Semcaspi comemora 12 anos de fundação da Casa do Caminho

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio do Centro de Valorização para População em Situação de Rua (CVPSR), comemorou nesta sexta-feira, (27), o aniversário de fundação da Casa do Caminho, que abriga a população de rua em Teresina. A Casa do Caminho comemora 12 anos de fundação, com nova estrutura e aumento no número de acolhimentos.

A Casa do Caminho já realizou, de janeiro até julho de 2021, um total de 279 acolhimentos, sendo 49 apenas no mês de julho, até então, o maior número de atendimentos realizados neste ano.

De acordo com o secretário da Semcaspi, Allan Cavalcante, neste oito meses de gestão houve um avanço muito grande com a instalação da Casa do Caminho no prédio do Centro de Valorização para População em Situação de Rua, inaugurada no dia 16 de agosto, no dia do aniversário de Teresina.

“Eu fiquei muito impressionado com a idade da Casa do Caminho. Achei que fosse bem menos tempo. Porque a estrutura que eles tinham, antes, era bem precária, bem defasada. Então, 12 anos, penso eu, de muito sofrimento. E agora, nesta gestão, graças a Deus e a sensibilidade do Prefeito Doutor Pessoa, a gente consegue ver o avanço que teve a Casa do Caminho, já a partir desta gestão. Acredito que sejam novos tempos, novo momento, nestes anos de vida, que virão aí para a Casa do Caminho”, pontuou.

Para o gerente da Casa do Caminho, Edson Araújo, os 12 anos da Casa do Caminho foram alcançados com muita dificuldade, mas também com muitas melhorias.

“São 12 anos de história e, particularmente, me sinto muito feliz, hoje, porque quando a gente, de certa forma, esta a frente de um trabalho, a gente planeja com eles, as expectativas, os sonhos das pessoas em situação de rua e a gente vê este sonho se concretizando agora, depois de 12 anos. Com uma nova casa, com uma nova estrutura, com novas expectativas, novas possibilidades. Nos deixa imensamente feliz”, comenta, Edson Araújo, que já chegou a atuar como educador social, durante 10 anos, com crianças e adolescentes.

ACOLHIMENTO

Jéssica Nayara, 30 anos de idades, relata que está há dois anos na Casa do Caminho e se sente acolhida na unidade. “A Casa do Caminho representa tudo para mim. É paz, alegria, amor e harmonia. Gosto muito daqui. Sinto-me muito acolhida”, conta ela, convidada a fazer o corte do bolo e dedicou o primeiro pedaço ao Edson Araújo, o gerente da unidade.

Foto: Divulgação (Semcaspi)

Secretaria da Mulher lança Projeto Vozes para incentivar denúncia contra violência de gênero

A Secretaria da Mulher divulgou nesta quarta-feira (18) o projeto Vozes para incentivar a denúncia contra violência de gênero. A campanha realizada em parceria com a Secretaria de Comunicação de Teresina (Semcom), reúne os relatos de mulheres atendidas pelo Serviço Centro de Referência Esperança Garcia (Creg) para estimular a denúncia contra violência de gênero. O lançamento aconteceu no Palácio da Cidade, com a presença do Prefeito Doutor Pessoa, durante encontro da quinta edição do Colóquio Vozes.

O Secretário de Comunicação de Teresina, Lucas Pereira, ressaltou a importância do projeto para à cidade. “”A campanha é inspirada no Colóquio Vozes desenvolvida pela secretaria da mulher, quando nós foi passado a ideia, imediatamente entendemos a importância de viabilizar uma grande publicidade para o tema, logo porque a gestão do prefeito Dr. Pessoa é integrada com o povo, e as secretarias não poderiam ser diferente”.

Para a Karla Berger, secretária da SMPM, a divulgação do material tem o objetivo de levar o debate da violência contra a mulher para mais espaços de discussão.

Foto: Divulgação (SMPM)

“É um momento importante para a gente sempre alcançar mais pessoas a refletirem sobre a violência contra a mulher não acontecer de forma velada. A proposta tem como objetivo convocar a população ao enfrentamento da violência doméstica dentro da rede de proteção que há em Teresina”, pontua.

J. M. sofreu violência psicológica do ex-marido, e é uma das mulheres que aparecem na produção. Por conta da perda da guarda do filho, desenvolveu depressão. “Eu tive um atendimento psicológico e jurídico pelo Creg que me auxiliaram bastante. Hoje, tenho a guarda do meu filho e me restabeleci”, frisa.

A atividade faz a conscientização contra a violência doméstica nos mais variados lugares e públicos e dá continuidade às ações iniciadas pelo Ônibus Lilás na zona Rural de Teresina neste mês de agosto executadas pela Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM).

Semcaspi conclui visitas técnicas as unidades de Creas nesta sexta (18)

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) concluiu nesta sexta-feira, (18/06), o cronograma de visitas técnicas nas unidades dos Centros de Referência Especializado em Assistência Social (Creas). A partir desta segunda-feira, (21/06), as visitas técnicas serão realizadas nas unidades dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

As visitas técnicas têm como objetivo fazer o levantamento das demandas e promover o diálogo entre as equipes, a fim de melhorar as condições de trabalho dos servidores e do atendimento ao público.

Segundo Márcio Allan, secretário da Semcaspi, as visitas técnicas têm contribuído para conhecer de perto a realidade dos serviços oferecidos ao público assistido.

“Só nesta semana, tivemos diálogos produtivos com os gerentes dos Creas e iremos viabilizar as demandas mais urgentes e de rápido resolutividade, o que vai impactar na agilidade do serviço e na qualidade do atendimento. A Semcaspi e a gestão do Doutor Pessoas estão abertas para dialogar e promover estas melhorias necessárias nas nossas unidades”, destacou.

Regina Lúcia, gerente do CREAS Leste, ressalta a importância dessas visitas. “Essa visita de diagnóstico feita pelo nosso novo secretário, é onde ele tem a oportunidade de conhecer nossas unidades, as nossas demandas, nossa equipe e também constatar a união em prol de um objetivo, que é o atendimento aos usuários na política nacional de assistência social”, comentou.

Foto: Divulgação (Semcaspi)

Ato público lança campanha de enfrentamento ao abuso sexual infantil na Avenida Frei Serafim

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), lançou na manhã desta terça-feira, (11/05), a campanha de prevenção e enfrentamento ao abuso sexual infantil, em um ato público, na Avenida Frei Serafim, Centro da capital.

A campanha é intitulada “Respeite-me! Meu corpo não é brincadeira! Chega de violência contra crianças e adolescentes” e foi idealizada pela Semcaspi, por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

De acordo com Eliana Lago, secretária da Semcaspi, a campanha tem a proposta de sensibilizar a sociedade quanto à prevenção e ao enfrentamento das situações de violência contra crianças e adolescentes.

“A Semcaspi está chamando atenção não só para as ocorrências das violências, mas principalmente, sensibilizar as pessoas para a prevenção, para as formas de denunciar e o atendimento feito pela nossa rede de proteção. Os Cras, os Creas e os conselhos tutelares são a porta de entrada para o atendimento de pessoas em situação de risco social ou de pessoas que estão com seus direitos violados”, pontuou.

Villar Neto, coordenador do SCFV, o ato público marca o lançamento da campanha de prevenção e enfrentamento ao abuso sexual infantil, alertando para a importância de identificar e denunciar as ocorrências, mesmo que de forma anônima.

“A nossa campanha traz em seu título “Respeite-me! Meu corpo não é brincadeira”, alertando a sociedade, como um todo, para a proteção das crianças e dos adolescentes, evitando que tenham o corpo violado e violentado. Estas violências refletem no comportamento destes público, de diversas formas, desde o humor, ao isolamento e até no desempenho escolar. Infelizmente, a maioria destas violências acontecem no seio familiar e precisamos atuar na prevenção e no enfrentamento das ocorrências”, ressaltou.

I CONCURSO DE VÍDEO SOCIOEDUCATIVO

A campanha “Respeite-me! Meu corpo não é brincadeira! Chega de violência contra criança e adolescente” está promovendo o I Concurso de Vídeo Socioeducativo, que teve início nessa segunda-feira, (10/05), e segue até 23h55min de quarta-feira, (12/05).
Os vídeos serão produzidos por crianças e adolescentes assistidos pelo SCFV e os três escolhidos por uma comissão serão premiados, com troféu e medalha.

A campanha tem a proposta de sensibilizar a sociedade quanto à prevenção e ao enfrentamento das situações de violência contra crianças e adolescentes. Foto: Ascom (Semcaspi)