Centros de Arte e Esportes de Teresina retomam atividades de forma gradual

As aulas de voleibol, capoeira e zumba estão voltando de forma gradual nos Centros de Artes e Esportes Unificados (CEUs) mantidos pela Prefeitura de Teresina. Localizados nas zonas Norte e Sul da capital, os espaços estavam fechados desde março por conta da pandemia da Covid-19 e, no início deste mês de novembro, retornaram as atividades, que incluem caminhadas e também contam com academias. Os projetos voltados para cursos infantis e para adolescentes continuam suspensos.

De acordo com Lucas Fortes, secretário da Semjuv, órgão responsável pela administração dos Centros, tudo está sendo feito de acordo com os protocolos de segurança para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. “Os usuários são orientados a usar máscaras e evitar aglomerações. Também são disponibilizados álcool em gel e lavatórios”, disse o gestor. Ele ressalta que as atividades esportivas são abertas ao público e qualquer pessoa pode participar, sem necessidade de inscrição.

Os CEUs são equipamentos públicos destinados à realização de atividades culturais e esportivas junto a comunidades localizadas em áreas extremas da cidade: no Portal da Alegria e Santa Maria da Codipi. O objetivo é integrar em um mesmo espaço físico programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital, promovendo a cidadania em territórios de alta vulnerabilidade social.

Os Centros possuem 7 mil metros quadrados e são dotados de quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground, pista de caminhada, salas, biblioteca, telecentro, sala de multiuso e um cineteatro/auditório com 125 lugares, além de um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Projeto Dançando na Praça retorna nesta terça-feira (08) com duas turmas

As atividades do Projeto Dançando na Praça serão retomadas nesta terça-feira (08), no Complexo Esportivo Parentão, zona sul de Teresina. Para evitar aglomerações, as aulas serão divididas em duas turmas: a primeira é das 18h às 19h e a segunda, das 19h às 20h. A iniciativa, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel), busca levar até a população ações de lazer através da dança, promovendo saúde e qualidade de vida para quem participa.

O projeto retorna seguindo todas as recomendações e protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias para o combate à disseminação da Covid-19, como o uso obrigatório de máscaras e higienização das mãos. “Também teremos demarcações no local indicando o distanciamento entre as pessoas, e as equipes da Semel estarão presentes para orientar e organizar os participantes. Faremos ainda a medição de temperatura de todos os alunos antes da aula”, ressalta Mateus Chaves, coordenador do Dançando na Praça.

Mateus explica ainda que os professores foram capacitados para que possam ministrar aulas respeitando o espaço individual de cada aluno, de forma que o distanciamento não seja violado. “Os instrutores também vão focar em atividades simples que possam ser feitas com a máscara, sem prejudicar a resistência física dos alunos”.

Esta semana, extraordinariamente, as aulas do Dançando na Praça acontecem na terça, quinta e sexta-feira. “Nossas atividades na verdade vão acontecer toda segunda, quarta e sexta, mas por causa do feriado que caiu na segunda-feira dia 7, resolvemos mudar os dias das aulas esta semana. Manteremos um retorno gradual, com apenas três dias na semana por enquanto”, comenta.

Antes da pandemia do novo coronavírus, o projeto era executado em vários bairros da cidade, mas no momento o retorno acontecerá apenas no Lourival Parente. “Nessa primeira fase retomaremos as atividades apenas no Parentão. Posteriormente, nossa segunda fase levará o projeto aos parques ambientais de Teresina e por fim, na terceira fase, voltaremos a todos os bairros. Mas não há data definida para essas ações, por enquanto vamos apenas monitorar o retorno gradual e a partir daí decidimos os próximos passos”, destaca Mateus.

Por meio do Projeto Dançando na Praça são ofertadas, de forma gratuita, aulas de aeróbica, ginástica e dança para toda a população de Teresina. O objetivo é sensibilizar as comunidades sobre a importância da atividade física para a saúde e bem-estar, além de proporcionar lazer e maior interação entre as pessoas.

Atividades econômicas funcionam de forma restrita no final de semana

A Prefeitura de Teresina adota, neste sábado (22) e domingo (23), medidas mais rígidas em relação ao funcionamento das atividades econômicas na capital. A decisão é uma obediência ao decreto nº 19.995, que tem como objetivo aumentar os índices de isolamento social no final de semana e diminuir a disseminação do cornavírus na capital.

Durante o final de semana, podem funcionar apenas farmácias e drogarias; serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta, água e gás de cozinha; órgãos e profissionais de comunicação; serviços e rituais religiosos; situações comprovadas de urgências e emergências.

No sábado, está liberado o funcionamento e operação das atividades da base de combustível (terminal) e das atividades de distribuição de combustíveis. Os postos revendedores de combustíveis podem abrir no horário das 7h às 24h nesta sexta-feira.

Os serviços públicos como energia elétrica, saneamento básico, funerários, segurança pública, telecomunicações e radiodifusão, além de estabelecimentos que funcionam operando fornos, em turnos ininterruptos de 24h, podem funcionar, respeitando as determinações sanitárias para a contenção no novo Coronavírus, inclusive, quanto aos atendimentos emergenciais.

O descumprimento das restrições, por qualquer estabelecimento, serviço e atividade que esteja em funcionamento ou que não esteja permitido funcionar resultará na aplicação de multas, intervenção total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento.

Monitoramento permite busca ativa de alunos que não participam das atividades remotas

Ascom/Semec

Desde o mês de junho, os alunos da Rede Municipal de Teresina estão aprendendo por meio de atividades não presenciais. Para acompanhar a participação dos mais de 90 mil alunos, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) realizou, de forma virtual, a primeira reunião gerencial com os diretores das escolas.

De acordo com o monitoramento dos gestores, cerca de 80% das crianças estão acessando as ferramentas disponíveis para a transmissão das atividades, como as aulas na TV, a plataforma “Em casa eu aprendo” ou outros aplicativos virtuais. Também está incluso nessa porcentagem o grupo que recebe as atividades impressas diretamente na escola.

“Consideramos positivo o número de alunos que alcançamos com as ferramentas de aulas remotas, mas também queremos saber, de fato, a qualidade desse acesso”, pontua a coordenadora de Supervisão, Naira Macedo. Segundo ela, a Secretaria estuda a devolutiva das atividades e busca, junto com os diretores, acompanhar o desempenho dos alunos nos últimos meses.

A secretária municipal de Educação, Kátia Dantas, explica que com os dados em mãos, após a reunião gerencial, é possível iniciar uma busca ativa pelos alunos que ainda não estão integrados ao regime não presencial. “Temos em média 20% que não participa das atividades e não interage com os professores, é hora de ir em busca de cada um para identificar as principais barreiras e inserir esse aluno em uma das nossas atuais estratégias de ensino”, finaliza.

Mais serviços retomaram suas atividades em Teresina nesta segunda-feira (10)

Iniciou, nesta segunda (10), a primeira etapa da Fase 3 da retomada das atividades econômicas em Teresina. Com isso, voltaram a funcionar os serviços de cabeleireiros e outras atividades de tratamento de beleza, transporte rodoviário coletivo de passageiros, sob regime de fretamento, e outros transportes rodoviários, além das atividades da administração pública geral, direta e indireta, relações exteriores e Justiça.

Todas essas atividades voltam de forma gradual e respeitando algumas restrições, com somente 50% dos trabalhadores no espaço físico do estabelecimento, por apenas quatro dias na semana e cumprindo seis horas de trabalho por dia. A ocupação máxima do espaço de atendimento ao público deve ser de uma pessoa por 4m². Também é obrigatório o uso de máscara, testagem dos funcionários, higienização dos ambientes, bem como cumprir as demais regras estabelecidas pela União, pelo estado do Piauí e pelo município de Teresina.

O prefeito Firmino Filho lembra que, assim como nas etapas anteriores, é preciso que os protocolos de segurança sejam cumpridos de forma rigorosa. “Essa é uma etapa importante e que inclui o serviço público. Então, todos os setores devem seguir as orientações de segurança e higiene para evitar a disseminação do novo Coronavírus. Essas medidas são fundamentais para que possamos avançar para a etapa seguinte”, disse.

Serviços de reparação e manutenção de equipamentos de informática e comunicação e de objetos pessoais e domésticos também reabriram. O setor de fabricação de máquinas e equipamentos, e suas atividades de manutenção e instalação, são outras que estão autorizadas a funcionar a partir de hoje.

A retomada de atividades salão de beleza, serviços de manicure e pedicure, podologia, depilação, barbearia, estética e maquiagem conta com protocolo específico de funcionamento, que incluem atendimento via agendamento, reduzir o número de produtos em exposição e não disponibilizar garrafas de café e lanches, além de cobrir macas e cadeiras com plástico. O serviço deve dar preferência ao uso de utensílios individuais e descartáveis para os procedimentos, e quando não for possível, deve-se esterilizar o material dentro dos padrões recomendados. O estabelecimento tem que evitar aglomerações e disponibilizar pias com água e sabão, papel toalha e lixeira, além de álcool 70% na entrada e em locais estratégicos para que os clientes e trabalhadores façam a higienização das mãos com frequência.

O descumprimento de decreto por qualquer estabelecimento, serviço e atividade, que esteja em funcionamento ou que não esteja permitido funcionar, resultará na aplicação de multa, interdição total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento.

PGM define critérios para retorno do trabalho presencial na segunda (10)

A Procuradoria Geral do Município (PGM) retorna o trabalho presencial na próxima segunda-feira, dia 10, e estabeleceu critérios de funcionamento para garantir a segurança dos colaboradores e do público externo. Uma portaria regulamentando o trabalho presencial foi assinada pelo Procurador Geral do Município de Teresina, Raimundo Eugênio, e segue as recomendações sanitárias de prevenção da Covid-19.

Pelas novas determinações da PGM, a partir da próxima segunda-feira, cada setor deverá funcionar com 50% do seu quadro de pessoal. Cada chefe dividirá sua equipe em grupos fixos, que revezarão entre trabalho presencial e remoto. “Para os funcionários que fazem parte do grupo de risco, a orientação é permanecer no trabalho remoto até que o quadro epidemiológico seja favorável”, explica o Procurador Geral, Raimundo Eugênio.

“Todos os colaboradores que estarão no trabalho presencial terão a temperatura aferida na entrada do órgão e é obrigatório o uso de máscara de proteção facial”, acrescenta o Procurador. O acesso ao segundo piso será feito, preferencialmente, pelas escadas e as reuniões serão à distância através de videoconferências.

A portaria sobre a retomada das atividades presenciais na PGM estabelece também que o atendimento ao público externo será por agendamento, através do telefone (86) 99438-4594 ou pelo e-mail atendimentopresencialpgm@gmail.com.

PORTARIA

Alunos da rede municipal de ensino continuam aprendendo em casa

Ascom/ Semec

“Eu finjo que meu quarto é a sala de aula”, revela Pedro Henrique, de seis anos, aluno da Escola Municipal Murilo Braga. É assim que 90 mil alunos da Rede Municipal de Teresina têm se adaptado à rotina de estudos em casa. São 60 mil somente no Ensino Fundamental.

O regime de atividades não presenciais, implementado em Teresina no mês de junho, permite aos alunos acesso ao conteúdo estruturante de disciplinas como língua portuguesa e matemática, mas também oferece atividades diversificadas, como a prática de educação física.

Pedro Henrique acorda cedo todos os dias, veste a farda e começa a maratona de estudos pela TV. A programação só encerra no final da tarde, quando todos os exercícios estão respondidos e enviados para os professores via Whatsapp. “Eu sinto muita falta da escola, mas gosto das aulas na TV”, disse o menino.

Izabel de Freitas, mãe do Pedro Henrique, conta que organizou um espaço de estudos para o filho e tenta mantê-lo dentro de uma rotina estruturada. “Tem que parecer a escola mesmo, e vem dando certo, ele interage com a TV, levanta a mão e até responde a professora pela tela”, declara a mãe.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semec), o ensino à distância vai continuar por todo o ano de 2020. “As atividades são contabilizadas para o calendário letivo. Pais e professores estão se dedicando diariamente, é um esforço conjunto para não parar o processo de ensino-aprendizagem, mesmo nesse novo cenário”, explica Irene Lustosa, secretária executiva de ensino.

Na casa do Vitor Gabriel, a organização com os horários também garante o acompanhamento de todas as atividades propostas. Ele é aluno do 1º ano na Escola Municipal Vinícius de Moraes e não perde uma aula pela TV. Ao todo, cinco canais locais transmitem o conteúdo em horários específicos para cada ano escolar.

“Eu acompanho de perto para ter certeza que ele está fazendo tudo certo. Estamos em casa, mas não podemos parar, sei que é importante que meu filho participe todos os dias, por isso seguimos as orientações da escola”, conclui Eudes, mãe do Vitor.

Complexo Esportivo Parentão reabriu nesta segunda-feira (03) com restrições

Foto: João Rufino/Semel

Reabriu nesta segunda-feira (03), de forma restrita, o Complexo Esportivo Parentão, localizado na zona sul da capital. O espaço estava fechado desde março por conta da pandemia do novo coronavírus. Nesta primeira etapa da reabertura apenas atividades físicas individuais poderão ser realizadas no local, obedecendo aos protocolos de segurança e cuidados como uso obrigatório de máscaras e distanciamento durante as práticas esportivas.

De acordo com o secretário executivo da Semel, Francinélio Ribeiro, o Complexo estará aberto de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h e das 16h às 20h. “É importante ressaltarmos que essa reabertura é apenas para atividades individuais, como caminhada. As atividades em grupo, por enquanto, continuam suspensas. Também está proibida a alimentação dentro do Parque, por isso as lanchonetes seguem fechadas. Estamos seguindo rigidamente os protocolos de segurança, pois a prioridade é manter os frequentadores em segurança”, disse Francinélio.

O Parentão é o segundo espaço de lazer autorizado pela Prefeitura de Teresina a voltar a funcionar. O primeiro foi o Parque da Cidadania, que reabriu, também de forma restrita, no dia 30 de julho.

“Sabemos da importância da prática de atividade física para o bom funcionamento do corpo, para melhorar a imunidade e também a saúde mental, tão necessárias em tempos de pandemia. Então acreditamos que, respeitando todas as medidas de segurança, essa reabertura é um ganho para a população”, pontuou Francinélio.

Caminhadas estão entre as atividades físicas que podem ser realizadas, desde que sejam feitas individualmente, sem contato físico e mantendo o distanciamento entre os praticantes.

Permanece proibido o uso das quadras esportivas, academia popular e playground, já que são estruturas de uso compartilhado e que não favorecem a manutenção das medidas de higiene e segurança. O local está sinalizado para alertar sobre a proibição do uso destes espaços.

Parque da Cidadania volta a funcionar de forma gradativa e sem aglomeração

O Parque da Cidadania, localizado no Centro de Teresina, voltou a funcionar na manhã desta quinta-feira (30), de forma gradativa e sem registro de aglomeração. Nesta semana, o local fica aberto apenas na quinta (30) e sexta-feira (31), das 6h às 9h e das 16h às 19h, com acesso restrito ao portão do estacionamento.

Caminhadas, corridas, alongamentos, circuitos, ciclismo e treinos funcionais estão entre as atividades físicas autorizadas, desde que sejam feitas individualmente, sem contato físico e mantendo o distanciamento entre os praticantes.

Ascom/Semam

Permanece proibido o uso das quadras esportivas, academia popular e playground, já que são estruturas de uso compartilhado e que não favorecem a manutenção das medidas de higiene e segurança. Os quiosques de vendas de alimentos e similares também continuam fechados até que sejam liberadas as atividades de lanchonetes e restaurantes. O comércio na parte externa do local também segue vetado. Por serem estruturas fechadas, a Galeria de Arte Santeira e o Museu do Inconsciente também permanecem com as atividades suspensas.

Ascom/Semam

“A decisão de abrir somente o Parque da Cidadania, nesse primeiro, é uma forma de precaução, justamente para observarmos como o público vai se comportar diante das normas estabelecidas por um protocolo elaborado especificamente para guiar a retomada das atividades físicas nesses espaços públicos. Além disso, estamos trabalhando em conformidade com os decretos municipais e orientações repassadas pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da Prefeitura de Teresina”, explicou o secretário municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), Olavo Braz.

O coordenador de Parques Ambientais da SEMAM, Cláudio Roberto Morais, destaca que, após análise, serão definidas as etapas seguintes de reabertura dos parques públicos. “Isso vai depender do resultado que obtivermos nesses primeiros dias. Se ocorrer como planejamos, podemos providenciar a retomada do funcionamento de outros parques ambientais de Teresina”, pontua.

Ascom/Semam

Esse retorno gradativo envolve normas de comportamento, higiene e segurança, a fim de minimizar os riscos de contágio pelo Coronavírus, a exemplo do uso obrigatório de máscara para entrar e permanecer no espaço, respeito às demarcações feitas na área para garantir o distanciamento social e proibição de atividades em grupos.

Para garantir o cumprimento das regras estabelecidas pelo protocolo, agentes da Guarda Civil Municipal de Teresina estão presentes na área do parque, trabalhando com abordagens de caráter educativo. Além disso, uma equipe de profissionais de Educação de Física, ligados à Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), está à disposição dos frequentadores para orientar sobre a prática de atividades físicas no local.

Ascom/Semam

Amor de Tia Sudeste inicia colônia integrativa de férias

Foto: Ascom SMPM

Produção de vídeos, distribuição de brindes, brincadeiras e oficinas criativas. Estas são algumas das atividades que estão sendo realizadas durante a colônia integrativa de férias, que iniciou nesta terça-feira (28), pelo Amor de Tia Sudeste, unidade vinculada à Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM).

Com o serviço presencial suspenso, as atividades da colônia integrativa foram adaptadas para serem desenvolvidas de casa, com as mães e crianças acompanhadas pela unidade. Segundo a Coordenadora do Amor de Tia Sudeste, Maria de Lourdes Mendes, a equipe produziu uma sequência de vídeos para serem enviados às mães pelo Whatsapp a cada dia da semana.

“Preparamos esses vídeos da maneira mais criativa possível, com muitas brincadeiras, músicas e danças, decoramos o local para que o material seja bastante atrativo. A ideia é estimular as mães a brincarem com as crianças em casa. Preparamos também lanches e brindes que estão sendo entregues na unidade para as mães, junto com o material das oficinas criativas”, explica Maria de Lourdes Mendes.

Para a Carla Monteiro, mãe de Cauã Lucas, de apenas três anos, a equipe tem se esforçado muito para se fazer presente durante o período de isolamento. “Existe sempre a preocupação de saber como estamos ou se estamos precisando de algo. E, na programação de férias não podia ser diferente, muitas atividades, brincadeiras para serem realizadas para que a gente faça com nossos filhos. Somos privilegiadas de poder fazer parte de tudo  disso”, relata.

O Serviço de Atendimento Integral às Mulheres e suas Crianças: Amor de Tia, atende mulheres em situação de vulnerabilidade em Teresina. Na unidade são desenvolvidas ações que promovem a qualificação profissional, empoderamento feminino, além de estimular o desenvolvimento psicossocial para crianças.