Barreiras itinerantes já detectaram 243 pessoas com sintomas de gripe em Teresina

As barreiras itinerantes montadas pela Guarda Civil Municipal e pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS) já encontraram 243 pessoas com alguns sintomas gripais semelhantes aos da Covid-19. Foram feitas 4.201 abordagens a veículos em seis dias de operação. Entre os sintomas mais relatados pela população estão cansaço, febre, tosse e dificuldade para respirar.

De acordo com o coronel John Feitosa, comandante da Guarda Civil Municipal, os dados são recolhidos através de entrevistas realizadas com as pessoas abordadas.  Além das perguntas, os agentes também utilizam termômetros para medir a temperatura corporal. De posse dessas informações, as equipes repassam os relatórios à Fundação Municipal de Saúde (FMS), que faz o contato com as pessoas para monitorar e orientar os procedimentos adequados em cada caso.

As barreiras funcionam de forma itinerante e, ao longo do dia, as equipes vão se movendo para pontos de grande fluxo de veículos e pessoas, em todas as regiões da cidade. “Esse trabalho é contínuo. Estamos percorrendo pontos de grande concentração de pessoas, como o Centro da cidade e locais em que estamos percebendo, desde o início da fiscalização do isolamento, que ainda há muitos veículos transitando”, afirma o coronel John Feitosa.

Agentes da Strans coordenam fluxo de veículos em barreiras itinerantes

Os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) estão coordenando o fluxo de veículos nas barreiras sanitárias itinerantes presentes em pontos estratégicos da capital com grande circulação de pessoas. A ação é conjunta com a Guarda Civil Municipal e atua verificação de sintomas da Covid-19 em motoristas e passageiros.

Na manhã desta segunda-feira (29) as equipes estiveram na Avenida Maranhão e Rua Rui Barbosa e pela tarde seguirão para os bairros Porto Alegre e Vila Irmã Dulce, ambos na zona sul de Teresina.

Nas abordagens os condutores respondem a um questionário para saber se estão com sintomas da Covid-19 ou se tiveram contato com alguém infectado. Além disso, também são feitas aferições de temperatura e dadas orientações sobre os procedimentos adequados para pessoas que apresentarem alguns dos sintomas.

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, pontua que as abordagens são realizadas com base nas recomendações das autoridades de saúde. “A Strans atua nas abordagens e controle do fluxo desses veículos ao passarem pelas barreiras, tudo é feito dentro das recomendações dos órgãos de saúde. Essa é mais uma estratégia encontrada para o enfrentamento dessa doença infecciosa na nossa cidade”, esclarece.

As barreiras sanitárias itinerantes permanecem pelo Centro e demais regiões da cidade até o final do mês de junho.

 

 

Agentes da Strans coordenam fluxo de veículos em barreiras sanitárias

Ascom/Strans

Os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) estão coordenando o fluxo de veículos nas barreiras sanitárias presentes nas três pontes que ligam a capital ao município de Timon, no Maranhão. As paradas acontecerão por tempo indeterminado e têm o objetivo de fazer um controle do estado de saúde das pessoas que entram em Teresina.

Além de sinalizar as vias próximas às pontes, a Strans está coordenando a saída e entrada dos veículos durante a abordagem, priorizando as recomendações da Fundação Municipal de Saúde (FMS), com preferência por veículos com mais de duas pessoas dentro, veículos que sejam de outros municípios e ambulâncias.

“Nossos agentes estarão por tempo indeterminado auxiliando o trabalho da FMS nesses pontos em horários pré-estabelecidos nos três turnos do dia. Orientamos os condutores durante as paradas e, mais à frente, os profissionais de saúde da FMS fazem a abordagem com questionários e medição de temperatura”, explica o gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima.

Pontes que ligam Teresina a Timon terão barreiras sanitárias com medição de temperatura

A Prefeitura de Teresina vai montar, a partir da tarde dessa segunda-feira (27), barreiras sanitárias, nas três pontes que ligam a capital ao município de Timon, no Maranhão. Durante a ação, será realizada a medição de temperatura de quem trafega entre as duas cidades, com o objetivo de fazer um controle do estado de saúde das pessoas que entram em Teresina. (mais…)

Barreiras nas pontes entre Teresina e Timon irão orientar população sobre covid-19

A partir deste sábado (04), as pontes que ligam as cidades de Teresina (PI) e Timon (MA) passam a receber barreiras montadas pelas Guardas Municipais das duas cidades e Polícia Militar. As barreiras nas pontes funcionarão diariamente e por tempo indeterminado.

A ação tem o objetivo de orientar as pessoas que transitam entre as duas cidades sobre o novo coronavírus e ainda identificar e encaminhar possíveis casos da doença à rede de atendimento de pacientes.

Na manhã desta quinta-feira (02), o secretário Samuel Silveira, da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, esteve reunido com representantes da Prefeitura de Timon para acertar os últimos detalhes.

“Estaremos orientando as pessoas que chegam na nossa cidade ou na cidade de Timon sobre essa pandemia e ainda buscando dar o encaminhamento caso alguém apresente algum sintoma do coronavírus. Essa é uma ação muito importante porque temos Timon como uma cidade irmã, com muitos teresinenses morando lá e muitos timonenses trabalhando na nossa cidade. Então, precisamos orientar essas pessoas”, destaca Samuel Silveira.