diagnóstico e tratamento adequado dos casos de hanseníase.

Projeto “Muda Junto Natal” reúne voluntários e realiza entrega de cestas básicas

Ascom/Semcaspi

Voluntários da plataforma online “Teresina Transforma” realizaram na tarde desta quarta-feira (23), a entrega de 60 cestas básicas as famílias em situação de vulnerabilidade dos bairros Nova Brasília, Portal da Alegria, Conjunto Manoel Evangelista, Vila Babilônia e Ininga. A ação faz parte do projeto “Muda Junto Natal”.

De acordo com a coordenadora do Teresina Transforma, Débora Ferraz, o projeto diversificou as ações para alcançar os mais vários públicos na cidade e contou com o apoio da iniciativa privada. “Além das famílias voluntárias que organizaram as cestas e as entregas, tivemos a participação das empresas privadas que fizeram a doação de refrigerantes. Nós ficamos felizes com as ações que aconteceram durante essa semana. Conseguimos chegar a 180 crianças e, agora, 60 famílias poderão comemorar o Natal com tranquilidade”, disse a coordenadora.

A servidora pública Franciana Beleense, uma das organizadoras da ação, disse que a arrecadação dos alimentos foi feita entre amigos e as famílias Beleense e Lopes. Para ela, a parceria com o Teresina Transforma possibilitou a diversificação dos mantimentos das cestas básicas.

“Fizemos um levantamento das famílias mais vulneráveis em todas as regiões de Teresina. Buscamos atender as crianças que participam de escolinhas de futebol nas áreas mais carentes e outras famílias que foram apontadas pelas lideranças que apoiaram a ação. Nós ficamos com a consciência tranquila, porque nesse período natalino as famílias terão uma ceia e poderão comemorar, dentro de suas casas, essa data tão especial”, explica.

Esta é a quarta ação “Muda Junto” deste ano, que já realizou mobilizações voltadas às doações de sangue, campanha do Outubro Rosa e entrega de brinquedos. A plataforma Teresina Transforma é um projeto criado pela Associação Incubadora Porto Social, que tem sua base em Recife. Na capital piauiense é operacionalizada pela Prefeitura de Teresina através da Semcaspi, desde dezembro de 2019.

Para saber como ser um voluntário, como cadastrar seu projeto social ou conhecer mais sobre a articulação, a população pode entrar em contato por meio do número (86) 3221-2266, acessar o Instagram @Teresina.Transforma ou a plataforma do programa no endereço https://teresinatransforma.pmt.pi.gov.br

Teresina Transforma realiza “Muda Junto Natal”


A plataforma de voluntariado online “Teresina Transforma” realizou, nesta terça-feira (22), a ação “Muda Junto Natal”. O evento aconteceu no Instituto Ana, que promove ações para crianças em situação de vulnerabilidade na região do Portal do Alegria, na zona Sul de Teresina.

O evento foi marcado com a entrega de brinquedos, lanches, teatro de fantoches e outros momentos de lazer. Todo o material foi adquirido por doação dos servidores da Prefeitura de Teresina e através de parceria com a iniciativa privada.

“O Instituto Ana foi escolhido depois de um mapeamento que fizemos na plataforma do Teresina Transforma para saber qual projeto teria atividades durante esse período natalino. Além dessa ação, nós vamos fazer também com o projeto Dois Sorrisos, do Parque Vitória, em que 150 crianças serão alcançadas pelo Muda Junto Natal”, explicou a coordenadora do Teresina Transforma, Débora Ferraz.

A coordenadora do Instituto Ana, Fátima Zumbi, agradeceu a escolha e destacou que a parceria foi muito importante, já que a ação levou alegria para as crianças da região. “A palavra que resume esse evento é gratidão. Tivemos a oportunidade de fazer uma manhã cheia de alegria para as crianças do Portal da Alegria”, pontuou.

Esta é a terceira ação “Muda Junto” deste ano, que já realizou mobilizações voltadas às doações de sangue e a campanha do Outubro Rosa. A plataforma Teresina Transforma é um projeto criado pela Associação Incubadora Porto Social, que tem sua base em Recife. Na capital piauiense é operacionalizada pela Prefeitura de Teresina através da Semcaspi, desde dezembro de 2019.

Para saber como ser um voluntário, como cadastrar seu projeto social ou conhecer mais sobre a articulação, a população pode entrar em contato por meio do número (86) 3221-2266, acessar o Instagram @Teresina.Transforma ou a plataforma do programa no endereço https://teresinatransforma.pmt.pi.gov.br.

Escola realiza ação de gratidão pelo trabalho dos professores nas aulas não presenciais

Com a suspensão das aulas presenciais e uma nova rotina de atividades à distância, a diretora do Centro Municipal de Educação Infantil Chico Xavier buscou uma forma de homenagear a comunidade escolar, agradecendo a dedicação de todos em um período difícil.

Cristiane Vieira montou kits com álcool 70% e máscaras de proteção personalizadas para a equipe de funcionários do CMEI. Pessoalmente, a gestora foi em cada residência entregar o mimo, que leva uma mensagem de cuidado, carinho e gratidão.

As crianças também foram agraciadas pelo esforço com o envio das atividades diárias e participação nas aulas online. Foram 368 sacolinhas montadas pela diretora com doces e salgadinhos, mas principalmente com uma mensagem de esperança.

“Estamos distantes fisicamente, com saudade, mas o sentimento de proximidade permanece. Essa foi a forma que encontrei de agradecer por continuarem tentando, participando das aulas. É muito importante manter uma rotina de estudos em casa. A mensagem é para lembrar que estamos aqui e que em breve tudo isso vai passar”, disse Cristiane.

 

Hemopi volta à Ponte Estaiada em nova campanha de doação de sangue nesta quarta (29)

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) voltará para a Ponte Estaiada a partir desta quarta-feira (29). Pela terceira vez a Unidade Móvel ficará instalada no local por dois dias com o objetivo de reabastecer o estoque de sangue em Teresina. A ação que acontece nos dias 29 e 30, de 8h às 16h30, tem apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

De acordo com o Hemopi nas duas primeiras ações foram coletadas mais de 300 bolsas de sangue. Eles avaliam que a iniciativa teve uma boa receptividade por parte dos doadores, e o órgão estuda a possibilidade de expandir esse modelo de coleta para outras regiões de Teresina.

“Tivemos uma boa resposta do público que atendeu ao nosso chamado nas ações realizadas na Estaiada. Estamos agora analisando outros locais que tem condições parecidas com as da ponte e atendem as normas de segurança exigidas para poder levar a Unidade Móvel a outras regiões de Teresina”, explica do diretor do Hemopi Jurandir Martins Filho.

O secretário da Semdec, Raul Ferraz, destaca a visibilidade da Ponte Estaiada em ações como esta. “A nossa ponte é um importante símbolo para a cidade, talvez por isso seja tão positivo para campanhas como esta. A gente vê que as pessoas realmente estão indo ao local doar, isso é muito importante, já que até semanas atrás nossa cidade estava quase sem estoque”, disse.

Doações agendadas
O Hemopi disponibiliza ao doador, a possibilidade de agendar sua doação. Basta o interessado entrar em contato pelos telefones: Teresina (86) 9 88946614, Parnaíba (86) 9 8894 7159, Picos (89) 9 8801 1717 e Floriano (89) 9 8801 1984.

Mulheres acompanhadas pelo Centro de Referência são beneficiadas com cestas básicas

Cerca de 40 mulheres acompanhadas pelo Centro de Referência Esperança Garcia (CREG), unidade vinculada à Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), foram beneficiadas com cesta básicas, kits de higiene e de limpeza. A atividade solidária conjunta aconteceu entre a Ação Social Arquidiocesana (ASA) em parceria com a Fundação Banco do Brasil.

Na próxima terça-feira (16), o serviço contará com uma nova atividade beneficente. Na oportunidade serão entregues nove cartões às mulheres para a realização de compras de alimentos no valor de R$ 50,00 a serem utilizados em uma rede de supermercado específica da capital.

De acordo com a coordenadora do Centro de Referência, Roberta Mara, a ação social acontece num momento muito importante, prestando assistência necessária às mulheres em situação de vulnerabilidade.  “É uma assistência a mais que a gente possibilitou. Além da situação de violência doméstica, muitas estão em situação de vulnerabilidade, então esse benefício vai ajudar bastante”, destacou a coordenadora.

Para M.L*(abreviação do nome por sigilo e segurança), que está sendo acompanhada pelo serviço há dois anos, o benefício veio em um momento ideal, por conta da situação financeira que enfrenta atualmente.

“Sou diarista e estou desempregada, tenho dois filhos para cuidar, eu realmente estava precisando muito dessa cesta básica e demais utensílios. Graças a Deus ainda existem pessoas que ajudam os necessitados, sou muito grata ao CREG, por tudo que já fizeram por mim”, afirma M.L*.

O Centro de Referência Esperança Garcia (CREG) atende mulheres em situação de violência na cidade de Teresina, oferecendo assistência social, psicológica e jurídica. Durante o período de isolamento por conta da pandemia, a unidade está realizando atendimentos por ligações ou via whatsapp através do número: (86) 99416-9451, agora em dois turnos, manhã e tarde e também aos finais de semana.

Procon THE e MPPI/Procon Estadual realizam fiscalização em agências bancárias e lotéricas

Ascom/Semdec

O Procon Teresina iniciou, na manhã desta sexta-feira (8), a fiscalização de agências bancárias e lotéricas em várias zonas da capital. A ação em conjunto com o MPPI/Procon Estadual vai avaliar diversos fatores, entre eles: atendimento ao público, distanciamento mínimo, fluxo de pessoas, uso de máscaras e álcool em gel e avisos de orientação.

A fiscalização, que acontece durante todo o dia de hoje e finaliza na segunda-feira (11), é fruto de uma notificação recomendatória conjunta do Procon Estadual e a 31ª e 32ª Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor. A notificação tem a finalidade de garantir e adotar medidas preventivas à propagação da COVID-19. De acordo com a Coordenadora Geral do Procon Teresina, Nara Cronemberger, a ação de fiscalização quer identificar, se agências bancárias, lotéricas entre outros, estão obedecendo regras já preestabelecidas para a segurança do usuário do serviço.

“Nós temos observado em várias reportagens na televisão, que a procura, principalmente por agências da Caixa, tem levado um bom número de pessoas a se aglomerarem. Tendo em vista que estamos vivendo uma pandemia, o compromisso dessa fiscalização é identificar irregularidades e autuar, caso seja necessário. Nesse primeiro dia, nós pudemos constatar algumas pequenas irregularidades, inclusive aplicamos uma advertência em uma agência bancária. Em outra situação, a aglomeração de pessoas foi a principal questão verificada na visita, mas percebemos que a gerência do local estava com o auxílio da Guarda Municipal para organizar o ambiente”, explica.

O Chefe de Fiscalização do Procon Estadual, José Arimateia Area Leão, destaca que os bancos terão 48h para se adequarem às recomendações de higiene e controle de pessoas em seus estabelecimentos. “Nesta ação vamos procurar verificar principalmente a questão do distanciamento, se os bancos estão cumprindo a questão da higienização, disponibilizando álcool gel para cliente, atendendo adequadamente quem é prioridade e especiais. Tudo isso em três zonas da capital: zona leste, sul e centro. Queremos constatar se há irregularidades. Se constatado, faz-se uma advertência e damos um prazo de 48h para os bancos cumprirem a obrigação”.

Os agentes dos Procons Teresina e Estadual visitaram as Agências do Banco do Brasil do bairro Marquês e zona Leste; da Caixa Econômica Federal da Avenida Areolino de Abreu, Centro e zona Leste; dos Banco Itaú e Bradesco, ambas localizadas na Av. João XXIII.

Prefeitura realizou 1.405 sanitizações em três semanas de ação

A Prefeitura de Teresina inicia nesta segunda-feira (20) a quarta semana de ações de sanitização em áreas externas de espaços públicos, evitando que se tornem foco de disseminação do novo coronavírus. Ao todo, 1.405 ações de higienização foram executadas nas três primeiras semanas, durante a atuação de agentes que percorrem a cidade com bombas costais, caminhões pipas e carros fumaceiros pulverizando soluções de água com hipoclorito de sódio em locais estratégicos da cidade.

Do total de 1.405 ações, 699 foram realizadas nas duas primeiras semanas e 703 na terceira. Dessa forma, 472 ações foram realizadas em Unidades de Saúde, 155 em lotéricas e bancos, 140 em grandes supermercados, 61 em terminais de ônibus, 313 em avenidas e praças e 37 em mercados municipais. Além desses pontos, cemitérios, delegacias, algumas instituições públicas, aeroporto, rodoviária, calçadões do centro, Polo de Saúde, shoppings e outros espaços públicos que seguem em funcionamento durante a quarentena receberam a visita dos agentes da Prefeitura.

De acordo com o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres, as ações são realizadas pela própria Prefeitura em uma parceria da Semduh com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), de segunda a sábado, nos turnos manhã e tarde.

“Temos pontos pré-estabelecidos para serem percorridos três vezes por semana e, de acordo com as necessidades e comportamento da população, outros pontos vão sendo acrescentados em nossa programação. Como foi o caso das lotéricas e agências bancárias, que continuam sendo foco de aglomeração de pessoas, e imediatamente foram incluídas em nossas atividades. Estamos atuando para evitar a contaminação pela COVID-19, mas seguimos pedindo para a população o mais importante: permaneçam em casa e respeitem as orientações de distanciamento social”, conclui o gestor.