Em comemoração ao dia da Dança, Balé da Cidade de Teresina lança vídeo-coreografia

No dia Internacional da Dança, hoje (29) data criada pelo Comitê Internacional da Dança (CID) da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) em 1989 em homenagem ao mestre do balé francês, Jean-Georges Noverre, o Balé da Cidade de Teresina lança o vídeo-coreografia “Eucalipos (um estudo de Corpônica)”.

Janaína Lobo, coordenadora artística do Balé da Cidade de Teresina, fala que a data é uma oportunidade para comemorar e refletir sobre a profissão da dança. “Datas como o Dia Internacional da Dança, que fazem a gente comemorar e reconhecer a nossa profissão, mas é sempre um momento para a gente refletir sobre todas as dificuldades que são históricas e não só de hoje”, comenta Janaína Lobo.

O vídeo foi criado a partir do espetáculo Corpônica (2018), do Balé da Cidade de Teresina, criado por Samuel Alvís. “Nós gravamos o vídeo em 2021, ainda em período de isolamento social. Buscamos um local que fosse aberto, ao ar livre, para fazermos uma interpretação de Corpônica, espetáculo que faz parte do repertório da companhia”, diz Chica Silva, diretora do Balé da Cidade de Teresina.

A gravação aconteceu na praça Teotonio Vilela, popularmente conhecida como Praça dos Eucaliptus, zona norte de Teresina. O vídeo está disponível no canal no Youtube da Companhia, no link: https://www.youtube.com/watch?v=AS-FKQMSCDs

Fotos: Ascom FMC

Balé da Cidade de Teresina realiza workshop sobre comunicação não-violenta

Nesta quarta-feira (23), os integrantes do Balé da Cidade de Teresina participaram do workshop “Derrubando muros Construindo Pontes com a Comunicação Não-Violenta”, ministrado pelo comunicador social Yako Guerra. O workshop trouxe a comunicação como um processo para estabelecer uma conexão consciente através da empatia e compaixão entre as partes como uma perspectiva diferente com relação à própria forma de se relacionar.

Para Chica Silva, diretora do Balé da Cidade, esse tipo de ação colabora para que os membros da companhia possam ter uma melhor relação com a comunicação, principalmente a realizada por meio das mídias digitais. Segundo a diretora, por conta da pandemia, muitos dos trabalhos realizados por eles foram de maneira virtual, fato que alterou a visão dos membros quanto a encarar novos desafios.

“Trabalhamos em grupo e nos expressamos na nossa dança. Pensamos em buscar um conhecimento para agregar a companhia por inteiro, como um grupo. Amadurecer a nossa comunicação é uma forma de evoluirmos juntos”, explica Chica Silva.

Segundo Yako Guerra, as pessoas estão muito habituadas a entrar em conversas, discussões, conflitos sempre para ganhar, convencer o outro, tentar mostrar que está certa, que o ponto de vista dela é o correto.

“Então, treinamos aqui a nossa capacidade de entrar em conversas, primeiro para compreender, se abrir, se conectar com o que está vivo no outro, com que o outro está precisando, ainda que eu discorde depois disso, mas pelo menos me abro para compreender. Pensamos juntos estratégias para desenvolver isso, com exemplos de cada um do Balé”, explicou Yako Guerra.

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia de dança pública, mantida pela Prefeitura de Teresina, por meio de um contrato de gestão entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e a Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina.

Foto: Divulgação (FMC)

Balé da Cidade de Teresina apresenta espetáculo na Semana Cultural de Barro Duro-PI

O Balé da Cidade de Teresina, irá se apresentar nesta sexta-feira (03) às 19h, no palco cultural da Praça São José, na cidade de Barro Duro, interior do Piauí. A apresentação acontece dentro da Semana Cultural em comemoração aos 59 anos da cidade.

A Companhia irá apresentar o espetáculo Corpônica, do bailarino e produtor Samuel Alvís. Corpônica é um espetáculo que parte dos elementos do universo musical para a dança harmonia entre partituras, melodias, afinação e movimentos.

A diretora da companhia, Chica Silva, conta que o espetáculo se trata de corpos dançantes que viram partituras e os bailarinos, nesse contexto, também viram maestros e regem sua dança com os músicos.

“Ficamos muito felizes em receber o convite para participar da programação do aniversário de Barro Duro. Essa é uma oportunidade de levar os nossos espetáculos para mais pessoas, novos públicos e, quem sabe, a partir da nossa apresentação, inspirar no surgimento de novos bailarinos”, disse a diretora do Balé da Cidade, Chica Silva.

A Semana Cultural teve início no dia 29 de novembro e segue até o dia 5 de dezembro, dia da comemoração dos 59 anos de emancipação política do município.

Foto: Ascom FMC

Segunda temporada de Balé da Cidade NA Cidade encerra com a performance Marias

Nesta quarta-feira (03) será exibida a última performance da segunda temporada de Balé da Cidade NA Cidade. Transmitida às 20h através do youtube, a performance é uma iniciativa do Balé da Cidade de Teresina, que desta vez se apresentou no na praça Edson Veras, no bairro São Cristóvão, na zona Leste de Teresina.

A funcionária pública Francineide Neves teve a oportunidade de assistir a apresentação, segundo ela, foi uma oportunidade para acompanhar o trabalho da companhia. “Sempre venho à praça para passear, hoje eu me deparei com essa apresentação que me chamou a minha atenção, pois não é sempre que vemos uma bailarina se apresentando em uma praça”, conta Francineide Neves.

O Projeto Balé da Cidade NA Cidade são acontecimentos performáticos que têm como ponto de partida espetáculos do Balé e se desmembraram em novas ações pelas paisagens de Teresina. Na segunda temporada os bailarinos revisitam os locais de sua primeira performance trazendo as propostas atualizadas, e também convidando outros artistas da companhia.

Para assistir essa e outras performances do projeto, basta acessar o youtube do Balé da Cidade de Teresina. Para acompanhar as demais ações, acesse o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, o cultura.teresina.pi.gov.br.

Performances do Balé da Cidade de Teresina interagem com a rotina da cidade

Desde o dia 15 de setembro que o Balé da Cidade de Teresina tem apresentado performances em vias públicas da capital na segunda temporada do Projeto Balé da Cidade NA Cidade.

As coreografias estão sendo transmitidas a partir das 20h nas quartas e sextas-feiras no canal da companhia no Youtube.

Apresentação no Jacinta Andrade / foto: Ascom FMC

Ontem (20) foi a vez da performance Mescla, dançada por Adriano Abreu, no bairro Jacinta Andrade, zona norte de Teresina. A performance propõe uma pesquisa que traz questões pessoais a respeito da mescla dos seus fazeres de artista que, ao longo dos anos foi entendendo sua arte como uma hibridação de dança, performance, arte querer, moda, figurino, e mundo.

Nesta sexta-feira (22), será a vez da performance “Segredos”, idealizada por Jeciane Sousa e que será apresentada no bairro SAMAPI, zona Leste de Teresina. Jeciane buscou inspiração no espetáculo “Só não falamos a mesma língua”, que faz parte do repertório da Companhia, para mostrar sua relação com uma árvore próximo a sua casa.

“É curioso e interessante a gente estar realizando o nosso trabalho, dentro da nossa rotina, e do nada podemos assistir uma apresentação. Gostei da ideia, fiquei curiosa para assistir tudo”, conta a comerciante Kelma Dias.

Apresentação no SAMAPI / foto: Ascom FMC

O Projeto Balé da Cidade NA Cidade são acontecimentos performáticos que têm como ponto de partida espetáculos do Balé e se desmembraram em novas ações pelas paisagens de Teresina.

Na segunda temporada os bailarinos revisitam os locais de sua primeira performance trazendo as propostas atualizadas, e também convidando outros artistas da cia: os acontecimentos individuais, agora podem acontecer com até 3 pessoas.

Sobre a Companhia

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que atua há 28 anos no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e difusão da dança piauiense. Vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação em diferentes ações, como temporadas de apresentações, conversas e formação continuada.

O Balé da Cidade de Teresina conta com 18 integrantes e é mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina, através da Fundação Cultural Monsenhor Chaves, por meio de contrato
de gestão com a AABCT, Organização Social de Utilidade Pública Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina. Tem direção geral de Chica Silva, coordenação artística de Janaína Lobo, aulas de Samuel Alvís e ensaios de José Nascimento.

Balé da Cidade de Teresina será representado em live com artistas da Bahia e São Paulo

A artista de dança, coordenadora artística do Balé da Cidade de Teresina e diretora do Festival Internacional de Dança do Junta, Janaina Lobo, participa nesta sexta-feira (24) às 19h, de uma live no canal da Prefeitura de Araraquara, município de São Paulo, no YouTube.

Com o tema “Tratado de micropolíticas para Festivais de Dança no Brasil”, a transmissão faz parte da programação do Festival Internacional de Dança de Araraquara (FIDA), além do pontapé inicial de uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) com o Junta.

Empolgada, Janaína conta que a live foi planejada com objetivo de firmar uma troca recíproca entre a FMC e o Festival de Araraquara.

“A live foi resultado de uma articulação, através do presidente da Fundação Monsenhor Chaves Sheyvan Lima, com possibilidade de intercâmbio de artistas entre as cidades. Com isso, Teresina só tem a ganhar artisticamente, construindo diálogo e pontes com outras cidades brasileiras”, comenta Janaína Lobo.

Além do Balé da Cidade de Teresina, participam da live Gilsamara Moura (SP) e Verusya Correia (BA), que formam uma tríade de intercâmbio artístico, unindo instituições de Araraquara (SP), Itacaré (BA) e Teresina (PI).

Janaína Lobo é artista da dança, mãe, teresinense e atua nas áreas de criação, gestão cultural, curadoria e docência. Se interessa na relação e fricções do corpo com o espaço urbano e na dramaturgia da dança como modo de existência. É coordenadora artística do Balé da Cidade de Teresina desde 2016, docente da Escola Estadual de Dança Lenir Argento desde 2009. É co-criadora, curadora e diretora do Junta– Festival Internacional de Dança em parceria com os artistas Jacob Alves e Datan Izaká, festival anual com 6 edições. Atualmente desenvolve o Junta Expandido e colabora com projetos de outros artistas.

Balé da Cidade leva apresentações para bairros de Teresina

O Balé da Cidade de Teresina, companhia de dança que é mantida pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, lançou o Projeto “Balé da Cidade Na Cidade”. Até o próximo dia 30 de junho, sempre às 17h, um bailarino se apresenta em um local próximo a sua residência e essa apresentação é transmitida ao vivo pelo Instagram da companhia.

Foto: Ascom FMC

Esse projeto faz parte do calendário de aniversário do Balé da Cidade de Teresina que no próximo dia 30/06 chega aos seus 28 anos de existência. O Projeto “Balé da Cidade NA Cidade” se resume em acontecimentos performáticos que têm como ponto de partida, espetáculos do Balé e que se desmembram em novas ações pelas paisagens de Teresina.

“Essa é a nossa forma de comemorar. Vamos levar um pouco de nós, da nossa dança para toda cidade, pois depois de mais de um ano trabalhando em casa, essa foi a alternativa que encontramos de nos presentear e presentear a cidade também”, conta a diretora da Companhia, Chica Silva.

Sobre a Companhia

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que atua há 27 anos no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e aprofundamento da dança piauiense. Vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação compromissada em diferentes ações, como temporadas de apresentações gratuitas, conversas e formação continuada.

Para ter acesso ao trabalho desenvolvido pelo Balé da Cidade de Teresina, basta acessar o site cultura.teresina.pi.gov.br ou seguir a companhia no instagram @baledacidadedeteresina.

Balé da Cidade de Teresina abre inscrições para oficina gratuita

O Balé da Cidade de Teresina está com inscrições abertas para a oficina gratuita “Trajetórias Dançadas”. A ação terá quatro encontros online, através da plataforma Zoom e é voltada para pessoas a partir de 15 anos com alguma experiência em dança. São 20 vagas disponíveis no link: https://forms.gle/8mz4GmbUBxM7PqNw9 e também disponível na bio do Instagram @baledacidadedeteresina

Foto: Ascom FMC

A oficina será ministrada pelas bailarinas da Companhia Agdayana Nascimento, Andressa Ventura e Hellen Mesquita. Segundo Hellen Mesquita, a oficina tem como referência espetáculos próprios do Balé da Cidade. “Iremos propor modos de perceber, sentir e mover o corpo, com práticas corporais, articulação espacial de trajetos e deslocamentos, bem como vivenciar trechos dos espetáculos ‘Só não falamos a mesma língua’ e ‘O código das Borboletas’”, explica Hellen Mesquita.

A oficina faz parte do projeto Fora da Caixa, que tem como objetivo expandir a atuação do Balé da Cidade de Teresina, promovendo o acesso e democratizando a dança através de ações gratuitas voltadas para a comunidade.

“O Fora da Caixa é um projeto que foi pensado no presencial, mas tiramos do papel nesse meio virtual, pensando que podemos alcançar ainda mais pessoas. A ideia é atuar em lugares, contextos, grupos que ainda não atuamos e trazer esse primeiro contato com a dança e apresentar o Balé da Cidade de Teresina para mais pessoas.”, explica a coordenadora artística da Companhia, Janaína Lobo.

Sobre a Companhia

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que é mantida pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. A companhia já atua há 27 anos e hoje é administrada pela Associação Amigos dos Balé da Cidade de Teresina.