FMS apresenta experiência exitosa em evento do Ministério da Saúde

Profissionais da Fundação Municipal de Saúde apresentam, hoje (31), trabalho realizado pela equipe da Atenção Básica com o título “Rastreamento do câncer de colo de útero da UBS Codipi” durante o Seminário de Qualificação de Desempenho de APS 2022. O evento do Ministério da Saúde está sendo realizado, hoje (31) e amanhã (1), em Teresina.

“É um evento de grande importância considerando que tem a participação das três esferas de governo com o objetivo de contribuir com os esclarecimentos acerca das mudanças que estão acontecendo no funcionamento da saúde, no que se refere à Atenção Primária”, explica Nádia Spindola, diretora de Atenção Básica da FMS.

A realidade do cuidado nos serviços de Atenção Primária à Saúde (APS) é complexa e cheia de incertezas, e nela os rastreamentos oportunísticos se mesclam com o cuidado clínico cotidiano, quer por iniciativa do paciente ou profissional.
Um cuidado efetivo deve primar pela prevenção das doenças e respeitar a experiência pessoal do processo de saúde, sofrimento e doença dos pacientes através de uma abordagem compartilhada, explica a enfermeira Lívia Maria Mello Viana, que juntamente  com Bárbara Pinheiro Gama são as autoras do projeto. Participaram também os funcionários da UBS da Santa Maria da Codipi Antônio Elizeu Mendes Maria das Graças Oliveira da Silva Regina Lucia Silva de Mesquita Walflânia Keila Viana.

Nádia Spindola, diretora de Atenção Básica da FMS

Atenção Básica de Teresina é premiada em  primeiro lugar durante  Seminário Estadual do SUS

A Atenção Básica de Teresina tira primeiro lugar em ações exitosas durante o 7° Seminário Estadual de Estratégias de Fortalecimento do SUS/2022, realizado pelo COSEMS. Técnicos da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina apresentaram 18 trabalhos e  destes, dois deles ganharam premiações:  Informação em Saúde: Estratégia de Gestão em Teresina-PI,  e   Cuidado Ampliado à Saúde do Homem na APS de Teresina.

Os trabalhos premiados irão ser apresentados no evento nacional do CONASEMS.

“Estamos felizes e satisfeitos com esse destaque para a saúde de Teresina. Que venham mais conquistas”, diz Nádia Spíndola, diretora de Atenção Básica da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

FMS reorganiza atendimento de casos suspeitos de covid

Diante da baixa demanda de casos suspeitos de Covid-19, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) reorganiza mais uma vez a sua rede e passa a concentrar os atendimentos à doença nas urgências dos hospitais municipais, que estão espalhados por diversas zonas da cidade e são porta aberta também para síndromes gripais.

Foto: Divulgação (FMS)

Com isso, a UBS Gurupi, que oferecia atendimento exclusivo para síndromes gripais na Atenção Básica, volta a ofertar os serviços regulares da Estratégia Saúde da Família (ESF) à população da área a partir de segunda-feira (25). Esses atendimentos acontecem de segunda a sexta, das 7h às 19h.

“Estamos reorganizando o serviço devido à grande diminuição nos números da doença, e consequentemente à queda na demanda por atendimento específico”, esclarece Nádia Spíndola, diretora de Atenção Básica da FMS. “A mudança se faz necessária também para dar suporte no atendimento aos usuários com outras patologias, incluindo a dengue. Ressaltamos ainda que todas as UBSs atendem casos leves de dengue com prioridade”, completa.

Segundo o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, está programada ainda a reorganização do atendimento no Hospital do Monte Castelo, que no momento mantém atendimento 24 horas e internação exclusivamente para casos de covid. “Como estamos registrando taxas de ocupação baixas, pretendemos redirecionar os leitos exclusivos covid para outras doenças, e em breve o Hospital voltará a atender outras demandas”, diz o gestor.

Teresina tem quase 92% de cobertura de saúde bucal na Atenção Básica

Teresina tem uma cobertura de 91,92% de equipes de saúde bucal na atenção básica. Os dados são da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que além da atenção básica oferta ainda serviços da área na rede hospitalar e centro de especialidades.

Atualmente, são 239 equipes específicas para atendimento de saúde bucal nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital. Elas são responsáveis pelo atendimento inicial de odontologia, com encaminhamento (se necessário) para os Centros de Especialidades Odontológicas. “O dentista da equipe, ao identificar a necessidade de um destes tratamentos solicitará, por meio do sistema online Gestor Saúde, o especialista apropriado para o tratamento requisitado”, informa Kaline Brandão, gerente de Saúde Bucal da FMS. Nos CEO, são ofertados serviços de atendimentos a pacientes portadores de necessidades especiais, cirurgia, endodondia e periodontia.

A FMS disponibiliza ainda urgência 24 horas nas três Unidades de Pronto Atendimento (UPA) dos bairros Renascença (zona Sudeste), Satélite (zona Leste) e Promorar (zona Sul), além dos Hospitais da Primavera e Mariano Castelo Branco, no bairro Santa Maria da Codipi. “Caracteriza-se como urgência odontológica os procedimentos dentários que devem ser realizados imediatamente para salvar um dente, para aliviar dor intensa, cessar um sangramento, problemas causados por trauma (lesões traumáticas dentárias desde fraturas em esmalte até a perda definitiva do dente), edema ou inchaço”, esclarece Kaline Brandão.

Além disso, a população tem acesso ao Zap Odonto, serviço de teleorientação via WhatsApp com funcionamento de segunda a sexta-feira das 7h às 11h e de 13h as 17h, para fornecer informações sobre atendimento e locais de urgência. O número de contato do Zap Odonto é (86) 98179 2576.

Próteses

A oferta de próteses dentárias é um dos serviços ofertados pela Atenção Básica municipal. Atualmente, 18 equipes de Saúde Bucal disponibilizam o serviço em Unidades Básicas de Saúde (UBS), além do Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI). Segundo dados da FMS, somente no primeiro quadrimestre deste ano, 1.118 próteses já foram entregues. No mesmo período do ano passado, 820 próteses foram produzidas, ao passo que de janeiro a abril de 2014 foram 439 e 98 em 2013. “Este crescimento se deve à reorganização dos serviços odontológicos e à capacitação dos profissionais, por meio do curso específico realizado no começo deste ano”, diz Kaline Brandão.

Sede da FMS promove ação alusiva à saúde de homem e da mulher

A Gerência de Atenção Especializada (GAE) realizou hoje, 04, no auditório da Fundação Municipal de Saúde (FMS) ação alusiva ao Outubro Rosa e ao Novembro Azul, com objetivo de lembrar da importância da prevenção em saúde de homens e mulheres.

Na ocasião foram disponibilizadas terapias alternativas para que os colaboradores da sede da FMS pudessem ter um momento de relaxamento de descontração. “Oferecemos auriculoterapia, terapia do chá, reflexologia podal, ventosaterapia, reiki e aromaterapia”, explica Laurimary Caminha, diretora de Atenção Básica da FMS.

Terapias alternativas é o termo utilizado quando nos referimos a práticas terapêuticas complementares aos tratamentos de saúde tradicionais. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece aos pacientes da rede pública 10 novas terapias alternativas como florais, aromaterapia, bioenergética, constelação familiar e cromoterapia. “As chamadas Práticas Integrativas e Complementares (PICS) utilizam recursos terapêuticos, baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para curar e prevenir diversas doenças, como depressão e hipertensão”, diz Nádia Spíndola, gerente de Ações Estratégicas da FMS.

Foto: Divulgação (FMS)

FMS realiza nesta quarta (3) tarde de atenção a saúde do homem

Em comemoração ao Novembro Azul a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Santa Maria da Codipi realiza, a partir das 13h, desta quarta-feira (3), atendimento especial no Ambulatório Masculino da UBS. Podem procurar atendimento os homens com idade entre 20 e 59 anos. A ação é coordenada pela Atenção Básica por equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF).

Durante este mês acontece o “Novembro Azul”, movimento mundial, para chamar a atenção para a saúde masculina. O destaque é a prevenção do câncer de próstata.

Foto: Divulgação (FMS)

O atendimento no ambulatório masculino será com consultas, solicitação de exames de rotina, verificação de pressão arterial e glicemia, orientação em saúde, autocuidado e se houver necessidade serão feitos encaminhamentos para especialidades.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, destaca que as UBS prestam atendimento a toda a população de todas as idades e conclama em especial os homens para buscarem atendimento. “Este mês estamos em evidência a saúde do homem e conclamamos que procurem atendimento médico para prevenir e tratar doenças”, diz.

O “Novembro Azul” é um movimento mundial que tem como objetivo alertar sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, tumor mais comum entre os homens. Estima-se que esse ano deve ter 65.840 novos casos no Brasil, segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer).

Neste ano, a campanha também aborda a saúde dos homens de uma forma geral com enfoque em outros problemas que podem acometer os homens. Pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), o tema do movimento é “Saúde Também É Papo de Homem”.

Unidade Básica de Saúde da Santa Maria da Codipi. Foto: (FMS)

 

Atenção Básica de Teresina recebe visita de representantes do Ministério da Saúde

Teresina recebe amanhã (21), a partir das 8h, a visita de representantes da Secretaria de Atenção Primária à Saúde, do Ministério da Saúde. A programação, que acontece no turno da manhã, será composta por reuniões e visitas a unidades de saúde municipais, que serão avaliadas pelos gestores.

A visita faz parte do processo de apoio aos gestores estaduais e municipais pela Secretaria de Atenção Primária à Saúde do órgão. O objetivo é observar e discutir as necessidades locais, permitindo o desenvolvimento de estratégias personalizadas para a qualificação da Atenção Primária.

“Serão considerados fatores como as políticas e programas implementados, identificando os principais desafios para a efetivação de uma atenção primária resolutiva e capaz de ordenar a rede de atenção à saúde, além de coordenar o cuidado, propondo estratégias de superação destes no atual contexto da saúde pública, de forma tripartite, colaborativa e ampliada”, diz Laurimary Caminha, diretora da Atenção Básica da FMS.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, comenta que a equipe vai acompanhar a implantação, a evolução e a qualidade da atenção básica em Teresina. “Ficamos satisfeitos com isso, porque Teresina tem percentualmente o maior índice de cobertura da Estratégia Saúde da Família, então mais uma vez vamos apresentar ao Ministério da Saúde que levará esse exemplo para todo o país”, diz o gestor.

Programação – Visita representantes do Ministério da Saúde – 21/09/2021

8h – Encontro com o Presidente da FMS
8H30 – Apresentação sobre a rede de Atenção Primária à Saúde de Teresina – Auditório da FMS
10h – Visita à UBS não gripal (UBS Santa Isabel)
11h – Visita à UBS exclusiva para Síndrome Gripal (UBS Real Copagre)

Atenção Básica de Teresina recebe menções honrosas da Organização Pan-Americana da Saúde

Os serviços da atenção básica em Teresina desenvolvidos pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) na Unidade Básica de Saúde João Cirilo, no povoado Boa Hora, zona rural, receberam três menções honrosas e um prêmio na última sexta-feira, 16, em Brasília. São trabalhos reconhecidos como de excelência pela iniciativa “APS Forte no SUS – no combate à pandemia de Covid-19”. O Prêmio APS Forte 2020 teve 1.670 experiências inscritas por profissionais do SUS de todo o Brasil.

Uma das menções honrosas foi com o trabalho de cobertura vacinal de rotina em tempos de Covid-19 na zona rural de Teresina, desenvolvido pela enfermeira Lívia Maria Mello Viana com outros profissionais. “Durante a pandemia, vacinamos pacientes de todas as idades. Nós conseguimos durante o ano realizar a média de 280 vacinas por mês na UBS João Cirilo, na Boa Hora”, explica a enfermeira Lívia Viana. Esse trabalho teve como participantes Lívia Maria Mello Viana (Enfermeira), Maria Laura Monteiro Tajra Castelo Branco (Médica), Antônia Zenaide Sales (Técnica de Enfermagem), e os agentes comunitários de saúde: Antônia Carla de Araújo da Costa, Antônio Alves de Oliveira, Jéssica Francisca de Sousa Andrade, Luzinete Alves dos Santos Costa Maria de Fátima de Sousa Lima.

A vacinação de rotina é um serviço de saúde essencial e a manutenção das coberturas vacinais preconizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) deve estar entre as prioridades das autoridades de saúde pública. “Junto a essa estratégia permanente, associamos ações de educação em saúde e solicitamos aos agentes de saúde que buscassem as crianças menores de 1 ano com vacinas atrasadas em casa”, explica a enfermeira Lívia Viana.

Outra menção honrosa foi com o trabalho sobre a organização dos serviços de APS para garantir o acesso e o cuidado continuado das pessoas que já são acompanhadas pelas equipes, como usuários com doenças crônicas, idosos e gestantes, e das demais situações e agravos. Também recebeu menção honrosa o trabalho realizado de acompanhamento remoto de contatos intradomiciliares de portadores de covid-19 na zona rural de Teresina. Também recebeu menção honrosa o trabalho desenvolvido pela equipe da UBS Boa Hora sobre a ampliação do acesso ao pré-natal em tempos de covid-19, na zona rural de Teresina.

Para a diretora de Atenção Básica da FMS, Laurimary Caminha, as premiações mostram que uma equipe motivada pode fazer a diferença na vida da comunidade. Teresina conta com 92 Unidades Básicas de Saúde –UBS o que garante a cobertura de 100% da população com relação aos serviços de atenção básica.

Teresina tem quatro UBS com funcionamento aos finais de Semana

FMS mantem funcionando 4 UBS aos finais de semana, das 7h às 19h (Foto: Ascom/FMS)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) mantem funcionando 4 Unidades Básicas de Saúde (UBS) aos finais de semana, no horário das 7h às 19h. Na zona Sudeste funciona a UBS Renascença, na zona Leste é a UBS Santa Isabel, na zona Norte o atendimento aos finais de semana é na UBS Parque Brasil e na zona Sul é a UBS do Porto Alegre.

A coordenadora de Atenção Básica da FMS, Laurimary Caminha, destaca a necessidade desses dias de funcionamento. “Aos sábados e domingos são disponibilizados todos os serviços de atenção básica que já são ofertados durante a semana, como coleta de exames, vacina de rotina, consulta médica, pré-natal, retirada de sonda, dentre outros serviços, destaca.

FMS mantem funcionando 4 UBS aos finais de semana, das 7h às 19h (Foto: Ascom/FMS)

A coordenadora da UBS Santa Isabel, zona Leste, explica que todos os serviços estão disponibilizados todos os dias. “ Nos finais de semana temos atendimento médico, aplicação de vacinas, incluindo a Covid agendada e os demais serviços que disponibilizamos nos outros dias da semana”, diz.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, enfatiza que o objetivo é ofertar serviços de saúde para aqueles que não podem ir até as UBS durante a semana. “Quem trabalha o dia todo acaba sem tempo de ir ao médico para não atrapalhar outras atividades e com essas UBS em cada zona da cidade funcionando sábados e domingos o atendimento é facilitado”, diz.

Número de atendimentos nas UBSs de Teresina cresceu 74% em quatro meses

Foto: Renato Bezerra

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Teresina registraram um aumento de 74% no número de atendimentos. Foram 174.008 pessoas atendidas no mês passado, enquanto que em abril foram verificados 44.525 atendimentos na Atenção Básica. Com relação a casos de pessoas com suspeita de terem contraído o novo coronavírus, o número foi quase 10 vezes maior, tendo passado de 10.282 atendimentos no mês de abril para 98.849 em julho.

“Durante a pandemia o serviço foi adaptado para atender os diversos problemas de saúde da população. Teresina tem 90 UBS, sendo que 26 delas foram remanejadas para atender exclusivamente casos suspeitos de Covid-19, com seus dias e horários de funcionamento estendidos. Agora, o atendimento é de domingo a domingo, de 7h às 19h”, informa Kledson Batista, diretor de Atenção Básica da FMS.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus até o dia 5 de agosto foram realizados 58.984 testes rápidos nas Unidades Básicas exclusivas para atendimento Covid-19. Deste total, 29% dos resultados foram positivos e 71% negativos para o vírus. As equipes de saúde da Atenção Básica realizaram de março até o momento, 22.828 buscas ativas de pessoas que tem tiveram contato com infectados.

Há ainda 64 UBS que atendem casos de saúde que não sejam síndromes gripais, ofertando consulta médica e de enfermagem, além de serviços de vacina, coleta de exame, curativo e entrega de medicamentos. Essas unidades também registraram um aumento nesse tipo de atendimento: foram 34.176 em abril e 73.915 em julho deste ano. “As Equipes de Saúde da Família também continuam atendendo os diversos problemas de saúde da comunidade”, ressalta o diretor.

Esta semana houve também o retorno da realização do exame preventivo do colo de útero nas UBS, também conhecido como Papanicolau. “O procedimento detecta infecções e alterações nas células do colo do útero e havia sido suspenso em decorrência da pandemia”, lembra Kledson Batista.