SEMJUV e Águas de Teresina faz entrega de uniformes para crianças do Badminton

Cerca de 40 crianças participaram na manhã de hoje (07) da final do campeonato de Badminton do projeto Desenvolver Pessoas Através do Esporte, que aconteceu no Centro de Artes e Esporte Unificado (CEU- Norte).

O Projeto é uma parceria da Prefeitura Municipal de Teresina com a águas de Teresina e o Instituto Jovem Promessa e tem como objetivo dar oportunidade aos jovens em situação de vulnerabilidade social, a partir da prática esportiva, ajudando a criar uma perspectiva de futuro melhor para as crianças.

“Com esse projeto, através do esporte podemos trabalhar essas crianças de forma que elas se desenvolvam, não só para competições no esporte, mas também para diversas situações da vida pessoal, pois com a ação diminuímos a ociosidade e passamos valores que o esporte nos proporciona, como amizade e fraternidade, enfatizou o Coordenador de projetos do Instituto, Leonardo Costa.

Durante o evento, os alunos presentes receberam uniformes para participação das aulas do projeto que acontecem nos turnos manhã e tarde, nas terças e sextas – feira.

Prefeitura firma parceria com Águas de Teresina para agilizar desobstrução de bueiros e evitar alagamentos

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) e das Superintendências de Ações Administrativas Descentralizadas (SAADs), firmou parceria com a empresa Águas de Teresina para agilizar a desobstrução de bueiros e bocas de lobo em todas as zonas da cidade.

“O primeiro local para onde enviamos um caminhão da Águas de Teresina foi a Avenida Amadeus Paulo, na zona norte. Porém, a condição encontrada inviabilizou o serviço de desobstrução com mangueiras. Será preciso atuar com uma retroescavadeira nesse ponto, mas em vários locais da zona leste o serviço está sendo realizado como esperávamos”, destaca o Coordenador de Limpeza Pública da SEMDUH, Fabrício Amaral.

Somente na zona leste, a parceria da Prefeitura com a Águas de Teresina desobstruiu ontem (9) os bueiros e bocas de lobo de três cruzamentos: Rua Vênus com Rua Bela; Rua Bela com Rua Saturno e Rua Ilons Clube com Rua Bela. Ao todo, foram listados 21 pontos na zona leste, que compreendem cinco bairros:

Bairro Satélite:

– R. Edgar Gaioso com R. Plutão;

– R. Santa Quitéria com R. Saturno;

– R. Vênus com R. Bela

– R. Saturno com R. Bela;

– R. Lions Clube com R. Bela;

– R. Mercúrio com R. Netuno;

– R. Santa Teresina com R. Netuno;

– R. Netuno com R. Espacial;

– R. Santa Quitéria com R. Roraty Club;

Bairro Cidade Jardim:

– Av. Josué de Moura Santos com R. São Esperança, Vila São José;

Bairro Horto:

– Av. Dom Severino com Av. Homero Castelo Branco;

– Av. Homero Castelo Branco com Rua Visconde da Parnaíba;

– Rua Visconde da Parnaíba com Rua Belchior Pinheiro, canto da praça das tabocas;

– Av. Cel Costa Araújo e saída na Av. Lindolfo Monteiro próximo à Rua. Prof. Madeira;

Bairro São João:

– Rua Noronha Almeida próximo à Av. Expedicionário;

– R. Dr. Vladimir do Rego Monteiro próximo Av. Cajuína;

– R. Nair Ramanho com R. 01, Vila Mandacarú;

– R. Haroldo de Carvalho Couto com Rua 01, Vila Mandacarú;

– R. Haroldo de Carvalho Couto com Rua Eliete Coelho Miranda, Vila Mandacarú;

Bairro de Fátima:

– Rua Marcos Parente com saída na Rua Agostinho Alves, próximo à Rua Antônio Castro Franco;

– Av. Nossa Senhora de Fátima com Av. Joquei Club

Na zona sul, já foi feito o desentupimento do bueiro no cruzamento da Avenida Miguel Rosa com a Gil Martins. Na zona sudeste, pontos como a Vila Mariana Fortes, no Dirceu I, Avenida São Francisco e a Joaquim Nelson também serão contemplados nos próximos dias.

“Estamos fazendo tudo que está ao nosso alcance para amenizar os alagamentos em toda a cidade. Um dos principais motivos para esses alagamentos é o lixo descartado nas ruas, praças e calçadas. Quando chove, todo esse material é arrastado para bueiros e bocas de lobo. Esse trabalho de desobstrução agora ganha o reforço da empresa Águas de Teresina, mas precisamos que a população colabore. Em alguns pontos, a situação é muito crítica. No córrego do Santa Helena, bairro Nova Brasília, encontramos até um sofá boiando. Se este sofá tivesse sido descartado corretamente, ou seja, dentro de um container de PRR [Ponto de Recolhimento de Resíduos] não estaria sendo arrastado pelas águas”, pontua o Secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira.

Foto: Divulgação (SEMDUH)

Prefeitura reforça monitoramento no bairro Recanto dos Pássaros e notifica empresa

As equipes da Superintendência de Ações Descentralizadas Sudeste (SAAD Sudeste) seguem de plantão, neste sábado (5), monitorando os bairros da região, após as fortes chuvas registradas em Teresina, na noite de sexta-feira, 4.

“Esclarecemos que, seguindo orientação do prefeito Dr. Pessoa, estamos com equipes de plantão em conjunto com a CTA, Defesa Civil Municipal, engenheiros, assistentes sociais, entre outros profissionais do município para fazermos o acompanhamento das comunidades da zona Sudeste. Esse monitoramento contínuo
nos ajuda a tomar providências e encaminhamentos para o Comitê de Crise da prefeitura”, explicou o superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito.

Sobre a situação do bairro Recanto dos Pássaros, o gestor afirmou que o problema agravou devido uma interferência da empresa Águas de Teresina, após retirar o calçamento em paralelepípedo e não repor no tempo devido. Com isso, a água adentrou algumas residências da região.

“Já notificamos a Águas de Teresina para que ela tome as providências imediatas para que o problema seja resolvido”, pontuou.

População em situação de rua terá acesso à cinema na Praça Pedro II nesta quinta (11)

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), parceira do Programa de Voluntariado Empresarial da Águas de Teresina, participará nesta quinta-feira, (11), na Praça Pedro II, o projeto “Cinema na Praça”, para a população em situação de rua da capital.

O Projeto “Cinema na Praça”, idealizado pela Águas de Teresina, visa levar para comunidades de Teresina ações de voluntariado, atendimento e projetos sociais. Além da Semcaspi, a ação conta com a parceria da Faculdade Santo Agostinho.

Para Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, esta iniciativa da empresa Águas de Teresina é saudável, por estar oferecendo momentos de descontração, lazer e alegria para estas pessoas que sofrem, por estar em situação de rua.

“Tudo aquilo que vem para somar, para contribuir e para o bem estar da população, em especial, a população vulnerável, a Prefeitura e a Semcaspi estão de braços abertos para acolher. Vamos participar deste projeto com muito entusiasmo e satisfação. O que depender de nós, estaremos de braços abertos para abraçar desta e outras iniciativas como estas”, ressaltou

Bárbara Melo, gerente de Responsabilidade Social da Águas de Teresina, explica que o projeto surgiu do discurso de alguns colaboradores preocupados com pessoas em situação de rua e a ideia é promover a inclusão deste público.

“Oportunizar experiências como essa de assistir um filme numa tela igual a de cinema é algo que, certamente, gera um impacto positivo na autoestima. Além disso, sabemos que a pandemia não acabou e que os casos de contaminação estão aumentando, então, tomamos a iniciativa de olhar atenciosamente para esse público e exercer nosso papel de agente da dignidade”, destacou.

ORIENTAÇÃO E ENCAMINHAMENTO

Durante o evento, o Centro Pop da Semcaspi realizará o trabalho de orientação e encaminhamento da população de rua para os serviços das unidades de assistência social, como o Centro de Valorização para a População em Situação de Rua.

“O Centro Pop da Semcaspi entra com a mobilização do público. Esta ação vai servir para aproximar o público do Centro Pop, que fará o reconhecimento destes usuários. Estaremos com serviço de abordagem, fortalecendo esta ação, que é de suma importância. Uma vez que cultura também é um direito de qualquer pessoa e ter acesso nos ajuda a nos reconhecer e nos entender dentro de uma sociedade”, pontuou Lidiane Oliveira, gerente do Centro Pop.

Semcaspi firma parceria com Águas de Teresina para seleção em vagas PCDs

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio do Programa Abrace Nós, firmou parceria, na manhã desta sexta-feira (05), com a Distribuidora Águas de Teresina para seleção de vagas para Pessoas com Deficiência (PCDs).

Foram disponibilizadas, inicialmente, um total de 10 vagas PCDs para seleção de emprego na Águas de Teresina. Dentre as exigências é que os candidatos à vagas tenham o Ensino Médio completo.

Fotos: Ascom Semcaspi

Segundo Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, a parceria fortalece o Programa Abrace Nós, que foi lançado em maio deste ano e tem encaminhado pessoas com deficiências para seleção de trabalho e para cursos de capacitação.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado desta parceria! O que vai fomentar mais oportunidades a pessoas assistidas pelo Programa Abrace Nós. Saímos da reunião já com encaminhamentos para seleção de vagas na Águas de Teresina. Quero agradecer por esta parceria e por este empenho de estar ofertando vagas para o público com deficiência”, pontuou.

Para Adriana Pacheco, coordenadora do RH da Águas de Teresina e Águas de Timon, a distribuidora tem se preocupado em inserir pessoas com deficiência nos postos disponíveis, nas diversas áreas.

“Hoje, temos oportunidades que flutuam desde o nível operacional a gerencial e administrativo. Esta parceria vai nos viabilizar um número maior de pessoas, que podem estar sim aptas as nossas oportunidades. A ideia é que a gente troque informações e perfis. A partir daí, abriremos para o processo seletivo, fazendo com que os candidatos possam fazer parte do nosso time”, ressaltou.

Mais parcerias

Durante a reunião, foi reforçada também outras parcerias da Semcaspi com a Águas de Teresina, como a Tarifa Social e a participação da distribuidora no Programa “Teresina Cuida de Você”.

“A gente está fazendo uma parceria para promover a divulgação do Tarifa Social, que é um dos 15 programas que temos aqui, na Águas de Teresina e é uma ferramenta que temos para reduzir a desigualdade social na capital. Além disso, firmamos nossa parceria com o “Teresina Cuida de Você”, que iremos contribuir com os nossos serviços, inclusive, o Tarifa Social e outras doações para a iniciativa”, pontuou Jacy Prado, presidente da Águas de Teresina.

SAAD Norte e Águas de Teresina firmam parceria para realização de ações em Teresina

A superintendente da Ana Paula Santana, da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Norte (SAAD Norte), se reuniu com representantes da empresa Águas de Teresina, que administra os serviços de abastecimento e esgoto na capital, para firmar uma parceria visando melhorar os serviços prestados pela empresa nos bairros da zona Norte.

SAAD Norte e Águas de Teresina se reúnem para parceria (Foto: Saad Norte)

De acordo com ela, a intenção é de desburocratizar e dar agilidade aos serviços executados pela SAAD, especialmente nos bairros mais periféricos e afastados do centro. Grande parte das ações necessitam de intervenção ou participação da empresa.

“Temos problemas de vazamentos, canos que quebram, buracos que ficam após obras, e precisamos sanar essas demandas para que possamos dar andamento nas ações da SAAD Norte. São problemas que as comunidades procuram a SAAD para resolver e tenho certeza que alinhando com a Águas de Teresina iremos solucionar de imediato”, destacou Ana Paula Santana.

Além da superintendente, as engenheiras Araci Parente, Patrícia Santos e Luana Barradas, superintendente executiva da SAAD Norte, estiveram presentes na reunião.

“Foi uma reunião mais para firmar essa parceria entre os dois órgãos para agilizarmos os processos de atendimento das demandas, principalmente os que a SAAD Norte encaminha para a Águas de Teresina, principalmente no que diz respeito aos vazamentos e serviços que são executados nas vias públicas da zona Norte. Contudo, o carro chefe são os vazamentos”, ressaltou Luana Barradas.

 

 

Prefeitura de Teresina avança com discussões sobre concessão de Resíduos Sólidos no município

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Planejamento, por meio da Coordenação de Concessões e Parcerias, se reuniu nesta quarta-feira (4), com a equipe do Ministério da Economia, Caixa, Águas de Teresina, Arsete e SEMDUH, para tratar da parte contratual do projeto e aspectos jurídicos de concessão dos serviços de Resíduos Sólidos no município.

O objetivo do projeto é adequar o setor na cidade às determinações da Política Nacional de Resíduos Sólidos e dar um melhor tratamento ao lixo domiciliar urbano e rural coletado na capital. A proposta da parceria abrange todo o processo de coleta, transbordo, transporte, tratamento e manejo dos resíduos sólidos, além de incentivos para que se realizem campanhas educativas sobre reciclagem e consumo consciente.

Representando o secretário de Planejamento, João Henrique Sousa, a Secretária Executiva Kárita Allen, conduziu a reunião ao lado do Secretário de Governo, André Lopes, representando o prefeito Dr. Pessoa e o vice-prefeito Robert Rios. “É uma discussão muito relevante, pois é um serviço que será destinado à população. Então, é necessário reunirmos essas instituições que integram o trabalho para alinharmos os pormenores e reduzir os pontos de impacto negativo e termos um serviço em plena execução quando for implantado”, explicou Kárita Allen.

Para a equipe da Secretaria Especial do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), do Ministério da Economia, essa é uma modelagem piloto para a aplicação em demais municípios. “Essas discussões e a explanação ponto a ponto de cada elemento contratual é importante para que possamos ter um escopo contratual objetivo e que contemple todos os pormenores e seus impactos e soluções. Vamos trabalhar em conjunto com a Concessionária Águas de Teresina para elaborar uma matriz de risco e uma modelagem específica de pontos, como: diretrizes para regulação, faturamento, inadimplência, comunicação e outros. É uma discussão longa, mas trivial para termos um serviço de excelência e, assim, replicarmos essa modelagem em outros municípios”, explicou Manoel Renato, Diretor do PPI.

Com a proposta de cobrança da tarifa de lixo junto à fatura de água, a concessionária Águas de Teresina tem participado ativamente das discussões contratuais visando reduzir os impactos aos usuários. “Temos uma preocupação grande nesse projeto, pois é um impacto que chega no consumidor e precisamos ponderar muito bem essas questões. Por isso, saímos daqui do compromisso de analisar e fazer considerações no contrato e, posteriormente, fazermos um trabalho de análise de matriz de riscos e responsabilidades junto à Caixa”, explicou Jacy Prado, diretor presidente da Águas de Teresina, que esteve na reunião acompanhado do diretor executivo, Fernando Lima e da Gerente Jurídica, Mariana Salim.

Nas próximas semanas, as equipes da Caixa e PPI receberão da Águas de Teresina as contribuições para minuta do contrato e análise de matriz de responsabilidades e riscos para uma nova rodada de discussões. Além disso, haverá uma visita na concessionária para que a equipe da Semplan, PPI e Caixa conheçam a operação e o departamento comercial.

Foto: Divulgação (Semplan)

Prefeitura e Águas de Teresina discutem inclusão da tarifa de coleta de resíduos sólidos na conta de água

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan) e Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete), se reuniu nesta sexta-feira (02), com a empresa Águas de Teresina para tratar sobre o projeto de Concessão de Resíduos Sólidos (RSU) e sua forma de cobrança, através da Taxa de Serviço de Coleta, Transporte e Disposição Final de Resíduos Sólidos Domiciliares (TCRD).

De acordo com a estruturação do projeto, a alternativa proposta de tarifação do lixo em função do consumo de água, por exemplo, permite estabelecer uma correlação entre o consumo de água e a geração de lixo pela proporcionalidade. Ou seja, a inclusão da Tarifa de Resíduos Sólidos na conta de água e esgoto.

“A fórmula ideal seria pesar o lixo gerado, a cada coleta, lançando os dados acumulados e cobrar o valor referente à quantidade gerada. Entretanto, essa fórmula é utópica. Por isso, a pedido do Prefeito Dr Pessoa e com uma solução já estudada e aplicada em outras cidades, como Blumenau (SC), tratamos dessa pauta com os diretores da Águas de Teresina, responsáveis pelo serviço de água e esgoto da capital”, explicou João Henrique Sousa, Secretário Municipal de Planejamento.

O objetivo do projeto é adequar o setor na cidade às determinações da Política Nacional de Resíduos Sólidos e dar um melhor tratamento ao lixo domiciliar urbano e rural coletado na capital. A proposta da parceria abrange todo o processo de coleta, transbordo, transporte, tratamento e manejo dos resíduos sólidos, além de incentivos para que se realizem campanhas educativas sobre reciclagem e consumo consciente.

“Essa é uma discussão delicada e que precisa ser tratada com muita cautela e estudo jurídico. Temos examinado essa proposta sugerida pelo projeto da Prefeitura de Teresina e buscado um equilíbrio para que o usuário sofra o menor impacto possível e as empresas, tanto a Águas de Teresina, como a futura empresa responsável pelos Resíduos Sólidos, mantenham um padrão de arrecadação sem prejuízos”, afirmou Jacy Prado, novo diretor presidente da Águas de Teresina, que participou do encontro junto ao diretor executivo, Fernando Lima.

A reunião contou com a participação do Secretário de Planejamento, João Henrique Sousa, presidente da Arsete, Adolfo Nunes; e equipe técnica das duas pastas.

Um novo encontro deve ser organizado nas próximas semanas para uma análise técnica ainda maior da cobrança do serviço de Coleta, Transporte e Disposição Final de Resíduos Sólidos Domiciliares. A reunião deve contar com a participação da equipe técnica do Programa de Parcerias de Investimento (PPI) do Ministério da Economia; Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); Caixa Econômica Federal e Consórcio Vital.

 

Reunião apresenta Plano Diretor para investimentos em esgotamento sanitário

A Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (Arsete) realizou nessa terça-feira, 23, reunião com a equipe técnica e diversos setores da sociedade para apresentar o Plano Diretor para investimentos em esgotamento sanitário, da Águas de Teresina, bem como para ratificar a necessidade de maior celeridade aos processos que hoje representam grande demanda na empresa.

Estiveram presentes na reunião o diretor-presidente interino da Arsete, Dirceu Mendes, o analista de Regulação da agência, Rafael Chaves, além dos membros do Sindicato da Construção Civil (Sinduscon).

A subconcessionária Águas de Teresina foi representada pelo presidente, Cleyson Jacomini e o diretor executivo, Fernando Vieira.

Reunião de apresentação do Plano Diretor de para investimentos em esgotamento sanitário Foto (Ascom/Arsete)

Comunidades de Teresina são beneficiadas com regularização de abastecimento de água

As comunidades das ocupações consolidadas de Teresina, Terra Prometida (zona Sul), Dandara dos Cocais (zona Norte), Vila Padre Humberto (zona Norte), Vila Nova Esperança (zona Sudeste) foram beneficiadas com a regularização do abastecimento de água. O prefeito Firmino Filho participou da entrega do serviço em solenidade virtual realizada na manhã desta terça-feira (28). A Águas de Teresina implantou novas redes para levar água tratada para os moradores destas ocupações.

Nestas quatro ocupações foi realizada a implantação de 24.152 km rede regular de abastecimento de água; instalação de hidrômetros e regularização de ligações, bem como cadastro na Tarifa Social. São 2.116 famílias nessas áreas, sendo 8.040 pessoas.

Para o prefeito Firmino Filho, a regularização da água representa um salto na qualidade de vida da população. “A chegada da água dá um salto qualitativo no processo de crescimento dessas comunidades. Esses são os frutos que o novo arranjo institucional entre Prefeitura de Teresina e Águas de Teresina tem proporcionado, um arranjo maduro, com capacidade técnica de fazer acontecer e os frutos para a população estão aparecendo. Essas comunidades agora têm continuidade de abastecimento de água, investimento importante, especialmente nesse momento de pandemia em que os hábitos de higienização são necessários e urgentes”, afirmou.

Ao todo, a Águas de Teresina implantou 78 km de novas redes para levar água tratada onde o fornecimento ocorria através de gambiarras. Na zona Sul, receberam investimentos também ocupações consolidadas como Parque Vitória e Parque Eliane. Já na zona Sudeste, a Vila Nova Esperança conta agora com água tratada. Na zona Norte, Dilma Rousseff, Leonel Brizola, Padre Humberto também foram beneficiados. A Vila Nova Conquista I e II está em obras para implantação da rede de água.

Segundo Cleyson Jacomini, diretor presidente da Águas de Teresina, esta é a primeira de várias outras entregas de serviços que ainda acontecerão este ano na cidade. “Hoje fazemos a entrega de uma infraestrutura de água que demonstra uma ação que deu certo, com um bom planejamento. A comunidade participou a todo momento para entender qual a demanda. Foram mais de 78 km de rede, mais de 30 mil famílias beneficiadas. Esse projeto executado aqui serve de modelo para todo o Nordeste. E o nosso propósito é fazer Teresina olhar para frente e se destacar na área de saneamento básico. Ao investir em saneamento contribuímos de fato com a cidade”, destacou.

O plano de regularização do abastecimento na capital é um esforço conjunto do poder público e iniciativa privada. “Desde o ano de 2018, a Prefeitura vem se reunindo com a Águas de Teresina para providenciar a regularização de água potável em dez vilas de diferentes zonas da cidade. Todas elas, somadas, dão o universo de 7,5 mil famílias, que hoje estão abastecidas com água”, destaca Marco Antônio Ayres, secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação.